~BlueOceans

BlueOceans
Leitora
Nome: Blue ❣
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Florianopolis, Santa Catarina, Brasil
Aniversário: 4 de Abril
Idade: 15
Cadastro:

Ficha ❯❯ Sweet Toxic ❮❮


Postado



𝓒𝓁𝑜𝑒 𝓢𝒽𝒾𝓂𝒾𝓏𝓊 𝓑𝓇𝒶𝓃𝒹𝓌𝑒𝓁𝓁

❝Nada é tão doloroso para a mente humana
como uma grande e repentina mudança.❞


🌷 Nome 🌷

『 Cloe Shimizu Brandwell 』



🌷 Apelido 🌷
『 Clo{gosta do apelido}
M Usai-chan{Kou a chama assim, o que a irrita}
Chibi-chan{Yuma a chama assim} 』




🌷 Idade 🌷
『 16 anos, nasceu dia 29/03, signo Áries ♈ 』



🌷 Aparência 🌷
『 Seus cabelos são longos e loiros, chegam até o meio de suas costas, e são geralmente deixados soltos, mas de vez em quando são presos em um rabo de cavalo alto com a franja solta. Seus olhos são azuis esverdeados, sua altura é mediana de somente 1,64, seu corpo é curvilíneo e suas medidas proporcionas, tendo um busto de tamanho médio, que as vezes a deixa desconfortável, que se complementa perfeitamente com as coxas torneadas, a cintura fina e quadril um pouco mais largo, a deixando com uma forma elegante e atraente. 』








🌷 Personalidade 🌷
『 Ela é um pouco mais reservada, prefere ler um livro em silêncio do que sair e ficar perto de outras pessoas, com a exceção daqueles de quem ela gosta e se sente confortável por perto.
Não gosta de falsidades por isso sempre tenta ser o mais honesta possível sem ser grossa, sendo gentil e simpática com quem merece, e sempre fazendo tudo ao seu alcance para ajudar as pessoas de quem gosta.
Tem uma grande paciência, é calma e a emoções que sabe controlar melhor é a raiva, sendo raras as vezes que ela explode de raiva e fala o que vier a cabeça sem medir as palavras antes, e sempre que isso acontece ela se acalma rapidamente e pede desculpas.
Não é exatamente boa em esconder suas emoções, e quem prestar um pouco mais de atenção nela conseguirá ver o seu humor, motivo pelo qual ela prefere ficar sozinha quando não se sente bem, o que se transforma em uma indicação do que ela esta sentindo para quem a conhece.
É muito observadora, as vezes consegue descobrir coisas sobre você mesmo que mantenha trancado a sete chaves, e se for preciso usará as informações que conseguiu contra você, mas nunca irá manipular alguém sem ter um motivo, mas quando tem que sabe chantagear alguém muito bem. É uma excelente estrategista, sempre com solução para tudo e resposta para todos na ponta da língua. Tem uma memória fotográfica impressionante e uma cultura acima da média, por isso aprende rapidamente e está quase sempre certa, mas quando a raridade dela estar errada vem a acontecer tem um pouco de dificuldade de admitir devido a sua teimosia,.
Ela esta na maioria das vezes com um bom humor, sendo uma pessoa alegre e uma boa companhia de se ter por perto, mesmo que não seja muito de fazer piadas ou até mesmo de iniciar conversas, preferindo a companhia de alguém em um silêncio confortável à uma conversa vaga, mas sempre constatando sua opinião quando o assunto é de seu interesse.
Tem um sono pesado e é extremamente difícil acorda-la, o que só piora devido ao fato dela odiar acordar cedo. É muito estabanada, sempre quebra algum copo ou esbarra em algum móvel. Uma das horas em que ela fala sem parar é quando se trata de um assunto pelo qual ela é apaixonada, como livros ou culinária, podendo ficar horas conversando com alguém sobre aquilo.
É extremamente competitiva e orgulhosa, não gosta de admitir derrota ou que estava errada, e quando o faz é sempre de mau grado. Não é facilmente manipulada, e não gosta de ser tratada como um objeto, e muito menos como se fosse frágil e incapaz de fazer algo. E quando não gosta de alguém deixa aquilo bem claro, e quando se dirige a pessoa não o faz com nenhuma gentileza, sendo grossa e sarcástica. 』




