Soul War


Postado

Alyusha:

Palavra-chave: Hentia

Nome completo: Alyusha Ferapont
Apelido: Aly
Significado: Alyusha significa protetor do povo.

Idade: 18

Aparência: Alyusha é muito pálida. Sua pele é lisa, sem deformações. Possui quase nenhuma pinta por causa da falta de melanina. Seus olhos são grandes e intensos por causa de sua cor, um azul que consegue fazer qualquer um ficar petrificado por tamanha beleza. Sua boca carnuda e rosada da um toque de delicadeza em seu rosto oval. Sua sobrancelha é grossa, definida e castanha, são tão belas quanto o resto de seu rosto. Seu nariz é fino em cima, mais cheinho perto das narinas e um pouco arrebitado, Alyusha não gosta dele, mas com certeza é uma característica diferente e peculiar em sua aparência.



Seu sorriso é grande e encantador, ele da lugares a dentes brancos e alinhados. E quando Aly sorri, a maça de sua bochecha levanta em um formato arredondado. Seus cabelos são loiros em um comprimento que vai um pouco abaixo de seus ombros. Naturalmente eles são ondulados, em uma mistura de liso com enrolados. Porém, Aly ama usar eles cacheados.



Seu corpo é magro, não possui quase nenhuma gordurinha. Por conta disso, seus seios são pequenos, durinhos e redondinhos. Seu bumbum, assim como o resto, também é pequeno. Suas mãos, diferentemente do resto, é gordinha e pequena, dando um toque de infantilidade e delicadeza. Ela é leve, pesa exatos 49 kg, mas por causa de sua altura, 1,62, não está abaixo de seu peso ideal. É totalmente saudável.


Photoplayer: Elle Fanning

Classe: Ilusionista

Armas:


Um cajado. Normalmente ela anda com ele pendurado em suas costas.

História: Alyusha nasceu em uma noite fria de inverno. Seus pais, assim que viram tamanha beleza ficaram encantados com a recém nascida e no momento que ela abriu seus olhos, eles viram sua alma. Desde seu nascimento sabiam que a menina teria uma jornada difícil, mas digna de poucos. Resolveram então dar o nome a ela de Alyusha, a protetora do povo. Sabiam que seu destino estava escrito nas estrelas e que seria ela quem iria salvar Hentia das maldades dos humanos.

Entretanto, o inesperado ocorreu. Aos 3 anos, Aly adoeceu e quase faleceu. Nunca descobriram o que aconteceu, mas desde esse dia ficou fraca, incapacitada e sempre precisava de alguém para ajudá-la. Passou a infância sem sair de casa, seus pais eram bastante protetores e por causa da riqueza que sua família tinha estudava na própria casa. Podiam pagar curadores, mestres e crianças mais jovens para brincarem com ela.

Um dia, seus pais chegaram com um menino em sua casa. Aly tinha 8 anos nessa época. A menina achou estranho por ser um garoto que iria brincar com ela. Mas eles nunca chegaram a brincar. Depois daquele dia, ela ficou meses sem vê-lo e nunca parava de perguntar quem era para seus pais, eles sempre davam desculpas falando que era um filho de uma das cozinheiras.

Quando tinha 10 anos, Aly estava de castigo e não deveria ter saído de seu quarto, mas por pura birra, resolvera ir ao jardim e encontrou o mesmo garoto de antes. Ele era mais velho, foi um amor a segunda vista. Ela ficou admirando ele treinando com seu arco e flecha durante horas sem que o mesmo percebesse. Passou dias indo escondida ao jardim apenas para ver o mais velho até que um dia ele percebeu uns olhos azulados o observando. Desde esse dia, não desgrudaram um do outro. A amizade dos dois era única.

Quando tinha 13 anos, seus pais contaram sobre sua avó. Uma mulher poderosa. Disseram que ela tinha um tipo de benção dada pelos deuses e que achavam que Aly também teria e que por isso ela iria começar um treinamento. Nada muito difícil, ainda acreditavam que sua filha seria a salvadora dos hentianos, mas não podiam pegar pesado por causa de sua doença. Aly ficou encantada e sempre dava 100% de si nos treinamentos e muitas vezes acabava desmaiando durante as aulas ou passava muito mal depois. Seus pais pensaram em desistir muitas vezes, mas Aly foi insistente, pois sabia que Aleksis sempre passava pra vê-la depois de seu treino. Era uma desculpa para tentar fazer o garoto sentir orgulho dela.

