~Biscoito-

Biscoito-
Irmã do Jorel
Nome: Pinhata Indecente
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

FICHA - A Seleção do Príncipe Jack


Postado

"Mrs. Potato Head - Melanie Martinez"

Pessoal


♕ Nome Completo ♕

Violet Lee Hammond


♕ Apelidos ♕

Seu apelido, que todos custumam lhe chamar, é Vio. Geralmente seu pai te chama de bebê e docinho, apelidos que ela odeia ser chamada.

♕ Idade:17 anos

♕ Data do aniversario:07.01

♕ Signo:Capricórnio


♕ Aparência ♕

Photoplayer: Nicola Peltz






Descrição:
Violet é uma garota de pele clara e cabelos loiros-não-naturais. Sua pele é como a de um bebê, macia como um pêssego e sem nenhuma marca de espinha, catapora ou picadas de mosquitos. Ela realmente se preocupa com ela. Estética, no momento, é tudo para uma boa aparência. Seus cabelos eram castanhos, mas por algum motivo que nem mesmo eu sei, ela pintou o cabelo de uma cor que eu não pintaria por ser muito comum: loiro. Mesmo assim, ela está ainda mais bonita que antes e eles estão incrivelmente macios e não-rebeldes. Essas duas características abrem o show de perfeição que ela é. Seu rosto, parentemente, não mantem expressão nenhuma, mas talvez expresse de outra forma: com o olhar. Seus olhos são de um tipo de verde que eu ousaria chamar de verde-vintage. Vintage não é um estilo que ela goste muito de usar, mas é realmente muito bonito. Sua boca não é nem muito grande nem muito pequena. É tão… tão normal que até faz ficar lindo. Seu nariz é normal assim como sua boca, fazendo terminar a pequena perfeição que existe em seu rosto. Seu corpo é magro, mas com poucas curvas que realçam sua pequena perfeição. Seus seios não são fartos e seu bunda é normal. Ok, não podemos dizer que ela é perfeita, mas linda ela é sim. Com certeza.

♕ Província ♕

Nova Hampshire


♕ Personalidade ♕

Não a incomode se ela estiver lendo seus livros empoeirados ou matutando alguma coisa. Filho, não vai prestar. Vamos aos estágios: O primeiro estágio é o uso de sua tática de não-ouvir. Essa técnica ela aprendeu com seu pai, que costumava fazer isso quando ela começava a contar de coisas que simplesmente não eram interessantes. O segundo estágio é o pedido para calar-a-boca. Isso só ocorre uma vez, então cuidado. O terceiro estágio, e o mais perigoso, ela vai te agredir verbalmente. São os piores xingamentos que você ouvirá em toda sua vida, aprendidos com seu querido tio. Nunca, nunca duvide de Violet. Ela sempre está certa. Se você duvidar, pode esperar uma garota furiosa e teimosa. Ela fica muito tempo sem falar com você… Eu chutaria – e acertaria – que são, no máximo, 1 ano e meio. Ok, ok, mas já viram quando ela não acerta? Cara, vai ter que aguentar um chorôrôrô do inferno. Ela teima, teima, teima. Um dia ela ainda está certa.

E a sinceridade dessa garota? Nossa, está em níveis extremos. Nunca desconfie dela, sempre dirá a verdade nua e crua, não importa de quem seja. Isso é uma virtude dela, já que por causa dessa sinceridade alta, nunca venderia seu silêncio. As vezes, ser sincera pra ela é um problema. Sempre está em confusões porquê disse que a gravata do diretor da faculdade dela é brega ou que chamou de aquela garota magra da agência de cara-chupada. Mesmo com essa personalidade, ela nunca contaria nenhum segredo ou alguma coisa que ajudasse a favorecer outra pessoa, nunca, nunca e nunca.

Ela é muito indecisa. Não importa qual seja a decisão, mesmo que esteja muito fácil, sempre, sempre ela vai ficar horas e horas tentando achar o perfeito.

Embora não pareça ela é inteligente e esperta. Não tente enganá-la, ela irá descobrir a mentira mais cedo ou mais tarde. Não é atoa que ela sempre tirava notas boas na escola e descobria as trapaças enquanto jogava tabuleiro com seu tio.