🌷 História 🌷
『 Cloe nasceu em Cardiff na Inglaterra, seu pai inglês e sua mãe mestiça, metade inglesa e metade japonesa, ambos os seus pais sempre a amaram e cuidavam muito bem de Cloe, e o fato dela ser filha única contribuiu para que ela fosse ainda mais querida pelos pais. Quando a pequena tinha oito anos, seus pais resolveram se mudar para o Japão, onde sua mãe havia nascido e crescido, devido ao trabalho de seu pai, e Cloe finalmente teve a oportunidade de conhecer o resto da família de sua mãe, que se resumia à seu doente avô, praticamente em seu leito de morte, e sua amarga tia Issa, irmã mais velha de sua mãe e quem sempre nutriu um ódio pela irmã, pois possuía um complexo de inferioridade e indícios de psicose maníaco depressiva, conhecida popularmente como transtorno bipolar. A pequena nunca entendeu o ódio da tia por ela, e sempre tentava se enganar dizendo que sua tia simplesmente não deveria estar se sentindo bem e que na próxima vez que a visse ela a trataria melhor, coisa que nunca aconteceu.
Dois anos se passaram e sua vida estava perfeitamente normal, até que ela e os pais sofreram um acidente de carro em uma noite chuvosa, um raio atingiu uma árvore que caiu na frente do carro, fazendo com eles batessem e seu pai morresse no impacto, sua mãe sofrer uma perfuração no pulmão e morrer ao caminho do hospital e somente Cloe sobreviveu, mesmo que tenha sofrido alguns ferimentos graves nas costas devido à cacos de vidro e resquícios de metal do carro. Ela ficou muito abalada com a morte das duas pessoas que ela mais amava, e isso só piorou quando ela foi morar com a única família que lhe restava, sua tia, já que seu avô já havia falecido um ano antes.
Ela viveu um verdadeiro inferno com a tia, que a torturava a cada chance dada, a humilhava e praticamente deixava-a sem comer, causando variados traumas na loira, como o seu medo de altura, que só existe pois sua tia a deixou pendurada pelas mãos em no terraço de um prédio de 15 andares, após ter ficado aborrecida com a sobrinha por ela ter repetido o prato em um jantar no qual foi obrigada a leva-la para não levantar suspeitas, já que se usasse a desculpa dela estar doente pela sexta vez certamente seria questionada.
Sua tia Issa sempre foi uma católica devota, e era afiliada com a igreja que fornece noivas de sacrifício para Karlheinz, e recebeu uma proposta da igreja, para entregar sua sobrinha à eles e receber uma generosa recompensa, e a megera que ao longo do tempo começou a ficar afundada em dividas devido a seu modo de vida extravagante e não exercer nenhum tipo de profissão que a garanta, aceitou a proposta sem pensar duas vezes. 』




🌷 Personagens que fazem parte da história 🌷
『 Aya Shimizu Brandwell, mãe, faleceu aos 36 anos 』
『 Uma mulher alegre e gentil, mesmo nas piores das situação ela ainda conseguia manter um sorriso no rosto, sempre foi a pessoa mais otimista da família. Sua grande paixão sempre havia sido a natureza, em principal flores e plantas, o que a fez ter uma floricultura após se casar, e ela sempre fez seu trabalho com o maior prazer.
Sempre foi uma mãe carinhosa, quando Cloe era pequena sempre a levava junto para o trabalho, que era em sua floricultura, e a pequena ajudava-a a regar as plantas e plantar novas flores, o que reforçou ainda mais o laço entre as duas. Ela sempre buscava o melhor para sua única filha, e por mais que já houvesse desejado ter mais filhos, ideia que ambos seu marido e sua filha apoiaram, nunca poderia ter desejado por uma filha melhor, amando Cloe mais que tudo. 』




