~Theoria

Theoria
Not men, fascists... 309
Nome: Ясмин Алвес
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 11 de Março
Idade: 16
Cadastro:

Ficha - Huntburn


Postado

Antes de tudo: Fluffy

♧ Nome:
Elijah Juan Bennett Caballero

♣ Apelido:
Eli


♧ Data de Nascimento:
1 de Agosto

♣ Idade:
19 anos

♧ Signo:
Leão

♣ Sexualidade:
Pansexual

♧ Par:
Você escolhe

♣ Aparência:





Juan é dono de um visual extravagante e andrógino. Seu rosto é delicado e ossudo, com traços bem definidos. Seus lábios são carnudos e geralmente estão cobertos por batons de cores excêntricas, como azul, verde, dourado e outras cores não muito convencionais de batons. Seu corpo é esguio e possui curvas delicadas, tem aproximados 1.74 de altura. Sua pele é alva em contraste com seus olhos, cabelo e sobrancelhas de tonalidade negra. Seu cabelo tem um corte que o ajuda a confundir os mais desavisados sobre seu gênero; geralmente usa um topete não muito alto, mas sempre inclinado para a esquerda em companhia disso sempre uma fita amarrada ao redor da cabeça ou um lenço (de cor vívida) bem arrumado deixando apenas uma mecha pequena da parte frontal do cabelo castanho claro para fora. Suas roupas, assim como o resto, não poderia ser menos extravagantes e inconvencionais.

♧ Photoplayer:


Ezra Miller

♣ Personalidade:


É dono de um humor ácido, de um jeito afeminado, de uma língua sem freio e sua postura e seu semblante sempre transpassam um ar de superioridade fora do normal. É bastante sincero e sempre fala o que pensa sobre algo ou alguém. Entretanto, apesar de seu humor delicado, é comum (e muito comum) vê-lo com um sorriso largo, de canto a canto, principalmente na companhia de amigos ou de pessoas desconhecidas quando ele está interessado em puxar assunto ou tentando ser simpático. É bastante crítico com os outros e especialmente consigo mesmo. Adora estar sobre a companhia de pessoas queridas, especialmente de seus amigos, gosta de jogar conversa fora, fofocar sobre diversas coisas e pessoas, discutir tendências da moda, divas do pop e esse tipo de coisa. Porém, apesar de ser rodeado de amigos que gosta muito e ser o alívio cômico de muitas situações, todo mundo, sendo próximo, sabe que Juan é bastante temperamental e se irrita facilmente com qualquer coisa, algumas até fúteis o que o leva a ter momentos de histeria, onde se estressa, xinga todo mundo e se torna a rainha do drama. Aliás, faz drama mesmo e não tem medo de ser ríspido quando alguém faz algo que lhe incomode, isso vai de falar algo que ele não levou muito na brincadeira ou simplesmente o olhá-lo com aquele olhar de julgamento.

Adora se sentir a estrela e seu maior desejo é destacar-se, não tem medo de chamar a atenção, inclusive gosta — se comporta como uma verdadeira diva, a rainha. É muito desinibido, uma característica marcante sua. É do tipo de pessoa que demonstra carinho de uma maneira um pouco mais bruta, por exemplo, se ouvir dele um "Que cara de bunda é essa?" ou "Cacete, fulano, tu é muito burro!" é porque ele, no mínimo, deve se importar - e muito! - com você. É também aquele tipo de pessoa que não deixa transpassar que está sentindo medo, amor e essas coisas, sempre manterá aquela máscara de pessoa sarcástica, debochada, arrogante e excêntrica, e isso já é uma prova do quão orgulhoso ele é. Contudo, apesar disso, é aquele amigo para todas as horas e ajudará no que for preciso (claro, à sua maneira, que não é a mais carinhosa do mundo). Não se importa se a pessoa for sua amiga ou não, falará a verdade nua e crua de maneira seca, mas claro, no fundo ele se importa muito e que apenas o bem daqueles que zela, mas seu orgulho sem sentido não o deixa ser mais carinhoso e mais receptivo com algumas coisas, tipo, contato físico.

♧ História:


Elijah é filho de um agente muito prestigiado da Huntburn, Hector Bennett e de uma modelo e fotografa panamenha, Alejandra Caballero. Nasceu na cidade de Londres, no dia primeiro de Agosto. Elijah tinha tudo para ter uma vida tranquila ao lado dos pais, dentro de sua residência, porém, nem sempre as coisas saem como planejado e nem sempre a vida atende aos nossos desejos.

