~Queen_Khaleesi

Queen_Khaleesi
Mrs. Shakespeare
Nome: Elly
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 26 de Março
Idade: 17
Cadastro:

➸ Government Spies - The Experience ➸


Postado



➸ Government Spies - The Experience ➸


Nome:
Jack Petrovick

Idade:
28 anos

Cidade, estado e país onde seu personagem vive:
Rússia, Moscou.

Aparência:
Tem um rosto que denota virilidade, cabelos negros um pouco abaixo do maxilar, usa uma barba por fazer, tem olhos ônix e pele bronzeada. É alto com seus 1, 85 de altura e pesa 80, tendo uma boa parte feita de músculos.


- Ben Barnes

História:
Jack nasceu na movimentada capital da Rússia, Moscou.
Desde o seu nascimento até seus cinco anos, ele foi criado por seu avô, Benjamin Petrovick, mas após a morte do mesmo, a sua guarda foi passada para seu pai, Ben Petrovick.
Sua infância não foi coberta de mimos, carinho e atenção.
Não teve uma presença materna na sua vida, por isso não sabe de absolutamente nada sobre sua mãe. Nunca lhe disseram nem mesmo o seu nome.
Tem uma relação conturbada com seu pai, pois ele nunca foi realmente seu pai. Então nunca o chama assim, ele não merece o título paterno, Jack o chama apenas pelo seu nome, Ben.
Mas Jack se preocupa com ele apesar de tudo, trabalhando limpando a academia de boxe. Não ganha muito, mas é o bastante para sustentar os dois. Ben tem um vício compulsivo na bebida alcoólica e isso fez Jack abominar bebidas.
Ele sempre quis poder pegar livros, montanha de livros e lê-los. Mas a sua leitura era péssima e isso o frustra até hoje. Quando viu que era impossível aprender sozinho, simplesmente desistiu porque é muito orgulhoso para pedir ajuda a quem quer que seja.
Jack começou a fumar aos seus 12 anos, com o incentivo de colegas da escola. O acalmava, relaxava e o fazia esquecer-se dos seus problemas e foi isso que o inventivou a continuar.
Esse vício o persegue até hoje e sua maior vontade é conseguir parar. Ele considera que esse foi o maior erro da sua vida.
Aspen foi como uma salvação na sua vida, ele estava num momento sombrio dela, estava começando a entrar em depressão. A única coisa que l fazia sentir-se vivo era o boxe que o ajudava a extravasar o que sentia, mesmo que ele não soubesse exatamente o que era naqueles meses.
Sentia falta do seu avô, sentia mágoa pelo seu pai, senti-se abandonado pela sua mãe... Sentia-se simplesmente só.
Encontrou Aspen numa caixa de papelão na rua, debaixo da chuva assim como ele mesmo. Tremia, morrendo de frio e Aspen estava sozinho e foi isso que fez Jack pegá-lo nos braços e levá-lo para casa.
Porque os dois era iguais. Sozinhos, abandonados e se tivessem um ao outro, naquele momento, seria o suficiente.
Nos anos que se passaram, Jack arrumou um emprego com Will, sua depressão passou e ele, enfim, estava lutando pela sua vida.
Ele protegia protegia seu coração com muros de aço para que nunca mais sua vida dependesse das dos outros.
Ele tinha enfim, conquistado sua independência, seu idealismo e seu livre-arbítrio e não ia deixar ninguém tirar isso dele.

