~OperaParaMortos

OperaParaMortos
De livros.
Nome: Ana Clara
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 23 de Março
Idade: 15
Cadastro:

E eu não vou dar o devido valor; Jornal desabafo escolar.


Postado

E eu não vou dar o devido valor; Jornal desabafo escolar.

Hoje estou aqui, para desabafar o nada... brincadeira... estou aqui simplesmente para falar que cansei, não de escrever e sei lá, cansei de tanto sofrimento para no final não dar em porra nenhuma, sabe? Isso realmente cansa e pra cacete. Minha escola já está um horror, odeio, minha escola poderia até ser boa, se não fosse hoje habitar as pessoas chatas na minha sala, sério, tem horas que a paciência acaba... e a minha já acabou a muito tempo. Não sou aluna de brigar e bater boca com professores ou qualquer funcionário da escola, mas é tão ridículo. Briguei e gritei com a Diretora da escola, briguei mesmo... é engraçado quando a pessoa pede respeito, mas não te oferece o mesmo, não é? Isso tem limites na verdade tudo tem um limite, e não eu não aguentava... e vou explicar tudinho.

[...]

Estava lá eu, fazendo o meu trabalho de oito páginas para ganhar 100 pontos já não estava naquele clima é segunda-feira, então eu estava quieta fazendo os negócios com as minhas amigas. Até que chega a professora gritar bem no meu ouvido, falando que os alunos não fazem porra nenhuma e que só serve para atrapalhar e fazer ela ganhar bastante dinheiro. E digo mais essa professora só passa dever no livro, manda os alunos só colocar a resposta, não explica a matéria e na prova todo mundo se fode, já que só tem as merdas das respostas e não as perguntas. Ainda acha que tem a capacidade de reclamar, mano, levantei da cadeira e joguei os cadernos na cara dela. Xinguei ? Sim e não foi pouco, já não aguentava, mas ninguém aguentava aquela mulher nojenta. Falei que ela nem deveria ser professora já que não sabe explicar cacete algum, e outras coisas que não vou escrever. Fui para a secretaria e acabamos brigando mais ainda, peguei a prova de todos da minha turma e mostrei os cadernos a diretora que até então não acreditava, na minha palavra e nem na palavra dos outros alunos. E elas sabem que o pessoal lá da sala, não é de brincar assim... acabou que a professora xingou a gente e a diretora, mas no fim a puta continua lá... que raiva, mulherzinha desgraçada. Ughr!!!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...