~sedwzente

sedwzente
[+Png.Feminista]
Nome: 𝓔𝓶𝓶𝓪; ✿
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 4 de Março
Cadastro:

• Normal People scare me •


Postado





❝We u•s•e•d to play →pretend←, G.i.v.e ;☆each☆; other @;different names we ::w.o.u.l.d:: вυıł∂ a rocket ship ♡*.¸&¸.*♡ then we'd fly☆ it far [♡away] used to dream☁ of outer ❇space❇




Paciente | Hairspray

Sobre ela


Nome


Aliah Falls Riddle


Aliah vem do hebraico, significando pessoa calma e decidida. Com intuitos bons e sem intenção de ferir alguém. Pessoa singela e doce. - Contradizendo em muitas partes, Aliah. Ela não gosta muito de seu nome, já que foi escolhido por seu pai, pessoa a qual Aliah não gosta nem pintando de ouro.


Apelido

𝒜𝓁𝓎 — Apenas sua mãe a chamava desse jeito. Porém, depois que tudo começou, Aliah, não gosta muito de ser chamada de Ally, pois faz lembrar sua mãe.
𝑀𝒶𝒹𝒹𝒾𝑒 — Maddie é uma forma “carinhosa“ de dizer maluca. No inglês, Mad, significa louco, então, alguns meninos de sua escola antiga, colocaram esse apelido em Aliah, depois de descobrir que ela era esquizofrênica.
𝒜𝓁𝒾𝒸𝑒 — Quando Aliah tinha nove anos, encenou uma peça no colégio, ela era uma readaptação, do clássico, Alice in Wonderland.Como Alice era estranha, assim como Aliah, as crianças a apelidaram assim. Mas, até que ela gosta desse apelido. Entre todos é o melhor.


Data de nascimento

Aliah veio ao mundo no dia primeiro de novembro de 1999, de madrugada. Ela resolveu vir ao mundo justamente as três da manhã. Seu pai não estava em casa quando a bolsa de Ella estourou, então quando sua mulher estava dando a luz ele estava no trabalho. Quem levou Ella até o Hospital para ter a pequena Aliah, foi seu avô Carlos — única pessoa que ela ama no mundo todo —.


Idade

17 anos de idade


Orientação sexual

Aliah nunca teve nenhuma relação amorosa ou sexual com ninguém, sendo ela uma perfeita, ❝Maria❞ — Se já assistiu Gilmore Girls você vai entender —. Nunca nem pensou em namorar, mas, quase que sem querer, já se sentiu atraída por seus melhores amigos. Jhanny, uma bela e inteligente garota e Peter, um garoto certinho cujo hobbie predileto era ler livros. Sendo assim, Aliah se considera Bissexual.


Par?

Sim, mas, leva em consideração que ela só gostou de amigos e que nunca teve nada com ninguém. Ou seja, não deixa ela ficar com qualquer um por que isso não seria algo que Aliah iria fazer.


Aparência












Aliah é realmente muito bela. Não se arruma quase nunca, mas, consegue ficar linda mesmo bagunçada. Ela é o tipo de beleza diferente, não é toda hora que você vê uma garota de quase dezoito anos com cara de quatorze. Seu tamanho só ajuda a ficarem perguntando sua idade a todo momento. Ela possui 1,67, tamanho de sua vizinha que tem doze aos. Não possui nada de mais. Seus seios são demasiadamente minúsculos para a idade, e possui coxas bem finas. Porém, o que se destaca em Aliah é seu bumbum [Palavra engraçada não?], ele é grande e definido, segundo as meninas de sua antiga escola, “é de dar inveja“. Possui também uma pele um tanto quanto pálida. Parecendo que tomou uma dose de susto que a fez ficar branca para sempre. Ela é o tipo de pessoa que não fica bonita em certos tipos de roupas. Mesmo tendo um corpo “bonitinho“ ela não gosta de mostra-lo. Se escondendo em casacos grandes e moletons, não dá pra mostrar o corpo? Aliah vai gostar. Seu rosto é bem bonito, possui “olhos de vampiros“ como ela gosta de chamar. Ela diz isso pelo fato de olhos de vampiro terem a pupila meio dilatada, e os dela terem cílios e sobrancelhas tão finas que dão a percepção que só tem a pupila. Por falar em cílios, ela tem um pouco de raiva deles por serem tão ralos e finos. A mesma coisa com as sobrancelhas. Seus lábios são avermelhados, já não precisando de qualquer tipo de maquiagem para isso. Seu cabelo é de uma cor estranha, segundo a menina, um loiro meio amarronzado. Ela nunca tingiu o cabelo. Pelo contrario, ele era puramente loiro quando Aliah era menor. Quando ela tinha doze anos ele era meio ruivo, meio alaranjado, e agora ele é dessa cor estranha que Aliah não sabe identificar. Eles são meio ondulados, mais não eram assim antes, eles eram bem retos, mas, depois de uns anos, ele foi ondulando.


