~Theoria

Theoria
Not men, fascists... 309
Nome: Ясмин Алвес
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 11 de Março
Idade: 16
Cadastro:

Search (Ficha)


Postado



› Nome completo:

Andrew P. Waymon

› Idade e signo:

20 anos | Canceriano

› Aparência (Descrição):

Possui 1.83 de altura. Tem a pele negra e lábios medianos; seus cabelos são pretos e crespos, seus olhos castanhos. É um homem magro, porém possui alguns músculos pouco definidos.

› Aparência (Imagem):





› Personalidade:

Andrew é um homem aparentemente estável e calmo, porém acaba assustando as pessoas com seu semblante constantemente fechado e um tanto quanto soturno, é muito comum ouvir perguntas do tipo "Aconteceu algo com você? Você parece zangado hoje!" ou "Você tá triste? O que ocorreu?" graças a sua expressão rotineira; porém, ao contrário do que muitos pensam a seu respeito, ele tem senso de humor e é bem paciente, é díficil lhe tirar do sério. Andrew é um rapaz profundo e enigmático, é atraído naturalmente por mistérios. Raramente se abre para as pessoas. Sua vida, seu passado, interesses românticos? Dificilmente alguém saberia. Apesar de não parecer, é muito desconfiado e custa-lhe acreditar em primeiras instâncias em alguém. Entretanto, o fato de Andrew ser uma pessoa séria, desconfiada e enigmática não é sinônimo de frieza. É uma pessoa bastante sensível e tem uma empatia enorme por tudo e todos que o rodeiam, sempre buscando entender o lado dos outros - graças a isso facilmente transpassa confiança (mesmo que ele não note isso em sua personalidade), e isso ocorre mesmo com desconhecidos, embora, quando Andrew esteja perto de alguém que não conhece ou que não tem intimidade ele fica um tanto arredio e, por quê não dizer, tímido?
É um diplomata nato, odeia brigas e violência e tenta a todo custo evitar e manter a ordem ao seu redor.
Quando Andrew está sozinho consigo mesmo, mostra-se uma camada que apenas ele conhece, Andrew apesar de transpassar tantas coisas, ele é alguém que sofre com as perdas do passado, culpas e tais coisas o perseguem, o atormentam e o fazem sofrer e isso faz com que ele passe muitas noites em claro, focando no trabalho para manter longe pensamentos que lhe fazem mal.

› Passado:

Andrew Polichev Waymon nasceu dia 10 de julho de 1995, natural da cidade de Petrovic. É filho de uma costureira negra chama Rose Waymon e seu pai era um homem branco, um russo chamado Petri Polichev. Sim, o pai de Andrew, era um russo - mais especificamente um soviético -, que foi morar nos Estados Unidos em meio a Guerra Fria e casou-se com uma mulher negra.
Andrew não sabe quantas vezes foi alvo de zoações por ser negro e quanto ódio lhe foi destilado. Na escola diziam que ele era um macaco filho de um espião, essas coisas lhe feriam profundamente, mas ele ignorava - a Guerra Fria já havia acabado há alguns anos, mas insistiam em tachá-lo como filho de um agente secreto russo. Macaco ele não era, tinha orgulho de sua cor, mas filho de espião isso era outra história.
Seu pai realmente havia sido um espião soviético e o menino veio descobrir isso por acaso, aos oito anos de idade, ao encontrar alguns documentos confidenciais bem escondidos entre livros e caixas empoeiradas no porão da casa. Seu pai acabou por descobrir que Andrew sabia sobre as espionagens, mas o menino, por todo o amor que tinha ao seu progenitor prometeu nunca contar isso a ninguém. Petri havia sido enviado pelo governo soviético em 1987 para os Estados Unidos, em especial para a cidade Petrovic. O governo da extinta União Soviética desconfiava que a cidade escondia alguma arma secreta que seria usada contra a mãe-Rússia e Petri era o responsável para descobrir que arma era aquela. Como Andrew era uma criança na época e quando nasceu a Guerra Fria já havia acabado a cinco anos, demorou um tempo para conseguir entender.
Mesmo seu pai já não sendo mais um espião e não existindo mais guerra nenhuma, o mais velho insistia em continuar tentando desvendar coisas sobre a cidade, o que se tornou uma obsessão com o tempo, obsessão que começou a se tornar insuportável até mesmo para a doce Rose que parecia não suportar mais ver seu marido tão perto, mas tão ausente, tão longínquo de tudo e todos. Petri começou a se tornar um homem fechado demais e bruto, até mesmo com Andrew, que, por vez, foi se sentindo cada vez mais distante daquela pessoa que ele tanto amava. Quando Andrew fez quinze anos, as coisas chegaram num ponto onde era impossível de se aguentar, Rose, juntamente de Andrew, fizeram as malas e foram morar em outro lugar de Petrovic.
A vida de Andrew começou a melhorar, em casa e na escola. Ingressou numa faculdade e num emprego. As coisas com seu pai estavam estáveis, algumas vezes ligava para saber se estava tudo bem, mas eram raras as vezes que o telefone era atendido e conseguia ouvir aquele sotaque russo tão acentuado dizendo num tom de voz distante que "está tudo bem e com vocês?". Aquilo irritava Andrew às vezes, aquele aparente desdém de seu pai para com a família, mas o rapaz jamais imaginaria que sentiria tanta falta disso.

