~aflopada

aflopada
Nome: ✦ Adria | A.R.M.Y
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 14 de Abril
Idade: 51
Cadastro:

Ficha - Burg Eltz


Postado






Espero que goste! :3

Nome:


Song Min-ah


Apelido:


Minah


Idade:


19 anos – 25.05.1997


Sexualidade:


Heterossexual


Nacionalidade:


Sul-coreana


Aparência:

- Kim Sejeong -












Personalidade:


Minah é uma garota muito alegre e simpática. Está sempre sorrindo repentinamente, talvez seja por causa de seu poder, que sente as emoções das pessoas. Sempre que alguém próximo está feliz, ela também está. E até quando alguém tende a ficar triste, ela tenta se manter positiva mesmo sofrendo para colocar a pessoa para cima.
É simpática com todos, até mesmo com os mal-humorados, pois sabe o que eles estão sentindo, então os perdoa.
Quando é próxima de alguém, é carinhosa e sofre muito com distanciamentos de seus amigos.
Se apega facilmente, o que para ela é algo ruim, pois nenhuma de suas amizades durou muito devido as mudanças constantes que passou durante toda a sua vida até agora.
É muito desajeitada, sempre acaba tropeçando nos próprios pés, caindo por aí, derrubando coisas. O que a leva a ser um fracasso em atividades físicas.


Poder:


- Outro -
Minah não sabe nada sobre seu poder, apenas sabe que o possui. Ela procurou algo na internet, mas infelizmente não achou nada, então, resolveu dar um nome próprio para seu poder.
Magia: Uma boa parte do seu poder tem capacidade curar tudo que esta machucado fisicamente e a outra parte de ler ou sentir sentimentos e emoções. Também permite ampliar ou reduzir emoções já existentes em seres vivos. Ela afeta qualquer tipo de emoção, como raiva, ódio, amor, confiança, etc. Pode também ser usado para acalmar seres vivos, ou deixá-los apáticos.


Família:


Mãe – Song Da-hye – 40 anos



Tia – Song Da-hee– 40 anos




História:


Minah foi criada apenas pela mãe, já que o pai foi embora logo que descobriu que sua mãe estava grávida. Alegava que não estava pronto para isso e que não queria arcar com essa responsabilidade, deixando Da-hye – mãe de Minah – sozinha grávida da menina.

Na infância, Minah e sua mãe viviam sob condições muito simples, tendo que sair da Coreia para buscar um melhor modo de viver. O que não adiantou muito, pouco tempo depois da mudança, sua mãe adoeceu gravemente, fora diagnosticada com leucemia.
Sua tia, Da-hee, ofereceu toda a ajuda que pôde, pois morava perto de onde a irmã e a filha se mudaram.
A casa de Da-hee era consideravelmente grande, e para Minah, uma criança que nunca parava quieta, vivia correndo pelos cantos, o que resultava em vários machucados e roxos pelo corpo.
No dia em que sua tia foi acompanhar sua mãe em uma consulta, ficara sozinha em casa e foi correr pelas escadas, que sua mãe sempre alertava para que não descesse correndo por lá. Tropeçou em um dos degraus da escada e machucou o joelho gravemente. A dor era latejante, e ardia muito. Não sabia o que fazer, resolveu esperar sua mãe e sua tia, sentada com a mão por cima de sua ferida. Se concentrou tanto na dor que lentamente a dor foi diminuindo e a ferida, desaparecendo. Foi quando descobriu uma parte do seu poder.
No primeiro momento, achou que estava delirando, passava a mão sobre o local onde foi ferida e foi como se nunca tivesse passado nada por lá. Resolveu manter em segredo, por medo de que sua mãe e sua tia a achassem maluca.
Não deixou de praticar seu poder, curando animais feridos de lugares abandonados. Foi quando aprendeu seu poder de detectar vida, poderia sentir vida em lugares próximos a ela.

