~tommoudistraida

tommoudistraida
.just wanna be yours
Nome: Gabs
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 25 de Abril
Idade: 13
Cadastro:

Soo Hwan Min


Postado

&.& – Nᴏᴍᴇ ᴅᴏ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ:
Soo Hwa Min, porém ela as vezes prefere que seus amigos intimos a chame de Minie. Este não possui nenhum significado, e caso possua, ela não sabe. Foi um nome escolhido por sua tia mais nova, e Hwa Min não se arrepende de ter este nome, na verdade até acha-o bastante querido.


&.& – Iᴅᴀᴅᴇ/Aɴɪᴠᴇʀsᴀ́ʀɪᴏ:
Hwa Min possui os seus vinte anos de vida, sendo assim que ela ainda nem viveu metade da sua vida. Nasceu no dia dez (1O) de Outubro de mil novecentos e noventa e seis (1995), o que faz com que ela pertença ao signo Libra. Hwaminie, outro apelido da menor, veio ao mundo num Domingo, por volta das dez e onze minutos da noite.


&.& – Nᴀᴄɪᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ:
Daegu — Sul-Coreana
Daegu ou Taegu é uma cidade da Coreia do Sul situada no sudeste do país. Constitui uma cidade metropolitana, pelo que o seu nome completo é Cidade Metropolitana de Daegu. O nome Taegu vem da anterior forma de transliteração: Taegu Kwangyŏksi.


&.& – Sᴏʙʀᴇ ᴀ ғᴀᴍɪ́ʟɪᴀ:
Já se passam dois anos desde que ela não manteve contacto com a sua família, apenas sua mãe. Hwa Min é a filha mais velha de três irmãos, dois grandes homens; que na verdade são crianças de sete e oito anos mas ela sabe que eles serão grandes homens, e uma grande anjinho de seis anos. Antes de mudar de cidade, mantinha sempre contacto com os seus familiares, mas depois de mudar de cidade já não falam mais como antes, a não ser a sua querida mãe e seu pai, mas mesmo tendo ficado este tempo todo sem vê-los, Hwa Min sente imensas saudades deles e espera poder reencontrá-los logo.