› Orientação sexual:

Bissexual

› É estudante, faz faculdade ou trabalha? Se sim, em que ano está, que faculdade faz e qual sua profissão?

Faz faculdade de História e trabalha meio-período numa cafeteria no centro da cidade para ajudar nas despesas em casa.

› Família:

- Rose Waymon (21/02/1969), 46 anos; mãe de Andrew
- Petri Polichev (12/01/1962), 53 anos; pai de Andrew

› Qual parente seu irá desaparecer?

O pai

› Qual será sua reação quando descobrir que um familiar seu desapareceu?

Ficaria em choque, não acreditando que algo do tipo poderia acontecer consigo. Provavelmente seguraria o choro, mesmo estando distante de seu pai nesses ultimos anos, fora o seu velho que lhe ensinara muitas coisas, que lhe contava histórias antes de dormir, que lhe protegia dos monstros inexistentes debaixo da cama, havia sido ele que lhe ensinara com toda a paciência do mundo a falar russo. Apesar de ter aparentemente enlouquecido, Petri ainda era o amado pai de Andrew.

› Probabilidade em porcento de...

› Trair o grupo. 2%

› Matar quem ama ou alguém do grupo para se proteger. 5%

› Enganar ou mentir para alguém que ama. 25%

› Ser morto. 50%

› Se machucar. 70%

› Ser líder. 50%

› Coisas que carrega na mochila:
- O celular
- Suplimentos (alguns petiscos no caso de dar fome)
- Uma garrafa de água
- Umas duas latas de refrigerante
- Uma lanterna e pilhas
- Um kit de primeiro socorros pequeno e bem simples

› O que leva sempre consigo?

O celular e no pescoço um colar dado por seu pai, o pingente é uma estrela vermelha com uma foice e um martelo amarelo (o simbolo comunista).
https://image.freepik.com/free-photo/red-star-with-hammer-and-sickle_2853697.jpg

› Principais habilidades:

- É um diplomata, tem a capacidade de resolver tudo na base da conversa.
- Paciente.
- Sabe cozinhar bem.

› Principais fraquezas:

- Sua família
- Ofensas e brigas
- Falar em público

› Ele tem...

› Vícios?
Café e chocolate

› Medos?
- Perder sua mãe
- Nunca mais encontrar o pai
- Ser humilhado em público

› Manias?
- Roer as unhas
- Morder a pele interna da bochecha
- Bater os dedos nas superficies quando está ansioso

› Fobias?
- Escuro
- Insetos

› Traumas?
- Do bullying que sofria na escola (graças a isso não consegue se inturmar muito bem e tem dificuldades de falar em público)

› Vai querer par?
Você escolhe

› Segredos:
- Sobre seu pai ser um espião soviético.
- Sabe que no porão de sua antiga casa (onde seu pai continuou vivendo) tem muitos documentos sobre a cidade, com segredos e coisas obscuras sobre o cientista.

› Qualidades:

- Paciente e sereno
- Conselheiro
- Diplomata
- Sensível
- Caseiro
- Fiel

› Defeitos:

- Inseguro
- Tímido
- Soturno e fechado demais, raramente partilhando o que lhe incomoda
- Teme decepcionar as pessoas
- Sua sensibilidade também pode ser um defeito
- Ingênuo

› Vai andar sozinho ou em grupo?

Em grupo é difícil, mas com uma ou duas pessoas é mais provável. Muitas pessoas lhe deixam desconfortáveis.

› Relação com...

