~Oiie_-

Oiie_-
Pikachuuu!! ^^
Nome: Lost Star ✩ ~Laryssa, sim! Com "Y"
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Maceio, Alagoas, Brasil
Aniversário: 20 de Abril
Idade: 15
Cadastro:

Escola de loucos.


Postado

Escola de loucos.

Nome:
Bethany Katherine Judd.

Apelido:
• Betty.
• Kate.
• Bitennis – O que ela faz mais questão em ser usado. Foi um apelido dado pela irmã, afirmando que queria dar um apelido diferente que ninguém mais houvesse.

Idade:
19 anos. 10/12/1997.

Personalidade:
Bethany já foi considerada por muitas pessoas como uma pessoa estranha apenas por seus gostos serem um pouco diferentes de muitos, mas a menina não liga muito para o que pesam ao seu respeito, apenas vive do jeito que ela é, Bethany não vê sentido nas pessoas que fingem não serem elas mesmas apenas para agradar outra pessoa. Gosta de ser diferente, admite isso e, às vezes, pode ser até meio excêntrica: Ter prazer em ser do contra. Em geral ela é bastante alegre, costuma ficar muito entusiasmada com a maioria das coisas que chamam a sua atenção. Adora todo tipo de brincadeiras menos as de mau gosto, é claro, uma coisa é ser divertida outra totalmente diferente é ser infantil, Bethany não gosta de pessoas infantis, não consegue encontrar paciência para esse tipo de atitude, apesar de agir feito uma algumas vezes, mas sempre acaba por repreende-se em seguida. Gosta de fazer brincadeiras para descontrair e é difícil encontrá-la sem um sorriso, é gentil e amigável, mas também pode ser bastante “agressiva” em algumas situações, especialmente quando alguém não partilha da sua opinião, o que pode ser visto como grosseria por algumas pessoas, mas Bethany só age assim quando tem certeza absoluta de que está certa e esse alguém insiste em dizer que ele é quem está, não sossega em quanto não provar que está certa. Quase sempre Bethany tem pensamentos estranhos e quase ninguém entende sua lógica ou suas falas. De vez em quando começa a falar coisas nada a ver com o assunto, assim, de repente. Tem o péssimo hábito de pensar depois de falar, então já está até acostumada em passar vergonha em relação a isso, mas não é como se conseguisse evitar é impulsiva demais para controlar. Bethany é uma pessoa bem teimosa quando quer, não só quando quer algo, mas sim em relação a todo, então isso acabou ajudando-a a formar uma das suas principais características; ela é bastante determinada é difícil abaixar a cabeça e desistir, é bastante positiva tenta sempre achar uma luz no meio da escuridão.
Ela é um tipo de pessoa que se apega muito fácil aos outros, é realmente leal em quem ela confia ou a quem ela gosta muito e talvez seja por isso que sempre acaba extremamente decepcionada quando alguém simplesmente para de falar com a mesma do nada ou quando as pessoas são falsas com ela. Apesar de tentar ser legal com todos, já teve várias pessoas que se afastaram devido sua personalidade; Bethany é uma puta de um pavio curto, ficando estressada muito rápido, se irrita bem fácil com qualquer coisinha, tem vezes até que sente crescer uma vontade enorme dentro de si de dar um soco no meio do rosto da pessoa, mas no fim se controla para não o fazer, pois não apoia violência, acha isso totalmente desnecessário e que só gerará mais confusão e nem é uma loucona que sairá por aí batendo nas pessoas. Odeia que a fiquem enchendo o saco, principalmente quando ficam fazendo piadinhas sem graça e de mau gosto, não reclama de início, mas tem aqueles insistentes que ficam enchendo vinte quatro horas por dia, então quando chega ao seu extremo fala na cara que a pessoa é super irritante e que ninguém mais aguenta ela. Irrita-se com algo que não dá certo ou quando não consegue fazer algo; quando está irritada com algum objeto é melhor retirar de sua mão, por que, provavelmente ela irá jogá-lo no chão. Mas, no fim mesmo tento pouca paciência com as coisas ela é uma ótima pessoa para sentar e conversar coisas aleatórias, afinal, ela não chega a ser nenhum ogro, é bem carinha por sinal, gosta de mostrar afeto pelas pessoas, seja abraçando, beijando ou sei lá outra coisa que possa demostrar isso.
Costuma falar as coisas na cara, odeia indiretas, afinal será um jeito bem mais prático de se resolver as coisas desse jeito. Ela sempre tenta ser honesta, mas se for muito necessário mentir não pensa duas vezes antes de fazer isso, sem reparar que a mesma é péssima em desenrolar uma mentira acaba se embolando toda e se entrega quase sempre sem querer... É melhor pensar um pouco antes de perguntar sua opinião em algumas coisas, não tem medo de falar a verdade na cara, ela é uma ótima pessoa para se chamar quando estiver com dúvidas/vergonha no que falar para seu coleguinha com bafo ou algo do gênero... E por isso mesmo, ela sempre tenta ter cuidado com isso, pois, já acabou machucando várias pessoas com suas “verdades”. O que acaba por deixa-la extremamente triste com si mesma.
Ela é um pouco egoísta com suas coisas, tanto com comida ou objetos, como tem bastante cuidado com suas coisas não gosta de sair por aí emprestando para os outros e por ser bastante gulosa não costuma dividir sua comida muito frequentemente; mas sempre acaba cedendo e dá um pouco para quem está pedindo e em relação a objetos, faz uma lista com os cuidados que os mesmo que pediu emprestado devem seguir antes de emprestá-los, fazendo um juramento com o mesmo de que ele terá cuidado. Por seu extremo cuidado com as coisas, tem mania de deixar todo no seu devido lugar, limpinho e salvo de maus tratos... resumindo tem uma tara por limpeza e organização. É péssima em gravar as coisas e tem um péssimo senso de direção, se perdendo frequentemente.
Apesar de tudo isso, Bethany tem um coração de papel, é uma garota bastante sentimental.