&.& – Pᴇʀsᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ:
Hoje em dia Yongjoon -pai- descreve Hwa Min como uma menina animada, faladora e extremamente divertida, que está sempre tentando ajudar as pessoas a sua volta, e zanga-se consigo mesma quando esta não consegue ajudar, achando-se uma pessoa completamente inútil. Uma garota que pode ser sempre vista com um sorriso encantador transparecendo em seu rosto, até mesmo quando as coisas estão completamente difíceis em sua vida, ela sorri, fingindo estar tudo bem consigo. Diz também que sua filha não é como os jovens de hoje em dia que só pensam em festas, bebidas e namoricos. Para ele, Hwa Min é uma jovem que gosta de estar em casa, e se sair de casa vai ser apenas para ajudar sua mãe nas compras ou então passear pelo parque, para que possa respirar ar puro. Já que ela sempre mostrou ser amiga da natureza, pois desde pequena que ela cuidava do jardim de casa e das flores, e nem era preciso a mãe sair aos berros para que ela faça as tarefas de casa. Yongjoon afirma também que Min possui uma beleza que não não passa por despercebida, mas a jovem acha que o pai diz apenas isso para melhorar o seu auto estima, ou então para que ela não pense que é uma menina que não tem nem um pouco de beleza em si. Afirma também que Hwa Min tem um ótimo senso de humor, mas é péssima para contar ou inventar alguma piada, mas ainda assim consegue ser divertida. Tem conhecimento da dieta de sua filha e pergunta-se o porquê de ela estar fazendo isso, já que ela acha que a menina tem um corpo que é invejado por outras garotas, e já está na medida certa. Mas se calhar devem ser coisas do instinto de pai. Yongjoon não se cansa de dizer que sua filha é bastante inteligente e sabe de coisas que ele e sua mulher nunca pensaram numa coisa daquelas. Ela tem uma paixão por livros também, mas quase sempre irão vê-la lendo qualquer livro, revistas ou até jornais. Para além da arte e a leitura, sua outra paixão é a música, e ela até já frequentou aulas de música, sendo assim que Hwa Min sabe tocar alguns instrumentos e tem uma voz fantástica, temos o exemplo do piano, que ela é ótima tocando. Já no caso de Mi-Cha -mãe-, a maior primeiro senta-se na poltrona de sua sala mas sem antes servir o seu chá delicioso e provar um pouco do líquido, para voltar a pousar a xícara sobre a mesa. E então ela começa a descrever sua filha como uma menina que só sabe deixar bagunça por onde anda, é sempre desastrada fazendo que sua mãe confie poucas vezes nela para guardar algo ou então segurar uma coisa de vidro por mais de cinco minutos. Diz também que na maioria das vezes Hwa Min tem um humor bastante chato, por exemplo quando ela fica insistindo para que sua mãe a leve a comer fora em uma lanchonete qualquer, ou então quando ela quer alguma coisa e não se cansa de pedir até que ela finalmente tenha o objeto em suas mãos. Mas quando ela realmente quer, pode ser uma menina atenciosa e bastante carinhosa, dois adjetivos seus que sua mãe só se apercebe poucas vezes, já que Minie apenas ficava perto da mãe quando quer chatear-lhe ou então pedir alguma coisa que ela está com receio de pedir ao seu pai. Diz que sua filha possui uma ótima voz também, e foi Mi-Cha que a encorajou a cursar música e dança, já que a mais velha também afirma algumas vezes que sua filha tem o dom da dança. E mesmo com os altos e baixos que a vida tem, ela continua lutando, afinal não é por uma ou duas coisas que você irá deixar para trás tudo aquilo que estava conseguindo. Porém, não pense que Hwa Min sempre fora esta menina querida, animada e bastante divertida. O seu alto astral apenas subiu para este nível quando sua mãe a inscreveu na natação aos seus quinze anos de idade. A personalidade de Hwa Min era tão indiferente, a garota não era tão fã assim de comida como é agora e passava mal quando seus pais a obrigavam a comer alguma coisa, resumindo, ela tinha constantemente falta de apetite. Era anti-social e não conversava com ninguém, preferia ficar trancada em seu quarto ouvindo suas músicas ou então escrevendo coisas aleatórias em seu pequeno diário que está mais para uma agenda, sempre esquecia-se de comprar um bom diário quando ia as compras com a mãe. Era uma menina de poucas palavras, e nunca conversava com os pais, apenas os observava, por mais que sua mãe insistisse em conversar com ela, Hwa Min sempre arranjava uma maneira de fugir do assunto, isto tudo desde que o seu irmão saiu de casa, uma coisa que a deixou totalmente abalada, fazendo com que a mesma entrasse em depressão. Seus pais não aguentavam mais ver a sua filha naquele estado e resolveram inscrever Minie em uma escola de ballet, mas depois de três dias ela pediu que a tirassem dali, e então foi inscrita nas aulas de natação, o que ajudou a melhorar bastante, já que ela conseguiu fazer algumas amizades por lá. Não é difícil tornar-se amiga de Min, com o seu 'novo' humor, podemos dizer que ela apegasse a uma pessoa bastante fácil assim. E uma das coisas que seus pais não se cansam de dizer é que têm orgulho por ela ser uma menina de personalidade calma, que não se estressa facilmente e é bastante paciente. Sempre tentando resolver os problemas com calma e nunca julga a pessoa pela aparência, espera sempre conhecê-la melhor e quando suas conclusões são as suficientes, ela diz o que pensa da pessoa. Mas nunca com a intenção de ofender ou então magoar, e sim para que ela mude estes seus maus hábitos caso tenha algum. Não obriga ninguém a mudar, afinal todo mundo tem os seus defeitos, e ninguém é perfeito.