Photo Player

Taissa Farmiga





Psicológico | Sobre a família

Personalidade



Aliah é uma pessoa bem calma. Ela é muito tranquila e faz tudo sem agitação, em uma paciência tão “lerda“ que chega a irritar. No colégio a chamavam de garota paciência por ser muito tranquila. Ela quase nunca se estressa, tenta ser paciente com todo mundo. Procura sempre fugir de brigas e intrigas. Geralmente quando “brigam com ela“ — já que as pessoas ficam falando enquanto ela encara com a maior expressão de “ata“ —, ela fica ouvindo, e quando a pessoa, finalmente, para de falar ela sorri e diz: “Eu não escutei uma palavra do que você disse“. Esse é seu modo de demonstrar calma em todas as situações e ainda colocar um pouco de sarcasmo no meio. Por falar em sarcasmo, isso define Aliah por completo. Sarcástica. É isso que Aliah Falls Riddle é. Ela é muito irônica, até em momentos de dor e que não é para ter graça ela arruma um jeito de fazer alguma piadinha.
Ela se mostra sempre muito forte e impotente. porém, usa esse tipo de mascara para esconder a Aliah de verdade. Que é na verdade uma garota muito frágil. Antes de aprender a esconder toda sua dor em um sorriso falso, ela costumava chorar muito até se sentir feliz. Hoje em dia, por mais triste que ela estiver ela prefere sorrir a se mostrar derrotada. É uma questão de orgulho. Ela acha que por não ter sido amada por seus pais tem que mostrar que eles são tão insignificantes que ela superou rápido.



Ela é uma pessoa muito sensata. Se mostrando até muito madura para a idade. Ela aprendeu a amadurecer bem rápido, graças ao que passou. Nunca precisou de ninguém para nada e até hoje, afirma que nunca irá precisar, já que ela é uma garota independente e que não precisa de ninguém. Isso contribui muito para formar seu ego. Ela não sai falando por aí “Ei, eu tenho dezessete anos e não dependo de ninguém!“, mas por dentro ela fica se dizendo “ Você é incrível!“, o que é uma verdade incrível. Ela é incrível.
Aliah também é muito persuasiva, ela gosta de controlar os outros com seu olhar de anjo e o rosto de cachorrinho que caiu do caminhão de mudança. Ela quase convenceu seu avô a deixa-la morar com ele, mas sua mãe/a bruxa com quem ela vivia disse que não. Ela consegue seduzir as pessoas mesmo sem querer. Ela não gosta de chamar atenção, gosta de ficar na sua, sem ser incomodada. Odeia ser o centro das atenções.
Ela é muito fria. Não gosta de demonstrar sentimentos. Odeia que a pressionem tentando arrancar alguma coisa. Nunca gostou disso e não faz com os outros pois sabe que é incomodo. Ela é do tipo de pessoa que pode estar perdidamente apaixonada, mas não vai demonstrar só por uma questão de orgulho.



Odeia ser tratada com ignorância, ela é sempre doce com todo mundo — ou quase — e não acha que merece ser destratada. E também não acha que ninguém deva merecer esse tipo de tratamento. Por isso é do tipo de pessoa que dá na cara de qualquer um que destrate quem ela gosta. Aliah é uma pessoa muito fiel, morreria para salvar quem ela ama, não gosta de ver ninguém sofrer e acaba tentando de todas as formas ajudar quem está sofrendo, ela é o tipo de pessoa que senta e chora junto com você.
Gosta muito de contrariar, é do contar 100%, ama um bom debate de ideias e também adora causa-los. Por isso é sempre a diferente, dizendo sim quando todos dizem não. Apenas para todos olharem para ela e falarem “Ei qual o seu problema?“.
Ela é muito estrategista. Gosta dizer que a vida é um jogo que ela já ganhou. Ela identifica segunda intenções e começa a jogar “a favor“, mas quando você vai ver ela estava jogando contra. Ela odeia perder, então ela gosta de ferrar o “jogo“ para os outros.
Por último, saiba, que se você brincar com os sentimentos dessa garota, não sobrará um caquinho seu para contar historia.