『 James Brandwell, pai, faleceu aos 38 anos 』
『 Um homem que pode aparentar sério, frio e calculista, todos atributos o qual ele possui, mas somente em ambientes profissionais, quando na realidade ele é extremamente brincalhão e assim que passa pela porta de seu escritório torna-se uma pessoa completamente diferente, substituindo a expressão séria no rosto por um sorriso que raramente sai de seu rosto. Isso causa um grande susto nas pessoas que não o conhecem, mas qualquer um que o conheça por mais de um dia sabe como ele é.
Ele tratava Cloe como uma princesa, o típico pai babão que faria qualquer coisa pela filha e sempre que fala sobre ela para alguém sorria um sorriso maior que o rosto e fazia questão de mostrar a quem quer que fosse as mulheres fotos dela que tinha em seu celular. Ensinou ela a tocar piano, mesmo não estando com tanta frequência fazia o máximo que podia para passar tempo com ela, também foi quem criou o amor dela por livros, sendo o maior incentivador da leitura dela, e ainda por cima foi também quem lhe deu a primeira câmera, fazendo com que Cloe se apaixonasse por fotografia, mas ele sofreu as consequências, pois durante um mês inteiro era cegado pelo flash da polaroid que havia comprado.




『 Issa Shimizu, tia, 44 anos 』
『 Uma mulher amarga e ressentida com a vida, mas desde pequena já não era a pessoa mais agradável do mundo, sempre desejando o fracasso dos outros em vez de procurar o próprio sucesso, em especial de sua irmão, dois anos mais nova que Issa, que sempre se excedeu em tudo que tentava, fazendo Issa ter um ódio imensurável da irmã. Além disso, na adolescência foi diagnosticada indícios de psicose maníaco depressiva, conhecida popularmente como transtorno bipolar, o que a fazia ter mudanças abrutas de humor, como se fosse uma TPM permanente um pouco mais radical.
Issa sempre detestou a sobrinha, em grande parte por vê-la exatamente como via sua irmã, e não ajudava que ela havia extendido o ódio que sentia pela irmã para sobrinha. Quando Cloe ficou sobre sua guarda, a mulher não poderia ter ficado mais irritada, mas logo se viu tratando-a como sempre quis tratar a irmã, mas não pode devido à seus pais que certamente teriam protegido a filha. Por mais que sua sobrinha fosse gentil com ela e tentasse entende-la, não funcionava, na realidade, só aumentava o ódio de Issa. 』




🌷 Gostos 🌷
『 Ama ler, sempre leva um livro consigo caso fique entediada ou sem nada pra fazer
Gosta de lugares ao ar livre
Adora frio
Morangos são sua fruta favorita, ela os come desde puros até cobertos de chocolate derretido, se contém morangos é provável que ela irá amar
Ela gosta de qualquer comida doce, mas principalmente chocolate
Ama dormir, mesmo que sejam cinco minutos a mais, ela ira passa-los dormindo com o maior prazer
Gosta de cozinhar, o que melhor sabe fazer são sobremesas
Adora fotografia, seu pai lhe a primeira câmera quando ela era pequena e desde então se apaixonou por registar momentos, mas as vezes quando vê algo que gostaria de fotografar não tem sua câmera consigo, o que a faz ficar irritada, mas é algo tão frequente que ela já se acostumou, sendo que ela só não esquece a cabeça pois esta colada ao corpo
Ama tocar piano
Gosta de chá e café, o segundo a mantendo acordada por horas dependendo da quantidade que tomar, mas não gosta da bebida pura, a achando amarga demais, e só toma se for junto de leite
Gosta de música clássica
Ela gosta de filmes de terror, não se assusta facilmente com eles e na maioria das vezes ri das cenas 』




🌷 Desgostos 🌷
『 Ela não gosta de frutos do mar, desde peixes a camarões, por algum motivo esse tipo de comida a deixa extremamente nauseada
Não gosta de locais muitos barulhentos ou pessoas que falam muito alto
Odeia coisas desorganizadas, o que a faz sempre organizar suas coisas aos mínimos detalhes
Ela odeia calor, ela sempre diz quando questionada que pelo menos no frio você pode adicionar mais camadas de roupa, enquanto no calor nem mesmo ficar sem roupas lhe ajudará
Não gosta de pessoas egocêntricas ou falsas
Odeia acordar cedo
Ela não gosta de praticar esportes, com exceção de natação, quando envolve algum tipo de bola ela sempre acaba sendo atingida, na grande maioria das vezes no rosto
Não gosta de receber ordens
Não gosta de ser subestimada
Odeia perder 』




🌷 Manias 🌷
『 Morder o lábio inferior quando nervosa ou pensativa
Pentear os cabelos com os dedos, especialmente quando eles se encontram molhados
Usar as pessoas como apoio, colocando seu cotovelo em um dos ombros da pessoa, mesmo se ela for mais alta. 』