&.& – Hɪsᴛᴏ́ʀɪᴀ:
Podemos agradecer a Deus que Hwa Min não sofreu nenhuma tragédia grave em sua vida, tirando o caso de ela perder o irmão. Seus pais ainda se encontram vivos e com saúde, dispostos a cuidar dela por causa do seu problema, nunca sofreu um acidente que a deixasse paraplégica ou algo do tipo. Era uma criança extrovertida, gostava sempre de brincar com o seu irmão e irrita-lo na maioria das vezes, pois este também nunca se cansava de puxar o seu precioso cabelo. Sempre gostou de fazer as tarefas de casa, e nem era preciso sua mãe obriga-la, sempre que dava conta a menor já estava acabando de arrumar as coisas. Ao contrário de TaeJoon também, Hwa Min nunca teve nenhuma desgraça com animais, e sentiu-se péssima quando Tae deixou que os seus peixes dourados morressem. Por mais que ela recebesse muitas vezes a atenção de seus pais ela não se importava com isso, e nunca ligou muito para esse assunto também. Já pensou várias vezes em pedir ao seus pais que comprassem um cachorro ou um gato para ela, mas aí ela lembrava que convivia com um ser que era obrigada a chamar-lhe de irmão, e ele não tinha muita sorte com animais e o seu medo de que o animal acabasse morto como peixes deles e o gato do vizinho, vinha a tona. Sempre gostou de ajudar a sua mãe nas tarefas de casa, e quando não conseguia fazer uma coisa direito ela insistia até pegar a prática. A única memória que tem em sua mente é de TaeJoon, seu irmão mais velho que ela ama tanto que caso a vizinhança não soubesse que estes são irmãos, pensariam que Hwa Min é completamente obcecada pelo garoto. Tae a entretinha, brincava com ela nem que esta brincadeira fosse puxar o seu cabelo, uma coisa que a deixava extremamente irritada mas ainda assim preferia ficar colada ao seu irmão por mais que as brincadeiras deste fossem estranhas ou até mesmo idiotas. Poucas das vezes também podia ser vista brincando com suas bonecas, suas preferidas eram Mackenzie e Brooke, que ela fez questão de batizá-las com esse nome já que a morena sempre teve um fetiche por nomes de origem inglesa. Quando seus pais começaram a notar algo estranho na jovem, por exemplo: já não conseguia vestir direito e nem calçar os pés certos, sua dificuldade para tratar das tarefas de casa começou a piorar e sempre reclamava de que não conseguia fazer a maioria das coisas. Seus decidiram levar Hwa Min ao médico, e receberam a notícia de que Soo estava começando a sofrer de Savantismo, mas este disse que ele não ia para um estado grave já que sua saúde aparentava estar ótima. Claro que a notícia abalou a família toda, e então TaeJoon foi ajudando a menor quando se tratava na hora de a vestir, por ser seu irmão Hwa Min não se incomodava ao ficar apenas de roupas intimas a frente dele. Alguns meses depois descobriram que, para além do Savant ela também sofre de sinestesia, que por sorte não é tão grave assim. Sua vida pareceu piorar quando TaeJoon saiu de casa, Hwa Min recorda deste dia como se fosse os seus dias atuais. Foi como se uma bala tivesse atravessado o seu peito sem mais nem menos. Ela esperou anos, esperou que o irmão viesse a sua busca e que pudessem partir juntos para longe dali já que ela não aguentava mais a sua mãe puxando o seu saco, mas este nunca chegou a voltar, mas sua vida piorou quando receberam a notícia que TaeJoon morreu em um acidente. Isto tudo resultou que Hwa Min sofresse de depressão e ficasse apenas trancada em seu quarto pintando quadros, a maioria eram retratos de Joon, e alguns deles eram os dois juntos observando o por do sol do jardim, como costumavam fazer quando eram mais novos. Ela pareceu melhorar quando insistiu a sua mãe que a inscrevesse num clube de dança perto de sua casa, mesmo que ela não conseguisse praticar direito a atividade, ela tinha amigos que a ajudavam. A jovem nunca chegou a ter nenhum relacionamento sério com alguém, já que ela não é muito romântica e na maioria das vezes dava patadas nos jovens que estavam interessados nela. Assim que Jung terminou o colégio, mudou-se para a cidade de Seoul, conseguiu entrar para uma universidade, além de que comprou uma casa num dos bairros da cidade, seu savantismo melhorou mas ela ainda tem aquele pressentimento de que um dia irá voltar, e tenta não pensar muito no caso. Conseguiu também arranjar dois empregos para poder pagar a faculdade, trabalha como babá e também cantora e dançarina num bar próximo de sua casa.


&.& – Aᴘᴀʀᴇ̂ɴᴄɪᴀ:
Hwa Min é branquinha, sua pele chega a ser um tanto pálida, mas não tanto. Seus olhos são puxados, como de qualquer coreano. Os mesmos são acastanhados, mas um castanho claro, que quando a luz do sol os penetra parecem ficar mais claros ainda. Seu cabelo é médio, chegando exatamente até aos seus ombros, ele é liso meio cacheado e Hwa Min ama cabelos lisos, portanto ela não reclama sobre seu cabelo -na maioria das vezes-. Mas ela admite também que eles ficam extremamente lindos quando faz cachos, parecendo uma jovem de 13 ou 14 anos novamente. Seu corpo não possui muitas curvas, ele é esbelto mas também não é daqueles super, ultra mega gostosos. Ela não é muito peituda, seus seios são médios e não chamam muita atenção. A única coisa que chama atenção em seu corpo, é a sua cintura fina e a curva bela que a mesma tem, deixando os seus quadris um pouco chamativos também. Suas pernas são finas, não tanto assim que fica parecendo um palito ou uma tábua, são finas no aspecto de um bom aspecto, e seus braços podemos dizer a mesma coisa. Mede exatamente um e sessenta e quatro centímetros, sendo assim baixinha, mas na maioria das vezes ela chega a dizer que mede um e sessenta e seis ou cinco centímetros. 47kg é o seu peso atual. Que tipo de roupa combina com ela? Bem, ela gosta de vestir uma roupa que a deixe muito, mas muito confortável. Não querendo saber se as peças de roupa combinaram com o sapato, ou o short combinou com a blusa. Isso mesmo, ela pode vestir uma blusa preta e roxa, acompanhado de um short amarelo ou verde fluorescente, e nos pés os tênis do Mickey. Não irá ser nenhum problema para Hwa Min, desde que no final das contas ela fique bem. Mas não pense porque só por isso ela veste roupinhas de avós, na verdade, ela coloca roupa justa também, mas não constantemente, por tanto. Ela é bem desajeitada, quanto ao assunto de escolher uma peça de roupa que combine com qualquer coisa que ela esteja usando, por isso ela sempre precisa de uma ajudinha para combinar e ficar na moda. Hwa Min despensa a maquilhagem, não entende o porquê de algumas mulheres ficarem passando maquilhagem até deixar sua cara extremamente rebocada. Uma make perfeita para ela é só passar lápis e rímel em seus olhos, pintar seus lábios com um batom que não seja preto ou exageradamente carregado, parecendo que passou mil e quatro vezes o batom.



