~pata_louca_sol

pata_louca_sol
Leli
Nome: Pata serelepe <3
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Joao Pessoa, Paraíba, Brasil
Aniversário: 25 de Setembro
Idade: 15
Cadastro:

30 por 1


Postado

Acho que a grande maioria de vocês devem saber do que aconteceu essa semana, onde se eu não me engano foi na terça feira. De qualquer forma eu só soube mesmo disso ontem, e como eu passei o dia fora, só tive como deixar a minha opinião agora.

Nós vivemos em uma sociedade machista, homofóbica e corrupta, isso é fato, quantas vezes nós vemos a situação do nosso país e achamos que é normal? Quantas vezes a gente não se depara com pequenos atos de corrupção ou até mesmo fazemos e achamos normal? Não me excluo de nada disso, eu cometo erros assim como cada ser humano, entretanto esse caso chocou a internet, sim, chocou, porque foi uma coisa desumana.

30 homens para 1 menina, um estupro, uma vida que jamais será normal, isso é algo que se faça? E o pior, é legal além de estuprar postar no Twitter? Uma coisa é certa, a gente vive em uma sociedade que pratica a cultura do estupro. Sim, praticam.

Vou dar um exemplo nesse caso recente que aconteceu, existiram comentários de pessoas alegando que a culpa era da menina, que se ela estivesse em casa nada disso teria acontecido... OI? A culpa é da menina? Como assim?
Que pessoa em sã consciência pede para ser estuprada, por 30 homens e ter um vídeo do estupro circulando no Twitter?

E esse caso é um de vários que ganhou destaque. Quantos estupros estão acontecendo neste momento, não só com mulheres, mas com gays ou trans? É um número gigante, segundo o G1, temos um caso de estupro a cada 11 minutos.... muita coisa não?

Quando eu estava lendo no G1 sobre o caso tinha uma parte, em uma das reportagens assim:

" Segundo a família da menina, o rapaz que a menina conheceu na escola e com o qual ela já havia tido um relacionamento, teria agido premeditadamente.
“Um deles é namorado dela, tinha sido namorado dela, que ela conheceu na escola. E isso foi uma vingança dele. Ele fez isso com ela e chamou mais 30 para fazer o mesmo. O pai dela nem aguenta falar que chora muito. Um ser humano que é capaz de fazer isso com uma menina de 16 anos só, cheia de sonho, né? E eles fazem isso. A família está assim, sem palavras”, lamentou."

Agora vamos parar para refletir, por favor, convido vocês que estão lendo a tentarem entender a minha linha de raciocínio. O namorado da menina fez isso... gente, ela conheceu a criatura na escola, era uma pessoa que a família jamais imaginaria que faria isso, a que ponto a gente chegou?

Me respondam uma coisa, como uma pessoa que sofreu isso vai conseguir confiar nas pessoas? Se mesmo uma pessoa que ela se relacionou por 3 anos ( vi no G1 este fato ) fez o que fez com ela!

Olha, eu tenho esperanças que esse caso sirva de alerta para todo o Brasil.

Sou do sexo feminino, sou um pouco mais nova que a menina em pauta e digo para vocês, eu tenho medo de ficar sozinha, por exemplo, se eu for para um shopping com as minhas amigas, eu sempre vou esperar uma delas com a minha mãe, ou vou direto com uma, eu não gosto de ficar só, por medo que isso aconteça mesmo.

Posso estar ficando paranoica? Posso! Mas vamos lembrar que a cada 11 minutos um estupro acontece, acho que minha paranoia é perfeitamente aceitável.

Antes que eu finalize, preciso comentar outra coisa, o ser humano, a cada dia que se passa só se preocupa com ele mesmo, existem trilhões de crueldades que acontecem, mas muitas vezes as pessoas fingem que é normal. Gente, parem, isso não é normal! A gente precisa combater isso, denunciando, pressionando a justiça, manifestando os nosso ideais de maneira pacifica. A gente deveria se juntar para esse tipo de coisa.

De qualquer forma, esse texto era para expressar a minha opinião e indignação. Por um país onde a cultura do estupro seja arrancada pela raiz.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...