Aparência:






Descrição:
Bethany possui longos fios ruivos que vão até metade de sua cintura, usa sempre uma franjinha que cobre um pouco as sobrancelhas. Olhos de tom verdes, mesmo que use lentes de contato, por conta de sua miopia e desgosto por óculos, optou em não mudar a cor dos olhos deixando-os verdes mesmo. Ás vezes – quase sempre – prefere usar os óculos mesmo, que é daquele estilo quadrado, principalmente nas aulas, pois, ela acha desconfortável usar lentes. Ela tem sardas na região das bochechas e nariz, não tão fortes, mas visíveis. Medindo 1,68 de altura com 46 kg. Calça número 37 e é um pouco pálida.

Historia:
Bethany teve toda sua infância em Belleville no Canadá, inicialmente, morava junto de sua avó em um casarão próximo a um bosque, Betty gostava de lá, era bom para brincar e sua avó para ela podia ser mais que considerada como melhor avó do mundo. Foi praticamente criada pela avó, morava junto da mesma desde que havia completado seus oito anos. Seus pais, não gostavam muito da ideia, mas não era como se pudessem fazer algo, na verdade podiam, mas seria complicado, eles não teriam tempo de cuidar de Betty, sua família nunca foi rodeada por dinheiro, eles tinham pouco recursos e quando a proposta de emprego apareceu seus pais não pensaram duas vezes antes de aceitar, mas o único problema era que: Eles teriam que sair do país e partirem para a Coreia. Então, mesmo que relutantes deixaram a menina aos cuidados da avó, sempre mandavam notícias e dinheiro para ajudar no sustento. No começo foi difícil para Betty se acostumar com a ideia de viver longe dos pais, mas com o tempo passou a se acostumar com isso, nunca se conformou com a ideia dos pais, eles poderiam ter a levado junto com eles. Viveu com a avó até completar seus dezesseis anos, foi quando recebeu a notícia dos pais de que ela finalmente poderia viver juntos deles novamente, mas não em Belleville, mas sim na Coreia. Não quis ir a princípio, por pura birra, ela mesmo admitia, poxa apenas depois de oito anos eles finalmente resolveram querer sua presença lá? Por que eles não haviam a chamado antes? E também nunca tinham ido a visitar ao menos? Preferia continuar vivendo junto da avó, mas por conta da insistência da mesma dizendo que eles precisavam se resolverem, pois, afinal ainda eram seus pais e fizeram isso pensando em uma vida boa para ela. Acabou aceitando ir por causa da avó, que a assegurou de que se a qualquer momento quisesse voltar as portas estariam abertas, mas mesmo se quisesse, atualmente, não poderia mais, pois, a mesma acabou falecendo o que deixou Bethany extremamente triste, ela era a pessoa que mais amava na vida. E então já com seus dezenove anos formados, Bethany ainda mora junto dos pais, que haviam feito um ótimo trabalho por todos esses anos que estavam na Coreia, não eram ricos, mas tinham uma ótima qualidade de vida, agora o pai era um médico cirurgião e a mãe uma bióloga marinha.

Família:
• Nome:
Douglas Richerd Judd.

Idade:
44 anos.

