~TiaRaffy

TiaRaffy
Eita, sorte!
Nome: Rafaela Santos
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Abril
Cadastro:

The Old Raffy’s Fanfics: Cargo – O Espaço é Frio


Postado

The Old Raffy’s Fanfics: Cargo – O Espaço é Frio

Olá leitores como estão? Eu começo agora um novo quadro aqui no meu jornal. O nome do quadro será The Old Raffy’s Fanfics que se traduzirmos dará “As Fanfics antigas da Raffy”. Começando esse tópico com alegria, aqui menciono o meu primeiro crossover denominado “Cargo – O Espaço é Frio” que começou em Janeiro de 2012.
Gente, eu tenho que ser SEMPRE super sincera com vocês e agora não será diferente. Essa foi uma das PIORES fanfics que eu já fiz em todo o meu tempo como ficwritter. Na época, eu não soube administrar os personagens direito e foi uma bagunça total. Como eu disse no meu post de apresentação, eu não me dou bem com crossovers e eles sempre saem errado ou eu não consigo administrar um mundo e acabo focando em um mundo só (foi o que aconteceu com a continuação de Transformers Brasil).
Mais não vamos entrar em conflitos, e sim, vamos ver as partes boa dessa fanfic, que eu gostando ou não, fez parte da minha vida e da minha história como ficwritter. Vou começar falando da produção. Foi uma coisa complicada e cansativa, a qual nem quero tentar novamente, pois eu iria explodir de tanta má criatividade que iria surgir. A fanfic tinha várias palavras em inglês e algumas até em japonês e por isso, a fanfic ficou horrível e bem má escrita até a capa foi a mais horrível possível, pois na época eu não manjava de edição (ainda não manjo). Mais agora vamos para o enredo da fanfic, o que é mais importante aqui nesse post.
Tudo começa com uma pessoa misteriosa narrando a história. Ela começa com um pequeno preview falando sobre o local, que se passava em uma base chamada BC-8 também conhecida como Cargo que foi a palavra chave para a fanfic inteira. A história começa com Mônica e Cebola viajando para o espaço, procurando uma espécie de cubo.
Ah e eu esqueci de dizer que essa fanfic é um crossover de Turma da Mônica Jovem e Transformers, pois na época eram as coisas que eu mais curtia. Mais continuando…
Os dois foram para o espaço, procurar mais coisas sobre o tal cubo mais esse não era o objetivo correto como diz esse pequeno trecho do capítulo 1 que deixarei aqui para vocês: “Mais esse cubo não tem nada a ver com aquilo que eles pretendem fazer ora! Estão fazendo tempestade em copo d’água!” Mais o que eles não sabiam é que os dois estavam na tão temida BC-8. Agora, no capítulo 2 as coisas começam a se complicar, pois as partes em inglês irão começar a surgir.
A pessoa misteriosa que narrava a história, observava bem Mônica e Cebola e percebiam que eles não eram normais. Ela ouviu bem a conversa deles. E foi nessa parte que as coisas começam a se complicar. Tanto para mim quanto para os leitores. Os dois conversavam que precisavam ir na BC-8, pois era lá que estava o cubo e se não estivesse, eles estariam ferrados. Agora, a parte que eu acredito ser a MAIS DEMENTE da história toda foi a explicação de porque eles estavam falando em inglês. Leia o trecho que vocês amados leitores: “Cebola: É porque aqui só tem americanos e tripulantes brasileiros não podem entrar, então temos que falar em inglês.“
Me digam caros leitores: Isso não foi demência demais? Mais enfim, eu só tinha 13 anos na época então é aceitável (não para mim, pois me corro só de ler essa frase). Mais aí é que vem a parte mais legal da história. Eles precisavam achar o cubo antes dos Decepticons. Agora, como diz o Takaharu de Ninninger “Isso vai esquentaaaar!”. Depois dessa conversa, o narrador misterioso acompanha outra conversa mais desta vez era de Cascão e Magali, que também estavam na tripulação da suposta nave que os quatro e o narrador misterioso estavam.
Na conversa deles (também em inglês) dava para perceber que eles estavam sendo perseguidos por Starscream, que também estava procurando o cubo e a prova disso está bem nessa frase que o Cascão diz: “Eu sei. Você não está vendo o Starscream. Parece uma Pomba-gira!” É sério leitores e leitoras. Quando leio essas coisas eu tenho vontade de me enfiar em um buraco e ficar dizendo “Eu que escrevi aquilo! Eu não acredito nisso!” Mais Raffy, você está falando de um trabalho seu, vocês certamente iriam me perguntar. Sim, estou falando mal de um trabalho meu. Nós ficwritter temos trabalhos que foram ruins e quando a coisa é ruim nós DEVEMOS assumir isso. Foi a mesma coisa quando vi uma vez que Michael Bay disse que Transformers Revenge of the Fallen foi um desastre. Pelo menos ele assumiu que o filme que ele fez não foi bom. Então, o meu ponto de vista quanto a isso é que devemos SEMPRE assumir que tal trabalho nosso foi ruim. Mais não se preocupe. Cargo não é o meu pior trabalho. Um dia falarei dele aqui, não se desanimem.
Voltando a história, Magali e Cascão tinham um plano para poder distrair o Starscream. Magali o distraia enquanto Cascão ia até uma porta secreta que supostamente ele estava vigiando. Mais o plano deu super errado e Magali acaba sendo capturada. Eu nem expliquei como ela foi capturada. Depois, Cascão veio correndo avisar aos outros que Magali foi capturada.
