Asylum (interativa)


Postado

-FICHA -


Nome:

Yerik Pushkin


Idade:

20 anos


Opção sexual:

Heterossexual


Personalidade:

Yerik é sério, possessivo e forte, conservador em suas manifestações, circunspecto em seus gostos, e também de forte sensualidade. É demasiado orgulhoso para se desvanecer em galanteios. Obstinado e teimoso, só por se opor, não admite que outro esteja com razão, ainda que no fundo saiba que está equivocado.
Disposto a se sacrificar por uma satisfação, jamais dá um passo precipitado, menos ainda no amor, onde depois de medir muito bem o terreno é que se decide a dar o passo seguinte; escolhe suas respostas e atitudes com grande cálculo e precisão, pois olha para o futuro e o considera coisa séria; parece ser demasiado frio e calculista. No entanto tudo isso está na superfície, porque dentro de si necessita de amor, mesmo que passe a sua vida sem ele. Tem uma demasiada tendência a ser rancoroso, dificilmente esquece e tende a estar recordando não raras vezes tais momentos desagradáveis. Rapaz de difícil aproximação, Yerik despreza a subserviência, a bajulação e o servilismo. Ao ponto de preferir "morrer de pé" do que ceder ao seu orgulho ferido. Fiel e confiável, sério e responsável, ele tem lá suas pequenas loucuras, que podem se traduzir de diversas formas. Porém tem lá suas negatividades, não aceita bem normas e regras. Nunca critique o que ele acredita ser verdade ou o que valoriza. Ele não costuma analisar como uma opinião sua, mas como uma provocação. Se possui valores diferentes do dele, é melhor não sonhar muito com um final feliz.


História:

Nascido e criado na Rússia. Yerik sempre fora um garoto tranquilo e observador desde sua infância. Apesar de ter vindo de uma família com um grande poder aquisitivo, ele nunca gostou nem apoiou a comodidade nem mimos. Sempre fora batalhador e preferia conquistar seus próprios objetivos e bens materiais do que aceitar tudo de mão beijada. Sua relação com seus pais nunca foi tão boa assim. Por viverem trabalhando demais para manter o status, os pais de Yerik nunca acompanharam sua infância de fato. O único que sempre esteve ao seu lado era o seu irmão mais velho, Hugho.
Hugho e Yerik eram inseparáveis, acreditavam que nem nada nem ninguém poderiam um dia se quer separa-los. No décimo nono aniversário de Yerik uma fatalidade aconteceu, seu irmão foi encontrado morto em um córrego próximo a sua casa. Ironia do destino? Talvez. A verdade foi que ele tinha sido vítima de um assalto acompanhado de homicídio qualificado. O motivo para isso? Ninguém sabe, e nem nunca descobriram. Com a morte de seu amado irmão, Yerik começou a se distanciar ainda mais de seus pais, até mesmo de seus amigos, se tornando um garoto antissocial e reservado. Quando ficou de maior decidiu que deveria dar um rumo à sua vida. Ele resolveu sair de seu país e começar algo novo, em um novo lugar. Foi ai que chegou em Asylum.


Aparência:

Yerik é um garoto que deixa rastros por onde passa. Nenhuma vez você não ouvirá comentários sobre ele, principalmente se já deixou sua marca no local. Atraente é pouco para o que ele deixa transparecer. Por ser alto (1,85) e possuir um corpo magro mas atlético nunca fica despercebido no meio da multidão. Seus cabelos são castanhos escuro e nunca estará com uma aparência igual de um dia para o outro. Seus olhos são de um verde penetrante, o que torna o seu olhar muito mais atrativo e hipnotizante. Uma característica chamativa em seu rosto é o seu maxilar firme e definido que juntamente com toda sua face torna uma harmonização perfeita.










Parentes:

Mãe: Melissa Pushkin, 45 anos


Pai: Octávio Pushkin, 50 anos


Irmão: Noah Pushkin, 22 anos (falecido)



Estuda/Trabalha?

Ele é autônomo, trabalha como fotógrafo mas é mais um Hobbie.



Medos:

Ele tem medo de perder sua liberdade, e pessoas de quem ame.

- Quis -

Frio ou calor?

Frio


Uma música que define seu personagem:

Smells like teen spirits




Uma lembrança boa desse personagem:

A época em que seu irmão estava vivo.


Uma lembrança ruim desse personagem:

A notícia da morte de seu irmão.


Um sonho do seu personagem:

Poder ter um dia orgulho de chamar seus pais realmente de “pais”

Mataria alguém?

Sim, por defesa pessoal.


- Quiz para o criador -

Qual sua teoria para Asylum?

Me parece ser um local sombrio, onde os personagens enfrentaram seus piores pesadelos. Asyum me lembra asilo que me lembra manicômio que me lembra insanidade e fatos macabros. Posso ter viajado legal aqui mas é o que consegui imaginar.

O que você espera de Asylum?

Como eu falei na pergunta anterior, se minha teoria estiver correta eu iria ficar feliz com tal circunstância.


Posso torturar seu personagem?

Pode, mas pega leve ;-; hausah

Sabe que se seu personagem não morrer, poderá ficar louco, como se sente diante dessa afirmação?

Acho que seria muito interessante, estou lhe entregando esse personagem com bastante carinho, espero que qualquer fim que seja dado a ele seja de forma esplendida.

Algo a mais:

Yerik tem uma moto que herdou do seu irmão após sua morte


E ele fuma também…

Oyasumi…





Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...