› Amigos:
Tende a ser muito fiel, conselheiro e companheiro. Adoraria passar o tempo junto de seus amigos, contando piadas, jogando conversa fora, se divertindo, entretanto Andrew não tem amigos, então tais coisas só ficam em sua mente.

› Inimigos:
Fica mais sério e não dirige muitas palavras. Não destrata, nem nada disso, mas sua paciência encurta e qualquer coisa que a pessoa falar pode resultar em uma indireta dita em tom de voz baixo.

› Família:
É muito carinhoso e tende a ser muito conversador. Faz de tudo pelo bem da família. Quando era criança era muito unido com o pai, conversava sobre tudo, partilhavam muitos segredos e aprendiam muito um com o outro.

› Par:
Seria um tanto tímido de inicio, inseguro e se questionaria sempre se a pessoa gostava mesmo dele. Custa-lhe identificar os sentimentos dos outros e os seus. Contudo, quando se sentisse seguro passaria a ser muito cuidadoso, carinhoso e se abriria mais um pouco.

› Minha personagem:
A trata com educação, assim como trata todo mundo. Não é intimo da garota, mas tem uma boa impressão dela.

› Fichas (em geral, se caso as pessoas que fizerem a ficha forem suas amigas, apenas ignore essa questão): ---

› Polícia e governo:
Respeita ambos e tenta a todo custo não infligir lei nenhuma. Contudo, mesmo ele respeitando o governo, ele não confia e sabe de alguns segredinhos (graças ao seu pai).

› Parentes das pessoas desaparecidas:
- Ele entende a dor que elas provavelmente estão sentindo e tenta ser acolhedor.

› Sobre o par...

› Seu tipo ideal:
- Não tem tipo ideal, se o coração bater mais rápido, independente de quem seja, vai ser a pessoa ideal.

› Irá querer cenas de sexo explícito?
- Você decide

› Seu personagem é sadomasoquista?
- Não

› Se ele morrer na sua frente, qual será a sua reação e o que irá fazer?
- Entraria em choque, se desesperaria, choraria - mas se tivesse de fugir, fugiria; se tivesse de lutar, lutaria. Se não tivesse como revidar, planejaria uma vingança.

› Se ele mentir para você ou te enganar para se proteger, qual sua reação e o que irá fazer?
- Ficaria irritado e sua reação seria imprevisível, mas não seria algo positivo.

› O que irá fazer para proteger seu par?
- O que for preciso. Mentir, matar, morrer... Se for pra proteger alguém que ele ama, ele faria de tudo.

› Seu par e você se conhecem (e vão futuramente namorar) ou namoram antes da busca pelo monstro? Se sim, qual dos dois?
- Se conhecerão.

› Qual dos dois irá se declarar primeiro?
- Com certeza Andrew não ia saber como se declarar, então seria complicado para ele se declarar primeiro.

› Qual os melhores lugares para se esconder (lembre-se: eles ficarão em uma floresta na maior parte do tempo)?

- Detrás de uma grande pedra, atrás de uma árvore, qualquer lugar que desse para se proteger seria bom.
- O porão de sua antiga casa é bem protegido e escondido.

› Objetivos:
- Achar seu pai
- Sair vivo
- Tornar-se professor

› Gostos e desgostos:
+ Café (muito café) | Climas amenos | Passar o tempo com sua mãe | Ouvir música | Assistir seriados | Ler sobre guerras, idade média e coisas do tipo | Teorias da conspiração | Dormir | Lugares calmos/silenciosos | Falar russo | Gatos e cachorros
- Chá | Climas extremos (muito quente ou muito frio) | Solidão | Lugares barulhentos | Comédias românticas | Comidas apimentadas | Baratas | O governo americano

› Qual a pior forma de morrer?
Queimado ou devorado vivo.

› Palavra chave: Amigos não mentem

› Em relação aos seus sentimentos, quais são os seus pontos fracos?
- Rejeição (já que ele foi muito rejeitado no tempo de escola)
- Quando tratam seus sentimentos com desdém.
- Ignorá-lo
- Insegurança

› Qual será sua reação quando encontrar o demogorgon pela primeira vez?
- Entraria em pânico e com certeza correria para o lugar mais seguro que conheceria.

› Algo a mais?
- Andrew fala russo fluentemente

› Está ciente de que caso você não comentar na fanfic e não me dizer o motivo de sua ausência, seu personagem irá morrer?

Sim


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...