Personalidade:
- Jack é um homem guerreiro, ardente, impulsivo, corajoso e espontâneo. Não mede esforços quando luta para conquistar seus objetivos. Quando se depara com um obstáculo, se enche de forças para vencê-lo.
- Ele é um líder nato, nasceu para comandar. Vai sempre a frente de todos, desbravando caminhos e permitindo que outros o sigam.
- Não sabe ficar dissimulando, é generoso e leal, e não gosta de injustiças.
- Não consegue se conter por muito tempo, ou escolher gestos; é autêntico e não se importa se está agradando ou não. Diz o que sente e o que pensa na cara, doa a quem doer e esse é um dos seus maiores defeitos.
- Expressa diretamente seu ego, aquilo que acredita e o que deseja, seus valores pessoais.
- É decidido e forte, nunca fica "dividido" ou "em cima do muro".
- Gosta de desafiar os outros; é determinado e audacioso, e se for desafiado aceita de pronto a disputa.
- Dinamismo é algo que não lhe falta, e é comum vê-lo se dedicando a diversas atividades ao mesmo tempo, mesmo que adore o silêncio e a quietude.
- Não tolera pessoas dependentes, covardes ou submissas, e freqüentemente explode com elas sem dó nem piedade. Por ser um líder nato, costuma ser rebelde e agressivo como subordinado (É muito díficil Jack respeitar a hierarquia).
- As coisas que ele quer, ele faz. Tem suas próprias idéias, e não costuma se deixar levar pelas dos outros.
- Procura as oportunidades com entusiasmo, e não espera que nada caia do céu.
- Sua mente é rápida e cheia de idéias; sabe resolver qualquer situação de emergência, tomar decisões importantes, e nada lhe parece tão difícil para que se desanime ou que se renda.
- Procura sempre ver claramente os pontos de vista alheios, tentando se colocar no lugar das outras pessoas.
- Irrita-se com facilidade, mas se acalma com rapidez. Devido ao seu jeito brusco de falar (não tem meias palavras nem cuidado para dizer nada), muitas vezes ofende ou magoa as pessoas, porém não faz isso de propósito, a menos que tenham mexido com ele.
- É espontâneo, jovial e muito sincero, portanto jamais fica adulando ninguém para conseguir o quer.
- É extremamente orgulhoso e arrogante, e não gosta de receber críticas ou oposições, se irritando profundamente quando isso acontece, mas guarda apenas para si, ficando em silêncio, a não ser que esteja num dia ruim.
- É tão franco e espontâneo que pode parecer rude e ofensivo aos olhos dos outros.
- É um guerreiro incansável, tem pressa de viver e uma garra admirável para lutar pelos seus interesses. Também é independente.
- Se você quer ouvir bons conselhos, faça um favor a si mesmo, não peça a ele. Jack não é bom com isso e provavelmente vai te mandar fazer o que ele faria. Ou seja, uma loucura.
- Ele também ama café, sem tomar uma xícara, ele fica mal humorado o dia todo (Não que ele seja bem humorado o resto do tempo, mas a agressividade fica maior).
- Costuma fumar um maço de cigarro por dia, chegando a mais quando está nervoso ou irritado.
- Ele tem uma confiança fora do normal, não costuma entrar em brigas ou discussões, mas quando o faz, é pra ganhar. Se ele começa a discutir com você, acredite, você já perdeu. Jack é ótimo com argumentos.
- Para Jack o importante é viver o dia de hoje; o futuro a gente vê depois.
- Sua personalidade é uma combinação de aristocracia e dignidadade. Ele amadureceu cedo e não sente medo de enfrentar os problemas da vida. - Jack não age ao acaso, nem espera que as oportunidades se apresentem, dá até a última gota de seu sangue para ser o melhor no que faz.
- O idealismo também faz parte de sua personalidade. Não teme aceitar responsabilidades e uma vez que dá sua palavra, ele a mantém.
- Diante de um problema é comum ele pegar um papel e fazer anotações dos prós e dos contras. Isso o ajuda a esclarecer em sua mente como e por onde começar a agir, o que vale e o que não vale a pena.
- Costuma ser misterioso e profundo, tem personalidade marcante e é muito observador. - Sua ironia às vezes irrita, pois ele usa muito, principalmente com pessoas que fazem perguntas idiotas.
- Jack controla as emoções para não transparecer sua sensibilidade pois odeia que saibam o que está sentindo. É cauteloso, estratégico, desconfiado, enigmático, e se auto-protege para resguardar sua vulnerabilidade.
- Jack é muito intenso e capaz de sentimentos fortíssimos, porém é reservado e dedica pouco do seu tempo para sua vida interior.
- Possui grande inteligência e algumas vezes seus pensamentos são excessivamente complexos para serem explicados.
- Ele não se deixa influenciar pela opinião de ninguém, e é extremamente exigente consigo mesmo.
- Tem uma disposição e uma capacidade de trabalho incríveis, pois se concentra tão absolutamente naquilo que faz que esquece do tempo.
- Jack é aventureiro, sempre em busca do sentido da vida e pronto a expandir e conquistar alvos mais elevados.
- Seu raciocínio é rápido e está sempre procurando adquirir novos conhecimentos, menos através dos livros, pois odeia ler (Na verdade, não é que ele não goste da leitura. Jack não lê muito bem, seu pai não o levava para a escola quando pequeno, as poucas vezes que foi quem o levou foi seu avô).
- Seu ideal de justiça é uma das suas grandes qualidades. Gosta de defender os oprimidos, ajudando para que tenham aquilo que lhes é de direito, e luta para estabelecer a lei e a ordem.
- As viagens exercem verdadeira fascinação em Jack, que se sente atraído por lugares longínquos, por culturas diferentes, países estrangeiros e tudo o que seja exótico.
- Gosta de desafios de qualquer espécie, e o tédio é o seu maior inimigo. Se alguma coisa está rotineira ou se repetindo muito em sua vida, ele logo parte em busca de novas emoções. Sem liberdade, Jack não consegue ser feliz.
- Ele é teimoso e quando coloca uma coisa na cabeça, ninguém consegue tirar.
- Assim também são seus sentimentos: quando ama é para sempre; se é amigo de alguém, é fiel em qualquer circunstancia. Mas se for traído ou caso se decepcione, essa pessoa morre para ele.
- Detesta depender dos outros, e tem dificuldade em dividir tarefas ou pedir favores, o que faz com que assuma uma alta carga sozinho.
- Uma de suas qualidades é o seu original senso de humor, por vezes negro. Sabe brincar com a realidade com graça e inteligência, fazendo comentários extraordinários e espirituosos.
- É completamente imprevisível em suas atitudes e reações.
- Detesta normas, regras, restrições, limites ou proibições; por isso pode se tornar um contestador tão veemente que chega a ser considerado um agitador ou subversivo.
- Sua individualidade e seu mundo íntimo são guardados a sete chaves, por isso é muito difícil alguém conhecê-lo interiormente.