Aos 15 já conseguia fazer ilusões incríveis e tornara-se uma excelente ilusionista. Mas ainda não conseguia entrar na mente de outras pessoas. Insatisfeita, Aly treinou uma noite inteira sem descansar e isso afetou sua saúde. Passou uma semana na cama em coma. Seus pais choraram muito e acharam que era melhor parar com o que estavam fazendo. Quando descobriram que Aly tinham saído do coma e que não estava em sua cama, procuraram a menina por todos os cantos e encontraram ela fraca no jardim treinando. No mesmo lugar que via Aleksis treinando quando era mais nova. Foi ai que seus pais perceberam o amor que ela sentia.

Aos 18 finalmente contaram a ela o motivo que trouxeram Aleksis com eles para sua casa. Ele seria seu guardião. Ele treinou anos e anos para acompanhar Aly em sua jornada e proteger seu corpo quando ela precisar. Sentiu-se honrada ao descobrir o motivo e chorou igual uma criança. Estava tão feliz por seus pais acreditarem nela e prometeu que salvaria Hentia dos humanos, assim como os dois sempre desejaram.

Família:
Mãe: Anouka Ferapont, 49 anos. Quando era mais nova teve um casamento arranjado, mas nunca achou ruim. Era costume de sua família e desde o momento que viu seu noivo passou a ama-lo incondicionalmente. Ama sua filha mais do que tudo. É uma mãe ursa, protetora, amável.

Pai:Antiko Ferapont: 51 anos. Um homem charmoso, educado e severo. Ama sua família e trabalha muito para manter seus dotes e terras. Tem bastante dinheiro.

Personalidade: Batalhadora, não tem como pensar em Alyshua e não imaginar uma pessoa esforçada, não desiste fácil e vai insistir o máximo que puder. Apesar de seu corpo ser fraco e não ter muitas habilidades física, tem uma personalidade forte. Sabe o que quer, não é muito influenciada mas também não é do tipo de pessoa que consegue sair influenciando e mandando em todo mundo. É meio retraída nesse aspecto. Não teve muito contato com outras pessoas durante sua vida e por isso é um pouco tímida. Fica vermelha facilmente e sente receio de rirem dela. É brincalhona, principalmente com Alekiss. Ama irritar o mais velho. Educada, simpática e fina. Sempre conversa em um tom calmo e que transmite paz aos outros. Quando alguém chama sua atenção, ela escuta sem reclamar. Pensa que se estão chamando sua atenção é por algo que ela fez de errado. Aprendeu desde pequena ouvir e respeitar as pessoas mais velhas. Mas nem sempre porque falaram que ela não deve fazer uma coisa que ela deixa de fazer. Já quebrou muitas regras e vivia de castigo na sua infância. É muito inteligente, sabe desvendar diferentes enigmas e sempre pensa em uma saída para problemas difíceis. Adora contar piadas, mas suas piadas são sempre as piores e sempre acaba rindo sozinha. Sua risada é alta e estranha, morre de vergonha de rir e sempre cobre sua boca com a mão. Quando está na presença de amigos ela é uma mulher querendo viver cada segundo de sua vida e querendo se divertir. Claro que ela sabe separar sua diversão de seus deveres. Por isso, para que não a conhece, ela é uma pessoa calma, que transmite sabedoria e prosperidade, uma pessoa que sempre está com uma expressão neutra e que não irá julgar ninguém sem saber de sua história. O que é verdade, Aly é a compaixão em pessoa, sua bondade é comparada a de uma deusa e são poucas as pessoas que conseguem não gostar dela. Porém, apesar disso tudo, Aly passou anos de sua vida treinando por um motivo. Quando está em perigo ou acha que deve proteger alguém ela não hesita em momento algum e usa seu poder. Ela tenta não entrar na mente das pessoas, prefere criar ilusões e em ultimo caso abandona seu corpo para entrar na cabeça de outras pessoas.

Gostos e desgostos:
Gosta: Do sol e do calor.
Dos animais, menos dos dragões e das cobras.
De frutas, sua preferida é a ameixa.
De tomar banho.
Do perfume das flores.
De brincar com as crianças.
De nadar.