🌷 Obsessões 🌷
『 Morangos
Livros 』




🌷 Habilidades 🌷
『 Ela não é muito forte fisicamente, é meio estabanada e quando corre só falta tropeçar nos próprios pés, mas na água é outra história, ama nadar e consegue segurar sua respiração por quase um minuto, seu recorde sendo 59 segundos a deixando extremamente irritada por causa de um mísero segundo. 』



🌷 Qualidades 🌷
『 Determinada, não importa o que seja, ela não irá desistir de seu objetivo
Paciente, para realmente tira-la do sério é difícil, geralmente é ela quem mantém a calma em situações de pressão 』




🌷 Medos/Fobias/Traumas 🌷
『 Tem pavor de qualquer tipo de inseto, quase tem um ataque cardíaco quando vê um e fica desesperada
Ela tem escotofobia, ou seja, medo irracional de escuro, começa a ter ataques de pânico se ficar em um escuro absoluto
Altura, devido à sua tia, esta explicado na história, fica paralisada quando esta em lugares muito altos e sempre tenta sair de lá o mais rápido possível 』




🌷 Frases 🌷
『 "Nunca vi ninguém se animar tanto com livros. Poderiam pensar que são diamantes." 
"As escolhas que fazemos podem ter consequências duradouras."
"Expectativa é a raiz de todo sofrimento."
"Regra número um no meu livro, se você não está convidado para uma festa, certifique-se de que ela não vai acontecer" 』




🌷 Par 🌷
『 Yuma Mukami 』




🌷 Relação com o par 🌷
『 A primeira coisa que passou pela cabeça de Cloe ao ver Yuma foi 'alto'. Com seus meros 1,64 de altura, Cloe é o que pode ser considerada baixa, mas perto dos 1,90 do vampiro ela pode ser comparada à uma anã. Tal fato além de deixa-la levemente irritada e um pouco intimidada, afinal, ele tem quase 30cm a mais que ela e o fato de ele poder a qualquer momento mata-la não ajudava. Mas isso poderia ter sido facilmente esquecido, mas é claro que Yuma não fez isso, mas sim o exato contrário, chamando-a de anã na primeira oportunidade. Cloe é claro ficou irritada, o chamando de poste e a partir dai ele começou a chama-la de Chibi-chan, somente para irrita-la.
Yuma ficou intrigado pelo fato dela não se intimidar na presença dele, indo tão longe ao ponto de provoca-lo, o que o deixa irritado, mas ainda sim se surpreendeu por não se sentir entediado na presença da loira, até mesmo quando tudo o que ela fazia era ler.
A primeira vez que realmente conversaram além dos insultos foi quando Cloe encontrou sua horta, ficando fascinada com a quantidade e qualidade de frutos, e mesmo após ele praticamente expulsa-la de lá, ela estava distraída demais com os morangos de aparência maravilhosa para dar ouvidos à Yuma. Ele, em vez de ficar irritado por ter sido ignorado, fica surpreso com a grande curiosidade da loira e de seu jeito extremamente rude a pede para ajuda-lo em vez de ficar encarando os morangos como uma débil mental, obviamente ela se irrita, mas não deixa de ajuda-lo a colher os tomates maduros, instigando um diálogo sobre o manutenção da horta, e ela primeira vez os dois conversam por mais de 5 minutos sem nenhum insulto.
Mesmo com os dois se irritando, Cloe não deixa de se sentir estranhamente segura na presença de Yuma, o que não deveria fazer sentido já que ele é quem suga seu sangue até ela beirar o desmaio, mas isso não a impede de inconscientemente procurar estar do lado do vampiro, que seja somente para ler em uma poltrona enquanto ele dorme, ou ir ajuda-lo com sua horta. Já Yuma se viu cada vez mais se importando com ela, mesmo não admitindo, não suporta vê-la perto de seus irmãos, sendo possessivo, também sente muitos ciúmes dela e e trucidaria qualquer um que ousasse se aproximar dela com segundas intenções. Ela já é mais calma e não sente tantos ciúmes, preferindo ser mais ardilosa e simplesmente deixar bem claro a quem ele pertence quando alguma garota vem com segundas intenções.
Ver os dois um do lado do outro pode ser uma visão cômica, ele com seu jeito rebelde e bruto, e ela delicada e pequena, praticamente uma boneca de porcelana ao lado do vampiro. Yuma não deixa passar tal fato, comentando várias vezes no corpo de Cloe, o que a deixa extremamente corada, mas nada supera seu estado quando ele resolve deitar na cama dela durante a noite e abraça-la como um ursinho de pelúcia, ato que ela não repele mas definitivamente fica envergonhada. 』




