~hopefull

hopefull
+ stone +
Nome: ✝ fudelis — 캐롤라인
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Curitiba, Paraná, Brasil
Aniversário: 16 de Abril
Idade: 17
Cadastro:

.prey


Postado

.prey

Fichas – Prey

—☾。we need is faith in something



You make me wanna die, I'll never be good enough


Nome:
Blue Ivy
[que significa “pequena flor azul”]


Apelido:
Flower


Idade:
Aproximadamente, vinte e dois anos.


Aparência:
Taylor Momsen



Espécie:
Demônio
[Abyzou]


Personalidade:
Blue é, nada mais e nada menos, o que o seu próprio nome diz: blue. Americanamente falando, ela é, o que todos chamam de triste, ainda que seja uma tristeza diferente das demais. Aquela tristeza que ninguém conseguira desvendar e nem apaziguar, como se a mesma fosse uma mistura de chuva e trovões. Sendo assim, a mesma tinha medo de sua própria tempestade, já que havia se encontrado em um maldito barco de papel no meio de toda ela, durante sua existência, só que sozinha, sem ninguém para que pudesse amar, ou fazê-la feliz. Tornou-se, portanto, um poço de amargura e dor, formando Blue Ivy, puramente, no que era: a dor que havia virado maldade.

Ela, em suma, odiava qualquer garota grávida, simplesmente pelo fato de ser um demônio e ter ódio de mulheres que tinham essa dádiva: ter filhos. Com base nisso, acabava por se relacionar com as mesmas, pois assim nenhuma delas poderia multiplicar sua espécie, levando em conta que estaria se relacionando com um “ser” da mesma espécie. Não consegue nutrir sentimentos por ninguém, sendo que todos os seus relacionamentos foram por interesse ou prazer de causar sofrimento. É fissurada por instalar o caos por onde passa, e consegue fazê-lo com maestria, aliás tudo o que têm dentro de si se resume ao caos.

É extremamente fria e calculista, além de sarcástica e irônica. Mesmo assim, continua com aquela alma machada de toda espécia de tons de seu triste azul, ainda que agora consiga escondê-los por mais tempo, continua querendo encontrar alguém que enxergue-a além daquilo que todos conseguiram, ainda que não consiga admitir.


História

Ela não consegue se lembrar de muita coisa antes de se ver jogada em um canto qualquer do inferno, e ter um conversa um tanto quanto rude com Lúcifer. A única memória que a garota tem do passado/vida é o que ela chama de flash, como que em um borrão consegue se enxergar numa cama de hospital, abortando um bebê; na real, ela nem sabe se aquilo é uma alucinação ou uma lembrança do que viveu na Terra quando humana, levando em conta que seria uma raridade um demônio lembrar de algum fato ocorrido antes de ser escolhido como demônio.

Por esse motivo, especificamente, Lúcifer escolhe-a para ser uma Abyzou, um dos demônios mais temidos pelos católicos em geral, por ser a responsável por abortos espontâneos ou por trazer a morte aos recém-nascidos. Podendo assim, segundo Blue, livrar as mulheres do peso de ter um filho, ainda que a verdadeira motivação para isso seja de que conseguia perceber que mulheres poderiam ter filhos, enquanto ela, que havia rejeitado esse direito quando em vida, e ela já não poderia mais; achava assim que sua verdadeira motivação era escondida de Lúcifer, quando, na verdade, era exatamente esse ódio que o fez escolhê-la.



Orientação Sexual:
Lésbica


Está ciente que, independente de espécie, seu personagem pode morrer a qualquer momento?
Tô, mas vose nem seja loca de matar minha Tay, tá? Tá.


Obervações/Curiosidade:

→ Blue tem um interesse gigante por biologia, tendo lido mais de 300 livros sobre o assunto, somente para entender o corpo humano;
→ É viciada em rock, levando em conta que em sua outra vida era rockeira (ainda que não se lembre disso) e isso acabou por repercutir na sua vida pós-morte;
→ Gosta de jogos de raciocínio;
→ Odeia estar em lugar cheio de pessoas, exceto quando este é um hospital.



— ☾ —





+ Everything is blue: his pills, his hands, his jeans.


Nome:
Seraph Adamatti
[“feita no fogo, aquela que queima”]


Apelido:
Skyle


Idade:
Existente desde a formação do mundo, porém tem aparência de vinte e um (21) anos.


Aparência:
Halsey





Espécie:
Anjo
[Serafim]


Personalidade:

Seraph é uma garota totalmente apaixonada pela cor do céu, assim como de todo o resto; sabe-se que os anjos da classe de serafins são os da mais alta classe do céu, sendo, obviamente, da alta confiança do Ser Supremo, principalmente pelo fato de terem a capacidade maior e mais admirável de amar; e assim era Seraph: a garota cheia de amor.

Apesar de ser um membro da alta classe celeste, Seraph tinha toda aquela coisa da humildade, como se era esperado. Tinha prazer em ajudar no que necessário, sendo humanos ou anjos. Era a garota do riso fácil e da mão estendida, não como os outros por natureza, mas como se a bondade houvesse se instalado de uma maneira genuína em seu coração para lá ficar por toda a sua eternidade; assim como a alegria, que parecia emanar de seu corpo todos os segundos, contagiando a todos.


História

Sua história baseia-se em ajudar pessoas e a servir, não passando disso, e não era algo que a incomodasse, já que, como dito anteriormente, ela era o que definem como alguém feliz. No entanto, o curso da história da sua vida mudou quando se apaixonou, e todos sabiam que um anjo estava ali somente para servir ao Divino, e não poderia manter relacionamentos, ainda mais quando esse relacionamento se dava a partir do amor por uma mulher – o que seria abominação perante a “santidade” presente no céu. O que, se descoberto, poderia ter tratado como traição a Deus.

Orientação Sexual[/b]:
Bissexual – ainda que essa ideia pareça para ela como abominação.


Está ciente que, independente de espécie, seu personagem pode morrer a qualquer momento?
Sim, mar se vose matar minha mc halsinha, vose vai se ver comigo depois


Obervações/Curiosidade:

→ A garota tem o cabelo azulado de nascença, o que a faz ser um diferencial no meio dos anjos, já que os mesmo tem o cabelo loiro, padronizadamente.

Escutando: Heaven - Ailee

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...