Desgosta: Do frio e do inverno.
De pessoas falsas
De chorar na frente de alguém
De não saber o que ela tem(doença)
De mentiras


Como se sente em relação a Hentia? Ela se sente animada. Está conhecendo Hentia pela primeira vez. Explorando sua terra e conhecendo seu povo. Ela ama seu lar e por isso fará de tudo para protegê-lo.

Como se sente em relação ao mundo moderno, ou seja, ao restante do planeta Terra? Não tem uma opinião própria a respeito do restante do planeta. Está conhecendo sua terra com 18 anos então não sabe como é o mundo moderno. Mas durante toda sua vida escutou histórias ruins sobre o lugar e por isso acredita que não deve ser um lugar bom para visitar.

Caso for um ser mágico, como se sente em relação aos humanos hentianos? E aos humanos normais?
Ela nunca conheceu um humano em sua vida. Mas sente um pouco de receio deles. Afinal, seus pais sempre a falaram que deveria proteger Hentia dos humanos. Ela não acredita que exista seres cruéis como falam a respeito deles e sente uma certa curiosidade para entende-los.

Ela já sente compaixão aos humanos hentianos. Acha que são os que mais sofrem, pois nem todos os humanos e nem todos os hentianos aceitam eles. Ela sempre vai defender eles, principalmente Aleksis.

Orientação sexual: Heterossexual

Quer par? Sim, com Aleksis. Ela nunca beijou, nem teve relações com nenhum homem antes. Ela irá aprender tudo com Aleksis. Ela ama ele, mas ele não sabe disso e trata ela mais como uma irmã. Mas ao longo da jornada dos dois ele vai passar, com o tempo, criando um afeto maior pela mais nova.

Alguma mania ou vício?

Costuma cobrir a boca toda vez que começa a rir.
Quando esta sem graça ela coça o nariz
Quando esta envergonhada ela mexe no cabelo


Traumas e medos:
Medo dos dragões
Medo de perder as pessoas que ama
Medo de não conseguir cumprir o desejo de seus pais.
Medo de sua doença atacar durante uma batalha


Quer acrescentar algo?
Ela usa um colar que ganhou de Aleksis. O calor era da mãe dele e por isso ela tem um apego muito forte ao mesmo.
(o maior)


Aleksis:

Palavra-chave: Hentia

Nome completo: Aleksis Dior
Apelido: Alek
Aleksis significa: Ajudante Humano

Idade: 21

Aparência:



Alek é dono de um rosto bonito e simétrico. Sua pele é clara e lisa. Seus olhos são pequenos, com uma mistura de verde com azul, dependendo da luz ele da impressão de que estão com cores diferentes. Normalmente, estão em um intenso verde água. Possui barba, mas ele gosta de usar uma barba rala, por fazer. Quando ela cresce muito, sente-se incomodado. Sua boca é rosada, um pouco grossa e delineada. Sua sobrancelha é bem desenhada, em um tom um pouco mais escuro que seu cabelo. Esse já é um castanho claro e sempre usa em um topete.



Seu sorriso é encantador, de deixar qualquer um derretido. Seu corpo é malhado, por causa dos anos de treinamento. Sua barriga bem definida em gominhos e seu braço cheio de elevações. Possui um belo volume no meio de suas
pernas. É alto, com 1,85m e pesa 81kg.



Photoplayer: Cody Christian

Classe: Arqueiro



Armas:




História: Aleksis nasceu no mundo moderno. Viveu naquelas terras durante uma pequena parte de sua infância. Sua mãe, uma humana, teve relações com um humano hentiano, mas esse quando ficou sabendo que a mulher estava grávida fugiu, abandonando os dois. Com medo do que os humanos poderiam fazer com seu filho, a mulher fugiu com Alek ainda pequeno, com esperança de conseguirem uma vida melhor.

Eles viajaram durante anos até chegar na divisa dos mundos, a Floresta Silenciosa. Os dois conseguiram atravessar o temido lugar com ajuda de outros viajantes. Alguns morreram, e até hoje Alek lembra das coisas horrorosas que aconteciam. Mas também lembra de ver coisas belas.Caso alguém pergunte, ele não saberia responder exatamente como é o lugar, uma mistura de belo com o feio.

