Ficha


Postado

♣ Ficha:

♣ Nome completo:

Carlton Hamish MacGyver

♣ *Apelido:

Carl

♣ Idade e data de nascimento:

23 anos, nasceu no dia 28 de janeiro.

♣ Sexo:

Masculino

♣ Sexualidade:

Heterossexual

♣ Personalidade:

Carl normalmente costuma ser auto confiante, e nada que possam pensar a seu respeito o fará mudar. Ele não é exibido ou metido, apenas sabe do que é capaz, conhece suas virtudes e nenhuma critica vai faze-lo mudar de opinião a seu respeito. Por isso não estranhe quando ouvi-lo responder a um elogio seu com um “Eu já sabia”.
Mas não carregue muito nas criticas ou ele pode levar para o lado pessoal e acabar virando seu inimigo.
Comece a trata-lo como um garoto bonzinho, inofensivo e acabará entrando numa fria.
Ele não tem nada de ingênuo e meigo,e muitas vezes esconde um certo comportamento perverso que contribui para sua má fama. Deixa-lo sentir-se muito a vontade para fazer o que quiser, pode torna-lo insuportável. Nestas horas é bom dar uns gritos e mostrar que não está para brincadeiras.
Sua fama de cruel se deve ao prazer que alguns sentem ao enfrentar e destruir suas vítimas sem sentir um pingo de remorso.
Mas ele nem sempre age a luz do dia enfrentado diretamente seu inimigo. Muitas vezes ele pode usar outras pessoas para conseguir o que deseja, mantendo-se imune a todo tipo de julgamento.
Na verdade esta fama é um pouco exagerada, pois na maioria das vezes ele nem se mexe para prejudicar alguém. O que ele costuma ser é rancoroso e sincero no seu ódio.
Se ele odeia, o mundo todo saberá. Pergunte a Carl sobre o que acha de um desafeto e se prepare para ouvir as piores coisas do mundo. Ele não economizará em dizer os maiores impropérios seguidos de um verdadeiro desejo em ver esta pessoa arruinada.
Dá mesma maneira que não esquece uma mágoa e suas feridas demoram para cicatrizar, Carl jamais esquece um presente ou um benefício.
Normalmente, sua forma de agradecer será através de uma boa recompensa. Ele é muito leal com os amigos e pode fazer sacrifícios por eles que não faria nem para seus parentes mais íntimos.
Para defini-lo melhor, a frase “para os amigos tudo, para os inimigos a morte” serve perfeitamente.
As mulheres que passarem por sua vida sempre terão um espaço em seu coração, por isso ele pode fazer algumas comparações que podem feri-la. Esta é uma maneira que ele usa para dizer como deve se comportar e o que espera de você. Por exemplo, se disser que adora mulheres que sabem cozinhar, estará dizendo que você poderia se esforçar para aprender algo mais que fritar um ovo.
Quando se trata de ciúmes é bom você agir com muita cautela.
Ele pode explodir em um acesso de raiva se achar que olhou para outro homem, mas odeia mulher ciumenta e não costuma aceitar que elas tenham o mesmo comportamento raivoso ou possessivo que ele.
Carl simplesmente detesta que digam o que ele deve ou não fazer. Por isso, costuma ficar insuportável quando resolve desafiar uma autoridade com provocações e desprezo. Querer controla-lo pode surtir o efeito contrário, e ele pode aparecer com uma nova namorada só para deixa-la arrasada na frente de todo mundo.
Sua aparência calma e tranquila esconde uma mente que não para de raciocinar na melhor maneira de conseguir chegar na frente dos outros concorrentes
Me mostre uma vez que Carl soube perder e eu lhe direi que esta louca. Ele odeia perder e acha que o segundo lugar é tão ruim quanto o ultimo. Se é para entrar em um jogo que seja para ganhar. Mesmo que perca, não será por falta de esforço
Quando ele se apaixona. seu amor pode ser tão intenso que você pode achar que acabou de descobrir o homem da sua vida.
Apesar de sua forma pouco delicada de expressar seu amor, seja através de seu ciúme ou de demonstrações explicitas em praça publica de que você é a mulher que ele ama, na maioria das vezes terá um homem dedicado, calmo, compreensível e muito companheiro.
Carl costuma ficar tranquilo e meio anestesiado quando está amando uma mulher que lhe passa confiança.
Saber que não precisa ficar correndo atrás da amada para saber se ela está o traindo, serve como um ótimo tranquilizante para alguém tão possessivo.
Mesmo assim, é capaz dele te ligar várias vezes só para dizer o quanto te ama, e aproveitar para saber se está em casa, mesmo.
O romance ao seu lado dificilmente será monótono. Quando ele ama, faz com toda sua força e não espera menos de você.
Ele não quer que o seu amor seja tão grande quanto o dele, apenas quer que o ame mais do que qualquer coisa.
Ele vai contar para todos os amigos que está apaixonado e em pouco tempo toda cidade saberá. Afinal, para que esconder a felicidade se pode se deliciar com a inveja de quem o ouve assoviando pelas ruas como o homem mais feliz do mundo?
Sim, outra particularidade de Carl é que ele adora ser invejado e sente-se feliz em saber que alguém pode perder o sono por causa disto.