&.& – Cᴜʀɪᴏsɪᴅᴀᴅᴇs:
— Hwa Min sofre de Sinestesia, que é a relação de planos sensoriais diferentes: Por exemplo, o gosto com o cheiro, ou a visão com o tato. O termo é usado para descrever uma figura de linguagem e uma série de fenômenos provocados por uma condição neurológica.
— Ela também gosta bastante de música para além da arte, e gosta muito de Kpop sendo que nunca se cansa de ouvir isso todo dia. Mas também tem o Pop americano, Hip-Hop e Rap como seus estilos musicais favoritos.
— A jovem é simplesmente viciada na tecnologia, sendo que não consegue ficar sem entrar em nenhuma Rede Social por um dia, ela só não usa o Facebook porque acha que já saiu da moda em seu mundo, mas já o resto como o WhatsApp, Instagram e especialmente o Twitter ela não consegue viver sem eles.
— Sua comida favorita é qualquer coisa que envolva peixe ou então carne.
— Hwa Min também ama doces, mesmo não comendo muito por causa do seu nível de açúcar no sangue.
— Seu tipo sanguíneo é O+.
— Odeia comer vegetais, assim como frutas e saladas, mas apenas come de vez em quando.
— Sua música favorita é Let Me Hold You (Turn Me On) da banda Cheat Codes. Desire e Eye Shut da banda Years and Years também podem ser incluídas na lista. Assim como Cake By The Ocean dos DNCE e I'm In Control da AlunaGeorge.
— Ela não curte muito os filmes de terror, mas ainda vê alguns quando está acompanhada.
— Simplesmente é amante de séries também, as suas preferidas são, Supernatural, Teen Wolf e Once Upon a Time.
— Quando era mais nova gostava de escrever em um diário que ganhou no seu aniversário de dezesseis anos, a maioria das coisas que ela escreveu é como ela sente saudades de seu irmão.
— Tem o preto e o branco como as suas cores favoritas, a maioria dos quadros que já pintou são esboços com estas cores.

&.& – ʀᴏᴜᴘᴀs






&.& – Aᴍᴏʀ 1
Ainda em seu tempo de treinamento, Hwan Min fora em uma cafeteria no período noturno para comprar um lanche para a viagem. Não demorou muito, em menos de sete minutos já estava saindo do estabelecimento, mas uma multidão viera em sua direção, provavelmente acompanhando alguém, ou cantor ou ator, evento que a atrapalhou um tanto quanto. Tentou passar no meio de todas aquelas pessoas que ocupavam toda a rua, se espreitando por entre elas, mas trombou com alguém fazendo com que a sacola de comida que segurava amassasse e prenssasse em sua roupa e a sujasse por completo. Um homem totalmente encapuzado havia trombado com a garota. Com essa interveniência, ambos permaneceram parados no mesmo lugar até que a multidão passasse, e ele pode, enfim, retirar a blusa que tampava seu rosto. Byun Baekhyun estava bem em sua frente, preocupado com aquela roupa que a garota vestia, que nem mesmo ela estava se importando. Com isso o garoto entregou-lhe dinheiro para pagar uma lavagem em uma lavanderia próxima, assim que eles se separassem. Mantiveram contato por mensagens, inicialmente apenas para saber da situação da roupa, mas com muitíssima dificuldade iniciaram uma amizade. A partir daí, o garoto descobriu sozinho da empresa onde a garota trabalhava e, de supetão, visitou-a em um dia de treinamento. E agora sim passaram a ter mais intimidade.

&.& – Aᴍᴏʀ 2
História idem ao "amor 1", mas o amor 2 é Kim Minseok.


&.& – Pᴏsɪᴄɪᴏɴᴀᴍᴇɴᴛᴏ
Dançarina líder e canto principal.

&.& – ғᴀɴᴅᴏᴍ
Não tenho ideias rsrsrs
Qual e o seu conceito:


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...