~Redemmer

Redemmer
Femme de Merveille
Nome: Elly | Danielle | Mrs.Shakespeare
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Mateus Leme, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 26 de Março
Idade: 17
Cadastro:

Ficha: As Crônicas de Ouro e Prata


Postado

Ficha: As Crônicas de Ouro e Prata



Ficha:

Nome:
Monalisa Bolwer

Apelido:
Lisa

Idade:
19 anos

Casa:
Bolwer

Posição Social:
Herdeira

Aparência:
Sophie Turner







Personalidade:

• Inteligente:
A principal característica de Monalisa é sua inteligência. Ela está sempre buscando ampliar seus conhecimentos e tem uma disposição e uma capacidade de trabalho incríveis, pois se concentra tão absolutamente naquilo que faz que esquece do tempo. Sua mente é rápida e cheia de idéias, sabe resolver qualquer situação de emergência, tomar decisões importantes, e nada lhe parece tão difícil para que se desanime ou que se renda. Ela é uma ótima estrategista e prefere a companhia de livros à de pessoas. Ela é uma argumentadora super-dotada, nunca perde uma discussão na qual entra com a determinação em ganhar.

• Anti-social:
Não costuma entreter-se com uma conversa, mas se falam de algo relacionado à tecnologia, arte ou qualquer coisa que realmente a interesse, seus olhos brilham em empolgação e ela deixa suas características mais marcantes se mostrarem presentes. Sente-se mais à vontade ao lado de pessoas que falem dos mesmos assuntos que ela, podendo engatar uma conversa de horas à fio sobre diversos interesses. É muito difícil ela conseguir conversar com pessoas com gostos diferentes, então se ela o fizer quer dizer que a mesma a intriga e ela deseja conhecê-la e entendê-la.

• Orgulhosa:
Monalisa é considerada orgulhosa pois não gosta de receber críticas ou oposições, se irritando profundamente quando isso acontece, mesmo que não demonstre. Detesta ser passada para trás pelos seus adversários, e não deixa isso barato. É muito impaciente, imediatista e individualista então não espere que ela abaixe a cabeça às vontades de alguém, as dela vem em primeiro lugar. Ela é forte, sabe o que quer e nunca se deixa vencer.

• Corajosa:
Monalisa nunca desiste. NUNCA. Isso, em hipótese alguma, passa pela sua cabeça. Ela adora sentir-se desafiada, se Lisa quer algo, não mede esforços para obter.

• Competitiva:
Ela gosta de desafios e é competitiva, mas compete mais consigo mesma que com os outros, sempre cobrando-se mais do que devia. Os desafios, sem sombra de dúvida, são seu ponto fraco, pois ela leva todos muito a sério, cegando-se de todos os outros propósitos.

• Misteriosa:
É cautelosa, estratégica, desconfiada e enigmática, por isso, ninguém nunca sabe o que ela está pensando. Seu rosto a maior parte do tempo, é neutro e observador. Não deixa que suas emoções transpareçam, pois não gosta que a conheçam no íntimo, quer ser um mistério para todos.

• Sincera:
Ela fala sempre a verdade, em qualquer circunstância. Odeia que mintam para ela, por isso não o faz para os outros. Às vezes pode ser sincera em demasio e isso pode magoar pessoas mais frágeis. Ela admira pessoas fortes pois elas entendem sua necessidade de ser sempre verdadeira. Se ela precisa dizer algo a alguém, ela diz na cara, não mede palavras, não se importa com o sentimento dos outros.

• Independente:
Quando ela chega em um ambiente de cabeça erguida e olhar seguro, dá a impressão de que sabe exatamente o que fazer. E acredite, ela sempre sabe.
Odeia depender das pessoas à sua volta, ela não divide tarefas com os outros e pedir favores é algo totalmente fora de cogitação. Monalisa gosta de fazer tudo do seu jeito, por isso na maior parte do tempo está sobrecarregada.
Ela anda de cabeça erguida mesmo quando o mundo está caindo aos seus pés, nunca desiste independentemente de seus problemas. Ela corre atrás do que quer, não espera que nada caia do céu. Lisa é realista.
Sempre que ela quer alguma coisa, por mais difícil que seja, ela consegue.
Não tolera pessoas dependentes, covardes ou submissas, e freqüentemente explode com elas sem dó nem piedade.