Historia




Nascida em Londres, Inglaterra, Aliah nunca teve o que queria verdadeiramente. Amor. Quando tinha treze anos, teve que se mudar para Los Angeles graças a separação dos pais. Ben foi junto, mais ficaria em casas separadas. A tia de Aliah, Clarisse, foi junto com elas, Tendo assim, sua mãe, uma companheira nas encheções de saco.
Segundo sua mãe, ela é um erro. Vera ficou gravida não propositalmente e não queria ter filhos por ainda ser muito nova, então, a menina, segundo Vera, é o motivo dela não ter uma vida feliz.
Aliah sempre foi muito observadora, quando criança, na escola, observava as outras crianças brincarem, mas, nunca se aproximava. Só olhava de longe. Quando ia ao parquinho era a mesma coisa. Apenas observava. Porém, um dia, quando tinha 14 anos, tudo mudou.



Aliah foi vista por uma menina chamada Bethany, conversando com o vento. Brth gritou para ela parar de ser maluca e deixar de ser uma estranha, então, Aliah arrancou uma pedra do chão, e jogou na garota. Acabou indo para a diretoria por ferir a garota. Quando perguntavam por que ela havia feito isso ela simplesmente respondia que foi o cara de rosto queimado que havia mandado.
Sua mãe foi chamada no colégio junto com seu pai. Eles decidiram que a menina estava passando por uma fase, devido a separação dos dois.
O segundo incidente foi envolvendo uma professora, ela estava proibida de sair para o pátio pois havia machucado Bethany. Seu castigo, era ficar na sala de aula, com uma professora, desenhando ou fazendo o que quisesse. Neste dia ficaria com a professora de Ciências. Ela passou toda a aula muito perturbada, e quando o sinal bateu começou a se contorcer na carteira, tampar os ouvidos, sussurrar ´´socorro`` quase inaudivelmente, chorar e suar frio. A professora =, vendo seu sofrimento, perguntou o que estava acontecendo, Aliah apenas olhou cheia de lágrimas para a professora e pediu para sair dali, por que eles estavam chegando. A professora não permitiu a saída, e então, Aliah saiu correndo e trancou a professora na sala de aula.



Depois desse incidente, seus pais decidiram que seria melhor leva-la em um psiquiatra. A conversa foi muito estranha, Aliah dizia que as vozes estavam a machucando e que ela precisava sair da cidade. o Médico por fim concluiu que ela sofria de esquizofrenia, explicando os delírios e Narcolepsia, que explicavam os ferimentos que ela dizia ser causado pelas vozes, então, ela foi mandada para um hospital psiquiátrico para receber tratamento.Desde esse dia passo a se cortar e fumar para se sentir melhor.


Familia



Mãe | Ella Vera Falls | 36 anos | Modelo | Viva

Aliah e Vera nunca se deram bem. Mas era uma relação um pouco melhor que a da menina com o pai. Ella até tentava entender a filha de algum modo, mais sempre se lembrava que foi por culpa dela que sua carreeira não decolou mais rápido e acaba se afastando. Aliah sente muita falta da figura materna e acaba sofrendo muito com isso. Por incrível que pareça, Ella também sofre, tenta não culpar tanto Aliah, mais não consegue.




Pai | Colton Benjamin | 37 anos | Colunista social | Vivo

Ben e Aliah nem se quer tinham uma relação. Aliah não gostava dele ao natural, ela nunca nem se quer, desde que se entende por gente, conversou com ele. Alguma coisa, faz Aliah odiá-lo mais que odeia sua mãe. Por isso a própria garota se afasta dele. Ela não o considera como pai, então para ela, é um estranho que a chama de filha.