Aparência:


Parentesco:
Pai biológico.
-
• Nome:
Basmala Madely Judd.

Idade:
41 anos.

Aparência:


Parentesco:
Mãe biológica.

Relação com ambos:
Eles não são tão próximos quanto pais e filhos geralmente são. Bethany não guarda magoa deles, não mais, ela até entende que os pais apenas queriam garantir um futuro bom para si, ela apenas não entende o motivo de os pais terem a deixado com a avó e de nunca terem a visitado, eles mandavam notícias sempre... tudo bem, mas eles não deveriam se contentar somente com notícias, assim pensa Bethany. E esse fato acabou fazendo com que eles se tornassem um pouco distantes um dos outros pelo lado de Bethany. Eles já haviam se entendido e agiam normalmente na presença um do outro. Bethany apenas se sentia triste pelo que haviam feito.
-
• Nome:
Daliah Walaa Judd.

Idade:
4 anos.

Aparência:


Parentesco:
Irmã mais nova.

Relação:
Quando Bethany chegou na Coreia seus pais já haviam tido Daliah ou Liah, que é o jeito que Bethany chama a irmã. A garotinha tinha apenas um aninho, foi amor à primeira vista, quando Bethany viu Liah achou-a a coisa mais fofa da face da terra. Tendo seus sentimentos retribuídos pela garota que não desgruda da mesma. Liah gosta de ficar conversando várias coisas com Bethany e vive pedindo para que brinque com ela. Ás vezes Bethany perde a paciência com a garotinha já que a mesma ama ficar a irritando, mas sempre conta até dez e se controla para não brigar com ela. Bethany ama muito a ruivinha.

Pet:
• Uma Akita Inu adulto, de pelagem branca, nomeada de Alaska. Tem seis anos.

Bethany é extremamente apaixonada pela cadela, Alaska também parece gostar de si já que só vive em sua cola, para onde Betty se movimente dentro de casa a cadela vai atrás. Gosta de brincar com ela, mas não tem muito do que brincar, pois, a cadela não gosta muito, então a brincadeira resume em acariciamento.

• Uma filhote de Dálmata, nomeada de América por Daliah. Tem dois anos.

Apesar de Bethany gostar da cadela, a cachorra não parece gostar muito de si, já que só em Bethany passar por perto da mesma ela já começa a rosnar, na verdade, Betty tem medo de América.
As duas ficam soltas pela casa.

- Para escola -

Já reprovou alguma vez?
(X) Sim
( ) Não

Com qual grupo anda?
Com os esportistas.

Relação com os professores:
Primeiramente, acima de tudo, Bethany tem respeito com os mesmos. Tenta sempre prestar atenção ao que eles falam e tenta seguir aquilo que vê que pode a ajudar no futuro, apesar de conversar em hora das aulas. Age naturalmente perto deles, não tem intimidade nem nada, mas não se incomoda em falar normalmente com os mesmos. Ela não é daqueles alunos de que recebem uma bronca de boas quando sabe que não está errada em nada, rebate, apenas escuta calada e pede desculpas quando vê que realmente tem motivos de estar recebendo a bronca, nem deixa nenhum professor querer passar por cima ou humilhar a si.

Matéria favorita:
Biologia é sua preferida e que se concentra 100%, pois, realmente adora os assuntos estudados, mas também gosta de Arte, física, inglês e educação física.

Matéria que desgosta:
Todas as outras que sobram, tendo como principal: Alfabeto Hanja, tem bastante dificuldades ainda, mesmo já estando na Coreia por quase três anos.

Participa do time da escola? Se sim, qual?
( ) Vôlei.
( ) Futebol.
( ) Basquete.
(X) Natação.

- Extras -

Manias:
• Ela tem a péssima mania de quando quer dar algo a alguém ou receber, esse alguém não pode recusar, ela vai ficar insistindo até a pessoa ceder.
• Para ela, ela sempre e obrigatoriamente é a última a dar tchau, se a pessoa responder, ela se despede novamente, e de novo, e de novo.
• Tem mania de ficar estralando partes do seu corpo como dedos, costas, pescoço e etc quando está concentrada em alguma coisa.
• Ficar descalça, gosta de ficar descalça, principalmente, quando o chão está gelado ou quando está no gramado, sempre que der fica descalça.
• Sentar sempre do lado direito quando estiver acompanhada, nem ela sabe o porquê, mas gosta de sentar no lado direito onde quer que vá.
• Morder de leve a bochecha das pessoas quando acha a mesma fofa.
• Tem mania em deixar tudo em seus devidos lugares e organizado.
• Tem mania de nunca pisar nas divisas.