Violet costumava se sentir muito mal quando seus amigos morrerram, então criou uma carcaça para de que ninguém descobrisse seu medo e tristeza. Essa carcaça consiste em tranformá-la numa patricinha que todos odeiam e amam.

Nessa carcaça, ela é egoísta. Um egoísmo que a faz não ajudar ninguém e usar sua tática de não-ouvir. Também tem o esnobismo. Responde apenas o necessário e as vezes com uma pergunta que nem mesmo ela sabe a resposta. Pra completar, tem o egocentrismo. Ser egocêntrica e alimentar seu ego com a derrota dos outros faz parte dessa carcaça que ela criou. Lembre-se que isso tudo é o que ela quer que as pessoas acreditam, mas não o que ela é de verdade.

Na sua verdade mais límpida, ela é uma garota doce e gentil, mesmo sendo criada pelo seu pai, que não é lá essas coisas. Uma coisa que ela aprendeu com as babás foi que ela deveria ser honesta, mas que não contasse seus fracassos e medos, pois uma rainha nunca mostra seus medos. Sim, ela é gentil. Ela sempre ajuda seus amigos quando eles caem ou precisam de ajuda, mesmo que isso signifique perder algo. Ela é bastante doce quando quer. Não se precipite chamando-a de amarga, ela pode se tornar uma com você.

Algumas pessoas costumam despertar um interesse na garota, mesmo não sendo amoroso ou sexual. Parece que ela consegue ver a áurea do interessado. Ela nunca desiste em descobrir seu mistério, quanto a isso ela vira uma detetive nata.

As pessoas costumam chamá-la de irritante. Sim, ela é irritante. Todos a chamam de irritante, mas não tem nenhum aparente, fora ela fazer de tudo para irritar a pessoa. Mas isso não faz ser irritante, certo?

Violet é envergonhada quando começam a falar sobre coisas desconcertantes, como namorados, virgindade ou quando começam a falar de filhos e casamentos. Ela cora instantaneamente.

Ela também é rebelde. Rebelde de um jeito bom. Ou ruim. Depende do ponto de vista. Ela gosta e vive de liberdade. Sempre em festas e baladas curtindo a vida com música alta. Sempre com opniões contrárias e nunca aceitando qualquqer ordem que a dão. Pode ser rebelde, mas adora ficar em cima de uma árvore a noite, vendo a lua e aproveitando sua liberdade . Ela faz isso todo dia. Não a espere para o jantar.

Tem um senso de humor incrível. Consegue arrancar risadas de qualquer um, mesmo que contasse uma piada-sem-graça. As vezes as pessoas se sentem ofendidas, mas ainda caem na gargalhada. É difícil não rir, já que ela faz umas caretas estranhas.

Se é para fingir algo, chame Violet pois ela sabe mesmo ser uma farsante. Consegue fingir qualquer personalidade com grandeza e naturalidade. É para chorar? Nada de choro falso nem nada, é algo natural. Mesmo sendo sincera, ela é falsa. Que paradóxo, não?

Se ela fosse um personagem de um anime, certamente a classificariam como uma Tsundere. Eu a chamo assim, minha Tsundere.

♕ Família ♕

Robert Lee Hammond

Dylan McDermott | 49 anos | 09.12 | Pai

Robert é o pai de Violet e também é dono de uma das maiores agências de modelos dos Estados Unidos da América. Mesmo sendo rico e tendo esse cargo importante, ele ainda tem uns pezinhos em coisas ilegais, crimes e outras coisinhas.

Ele é egoísta, mas quando o assunto se trata de sua filha e os negócios, ele vira algum ser que proteja seus bens mais preciosos. Em jantares de negócios ele se mostra muito engraçado e irônico, assim como não pensa antes de falar. Não mede esforços para alimentar seu ego e conseguir o que ele quer, passando por cima de tudo e de todos. Com quem merece ele sabe ser amoroso e carinhoso, passando a maior parte do tempo assim, fofo. Não pense que por conta disso ele não possa ser educado. Se duvidar é bem mais que o próprio rei.

Sua relação com a filha é totalmente conturbada e “bipolar”. Em momentos ele pode estar caindo aos pés dela, beijando ou abraçando a garota, e em outros pode estar furioso com ela. Mesmo sendo conturbada, a relação deles é muito forte e não se abala facilmente.