• Confiante:
Ela é segura de si, confiante ao extremo, nunca duvida de si mesma e odeia que a subestimem. Ela se auto-valoriza muito, o que faz com que muitas vezes se considere "dona da verdade". Faz o que sua cabeça manda, e não dá ouvidos aos conselhos e advertências dos outros.

• Líder:
Ela tem um surpreendente espirito de liderança, sempre se auto denominando a líder de imediato. Não espere que ela acate ordens, ela quer fazer tudo do seu jeito para que nada saia do controle e para que tudo dê certo e siga de acordo com o seu plano.

• Idealista:
O idealismo também faz parte de sua personalidade. Veronna pode irradiar entusiasmo por novas causas e novas idéias pelas quais tenha respeito. Não teme aceitar responsabilidades e uma vez que dá sua palavra, ela a mantém.

• Perfeccionista:
Procura uma perfeição total em tudo, e às vezes se concentra em detalhes insignificantes, perdendo a visão do todo.

• Humilde:
Monalisa tem facilidade para compreender o ponto de vista alheio e sabe dar a devida importância às mais diferentes opiniões. Tem horror a injustiças e crueldades de qualquer espécie, e quando uma decisão se faz necessária, é sempre imparcial, fazendo um julgamento lógico e lúcido.

• Misteriosa:
Ela controla as emoções para não transparecer sua sensibilidade pois odeia que saibam o que está sentindo. É cautelosa, estratégica, desconfiada, misteriosa, enigmática, e se auto-protege para resguardar sua vulnerabilidade.

• Justa:
Seu ideal de justiça é uma das suas grandes qualidades. Gosta de defender os oprimidos, ajudando para que tenham aquilo que lhes é de direito, e luta para estabelecer a lei e a ordem.

• Aventureira:
As viagens exercem verdadeira fascinação em Monalisa, que se sente atraída por lugares longínquos, por culturas diferentes, países estrangeiros e tudo o que seja exótico.

• Rebelde:
Detesta normas, regras, restrições, limites ou proibições; por isso pode se tornar uma contestadora tão veemente que chega a ser considerada uma agitadora ou subversiva.

Qualidades:
• Inteligência
• Coragem
• Determinação
• Mistério
• Sinceridade
• Independência
• Liderança
• Idealismo

Defeitos:
• Orgulho
• Competitividade
• Anti-social
• Desleixo
• Desastre
• Egoísmo
• Impulsividade

Pontos Fracos:
• Foxface
• Ser derrotada
• Desafios
• Jane

Armas:
Espada e adaga.





Gostos:
• Livros
• Astrologia
• Frio
• Café
• Silêncio
• Música clássica
• Liderar
• Animais
• Doces
• Dançar

Desgostos:
• Pessoas que falam demais
• Injustiças
• Frituras
• Perguntas idiotas
• Cachorros
• Carne
• Violência desnecessária