Já no capítulo 3 Cebola tem um plano para resgatá-la. Mônica iria distrair o Starscream enquanto Cebola iria trazer Magali até o Cargo, ou seja, a base BC-8. Depois disso, já estava começando a complicar ainda mais as coisas. Nas falas de Starscream, eu resolvo colocar em ÁRABE! Tudo bem, as letras árabes são bonitas, assim como as letras japonesas mais árabe? Na história, Cascão até pergunta o que significa a língua e Starscream responde: “É árabe misturado com Cybertroniano”. Eu poderia parar de escrever esse artigo agora mesmo mais eu preciso continuá-lo para o agrado de vocês leitores. Depois, Cebola pergunta se ele entende a língua deles o português e ele diz que sim. A surpresa de todos é que ele menciona uma pequena Coleção de Humanos onde Mônica e Magali estavam. Sim, o plano não deu certo novamente.
No capítulo 4 eles conseguem salvar Mônica e Magali das garras de Starscream mais eles batem em alguma coisa depois que voltam para a base 54-C que era onde eles estavam, mais no meio do caminho, eles batem em alguma coisa. Sim, era a base BC-8. Era o Cargo. No capítulo 5 eles a encontraram mais não conseguiam entrar pois estava selada por uma magia cybertroniana forte e era lá que estava o cubo. Já no capítulo 6 eles observavam que no corredor haviam 3 guardas Decepticons e eles precisavam do truque de holograma para poder passar e eles conseguiram. Chegando lá, eles viram que a porta estava totalmente selada e nem a força de Mônica conseguia derrubá-la, pois como mencionada no capítulo anterior ela estava protegida por uma magia muito forte.
Agora, no capítulo 7 uma pequena desgraça que devo compartilhar com vocês: “A Magia decepticoniana que estava lá era uma magia muito antiga que só o própio Megatron poderia desfazer!” Agora, prestem atenção em uma palavra “Decepticoniana”. Não é sério… Acho que vou ficar doente depois dessa. Eu ainda nã oconsigo acreditar que fui eu que inventei isso sabe. É duro para mim ter que encarar essa verdade. O único jeito de abrir a porta era encontrar o livro dos Decepticons e encontrar a magia ou enfrentar o Megatron. Eles escolhiam. No capítulo 8 Mônica teve uma ideia que até poderia ser boa, mais muito arriscada, Ela e Cebola vão tentar buscar o livro que estava lá mesmo e Cascão e Magali iriam lutar contra o Megatron. Simples assim. Já no capítulo 9 há mais falas em árabe e desta vez o português reinava soberbo. Mônica e Cebola conseguiram o livro, mais algo estava atrás deles. Algo estranho que veremos mais tarde. Enquanto isso, Cascão e Magali foram lutar com o Megatron e claro, começaram a se dar mau. Voltando para a Mônica e Cebola quem estava atrás deles era o Megatron. Mais como assim? Ele está em dois lugares ao mesmo tempo? Sim, essa história não tem pé e nem cabeça.
Já no capítulo 10 eles fazem uma luta e Megatron explica que está nos dois lugares ao mesmo tempo por causa de um poder que ele tinha de se multiplicar. No capítulo, podemos ver a origem de Cargo bem nessa fala de Megatron: “A Base BC-8, é uma base da nossa terra principalmente dos Decepticons. Eu comando essa base e vocês não vão descobrir nada sobre ela que tá escrito no livro.” Naquele momento, Megatron revelou que mais informações sobre o Cargo estava naquele livro. Eles conseguiram pegar o livro. No capítulo 11 eles falam as palavras para destrancar a porta, mais algo acontece e a base se solta, fazendo eles caírem em uma base militar brasileira. No capítulo 12, o chefe da base faz algumas perguntas para os garotos e eles explicam que foram a base BC-8 para poder resgatar o cubo. Mônica pergunta onde é o banheiro e ela vê algo surpreendente lá.
No capítulo 13 eles percebem que destruíram a base errada. Eles destruíram a BC-8, mais na verdade, Megatron fez uma pegadinha com eles. Na verdade, a base BC-8 era a base aliada deles. A base Autobot. Os Autobots é que estavam guardando o cubo e não os Decepticons. O cubo foi destruído junto com a base deles. Nesse mesmo capítulo, eles vão até o líder dos Autobots que todos conhecem e admiram. No capítulo 14 eles vão ao encontro de Optimus Prime e aí as palavras japonesas começam a aparecer. Ele diz que precisam ir embora antes que a base se destrua por completo e era isso que iria acontecer. A base BC-8 estava quase implodindo para destruir tudo. E finalmente no último capítulo, eles tiveram que ir embora e deixando Optimus morrer lá. Vem agora, as últimas palavras de Optimus: “Filha,você é de um bom coração, mas meu destino é esse, aliais já estou velho, não sirvo pra mais nada! Adeus Mônica!“. No fim, um corpo robótico foi encontrado em terras brasileiras e a história acaba aí.
Conclusão leitores: Foi uma merda do incio ao fim. O narrador misterioso era um tripulante desconhecido que havia sobrevivido da explosão e que acompanhou toda a trajetória deles até o fim. Essa história não teve sentido em lugar nenhum, por isso dei uma breve resumida dela para vocês.
Bom, leitores, esse é o primeiro artigo sobre fanfics antigas minhas. Talvez eu traga algo interessante semana que vem ou mesmo amanhã hihi.
Bjs da tia Raffy


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...