Richard Lee Hammond

Adam Levine | 37 anos | 15.03 | Tio

Richard é o tio de Violet e um dos integrantes de uma banda conhecida, além de trabalhar a administração das empresas do irmão. Mesmo sendo irmão de Robert, não é a farinha do mesmo saco que ele é.

Sendo irmão de Richard você pode imaginar que ele é muito sério e certinho, mas é o contrário disso. Sempre foi e sempre vai ser a ovelha negra da família. Sempre festejando por aí e aparecendo em notícias por ser um guitarrista rebelde. Não ligue muito se ele passar dias fora de casa, qualquer hora ele aparece dizendo que estava em shows ou com os integrantes da banda. As pessoas custumam dizer que ele está muito velho pra isso, mas ele responde com um dedo no meio e pede pra ela cuidar da vida. A verdade é que ele vai continuar sendo um jovem-mental que vive a vida como se fosse o último dia.

Sua relação com a sobrinha é de total companheirismo. São os dois que dão dor de cabeça a Robert quando saem as baladas. Sempre juntos. É incrível como ele ainda não se irritou com ela, porquê Violet… É uma garota totalmente chata, mas ela tem seus motivos, claro.

♕ História ♕

Antes mesmo de Violet nascer, ela já causou problemas. Seus pais eram amantes. Mas não da parte de Robert, que nunca se casou, e sim da parte de sua mãe. Eles tiveram, no máximo, 5 noitadas juntas e nada mais, mas foi suficiente para que em uma delas, Anne ficasse grávida.

Robert não soube da gravidez, pois com certeza, ele tentaria matá-la ou coisa do tipo. Ficaria sendo como filho do marido dela. Anne escrevia durante toda a gravidez num diário, que guardava numa caixa em cima do guarda-roupa.

Anne morreu no parto. Ela deu a luz a gêmeos, Violet e um garoto que seria chamado de Alan, mas que morreu de problemas cardíacos. O marido de Anne não queria cuidar do bebê, pois tinha trabalho e não tinha esperiência com crianças, mas a família da mulher também não quis cuidar de Violet, pois eles eram supertiosos e ter a garota na vida deles só ia causar má-sorte.

Steve, o marido de Anne, cuidou de Violet até os 3 meses. Após contratar um diarista para limpar a casa, ela encontrou o diário de Anne, mas não leu nada e o entregou a Steve. Ele leu todo o diário e soube do caso. Teve muito, muito desprezo da pobre bebêzinha.

Em uma noite, colocou Violet numa cesta, com tudo que precisaria pra se manter aquecida durante uma noite, o diário e uma violeta, para não esquecerem do nome dela.

No dia seguinte, seu tio a encontrou e quase tomou um susto, pensando ser filha dele ou coisa do tipo. Ao ler o diário, sentiu um tremendo alívio pela garota não ser filha dele. Robert chegou a sala onde estava ele e Violet, e teve a mesma reação que Richard.

No início, ele queria se livrar da pequena, mas Richard o obrigou a continuar com ela, que foi atendida.

Foi as mil maravilhas – ou não – até os 3 anos da menina. Após esses tempos de glória, começou o início do inferno. Nenhuma babá queria ficar nem mesmo uma semana com a pequena. Ela era uma rebelde mirim, ninguém aguentava perto.

Bem, a época escolar é típica. Garota popular e impeduosa que passa por cima dos “loosers” só por diversão. É... Violet ainda deu muitas dores de cabeça ao senhor Robert.

Mas, para tudo tem uma solução. Já cansado de tudo que a garota fazia, a mandou para um acampamento do exército.

Mal sabia ela o esforço que iria passar todos aqueles dias no acampamento. Ela aprendeu a lição, mas voltou mais rebelde do que nunca. Já havia terminado o ensino médio, então não havia um porquê para continuar estudando, já que seu pai era rico.

Baladas e mais baladas era o que se resumia sua vida. Ela tinha um parceiro e tanto, seu tio Richard. Mas, por incrível que pareça, seu pai conseguiu persuadi-la, fazendo com que estudasse algo que realmente gostasse: fotografias.

Ah, não podemos esquecer os namorados de Violet! Todos eles estão guardados em um pedacinho de seu coração. Não tem um preferido… Não, não tem. Todos foram especiais, de alguma forma, mesmo que o namoro durou apenas 1 hora.

