~pqk3ven

pqk3ven
The blind eye of the storm
Nome: Keven Malvezzi
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Mogi Guacu, São Paulo, Brasil
Aniversário: 30 de Dezembro
Idade: 18
Cadastro:

Devils — Keven Dashae


Postado

Devils — Keven Dashae

CEGA NÃO OUVE!


Keven Dashae, 28 de Fevereiro de 1999 (17 anos), pisciano.

“Foi há muito tempo, mas descobri que não é verdade o que dizem a respeito do passado, essa história de que podemos enterrá-lo. Porque, de um jeito ou de outro, ele sempre consegue escapar.”

— O Caçador de Pipas.



— Diego Barrueco (Photo Player).


🔹 Aparência: Cabelos originalmente negros, um pouco longos e cheios, acompanhados por olhos intensos de mesma cor, que contrastam com a pele banhada pelo sol. Essas são possivelmente as características mais marcantes do rapaz. Tem porte atlético, medindo cerca de 1,76m com músculos definidos em proporções quase naturais. As linhas de seu rosto moldam-se em formato simétrico, destacando seu maxilar e queixo quadrado, enquanto as feições, com exceção do sorriso gentil, são fortes e demarcadas. É dono de uma beleza incomum e cativante.
Observação: Devido há acontecimentos passados, seu corpo, mais especificamente suas costas, bunda e pernas, é preenchido por algumas cicatrizes. Todavia, ele raramente permitirá que alguém as veja.

🔹 Sexo: Masculino.

🔹 Condição sexual: Homossexual, não assumido.

🔹 Personalidade: De natureza relaxada e espírito livre, o garoto é do tipo que não pode ser controlado por correntes sólidas. Possui um gênio forte e nunca fez a linha inocente; acredita que todos devem mostrar o que realmente são, mesmo que ele não siga essa regra ao pé da letra. É entusiasmado, um tanto quanto imaturo e impulsivo, agindo de forma dura sem pensar duas vezes. Tenta manter a diversão sempre no ar, mas seus valores e princípios de boa convivência podem ser facilmente colocados em prova quando lhe desacatam, e os resultados dificilmente serão bons. Determinado, procura viver cada momento na mesma vivacidade em que enxerga as coisas, e não se dá por vencido até que o jogo termine.
Observação: Sobretudo, vale ressaltar que ele sofre de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) e TEI (Transtorno Explosivo Intermitente), o que o faz, além de avoado, agressivo.

🔹 História:
Abandonado com pouco menos de dois meses de vida às portas do orfanato St. Marie-Anne, ambiente recatado do subúrbio de [insira aqui a cidade onde a trama se passa], o menino fora criado por um dos sócios majoritários da instituição, Robert G. Dashae, quem, entretanto, ele não considera um pai. Desde que se entende por gente, Keven tem que trabalhar duro para conseguir aquilo que deseja, dar um jeito de se virar sozinho para que as coisas tomem o rumo certo, o que, convenhamos, é o maior de seus desafios. Não que lhe falte esforço, mas atrair confusão é inevitável para o jovem.
Até os seus 12 anos, o pequeno aparentava disciplina, equilíbrio e dedicação. Contudo, nada permanece igual durante todo um ciclo. O moreno passou a mostrar novas faces, fez-se rebelde, tomado por uma energia impossível de ser contida; era visto como insensato aos olhos daqueles que o rodeavam, uma vez que nenhum deles era sequer apto a imaginar o motivo da transformação. E deste modo ele se afastava, optando por ficar sozinho, por aguentar em silêncio seus tormentos. O mundo já não era um lugar tão bom para frequentar.
Tachado como metido, rude e ignorante, hoje, prestes a completar seu décimo oitavo aniversário, o baderneiro busca novos ares, abusando da imprevisibilidade de sua mente.

🔹 O que a/o torna diferente das demais pessoas?
Em razão da vida que levou um dia, Dashae carrega feridas profundas e incuráveis, eternas, e que custosamente poderiam ser ignoradas. No entanto, ele permanece em pé. Não que seja louco — ok, talvez seja em proporções regulares —, tampouco que seja o mais corajoso e destemido dos homens, mas jamais deixaria seus objetivos de lado. O rapaz sonha em crescer, presenciar experiências grandiosas e fazer de si o herói que tanto almejou conhecer em sua infância, aquele que nunca o salvou. Enfim, nada é o suficiente para detê-lo.

🔹 Gosta de:
1. Calor, mas não daqueles absurdos;
2. Praia;
3. Farra, festas e diversão;
4. Bebidas alcoólicas e outras drogas;
5. Jogos provocantes/de sedução;
6. Cantar;
7. Quebra-cabeças.

🔹 Não gosta de:
1. Injustiça, preconceito ou discriminação;
2. Lugares abafados;
3. Estudar (isso não quer dizer que ele não é inteligente);
4. Demonstrações de fraqueza.

🔹 Manias:
1. Ficar horas e horas observando a mesma paisagem ou foto;
2. Coçar/acariciar a nuca em momentos de tensão;
3. Fazer bom uso do sarcasmo como método de defesa psicológica.

🔹 Hobbies:
1. Compor músicas;
2. Fotografia;
3. Lutar boxe.

🔹 Medos:
1. Tempestades e seus derivados (raios, trovões, relâmpagos, etc.);
2. Que seu passado, bem como seus segredos, venha à tona;
3. Não ser bom o suficiente para lidar com seus próprios sentimentos;
4. Rejeição.

🔹 Par:
Não (X)
Talvez, se eu achar necessário e se for permitido no decorrer da história, essa informação pode ser alterada. Ah, relações sem compromisso são bem-vindas, mas gostaria de escolher.

🔹 Relação com Violet: Já foram muito próximos — quem sabe ainda sejam — e possuem uma relação quase perfeita, com exceções de algumas brigas e desentendimentos que, por sua vez, geram intrigas entre ambos.

🔹 Relação com os amigos: Apesar de não ser a bondade em pessoa, o jovem é capaz de lutar com unhas e dentes para defender aqueles que ele ama, tornando-se muito protetor para com seus amigos. Como existe uma sensibilidade altíssima por trás do estilo “bad boy”, o moreno se dá muito bem com conselhos e demonstra-se um excelente ombro, seja para chorar, sorrir ou apenas apoiar-se.

🔹 Trairia seus amigos para se safar?
Embora seja fiel aos amigos, Keven é conhecedor do mínimo de coerência em situações desesperadas, e, independentemente de verificar as consequências antes de agir, pode acabar não escolhendo a melhor opção. Portanto, dependendo das circunstâncias, caso ele se sinta deveras pressionado, é algo válido.

🔹 Faria qualquer coisa por eles?
Assim como na questão de traição, tudo dependerá das condições.

🔹 Virgem?
Não, definitivamente não.

🔹 B.V. ou B.V.L.?
Não.

🔹 Hot?
Com certeza.

🔹 Quem sabe seu segredo (além de Violet)?
Apenas os envolvidos.

🔹 Faria qualquer coisa para conseguir o que quer?
O possível e o impossível.

🔹 Algo mais?
Apenas para esclarecer: o personagem não é mau, é apenas mal compreendido, e se esconde na maneira grosseira como lida com tudo por pura falta de coragem em expor o que realmente é. E alguns aspectos da história ou perguntas relacionadas ao que ele esconde podem ter ficado implícitos justamente para não revelar do que se trata.

🔹 Está ciente que seu personagem está em minhas mãos e eu posso fazer o que bem entender com ele?
Perfeitamente.

Escutando: Take Me To Church - Hozier

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...