Em um inicio de noite confortável e chuvoso na cidade londrina, a casa onde vivia foi invadida por homens encapuzados, Elijah lembra-se muito pouco dos momentos posteriores. Apenas tem a vaga lembrança que seu pai empurrava ele e sua mãe para debaixo da cama de casal, saía do quarto e fechava a porta. Depois disso, só os sons dos tiros. Depois desse fatídico, sua progenitora decidiu fugir para a cidade de Liverpool, já que não tinha condições de voltar para seu país de origem. Lá estabeleceu sua vida e tentou seguir em frente ao lado de seu pequeno Elijah, que por muitos meses permaneceu estranhamente quieto, mas ela entendia as razões e sabia dos motivos. Não demorou muito para que Alejandra o colocasse sob as orientações de uma psicóloga infantil e só depois disso as coisas foram se colocando em seu devido lugar e Elijah voltou a ser criança animada que era antes do assassinato misterioso de seu pai. Falando de seu pai, sua mãe nunca disse muitas coisas do homem, ela decidiu esperar o tempo certo.

Sua infância foi voltando a ser normal, seu convívio com os novos coleguinhas de classe foi muito bom, algo que foi inesperado até para sua mãe. O tempo foi passando e a adolescência chegando e com isso o comportamento peculiar de Elijah foi se intensificando. Passou a ser aquele aluno que sempre fazia piadinhas em momentos inoportunos, aquele que discutia com o professor, aquele que batia em outros garotos - pois os mesmo tentavam zoá-lo e bater em sua pessoa graças ao seu jeito afeminado, mas Elijah não deixava passar batido, ele batia sem se importar se estaria perdendo a razão, pois no fundo ele sabia que estava certo e que a maioria da direção das escolas onde estudou era negligente com esse tipo de atitude preconceituosa de seus alunos. Graças as brigas foi expulso de quatro escolas, mas conseguiu, com muita dificuldade concluir o ensino médio.

Obviamente as brigas não eram apenas dentro da escola, mas dentro de casa também. Sua mãe também não aceitava o fato de seu filho ter um jeito peculiar relacionado aos demais meninos, não aceitava o fato de Elijah gostar de batons, maquiagens e de roupas que deveriam ser femininas. Com isso discussões severas tornaram-se comuns; foi expulso de casa duas vezes, contudo sua mãe o aceitou de volta e os dois sempre se desculpavam e faziam as pazes para depois discutirem e brigarem como cão e gato.

Passou-se o tempo e Alejandra decidiu contar ao filho o possível motivo da morte de seu pai. Contou-lhe que o mesmo era um agente da Huntburn, um espião exímio e muito prestigiado, o que foi surpresa para o jovem, pois ele realmente não imaginava que seu falecido pai fosse funcionário de um dos locais que ele mais admirava no mundo. Com isso decidiu ingressar na academia e está lá até hoje, esperando o momento certo para brilhar.

♣ Família:

• Alejandra Caballero

É a mãe de Elijah. Atualmente ela tem 45 anos e continua exercendo sua profissão de fotografa.
Sua relação com seu filho parece uma montanha-russa, os dois, dia após dia, viviam discutindo e distribuindo ofensas um para com o outro. Alejandra nunca foi a mulher mais calma do mundo e graças a isso já pôs Elijah pra fora de casa duas vezes, contudo se arrependeu e pediu perdão ao jovem (e ele a perdoou e também pediu perdão, no fim das contas, ambos se perdoaram). Entretanto, os dois ainda gostam de implicar; é muito comum Elijah chamar sua mãe de velha, feia, escrota, ridícula e ela rebater com ofensas do mesmo nível, porém eles deixaram de levar essas coisas a sério e notaram que talvez seja essa a maneira mais inocente e pura de demonstrar o amor que sentem um pelo o outro.



• Hector Bennett

Hector Bennett é o falecido pai de Elijah. Ele morreu aos 35 anos de idade, deixando Elijah órfão de pai aos quatro. Elijah nunca soube muito sobre seu pai, só lembra do rosto de seu progenitor graças as fotos que sua mãe guarda com tanto afinco no álbum da família.




☞ ⒽⓊⓃⓉⒷⓊⓇⓃ ☜

♧ Professor(a) Favorito(a):

Jonathan Miller
(Bônus: Adora conversar sobre moda e fazer críticas as roupas criadas por Amélia Reynolds, porém só faz isso para encher o saco mesmo, apenas por brincadeira - ele gosta de irritar as pessoas cujo nutre um certo carinho)

♣ Porque quis entrar no Huntburn:

Elijah sempre se interessou por coisas desse tipo e sempre nutriu uma admiração secreta por essa academia. Quando soube que seu pai era um agente, essa admiração se intensificou ainda mais, contudo, juntamente dessa admiração cresceu à vontade de se tornar um exímio espião também.

♧ Porque acha que pode ser um espião:

Elijah é do tipo de pessoa convencida e crê que por ser filho de um espião pode ser um também. Claro, ele tem lá suas qualidades, mas seus defeitos geralmente se sobressaem. Mas ninguém pode negar que ele é um ator de tirar o chapéu e consegue enganar qualquer um pois o garoto sabe como usar as palavras no tom e na ordem certa.