Viveu dos quatro anos até os onze com sua mãe em Hentia, junto com outros Humanos-Hentianos. Porém, um dia um dragão sem domador atacou sua vila e matou quase todos os moradores. Ele conseguiu sobreviver pois foi salvo por uma família rica que estava de viagem. Eles tiveram dó do menino e o levou para a mansão que viviam, a principio para ser um dos criados. Durante a volta, viram nele um grande potencial e compraram um arco e flecha para ele treinar.

Explicaram a ele o motivo de fazerem aquilo. Alek treinou dois anos na casa de seus mestres sem nunca conhecer a tal menina. Um dia quando treinava sua agilidade, viu belos olhos lhe encarando e foi nesse dia que criou um elo incrível com Aly. Desde o dia que viu como ela era frágil, passou a treinar mais intensamente. Criou um grande carinho pela menina. Passou a chamar aquela casa de lar e sempre foi muito grato a eles. Viraram sua nova família.

Família: Pai: Nunca conheceu, não se sabe o nome, nem a idade.
Mãe: Arla Dior, faleceu aos 40 anos. Era uma mulher carinho e corajosa. Sempre amou muito o filho e queria o de melhor para a menina.

Personalidade: Alek é simpático, não tem uma pessoa que o conhece e que não passe a amá-lo. Já sofreu muito racismo e ódio de desconhecidos por ser um humano hetiano, mas sempre soube erguer a cabeça e continuar firme. Sempre teve muito o apoio de sua mãe, dificilmente você o vê chorando. Ele não é muito inteligente, pois nunca teve a oportunidade de estudar. Aly sempre ensina sobre o mundo a ele. Mesmo assim, ele consegue pensar em ideias incríveis e estratégias de batalha com muita criatividade. Sempre foi grato a todas suas decisões e acha que mesmo os arrependimentos valeram a pena. Sempre que pode, ele tentará fazer alguma coisa de bom para o mundo. É alegre e consegue contagiar as pessoas ao seu redor. É extrovertido, ama fazer as pessoas rirem. Brincalhão e engraçado consegue envolver as pessoas com sua áurea animada. Contudo, quando alguma situação foge do controle, consegue com muita concentração contornar ela. É um bom ouvinte e conselheiro, ama dar sua opinião e odeia quando alguém não aceita seus princípios. Ele é muito ansioso e quando passa do limite ele começa a suar muito. Já chamaram ele de metido por ser bonito e não gosta de ser julgado sem que o conheça. Não esconde quem é e não liga de chorar na frente dos outros, mas também não procura se abrir muito para quem não conhece. Não confia muito nas pessoas que não conhece. Bem humilde e na dele. As vezes é lerdo e desengonçado. Odeia seguir regras e que tirem sua liberdade, ele sempre vai batalhar para fazer o que gosta e se alguém o contraria sem justificativa ele vai arrumar confusão.

Gostos e desgostos:
Gosta: De passar um tempo sozinho
De contar piadas
De comer
De alegrar as pessoas a sua volta
De olhar o céu noturno
De lutar

Desgosta: De sua barba grande
De pessoas que julgam sem conhecer
De racismo
De histórias de terror
De se irritar
De lembrar de seu passado
De ver alguém sofrendo


Como se sente em relação a Hentia? Ele tem receio do lugar, mas não deixa que isso tire o encanto pelas diversidades e beleza que Hentia tem.

Como se sente em relação ao mundo moderno, ou seja, ao restante do planeta Terra? Ele não liga para o mundo moderno, contando que continue separado de Hentia.

Caso for um humano hentiano, como se sente em relação aos humanos normais? E aos seres mágicos?
Ele sente amargura e raiva em relação aos humanos normais. O único humano que ele conseguiu respeitar foi sua mãe. Ele sente gratidão aos seres mágicos, pelo menos aos que não o tratam com desdém e nojo. A maioria respeita e por isso ele gosta da maioria.

Orientação sexual: Heterossexual

Quer par? Sim, com a Aly. O mesmo que escrevi para ela.

Alguma mania ou vício?
Mania de morder as bochechas quando ta pensando
Mania de estralar os dedos quando está irritado

Traumas e medos:
Trauma: Do dia que o dragão matou sua mãe
Medo: de morrer
De não conseguir proteger Aly


Quer acrescentar algo? Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...