For[/you]


Postado


Eu não sei o que escrever! Uau, mereço um prêmio de melhor pessoa, ou não. Enfim.
Olha só, meu bem, está fazendo dezenove anos, que coisa. Eu sei o quão maravilhoso e desejado por ti essas datas são, e eu realmente, do fundo do meu coraçãozinho emo e de pedra, não sei porque. Para mim é mais um ano. Um ano para que eu cresça, deixe de ser uma criança mimada, emburrada e chata. Na verdade, insuportável. Mas para ti, é uma data que tu aguardas com tanto anseio que é incompreensível, ao menos para mim.

Eu te amo com todas as minhas forças, a minha maneira e de todas as formas possíveis. E não me canso de falar isso, afinal, por que eu deveria? Tu pareces já ter crescido o suficiente, amadurecido todo o possível antes do tempo, e para mim isso é assustado, mas se não fosse dessa forma, imperfeita e conturbada, nada disso estaria dando certo.
Eu queria estar contigo, te ter em meus braços por hoje, apenas por um dia. Te mimar, fazer rir, divertir, acarinhar, amar. Agradecer.

Tu és, de longe, a mulher mais forte, determinada, que eu conheci. Quando eu digo que o mundo vai te amar, é porque ele vai. Tu és uma revolucionaria de berço, nasceste para ser notada, e nada, nem ninguém, vai te parar e eu sei disso. Nesse pouco tempo que estamos lado a lado eu já percebi que ninguém para Jamile Yumi.
Teus ideais, ainda tão julgados, são o que te faz única. Muitos podem pensar da mesma maneira, mas ninguém pensa como tu. Isso te faz tão única e fantástica. É estupendo.

Meu colega, um dia lendo minhas mensagens, disse que admirava o laço que dois estranhos, não tão distantes, conseguem criar entre si. Eu concordo com ele, e eu aposto que qualquer um nesse site concorda. Pergunte para os amigos incomuns, na timeline, ninguém sabe quem é Sthefani sem Jamile, ou Jamile sem a Sthefani.

Na verdade, é frustrante o fato de me olharem e perguntarem: cadê a Jamile?

E a saudade quando passamos um dia sem nos falarmos? Olha, eu queria dizer que nunca mais vou correr atrás de ti após uma briga, que desisto de ti e te largo de mão, mas seria uma mentira. Eu sempre vou correr atrás de ti, chorar, espernear, ser cliché ou o que mais tu quiseres, porque de nada importa meu orgulho se eu não tiver de quem me orgulhar.

Somos como dois polos, positivo e negativo, de forma alguma se repelem, mas sempre que possível se atraem.Sim, teve exatas, e se reclamar vai ter mais.

Eu te amo por me chamar de amoR, da mesma forma estranha que tu amas quando eu uso tu e eu implico que é horrível. Eu amo teus olhos tão adoravelmente pequenos que quase somem por completo em uma foto, da mesma forma que tu adoras lembrar o quão grande são os meus. Ou o quão parecido meus dentes são com de um coelho e até mesmo aqueles momentos que tu dizes que meu nariz é uma batatinha eu sei que é amor. Porque, simplesmente e desorganizadamente, tudo entre a gente é amor.

Esse pode não ter sido o melhor parabéns que tu recebeu, mas espero que tenha sido especial, de uma forma ou outra. Eu agradeço por ti ser o Niall do meu Liam, o Bastian para o meu Lukas, o Mario para o Thomas que existe em mim e o meu calmante natural de cada dia. Eu não me canso de uma dose. E por fim, por ser minha, de um modo simples e descoordenado. Apenas minha.
Eu te amo, daqui até a Lua. Ida e volta.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...