~hansanghyuk

hansanghyuk
• cute as fuck, i'm star •
Nome: Lys
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Curitiba, Paraná, Brasil
Aniversário: 21 de Outubro
Idade: 18
Cadastro:

A Voz da Alma


Postado

A Voz da Alma

Oh, sombra cálida e mórbida que me observa tão cegamente, que me esperava antes mesmo de eu tomar consciência de quem eras de verdade. Tão escura quanto a noite mais sombria, tão fria quanto um gear inesperado, apossas-te de mim e não me largas, afinal és minha única salvação, és minha sina, na verdade, a sina de todos que vivem nesse círculo tediosamente e perigosamente vicioso.

Levas-me, mas antes, suplico-te, deixas que eu me despeça com o ósculo mais sincero naqueles que amei nessa vida e que deixarei para trás, deixas que eu me despeça daqueles que provavelmente nunca entenderão minha escolha e que não sabem que farei isto para meu próprio bem, e segurança, pois os que evitam sua sina são os que mais sofrem na amargura de sua própria ilusão. Abre os olhos daqueles que te evitam a todo custo, amedronte aqueles que se acham superiores e mostra toda sua majestade e poder perante qualquer humano que queira evitar o final de suas vidas medíocres. Põe medo nos mais impenetráveis corações, convença-os, porém, não insista, todos se matam à sua maneira, e se não aceitam, morrem mais lenta e dolorosamente.

Despedi-me de todos com aquele brilho sórdido no olhar e aquela frieza no andar, que adquiri desde quando te descobri. Porque evitam-te? Questionarei-me até o dia em que encontrar explicações concretas, pois apesar de não sentires sentimentos e emoções, recebes todos de braços abertos, recolhe almas todos os dias - definitivamente não tens escolha -, mas fazes isso e não pedes nada em troca. Pobres humanos que adiam sua chegada, mais dia, menos dia, se surpreenderão. Vamos andar lentamente, para que se possa desfrutar de cada nosso pequeno e lento passo para a eternidade.

Não ficarei na memória de ninguém, mas de certeza lembrarás de mim. Embalas-me em um profundo e eterno sono, conduze-me para um futuro incerto, o qual irei sem reclamar. Sei que quando pestanejar, estarei junto a ti, ao teu lado, conversaremos sobre vidas passadas, andaremos lado a lado, trocando risadas e pensamentos mórbidos como se nos conhecêssemos há séculos e como se fôssemos velhas e boas amigas - e talvez nós fôssemos -.


Para Morte.
De sua velha e eterna amiga, Alyce.

Escutando: Meus próprios pensamentos incessantes
Lendo: Este jornal
Assistindo: TV

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...