Agora vamos ao momento mais tenso da sua vida tão pacata: A Seleção. Cuspir a comida ao receber a notícia é comum. Rir da ideia de participar não é estranho. Regeitar a ideia faz parte. Seu pai ver como um modo de subir na vida é normal. Ou não. Ter inscrito a filha na seleção sem o consentimento dela foi tão sujo… Ainda mais se ela tentar matá-lo quando sair de lá.

De uma forma ou de outra, Violet pareceu gostar da Seleção. Pra ela, garotas vão para tentar encontrar o amor, numa tentativa precipitada e estúpida ou conseguir a coroa, numa tentativa precipitada e arrogante. Pra ela, entrar na seleção significa perder a pequena liberdade que ela tem. Imagine só… E se ela fosse escolhida?

Mesmo fazendo de tudo pra sair, algo no coração dela diz que é errado, ato rebelde.

♕ Profissão ou curso que faz/exerce ♕

Atualmente ela é uma das modelos da empresa de seu pai e o ajuda na administração da empresa, mas ela está cursando fotografia.

♕ Alergias? ♕

Costuma comer camarão e ficar com manchas na pele, mas não é nenhuma alergia.

♕ Gostos e desgostos ♕

Gostos:
Comida boa;
Ficar debaixo de um cobertor quentinho;
Ver o pôr-do-sol em cima de uma árvore;
Ler;
Tirar fotos;
Contar piadas;
Conversar;
Roupas confortavéis;
Poemas;
Filmes infantis
Pessoas misteriosas;
Ganhar;
Vestir calças;
Irritar.

Desgostos:
Monarquia;
Ficar em casa;
Assistir programas culinários (ela fica com fome);
Azeitonas;
Peixes;
Muitas perguntas;
Números pares (0, 2, 4, 6, 8…)
Perder.

♕ Defeitos e Qualidades ♕

Defeitos:
Sarcástica
Falsa
Esnobe
Egocêntrica
Egoísta
Irritante
Ignorante
Rebelde
Indecisa

Qualidades:
Gentil
Bem humorada
Doce
Rebelde
Sincera
Esperta
Inteligente

♕ Talentos ♕

Podemos dizer que seus talentos são as fotografias. Suas fotografias são maravilhosas. Ela sempre consegue captar o melhor ângulo de cada um.

♕ Medos e Manias ♕

Medo
Mesmo tendo aquela aparência de riquinha mimada (mas sendo), ela não tem medo de insetos e outros animais nojentos, ela tem medo de pesadelos e palhaços. Ela não costuma ir em festas de criança por causa desse medo.

Manias
Ela costuma bater o pé no chão em um ritmo de uma música estranha quando está nervosa;
Enrola o cabelo no dedo quando está pensando em alguma futilidade;
Come papel quando o nervosismo a consome.

♕ Objeto especial ♕


Essa câmera é a que ela usa para fazer suas fotos. Nem mesmo eu sei o que ela faria se essa câmera quebrasse por obra de alguma babaca.

♕ Musica que define a personagem ♕

Lush Life - Zara Larsson

♕ Preferidos ♕

➽ Filmes: Ela não assiste filmes, e os que assite não acha muito bons pra chamar de favorito.
➽ Séries: Ela gosta bastante de séries de fantasia e ficção, mas as que ela gosta mais são The 100 e American Horror Story.
➽ Livros: Ela pode parecer séria, mas é um pouco infantil. Os livros “O Livro das Lendas” e “Um Mundo Maravilhástico”, de Shanow Hale, a fazem lembrar da infância e ainda quando ela criava gírias e palavras com hífen.
➽ Comidas: Pode até ser rica e americana, mas o que ela gosta mesmo é de boas comidas brasileiras e italianas. Feijoadas e pizzas entram na lista da garota de comidas favoritas.
➽ Cores: Alegria e tristeza são mistas na mente dela. Podemos dizer que amarelo-ouro-escuro e azul-marinho-claro são suas cores preferidas.