História:
Como herdeira e única filha dos Bolwer, Monalisa teve uma infância muito solitária.
A atenção dos seus pais estava sempre no dinheiro, sempre visavam o lucro, por isso ela não foi criada propriamente por eles e sim por sua ama. Desde pequena ela se interessou pela esgrima, por arco e flecha, portanto faltava às suas aulas de costura e treinava várias horas por dia, esquecendo-se de todas as outras coisas, inclusive de sua solidão.
Passava quase o dia todo dentro de sua enorme biblioteca lendo livros e mais livros, buscando o maior conhecimento possível para orgulhar seu pais e talvez assim eles passassem mais tempo com a garota.
Mas eles nunca fizeram mais do que dizer a ela: "- Continue assim, Monalisa, um dia você herdará o título de Lady." Esse sempre foi o máximo de reconhecimento que ganhou dos mesmos pelo seu esforço.
Não teve uma infância feliz, mas ao contrário desta, sua adolescência foi preenchida por algo. Ou melhor, alguém. Foxface.
O dia mais feliz de sua vida foi quando encontrou uma raposa vermelha na neve, provavelmente perdida. Foi o que a salvou da solidão total. Foxface é a sua libertação dessa vida.
Nos seus aniversários, seu pai por ser muito ocupado, nem se lembrava, o que a salvou, anos depois, foi Foxface então Lisa comemorava com ela, fazendo seu próprio bolo e comemorando com os criados e cozinheiros do lugar.
Sua vida eram os estudos, a esgrima, Foxface, a música e suas aventuras longe de casa ao lado de sua raposa.
Não costuma demonstrar o que sente, mantendo a relação entre todos que conhece estritamente profissional e fala apenas o necessário com seus professores.
Não tem irmãos, ela morava basicamente só com Foxface pois só via seus pais durante as refeições e às vezes, nem nelas - as quais eram sempre silenciosas quando não havia ninguém tratando de negócios com seu pai.
Sua ama era uma mulher agradável, a considerava realmente uma mãe, pois foi criada por ela, tudo o que sabia do mundo, dos homens, fora ela ou os livros que a ensinaram.
Hoje, Monalisa é uma mulher forte, inteligente, não amaldiçoa o cargo dos seus pais e sim, deseja assumir o lugar deles um dia. Ela tem honra e quer ser uma Lady admirada pelo seu povo.
Mas apesar de tudo, ela ainda sentia falta de algo. Ela sentia falta... Do motivo para viver.

Lealdade:
A si mesma e ao seu povo.

Amigos e Inimigos:

Amigos:
Sua ama, Jane. A trata como uma verdadeira mãe, sempre com carinho, raramente eleva a voz para a mesma. Respeita Jane mais do que respeita aos seus pais, pois sua ama é sua amiga, sua confidente, sua mãe, madrinha, irmã. Ela é tudo o que Monalisa precisa.



Inimigos:
Qualquer um que se coloque contra o seu povo, contra Foxface ou Jane. Ela não tem piedade para com seus inimigos, mesmo que seu rosto demonstre o contrário. Apenas perdoa se vir que a pessoa se arrependeu de verdade e talvez esse seja outro de seus pontos fracos, ser incapaz de ser cruel e fria.

Animal de estimação:

Foxface


Relacionamentos:

Familiares:

Lorde Arthur Bolwer:
Se dá melhor com seu pai do que com sua mãe, afinal, de tempos em tempos Arthur treina esgrima com Monalisa e ao menos durante essas horas, ele demonstra o amor que sente por sua única filha. Lisa pode dizer que o admira muito por ser quem é, mas ainda sente-se sozinha e almeja a companhia do seu pai mais vezes.

Lady Alice Lewis:
Sua mãe nunca lhe dá atenção, trata Monalisa como qualquer outro criado ou mesmo um móvel da casa do qual não pode se livrar. Nunca conversa com a filha, deixando sua educação nas mãos de Jane. Sempre que está na presença de filha, ela a ignora fortemente ou, raramente quando está com Arthur, ela conversa sobre um possível casamento para Monalisa - o que a garota teme como a própria morte, odiaria prender-se à alguém sem amá-la.

Amorosos:
Até o presente momento, Monalisa nunca teve um relacionamento e não o deseja a menos que ame o seu futuro noivo. Odeia quando a mãe toca no assunto, mas acha que é inevitável que os pais procurem alguém para assumir o lugar ao seu lado, como Lorde de Bolwer.
Apesar de tudo, Monalisa sonha em encontrar alguém como os personagens de seus livros, que a ame verdadeiramente e que seja digno de estar ao seu lado.

Como é/era a relação com a família?
Complicada, afinal, ela e seus pais não tem muita comunicação.

Quais são seus interesses sexuais?
Homens

Permite cenas sexuais?
(X) Sim

Permite par romântico?
(X) Sim.

Seu personagem tem de tomar uma decisão entre sua vida e de algum companheiro(s), qual a decisão que ele toma?
(X) Mantém-se ao lado de seus companheiros

Como seu personagem vê a morte:
Como algo inevitável, afinal, não há como fugir da morte.

Seu personagem seria capaz de se render ao inimigo ou trabalhar ao lado deles?
(X) Se render não. Mas se lhe rendesse benefícios, trabalharia ao lado deles.

Seu personagem seria capaz de perdoar alguém que matou um familiar seu?
(X) Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...