Gostos:
- Frio
- Café
- Silêncio
- Perigo
- Arriscar-se
- Música
- Sorrisos
- Animais
- Boxe

Desgostos:
- Livros
- Doces
- Dançar
- Frituras
- Bebida alcoólica
- Crianças
- Demonstrações de afeto em público
- Pessoas que falam demais

Medos/Traumas/Fobias de seu personagem:

Medos:
- Traição
- Perder-se
- Ser controlado por alguém
- Altura
- Lugares apertados

Traumas:
- Lugares muito apertados, pois quando tinha 5 anos ele ficou preso dento de um baú.

Fobias:
- Claustrofobia
- Acrofobia

Algum vicio?

Café, ou qualquer coisa que contenha cafeína.



Cigarros.



Quais são as principais manias de seu personagem?
- Resmungar um "Tsc" ao se frustrar ou quando percebe que errou em alguma coisa.
- Bufar um "Hn" ao invés de responder as perguntas que lhe fazem.
- Troca nomes a todo momento. Por exemplo, se você se chama Marisa, acredite ele pode te chamar até mesmo de Anastásia.
- Cantarolar uma mesma música mesmo inconscientemente.
- Coçar o queixo
- Virar o rosto e sorrir de canto quando ouve algo engraçado.

- Vasculhar sua mente, procurando frases que combinem com a situação. Geralmente são do "Coringa".


Família de seu personagem:

- Nome: Ben Petrovick
Parentesco: Pai
Idade: 52 anos
Aparência:

Relação: Não tem uma relação muito amigável com ele, pois ele o abandonou quando era pequeno, deixando-o com o seu avô. Ele foi o motivo pelo qual lê tão mal e passou a vida toda treinando boxe, porque se tornou a sua libertação da vida que leva.

- Nome: Aspen
Parentesco: Cachorro
Idade: 3 anos
Aparência:

Relação: É seu melhor amigo, irmão e confidente. Não o deixaria por nada nesse mundo, pois é o que tem de mais precioso na vida.

O que o seu personagem responderia se lhe fosse perguntado...

Qual é o pior: Tortura física, psicológica, ou emocional?
- Está mesmo me perguntando isso? Hn, psicológica.

O que iria fazer se notasse que esta encurralado de inimigos?
- Sorriria ironicamente e lutaria.

O que iria fazer se uma pessoa que ama ou que se importasse morresse na sua frente?
- Cairia de joelhos e gritaria, pois absolutamente ninguém o ama.

Onde iria se esconder se houvesse uma explosão?
- Atrás de algo sólido e forte.

Você se sacrificaria para salvar alguém ou nunca iria fazer isso?
- Todos temos o instinto de salvar a nós mesmos, mas eu realmente não me importo, o perigo... É um meio de viver e não apenas de sobreviver. Então sim, eu me arriscaria.

O que iria fazer se soubesse que alguém que você confiou lhe traiu?
- É difícil conquistar a minha confiança, portanto uma vez perdida, ficará perdida para sempre.

"Você pode se vingar do mal, sem se tornar parte dele?"
Coringa

É capaz de perdoar alguém? Se sim, quantas vezes?
- Não. Nunca. Apenas se for algo insignificante.

O que prefere? Família ou a salvação de pessoas que irão morrer por coisas sem lógica ou por coisas que não fizeram?
- Pessoas inocentes.

Numa fuga, para onde iria? Para o deserto ou para as geleiras? Porquê?
- Você faz muitas perguntas. Hn. Depende do que eu teria em mãos. Se eu tivesse meios de esquentar-me e não morrer de frio, eu iria para as geleiras. Agora se eu tivesse uma grande quantidade de água e algo que me protegesse do sol escaldante, iria para o deserto.

O que faria se estivesse com risco de vida: Correria ou lutava primeiro?
- As duas opções são válidas. Se os braços estivessem muito feridos, eu correria, mas se estivesse apto para usar algum tipo de arma, eu lutaria.