♕ Descreva sua selecionada em uma palavra ♕

Irritante

♕ Curiosidades ou coisas relevantes sobre sua personagem ♕

▶Ela gosta de ser mencionada como “ela”. Faz sentir que está protegida e confortável.
▶Ela já não é mais virgem.
▶Não gosta de dormir em quartos que fiquem no segundo, quarto ou sexto andar.
▶Ela não sabia que seu pai havia lhe inscrito na seleção, ela quase surtou.
▶Ela não tinha amigos, pois todos que já teve morrerram de causas que ninguem soube dizer até hoje. Mesmo com esse fato, ela nunca foi de ficar na solidão eterna e amarga.

♕ Celular e tablet da selecionada ♕





Sobre a seleção


↳ Trairia o príncipe com alguém?
Não, apenas se tivesse alguém interessante demais no castelo, além do príncipe. (sabemos que tem…).

↳ O que acha da seleção?
“Acho que a seleção é uma tentativa precipitada de encontrar o ‘amor verdadeiro’. Fala sério, isso é ridículo! Garotas vestidas com vestidos enormes e maquiadas até na alma para conseguir o coração desse… desse princípe! Caramba, ele nem é tão bonito assim. Como alguém espera viver em harmonia interior com espartilhos apertados, saltos de 10 metros e vestidos fechados e quentes? Sem falar na pose que terá que fazer de boa e certinha pro resto da vida? Não, não! Isso não é pra mim, pra ninguém. Quero sair daqui, socorro!”

↳ Porque se inscreveu? 
Na verdade ela não se inscreveu. Ela quer ser livre o resto da vida e a Seleção atrapalharia tudo nela, mas seu pai, vendo que seria muito bom para seus negócios, inscreveu a filha pensando na vida que ele levaria com a filha casada com o futuro rei.

↳ Como age nos encontros?
Age querendo que o princípe largue do pé dela e que mande ela embora o mais rápido possível. Sempre rejeitando qualquer pedido dele, usando sempre uma das piores roupas, não prestando atenção no que ele fala (o famoso não-ouvir que seu pai lhe ensinara) e sempre, sempre falando mal dele.

↳ Descreva como seria um encontro perfeito:
“Um encontro perfeito seria se, pra começar, ele não me chamasse para um. Na verdade nem seria um encontro, seria ele dizendo ‘Olha Violet, eu preciso te dizer uma coisa. Não aguento mais sua estadia no castelo e queria que você fosse embora daqui hoje mesmo.’ eu iria pular, talvez daria até um beijo nele. Isso sim seria perfeito.” (depois ela mataria o pai dela por ter inscrito na seleção)

↳ Como reagiu quando descobriu que foi selecionada? 
Ela quase pulou no pescoço do pai dela. Ela não sabia que tinha sido inscrita.
“– Violet Lee Hammond…
A partir desse momento ela não escutou mais nada. Paralizou ali mesmo, com pipocas nas mãos e os olhos muito, mas muito abertos, como sua boca. Quem diria que o brilho da televisão realçaria seus lindos olhos verde-vintage.
– PAAAAAAAAAAAAAAAAAI! – ela gritou tão alto que se fosse possível, a China teria escutado.”

↳ Como reagiria se fosse a primeira a ganhar um presente do príncipe? 
Se fosse uma câmera nova ou algo que fosse relacionado à isso ela repensaria se pisasse ou não, mas se não fosse ela pisaria na hora sem pisar duas vezes. Se fosse a primeira a ganhar, ela agradeceria e diria que não gostou (caso ele erre). Depois do encontro, ela encontraria alguma personagem que realmente quisesse e ela entregaria. Se fosse algo que ela gosta, ela sairia do lugar em que estavam e voltava pro quarto, pra pensar um pouco e no dia seguinte ela diria o que fez com o objeto.

↳ Como reagiria se fosse a primeira a ganhar um beijo do príncipe? 
Com certeza, sem hipótese de ser o contrário, ela daria um tapa bem forte na cara dele. Mesmo, bem forte. Depois do feito, ela sairia do lugar do encontro e não olharia mais pra cara dele no dia ou na semana. Evitaria qualquer tipo de contato.

↳ Como reagiria se fosse a ganhadora?
Se ela se apaixonasse pelo princípe ela ficaria meio estática e depois o abraçaria. Além de pedir desculpas pelo o que fez com ele.
Se não gostasse nadinha de nada dele, ela gritaria estérica várias e várias vezes ‘não, não e não’, ‘não me escolha por favor!’.