🌷 Relação com os vampiros 🌷
⟡Ayato Sakamaki⟡

『 Eles não tem as melhores das relações, ele a irrita por ser tão egocêntrico e ela o irrita por fazer comentários sarcásticos sobre a sua pessoa e desafia-lo, ambos são competitivos e quando começam uma discussão alguém de fora precisa intervir, pois os nem um dos dois querem dar a "vitória" para o outro. 』

⟡Subaru Sakamaki⟡

『 Ele a lembra muito Yuma, e isso faz com que ela não não tenha medo de seus ataques de raiva e não se intimide na presença do albino, gosta de provoca-lo pois acha sua personalidade tsundere muito adorável. Ele geralmente responde a suas provocações com um 'tsc' e dependendo do nível da um soco na parede mais próxima, mas tais reações só a fazem rir. No fundo ele não se importa com a presença da loira mas nunca admitiria isso em voz alta. 』

⟡Reiji Sakamaki⟡

『 Ela sempre o desobedece e questiona suas ordens porque não gosta de ser mandada por alguém, fazendo com que ele lhe insulte e ameace puni-la, mas ela gosta da companhia dele e de vez em quando discutem sobre alguns livros enquanto tomam chá juntos. 』

⟡Shu Sakamaki⟡

『 São meio que amigos, quando o vampiro esta na sala de música dormindo e ela acaba por ir lá sempre acabam conversando, ele não se incomoda com sua presença por ela ser quieta e também não gostar de barulho, e adora ver Reiji irritado, já que ele sempre fica com raiva quando os dois passam tempo juntos. 』

⟡Kanato Sakamaki⟡

『 Quando ela cozinha alguma sobremesa ela sempre oferece a ele por saber o grande amor do vampiro por doces e devido a isso ele aprecia a companhia dela e de vez em quando pede para ela cozinhar algo, mas ela tenta manter distância toda vez que ele tem um de seus ataques de bipolaridade por ter medo do que ele possa fazer. 』

⟡Laito Sakamaki⟡

『 Ela não suporta seu jeito pervertido, e sempre tenta evita-lo a todos os custos, e quando não consegue sempre se dirige à ele com sarcasmo e fica com raiva quando ele a chama pelo apelido infame Slut-chan. 』

⟡Ruki Mukamii⟡

『 Ela gosta de discutir sobre livros com ele quando conversam, as vezes ela o ajuda a cozinhar as refeições, Ruki o prato principal e Cloe a sobremesa, geralmente fazendo a entrada juntos, ele a zoa e ameaça quando a loira quebra algum prato ou copo, mas eles possuem uma relação amigável e gostam da companhia um do outro. 』

⟡Kou Mukami⟡

『 Ela nunca caiu no ato de cara amigável de Kou, achando todo aquele bom humor falso demais para ser verdade, e a primeira interação dos dois não foi das melhores, pois quando ele se gabou por ser um Idol a expressão de Cloe não poderia estar mais confusa, já que ela não fazia ideia de quem o loiro fosse. Ela o acha um pouco arrogante demais, mas não se importa muito de estar na companhia de Kou, só ficando um pouco irritada com o apelido que ele lhe deu e os constantes pedidos para que ela cozinhasse vongole bianco, sem parar de incomoda-la até que ela fizesse o prato, no fundo ela até gosta do vampiro, mas nunca admitiria, afinal, na opinião dela o ego dele já é inflado o bastante do jeito que esta. 』

⟡Azusa Mukami⟡

『 Cloe o acha extremamente fofo, ela é sempre gentil e cuidadosa com ele, não gosta que ele se machuque e sempre lhe dá broncas quando o faz e lhe pede para parar. O trata como um irmão mais novo e sempre esta se preocupando com ele. 』