Medos:
• Tem trauma de ficar em lugares escuros e com apenas um lugar por onde sair.
• Tem Anatidaefobia: Medo de ser observado ou perseguido por patos. Ela “conseguiu” essa fobia depois que foi perseguida por muitos patos, por quase meia hora, pois pegou um filhote.
• Tem medo do mar, além de acha-lo enorme não sabe o que pode ter escondido por dentro de suas águas, principalmente, quando está calmo e a noite. Não é algo que não consiga se aproximar ou entrar; na verdade é que ela tem fobia de coisas muito grandes, o mar é uma delas, se tiver, por exemplo: Um Titanic número dois no mar torna o medo maior ainda, pois, terá uma coisa grande em cima de algo grande.
• Ser esquecida por aqueles que gosta.

Hobbies:
• Bethany ama esportes, então praticar esportes tornou-se um hobbie para ela, adora todo tipo de esporte, os que ela pratica: Basquete, atletismo, natação; tendo como seu preferido a luta, mesmo odiando violência a mesma pratica Muay Thai mais para defesa pessoal mesmo. Conhece muitos outros estilos, pratica um pouco de Boxe e Taekwondo, sendo seu principal estilo o Muay Thai.
• Sair por aí e caçar seus tão amados insetos, até ela mesma admite não fazer isso tão frequentemente como antes, apenas quando não encontra algo melhor para fazer no momento ou quando a vontade bate... Um dos motivos principais é pela falta do bosque que tinha perto de sua antiga casa, mas com a mudança a preguiça tenta impedi-la em sair por aí em busca de um local favorável.
• Consegue fazer vários tipos de origami perfeitamente bem e ricos em detalhes, basta pedir que ela os fará facilmente.

Gostos:
• Ama uma adrenalina, gosta de desafiar a razão e ama qualquer tipo de desafio proposto a ela, pois ama se aventurar um pouco.
• Observar o céu noturno; acha a coloração escura com pontinho brilhante muito bonita e digna de ser observada.
• Tomar banho de chuva, quando era pequena tinha costume de brincar na chuva, então ainda continua com o costume, mesmo que seja apenas para ficar sentada no chão... A ajuda a pensar.
• Pisar em folhas secas, ama ouvir o barulhinho que elas fazem ao despedaçarem.
• Lugares frios, o frio é algo que Bethany sente prazer em sentir, acha a sensação incrivelmente confortante, principalmente por poder se entupir, literalmente, com roupas.
• Comidas apimentadas e amargas; acha o gosto delicioso, gosta de sentir a acidez na boca, limão, por exemplo, é sua fruta preferida.
• Piadas sem graça para ela são tão sem graça que chegam a serem engraçadas, para ela são sempre as melhores; gosta tanto de contá-las como de ouvi-las.
• Lhamas, Suricatos e Cabras; Bethany é extremamente apaixonada por esses animais, os acha mais fofos do que um gatinho ou um cachorrinho. Ficou triste quando não a deixaram ter um desses em casa.
• Desde pequena ama caçar insetos/besouros esse era o maior hobby de Bethany. Faz isso sempre que tem algum tempo livre, ela tem uma pequena coleção de insetos no seu quarto, os insetos ficam dentro de recipientes com pequenos furos na tampa para poder circular ar, ela colocou na cabeça de que algum dia acharia um inseto “desconhecido” pela maioria das pessoas.
• Ela tem uma paixão muito grande por seu Wii u, gosta de ficar jogando, principalmente, seus tão amados jogos de super heróis.
• Lugares e coisas exóticas.

Desgostos:
• Odeia futilidade, acha que coisas assim não merecem ser notadas, para que serve algo que não acrescenta nada a ninguém, não agrega em nada e não tem nenhum conhecimento?!
• Pessoas com senso de superioridade; acha que isso é algo totalmente infantil, Bethany não vê lógica quando alguém se acha superior ao outro, daí é quando ela gosta de usar sua tão amada frase: “Não se ache demais, pois, tudo que é demais sobra, tudo que sobra é resto e tudo que é resto vai para o lixo”.
• Lugares quentes; odeia o calor se sente extremamente incomodada com ele, apenas se o dia estiver exageradamente quente Bethany começa a se sentir mal, sente tontura, cabeça começa a doer com se o próprio diabo estivesse dançando com salto alto dentro da mesma e soa muito.
• Qualquer comida que venha do mar, ela é alérgica, toda vez que come seu corpo fica cheio de bolhinhas vermelhas que coçam até a morte.
• Coisas muito doces, não é muito chegadas a eles, acha enjoativo.
• Celulares, computadores, televisões, tecnologia. Ela utiliza, mas não sempre, não é muito chegada a esses tipos de coisas, apenas tem como exceção o Wii u que não sabe como, mas viciou de um jeito...
• Que peguem suas coisas são permissão.
• Lugares muito barulhentos, principalmente quando está tentando se concentrar em algo.
• Pessoas que falam gritando, afinal, ela não é surda, consegue ouvi-los perfeitamente bem.
• Que espirrem perto de si, tem muita raiva disso.
• Odeia que a acordem cedo sem um motivo bem convincente, principalmente, em finais de semana, gosta de acordar sozinha.