↳ Como reagiria se fosse eliminada? 
Ela pularia de felicidade, talvez daria até um beijo nele. Ela ganharia o dia. Ela ficaria mais feliz do que qualquer pessoa ficou em toda história da Terra.

↳ Como reagiria a um ataque rebelde? E como reagiria se fosse sequestrada no mesmo? 
Ela não sairia do quarto de tamanho choque. Ficaria imóvel por minutos e se acordasse desse estado de transe, tentaria se esconder. No abrigo, provavelmente ela se abraçaria com alguém e choraria até tudo passar. Porquê mesmo não gostando da Seleção, ela ainda ama a sua vida.
Se fosse sequestrada, desmaiaria por causa do choque. Quando ela acordar, ela vai obedecer tudo o que eles disserem pra continuar viva, mas ela ainda choraria muito, muito mesmo.

↳ Seria capaz de trapacear para ganhar?
Não, ela ajudaria outras pessoas a ganhar ou trapaceria para perder.

↳ Quer fazer amigas? E inimigas? 
Ela quer fazer os dois, mas muito mais inimigas. Quem não ama inimigas? Haha, ninguém, só ela.

↳ Musica tema da sua personagem com o príncipe:
Misery - Maroon 5

Relação com:


☁ O Rei Arthur:
Olha, como sendo rei, eles não terão uma amizade nem nada, mas respeito teria sim, e muito.

☁ A Rainha Madeline:
Trataria com o maior respeito, cara, é a rainha. Se tem alguém mais magestosa que a rainha, a Violet desconhece a existência. Com todo carinho do mundo, respeito e admiração ela trataria a rainha.

☁ O Principe Jack:
Da pior forma possível. Ela nunca vai tratar ele como ela trata qualquer outra pessoa. Sempre que possível, ela vai dar um chute nas joias dele. Pra ela, a culpa dessa Seleção é dele, então não, não vai ser uma relação boa. Talvez, mais tarde, ela comece a gostar dele.

☁ A Princesa Alex: 
A relação com a princesa seria a mais sólida possível. Ela tentaria ser amiga dela e se não desse certo, inimiga. Por isso ser uma relação sólida. Depende de como a princesa aceitar o pedido indireto. Mesmo no começo, ela vai tentar de tudo pra ser amiga dela. Não aconteceu? Ela vai ignorá-la totalmente e responder e tratá-la a altura se for necessário.

☁ As outras Selecionadas: Violet só vai falar com as que lhe despertar interesse. Se não despertar nada, ela vai ignorar as outras garotas. Ignorar mesmo, com a arte de não-ouvir que ela aprendeu.

☁ Os Smith: (estou fazendo num geral) Ela vai os ignorar, totalmente. O foco dela não é fazer amizade, mesmo sendo gente importante, o foco dela é sair dali.

☁ Os guardas: Só vai conversar um pouco com eles, nada demais.

☁ As criadas: Violet vai tentar criar um vínculo de amizade com elas, mesmo sendo criadas. Sempre vão conversar sobre diversos assuntos, como melhores amigas.

Família real Alemã

☁ Rei Albert Muller:
Ele é um rei, então ela quase não falaria muito com ele. Só falaria um pouco com ele e nada mais.

☁ Rainha Bella Muller:
A mesma coisa com rei, só trocaria algumas palavras e nada mais.

☁ Príncipe Peter Muller:
Ela tentaria jogar um xaveco nele, já que ele é lindo hehe. Mas ele é casado então não daria muito certo.

☁ Principe Tom Muller:
Bom, como ela é a garota das tentativas, sim, ela vai tentar conversar um pouco mais com ele, vai que dá certo.

☁ Mia Muller:
Falaria bem pouco com ela, até porquê ela tá casada com uma pessoa que ela gostaria de estar.

Família real Canadense 

☁ Rei Adan Martin: 
Ele é um rei, então ela quase não falaria muito com ele. Só falaria um pouco com ele e nada mais.

☁ Rainha Adelaide Martin:
A mesma coisa com rei, só trocaria algumas palavras e nada mais.

☁ Princesa Adele Martin:
Ia tentar fazer uma amiga canadense. Se tivesse bastante tempo, iria tentar tranformá-la numa amiga de infância.