♣ História:

Sua vida começa muito antes de nascer. Sua tia, irmã de sua mãe, foi uma das crianças assassinadas que nunca descobriram quem era o assassino. Sua mãe, nessa época, tinha apenas 10 anos, e ficou tão triste, que enlouqueceu. Ela ouvia vozes, se batia e as vezes tentava se matar. Sua mãe, vó de Carl, a colocou em um hospício, mesmo não querendo. 13 anos se passaram, até que sua mãe consegue fugir do hospício e desaparecer por 3 meses. Quando a acharam, desobriram que a mesma estava grávida. Quando Carl nasceu, sua vó ,que já era viúva na época, foi quem cuidou dele. Sua infância foi pertubada, seus colegas de escola, o ofendiam por causa de sua mãe. Na adolescência, começou sua rebeldia, bebia, se drogava, e foi preso inúmeras vezes por roubos, desacato com autoridades, brigas e até por causa de drogas. Porém, ele mudou quando sua vó descobriu estar com câncer. Ele largou de tudo, menos das bebidas, para que sua vó não se preocupasse com ele. Até conseguiu um emprego com um antigo amigo da família. Porém, ao olhares da cidade, Carl ainda é "perigoso", drogado e bandido. Ele visita sua mãe no hospício, mas tudo que recebe da mãe são gritos e ela querendo se bater.

♣ Aparência:



♣ Photoplayer:

Diego Boneta

♣ Família e relação com eles:


Cleide MacGyver- 45 anos- Mãe

Carl não tem uma relação com sua mãe, ele apenas tem dó e as vezes um pouco de raiva.


Caledônia MacGyver- Vó- 64 anos

Sua vó è como se fosse sua mãe, ele o ama com muita devoção e sente remorso por ser um neto tão ruim em sua adolescência. Por ela, ele è capaz de tudo.

♣ Religião ou crença:

Ateu

♣ Onde mora:

[ ] Rua Quatro || [ ] Rua Virginia || [ ] Mockingbird Cross || [x] Devils’ Lake

♣ Emprego/Curso/Escola?

Carl é ajudante de mecânico, um conhecido de sua família, Carl só trabalha lá para não ficar no tédio.

♣ Maiores medos/alguma fobia:

Claustrofóbico e Coulrofobico.

♣ Trecho de uma música que o defina:

-"De repente agora eu percebo que estou nas ruas e completamente sozinho." (Guns N' Roses)

♣ Como reagirá perante um assassinato notificado na televisão?

Primeramente, ele vai rir e dizer "mais uma mãe que vai ficar louca por perder a irmã e abandonar seu filho", ele vai dizer com um sorriso sarcástico em seu rosto. Porém, depois, ele vai ficar preocupado.

♣ O que acha das atitudes dos policiais com relação aos assassinatos decorrentes?

Ele acha os policiais uns babacas, que não conseguem enxergar um palmo na sua frente. "Todo o mistério, já deveria ter sido resolvido, mas temos policiais lerdos", assim ele pensa.

♣ Acredita nas especulações de Beth?

[X] Sim || [ ] Não || [ ] Não acredita em nada do que ela fala porque a odeia/porque não acredita em coisas envolvendo fantasmas e demônios || [ ] Não conhece Beth

♣ Tem algum animal? Se sim, qual?


Maisa- Sua gata- 4 anos

♣ Ciente de que seu personagem pode morrer ao decorrer da história?

Infelizmente sim.

♣ Ciente de que o seu animal de estimação, se você possuir um, pode falecer?

Você è cruel.

♣ Posso alterar seu personagem se eu achar necessário?

Tem minha permissão.

♣ Favoritou a história para receber o capítulo com avisos?

Claro

♣ Algo mais?

Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...