Tattoos:

• Tem essas duas – Retirando a última em forma de estrela – no antebraço direito, elas não tem um significado, apenas bateu vontade de faze-las... Não foram feitas no mesmo dia, sua primeira tatuagem foi a tesoura, que simplesmente em um momento de tédio sentada na mesa viu uma tesoura em cima da mesma e teve vontade de fazê-la em tatuagem, então insistiu aos pais até eles deixarem. Depois de uns meses resolveu fazer o diamante.



• Tatuou um besouro com asas de borboleta na coxa(?) esquerda, foi apenas por gostar de insetos mesmo. – Coloquei duas imagens, por que, a primeira estava em preto em branco –


• A data de seu nascimento em números romanos no pulso esquerdo. “X.XII.MCMXCVII”. É algo com um significado de: Representa seu nascimento e o motivo por permanecer viva, que no caso, seria o coração no pulso esquerdo. É algo que ela não sabe explicar direito o motivo de ter feito.



• E por fim, tem um código de barras acima no meio das costas, sem significado e quatro facas na costela, também sem significado.

Piercing:
Não tem piercing, mas usa alargador nas duas orelhas de 8mm pretos.

Frase mais utilizada:
• Eu só digo uma coisa: Eu não digo nada. E ainda digo mais: Não tenho nada a dizer.
• Pessoas falsas têm uma imagem a manter, pessoas reais simplesmente não se importam.

Par:
Jung Hoseok.

Relação com o par:
Não demorou para eles se tornarem amigos, adora rir com ele, brincar e fazer piadas idiotas que às vezes só os dois entendem. Eles agem como amigos normais acima de tudo, conversavam, brincavam, ficam abraçados, tiravam onda um com o outro e tudo mais. Não demorou também para Bethany perceber que estava tento sentimentos a mais do que amizade com o mesmo, mas mesmo que Bethany já não consiga mais esconder de si mesma o que realmente sente pelo amigo a mesma tenta não demostrar, pois, tem medo de perder a amizade. É uma relação bem aberta também, um confia para falar qualquer coisa ao outro.

Relação com os amigos:
Ela gosta de agir no seu mais natural possível, sendo ela mesma com eles. Gosta de estar perto dos mesmos sempre que pode, gosta de ficar abraçando-os a cada meio minuto, mesmo sabendo que alguns possam não gostar. Por seu jeito fácil de se apegar as pessoas que gosta ela é muito apegada a todos eles. Gosta de tirar onda e se divertir junto dos mesmos. Tenta ao máximo não discutir com os mesmos, mas as vezes acontece algumas discussões bobas devido a pouca paciência ou ser fácil irritar Betty, mas a mesma volta a falar com eles normalmente como se nada tivesse acontecido no segundo seguinte. No caso, quando é algo mais sério, Bethany analisa se estava errada em algo para tentar consertar.

Amigos de pessoas que fizeram fichas:
Certo!

Algo mais?
• Apesar de já estar morando na Coreia por quase três anos, ainda não sabe falar fluentemente. Ela fala bem, mas tem palavras que ainda não conhece.
• Ela não consegue dormir sem travesseiro... Conseguir até consegue, mas demora um bom tempo tentando.
• Tem rinite e sinusite.
• Bethany tem intolerância à lactose.
• Alergia a qualquer tipo de pó que entra em contato com seu nariz, ela começa a espirar e não para por dois minutos.
• Ela tem uma pequena coleção de quadros com borboletas empalhadas pendurados em sua parede do quarto, comprava quando era mais nova, mas parou de comprá-los, pois, prefere vê-las livres e vivas, mas ainda mantem no quarto, pois, os quadros a faz lembrar da avó já que foi ela quem comprava.

- Roupas -

Casual:



Festa:



Baile:



Banho:



Frio:



Verão:



Pijama:


Escutando: EXO - Growl
Lendo: (campo não obrigatório)

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...