Diagnostico

Esquizofrenia e crises narcolepsas.


Esquizofrenia com crises narcolepsas, é uma doença cronica que faz com que a vitima tenha delírios, alucinações e alteração de personalidade. Também é comum aparecer feridas por todo o corpo sem motivo algum.


Porque está no Butzke?

Apesar de se manter lucida na maior parte do tempo, seus pais, já haviam descobrido qual era o motiva da garota ser diferente, então a colocaram o Butzke, falando nas mídias sociais que a garota pararia de aparecer nas telas com eles durante um tempo por que iria fazer intercambio.


O que mais odeia em uma pessoa

Falta de caráter


O que mais gosta em uma pessoa

O quanto elas podem ser diferentes uma da outra.






Outros

Como vai tratar


→ Medicos e enfermeiros

Ela geralmente não curte os enfermeiros e os médicos. Mas, gosta da companhia de alguns, pois em partes considera, que se eles não estivessem ali ela poderia estar morta.

→ Estudantes

Não tem nada contra, na verdade, até gosta de conversar com eles sobre o colégio/faculdade. É bastante amigável com eles. Já até pediu para um deles lhe fazer alguns exercícios de matemática para não perder o costume.

→ Par

É aquele velho cliché da garota que não sabe amar, pois não teve amor na infância. Ela tenta ao máximo ser carinhosa, o que acaba sendo de um jeito meio estranho, pois ela não leva jeito para carinho. Aliah é bastante "safadinha" [Desculpe o palavriado] e gosta de "coisas mais intensas". Ela quer estar sempre do lado de seu par, apoiando em suas decisões.

→ Outros pacientes

Ela não é de se enturmar mas gosta de conversar com eles sobre a própria "loucura". Aliah acha legal ouvir as opiniões diferentes.

→ Harley Taggart

Harley e Aliah são bastante amigas, conversam sobre tudo a todo tempo. É comum vê-las juntas nos corredores do hospital. Por terem o mesmo transtorno [Esquizofrenia] acabaram ficando em alas próximas, o que somente ajudou a fortalecer a amizade.

→ Ethan Taggart

Aliah gosta muito de conversar com ele. Por ser uma pessoa muito tranquila se dá muito bem com Aliah. Eles conversam mais como amigos do que como médico e paciente. Ela gosta de perguntar sobre os outros pacientes para ele e fazerem algumas teorias irreais e engraçados sobre os diagnósticos.


Vicios

Cigarros e auto-mutilação. Ela começou com isso para abafar suas magoas devido a tudo que estava acontecendo em sua vida. Fumava escondido, geralmente em seu quarto, quando sua mãe ia para desfiles.


Segredos

Ela já empurrou uma menina da escada e ameaçou mata-la se contasse para alguém. A menina não contou a ninguém por conta do medo de morrer. E então, Aliah, decidiu que também era melhor não contar isso a ninguém.


Uma palavra/frase que define seu(a) personagem

❝ Você não sabe nada...Quanto ódio eu carrego dentro mim... E quão forte eu me tornei por causa deste ódio. Você não me conhece, afinal. ❞ - [Autoral.]


Música tema

Heathens - Twenty One Pilots




Lema do personagem

Pessoas normais não são confiáveis.


Gostos


→ Rock → Roupas pretas → Filmes de terror → Livros de suspense → Dançar na chuva → Conversar sozinha → Explorar o hospital → Dormir → Grama → Comida gelada → Animais


Desgostos


→ Pessoas normais → Muita claridade → Gente grossa → Calor → Mirtilo


Qualidades

→ Companheira → Fiel → Defensora → Corajosa → Tranquila → Pacificadora


Defeitos

→ Orgulhosa → Fria → Irritável → Sensível


Sonhos

Aliah tem o sonho de sair do Hospital psiquiátrico e montar sua vida, uma família, um marido/uma esposa, e mostrar para seus pais o quanto está feliz e não precisa deles ou de seu amor para nada.


Roupa


O estilo dela se resume em moletons e blusões para basicamente "se esconder".

Se eu precisar mudar algo em seu personagem esta de acordo?

Sim mas não. Pode mudar mais não muito, por que eu gostei muito do resultado final dela.


Algo mais?

Não, isso é tudo pessoal.




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...