♣ O que mais odeia em uma pessoa:

Preconceito, arrogância (ele meio que se vê em pessoas arrogantes, então não gosta), pessoas sem personalidade, Maria vai com as outras.

♧ O que mais gosta em uma pessoas:

Personalidade forte, atitude, mente aberta, gosta de pessoas altruístas e visionárias.

♣ Como vai tratar


Amigos:


Como é daquele tipo de pessoa que gosta de fazer graça, vai querer ver seus amigos sorrindo e de bom humor. Vai ajudá-los no que for necessário, vai erguê-los quando os mesmos sentirem que já não são capazes. Elijah pode ser um tanto bruto e seco com as palavras, mas embora não pareça, ele tem sentimentos e ele se importa muito com as pessoas que ama e sente carinho.

Inimigos:

Elijah se torna mais debochado do que o normal. Ri, crítica, revira os olhos só em ouvir a respiração da pessoa que não gosta. Entretanto, torna-se simpático até demais e adora soltar verdades num tom serenamente anormal, transpassando muita simpatia lotada de sarcasmo.

Autoridades:


Sabe respeitar as autoridades, entretanto não se cala quando acha que algo está errado. Ele fala a verdade mesmo, sem se importar muito com as consequências.

Professores:


É daquele aluno que adora debater com seus professores ou jogar conversa fora mesmo. Gosta de saber como é a vida deles, se namoram, se tem filhos, seus sonhos e coisas do tipo; os trata como amigos próximos. Mas, claro, não é o aluno mais exemplar nem o mais quietinho da sala, mas é um dos que mais tem conhecimento em muitas áreas, então é comum Elijah responder questões feita por seus professores em alto e bom som, sem vergonha.

Diretor:


O trata de igual para igual, não o considera seu amigo nem seu inimigo e não se importa em confrontá-lo quando acha algo injusto.

Par:


Ele pode ser a pessoa mais bruta do mundo, a pessoa com palavras mais secas, o sincero. Porém quando está perto da pessoa que ama, fica extremamente tímido, quieto e suas duras palavras se intensificam. Elijah não está acostumado a sentir essas coisas, nunca soube lidar com paixões e amores, então tenta a todo custo afastar a pessoa querida, mas se culpa quando realmente consegue afastá-la. Elijah fica extremamente confuso e torna-se a criatura mais chata e implicante, mas só com a pessoa amada.

Minha personagem:

Ele não tem muita intimidade com Elizabeth, mas gosta da garota e a trata bem (assim como as demais pessoas que não tem muita intimidade). Constantemente a elogia por seu estilo e por sua beleza.


☞ ⒽⓊⓃⓉⒷⓊⓇⓃ ☜

♧ Vícios:

Elijah é fumante e adora vinho, vodka e whisky.

♣ Situação Financeira:

No momento está boa. Elijah não é rico, mas também não é pobre, então consegue se manter.

♧ Segredos:

Elijah nunca namorou, só deu uns selinhos. Ninguém sabe que ele é tímido e não entende dessas coisas de relacionamento, o que seria vergonhoso para a pessoa que se diz a sabe tudo, a conselheira amorosa. Mas Elijah não entende um terço do que é estar em um relacionamento (nem sabe beijar direito).

♣ Emprego:

Está desempregado, vive às custas da mãe.

♧ Uma palavra/frase que define seu personagem:

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

♣ Uma musica que defina seu personagem:

Born this way - Lady GaGa

♧ Favoritos:

Ama músicas anos 70/80, tendo uma paixão por Abba, Village People, Modern Talking e Queen.

♣ Lema do personagem:

"Eu nasci para brilhar, para conseguir. Não vou ser coadjuvante de ninguém!"

♧ Musica favorita:

YMCA (Village People) e We are the champions (Queen)

♣ Celular:

Galaxy Gran Prime (Duos)


♧ Capinhas:



Medos/Fobias/Traumas:

Tem medo de insetos em geral e tem uma certa aversão em ver sangue.

♧ Sonhos:

Quer ser igual ao seu pai um dia, quer honrá-lo (mas isso ele não conta para ninguém), mas também quer brilhar (claro).

♣ Redes Sociais

Instagram
@Killerqueen

Twitter
@Killkillqueen

Facebook

Elijah Bennett

Tumblr

thewonderfulqueenworld.tumblr.com

♧ Roupas (foto)

Casual






Inverno






Verão







Formal




Pijama





Banho




Emprego



Se eu precisar mudar algo em seu personagem esta de acordo?
Sim

Algo mais?
Não

☞ ⒽⓊⓃⓉⒷⓊⓇⓃ ☜


♧ Duvidaria de alguém próximo?
95%

♣ Confia nas pessoas assim que as conhece?
3%

♧ Trairia alguém próximo?
0%

♣ Chances de ir para diretoria?
95%

♧ E vingativo(a)?
95%

♣ Duvida das pessoas com facilidade?
98%

♧ Contaria um segredo que não é seu?
1%

♣ Mentiria para proteger?
100%


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...