$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$-$

Como vive sua vida tendo "Duas vidas"?
Normalmente, pois não costumo dar satisfação da minha vida para o meu pai. Tenho meus treinos regulares com meu professor de boxe. O único que me faz realmente falta é Aspen.

Como foi parar na CIA e qual foi a reação dele à receber essa proposta?
Estava treinando com meu professor de boxe na parte da Academia que é ao ar livre. Sou bom com estratégias, sendo assim, sempre venço Will.
Um homem começou a nos observar o que me causou certo receio e me fez parar de treinar e comentar isso com Will que o observou. Vendo que nós o olhávamos, ele acabou indo embora, mas horas mais tarde quando estava indo embora o mesmo homem me esperava fora da Academia. Apresentou-se como um agente da CIA, mostrando-me um distintivo e me fez a proposta de trabalhar para eles.

Reação:
Para mim tudo é indiferente, não me importo se é importante ou não, é só uma oportunidade de mais perigo e riscos. Então só sorri ironicamente e disse: "Que seja. Mas tem uma coisa que precisa saber sobre mim. Existem três formas de se fazer as coisas. O jeito certo, o jeito errado e o meu jeito. Esteja ciente disso."

Como o seu personagem agia no treinamento da CIA?
Eu tenho meu próprio jeito de fazer as coisas e já tinha deixado isso bem claro antes entrar pra CIA. Eu odeio que ordenem que eu faça qualquer coisa. Não costumo respeitar a hierarquia, faço o que eu quero na hora que eu quero. Sou chamado de rebelde, mas desde o começo fui melhor que qualquer veterano. Sou quem contesta tudo, não abaixo a cabeça pra ninguém, pois não acho que alguém seja melhor ou pior que eu.
Tenho meu próprio idealismo.

O que seu personagem diz para seus parentes quando vai sair para viver uma missão secreta da CIA?
- A seu pai: "Estou saindo, não sei quando ou se vou voltar."
- A seu cachorro: "Aspen, volto logo, meu amigo. Cuide da casa por mim."

Quais são as habilidades físicas de seu personagem?
- Força
- Agilidade
- Reflexos rápidos

Seu personagem prefere armas brancas ou armas de fogo?
- Armas de fogo.

Qual a arma que seu personagem tem mais afinidade em usar?
Punisher, TMP e Handcannon.

Qual foi o sentimento que seu personagem sentiu quando foi lhe dado o aviso de que é um dos melhores agentes da CIA e que iria para a base central do governo em uma missão com os outros dezessete melhores?
"Hn". Ele não ligou, não se importa se é o melhor ou o pior, apenas faz o que lhe é pedido. Mas no fundo, sentiu uma vontade sem limites de ir na frente de todos aqueles que se acharam melhores do que ele e rir, aquele riso cheio de escárnio.

Qual foi o sintoma que seu personagem sentiu quando foi mandando para casa depois de ser resgatado da missão?
Dor exorbitante nos músculos.

Qual é o poder de seu personagem?
Hipercinese.

- É um ótimo estrategista, consegue saber como alguns eventos ocorreram.
- Tem um super reflexo, conseguindo se defender de ataques e consegue atacar rapidamente.
- Desenvolve uma ótima elasticidade, sendo um acrobata sobre-humano.
- Adquire força elevada, podendo derrubar paredes e empurrar carros.
- Resistência sobre humana, não se cansando facilmente ou resistindo à ataques.
- Desenvolve uma agilidade elevada, podendo dar saltos super altos e ainda uma boa resistência conseguindo resistir bem a certos impactos.
- Possui um ótimo manejo com qualquer arma, tendo otima mira.
- Pode calcular ações e reações de acontecimentos no ambiente em que eles está presente.

Quais são as fraquezas do poder de seu personagem?
- Sua alimentação é anormal, tendo que comer mais do que pessoas normais.
- Quando sua energia se esgota, precisa de um tempo considerável para se recuperar.
- Tonturas

Qual foi a reação e o pensamento de seu personagem ao descobrir seu poder?
Estranhamento, surpresa e satisfação disfarçada.

Tem completa noção de que qualquer personagem pode morrer á qualquer momento? Inclusive o seu?
Sim. Inclusive estou preparada para isso.

Sabe que se não comentar em três capítulos seguidos sem explicação, seu personagem irá morrer?
Sei sim, mas nunca deixo de comentar e você sabe disso, mon amour.

Aceita par? Se sim, fale-me suas preferências.
Você já sabe, pouparei palavras, Mis. Hauhaua. É uma surpresa pra ela?

Algo mais que eu deva saber?
Não, sua ficha é uma vida, Mis. Já tem TUDO que você precisa saber.

Já favoritou?
Sim.

Boa Sorte!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...