Sua mãe sofria cada vez mais com sua doença, já haviam passado meses desde que foi diagnosticada.
Numa certa noite, Minah podia sentir o sofrimento de sua mãe com uma intensidade insuportável. Da-hye estava gemendo na cama, enquanto sua filha juntava forças para chamar a emergência, tomada incomumente pela dor da mãe.
Acordou a tia e ligaram para a emergência, que chegou poucos minutos depois. Minah estava tomada pelo pânico, sua mãe nunca havia chegado a passar por aquilo, e a pequena garota sentia sua mãe lutando. Podia sentir o medo da tia, o foco e os esforços dos médicos e a dor dos outros pacientes dentro do hospital. Foi quando descobriu a outra parte de seu poder.
Sua mãe lutou por 3 horas e não conseguiu resistir. Havia quase um ano em que fora diagnosticada com a doença e se tratava e finalmente parou de sofrer. Minah sentia um enorme vazio dentro de si, e no seu coração só havia tristeza. Ela perdeu sua mãe e Da-hee perdeu sua irmã. Descobriu que seu poder de cura não ajuda com dores emocionais, apenas físicas. Mas achava que as dores físicas não eram nada perto do que ela sentia agora.
Sua tia se esforçava para manter-se forte diante de Minah, que era apenas uma criança. Mal sabia que a menina sabia o que Da-hee sentia, e admirava muito ela se esforçar por ela.
Passaram-se cinco anos, e Minah já havia completado Dezenove anos e usava seus poderes para o bem, em homenagem à mãe, que sempre dava seu melhor pelas pessoas. Ajudava feridos, localizava pessoas vivas em lugares dos quais haviam acidentes. Claro que seus poderes e suas boas ações não passaram despercebido.


Gostos:


♦ Conversar e conhecer novas pessoas

♦ Desenhar, cozinhar

♦ Ajudar os amigos e deixá-los alegres

♦ Doces

♦ Café, chá. Bebidas quentes

♦ Roupas largas

♦ Inverno, primavera

♦ Cor azul e lilás

♦ Musica

♦ Desenhar, cantar, dançar

♦ Correr

♦ Dar risada

♦ Comer, gosta de comer qualquer comida.

♦ Animais, todos, sem exceção.

♦ Dormir com o som da chuva


Hábitos/manias:


♦ Bater os dentes quando está nervosa

♦ Espirar quando mente – estranho? Sim, estranho -

♦ Morder os lábios

♦ Roer as unhas


Vícios:


♦ Café

♦ Chocolate


Desgostos:


♦ Pessoas irritantes

♦ Silencio

♦ Comidas frias

♦ Lugares apertados

♦ Sentimentos como raiva, tristeza, dor

♦ Ser ignorada

♦ Calor

♦ Insetos

♦ Aranhas


Medos/fobias:


♦ Escuro, trovões

♦ Perder mais alguém que ama

♦ Ficar sozinha


Porque está indo para o castelo e como ficou sabendo dele?


Ficou sabendo do castelo gracas a sua tia, decidiu ir para descobrir mais sobre seu poder.


Sabendo que você pode decorar seu quarto como quiser, como vai decorá-lo?





Vai querer mascote?


Sim, uma gatinha chamada Happy





Estilo de roupa que costuma usar:
















Para uma festa à fantasia como se vestiria?




E roupa de banho?







Par:

Youngjae (GOT7)


Poder do par:


Água


Relacionamento com o par:


Minah e Youngjae tem um relacionamento normal, sem muita frescura. São gentis um com o outro e estão sempre rindo.
Ela sempre agarra seu dedo mindinho e o ajuda a acordar.


Como se conheceram:


Se viram pela primeira vez nos corredores de Burg Eltz. Eles não se falavam, mas Minah deu o primeiro passo e iniciou um conversa com ele, desde esse dia, começou uma amizade que acabou virando amor. *-*


É BV?


Sim


É virgem?


Sim


Vai querer:


[ ♥ ] Hentai
[ ] Yaoi
[ ] Yuri
[ ] Nada


Algo mais?


Sabe que seu personagem está em minhas mãos e posso fazer qualquer coisa com ele?


Sim, faca oque quiser com ela.


Vai comentar nos capítulos?


Sim


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...