☁ Principe Andersen Martin:
Sim, ela vai tentar conversar um pouco mais com ele, vai que dá certo.

Roupas


Jornal Oficial




Dia-a-dia







Jantar




Pijama



Baile



Festa





Fantasia





Ano novo



Natal


Encontros





Esportiva



Banho




Recepção para a Família Real Alemã



Recepção para a Família Real Canadense



Dia da chegada das selecionadas


Vestido de noiva, buque e véu




Vestido de Madrinha



Baile de Máscaras



Baile Medieval



Eventos no castelo
 

Show de talentos
↳ Descreva o que sua selecionada faria no show de talentos:
Como ela tem um senso de humor incrível, ela vai contar piadas no show de talentos, já que ela não sabe cantar nem dançar. Na maioria, as piadas vão ser de como o princípe é estúpido e idiota.

↳ Roupa e sapato que ela usaria na apresentação dela: 


Gincana

↳ Faria de tudo para seu grupo ganhar essa gincana? Até trapacear?
Talvez sim. Se ela perdesse eu não sei o que ela faria.

↳ Se em alguma prova alguém do outro time caísse, você ajudaria essa pessoa a se levantar? Mesmo que isso significasse perder a prova? 
Ela até tentaria ajudar, mas se significasse perder a prova, não. Quanto a isso ela ficaria muito indecisa.

↳ Tem boa resistência?
Sim, mesmo vivendo no conforto. Ela já esteve em um treinamento do exército.

Apresentação de projeto de melhoria 

↳ Descreva o projeto da sua selecionada:
– Olá senhores e senhoras. – ela acena com um belo sorriso no rosto. – Como sabem, vim aqui apresentar meu projeto de filantropia. Ele é um pouco inusitado e gostaria que não me matassem por ter essa idéia. Vários países, antigamente, tinham esse tipo de “monarquia” – ela fez aspas com os dedos. – ou melhor dizendo, república. – deu ênfase na ultíma palavra. – Isso mesmo, magestades, meu projeto é de abolir a monarquia. Se acalmem, não quero assustar vocês. Eu não gosto do governo do rei, muito menos do princípe. As pessoas são obrigadas a aceitar o novo rei, mesmo que não queiram. Já escutei das reuniões do meu pai que eles, no caso os homens de negócio, que odeiam – enfatizou esta – o rei e de quanto o reinado dele é estúpido. Sim, nem todos estão satisfeitos com o reinado do rei e por isso, creio eu, elas queiram escolher a quem comandar o país. O Brasil, por exemplo. É um país decadente, mas ainda sim a população pode escolher quem vai comandar seus estados e o país. Acredito que saibam como funciona, mas irei mostrá-los. – ela se vira e liga o computador e o refletor atrás dela, que reflete uma imagem na lousa. – Aqui está meu exemplo de como funcionará: Teremos votações em urnas, que irão direto aos contadores por meio de uma internet criptografada. Cada eleição terá seu tempo, cada um em um período específico, pensei em quatro anos. – ela escreveu na lousa com um canetão. – Elegerá presidênte da república, deputados republicanos e os que cuidarão dos estados, senadores, governadores e prefeitos, mas cada um em sua eleição. – Assim, plebeus poderão comandar o país, não mais a perfeita família real. Não espero que sigam meu projeto, até porquê vocês são um pouquinho egoístas, mas eu pensei em algo que o povo gostaria que acontecesse. Eu acho uma piada tudo isso. Não tive medo, nem nada. Espero que não tenha soado um pouco como a rainha America em sua Seleção. Obrigada. – ela desligou o computador e voltou ao seu lugar.

↳ Roupa e sapato que a sua selecionada vai usar na hora da apresentação:


Burocracia da Fic


↳ Concorda com todos os termos e regras estabelecidos para a fanfic?
Sim, concordo

↳ Tem consciência que sua personagem esta agora em minhas mãos, e se nós precisarmos fazer alguma mudança pequena nela temos a sua permissão?
Claro que tenho! Mas se mudar alguma coisa, peço que sempre me avise.

↳ Vai comentar mesmo que sua selecionada não apareça no capítulo?
Sim, comentarei.

↳ Favoritou?
Sim.












*•. Beijinhos de algodão .•*


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...