⟡Shin Tsukinami ⟡

『 Pra ela ele é um Ayato 2.0, só que mais sádico que o Sakamaki, é extremamente cautelosa ao redor dele, apesar de se segurar pra não xinga-lo, o acha muito arrogante e por isso tenta evitar ficar no mesmo cômodo que ele. 』

⟡Carla Tsukinami ⟡

『 Em toda honestidade, Cloe teme Carla mais que qualquer um. Ela sente uma aura de crueldade por trás da façada calma dele, e mesmo realmente querendo zoa-lo pelo nome, não ousaria fazê-lo, ela não é estúpida, e sabe quando algo não deve ser feito, como por exemplo: provocar Carla. Quando esta no mesmo cômodo que ele sempre fica o mais próximo de Yuma possível. 』



🌷 Relação com as Oc’s 🌷
『 É gentil desde o começo, mas como ela não as conhece direito prefere se fechar e evitar conversas, mas com o tempo ela notou que elas são boas pessoas e passa a ficar mais na presença delas, se abrindo e as conhecendo. Logo Cloe se apegou, e começou a se sentir confortável e a confiar nelas, ela faria qualquer coisa para ajuda-las, e mesmo não sendo a melhor conselheira sempre tenta ajuda-las com seus dilemas e problemas. 』



🌷 Reação/Ação, quando 🌷

• Descobrir que criaturas místicas existem e que você é noiva de um vampiro:
『 Primeiramente ficou em estado de choque, não conseguia processar essa informação, mas quando a ficha caiu ficou um pouco assustada, já que nunca foi exatamente fã de vampiros e sangue sempre a deixou agoniada, mas não deixou de agir com eles do mesmo jeito que agia antes, o que pode ser considerado algo estúpido a se fazer, mas na sua cabeça o pior que poderiam fazer com ela era sugar seu sangue. A ideia de fugir passou pela sua cabeça, mas após algum tempo pensando sobre maneiras que poderia escapar acabou desistindo, sabendo que seria impossível e acabaria sendo pega e as consequências não iam ser nem um pouco boas. Quanto a ser uma noiva, ela ficaria irritada, quem é que teve a audácia de decidir algo tão importante assim na vida dela sem nem lhe consultar? Após um tempo ela iria se acalmar, afinal, não adianta nada chorar por leite derramado, mas certamente não aceitaria a ideia de primeira. 』


• Ao ver o seu par com outra menina:
『 Depende de quando seria, no inicio não iria nem ligar, passaria reto, mas se for quando ela já nutria sentimentos por ele, ficaria paralisada por uns segundos, antes de dar de costas magoada e ir para qualquer lugar que fosse, somente para ficar sozinha com seus pensamentos, e provavelmente levaria um livro junto de si, mesmo que fosse ficar encarando as páginas sem ler uma sentença, por estar lembrando do ocorrido. Ela tentaria ignora-lo, já que se ela é somente uma bolsa de sangue não precisa ter nenhum contato com ele além de quando ele se alimenta dela. 』


• Descobrir o passado de seu par:
『 Cloe não saberia se falava alguma coisa ou se debulhava em lágrimas. Ela sempre foi extremamente empática, ou seja, consegue se por muito bem no lugar dos outros, e ouvir tudo o que Yuma passou, desde a tortura de viver com seus pais, à perda de memória aos sofrimento de viver nas ruas, era simplesmente demais para ela. Não é como se a vida de Cloe houvesse sido um mar de rosas, devido à sua tia, mas ainda sim ela não conseguiria aceitar o fato de que ele sofreu tanto sem nunca ter merecido nada disso. 』


• Estivesse apaixonada:
『 Negação, ela negaria pra si mesma e para todos que a confrontassem sobre o assunto, mas por mais que tentasse se enganar falando que não nutria sentimentos por Yuma, não conseguiria deixar de lado o sentimento toda vez que o visse, e quando se pegava pensando nele em momentos aleatórios, coisa que acontecia bastante, corava e se repreendia, mas ela obviamente sabia que mentir para si mesma não levaria a lugar nenhum, conseguindo aceitar que estava apaixonada por Yuma, mesmo que não fosse exatamente o que ela teria imaginado que fosse acontecer, não conseguia evitar que um fantasma de um sorriso surgisse em seu rosto toda vez que pensa nele, mas ainda tenta manter a compostura em sua presença, fingindo que sente absolutamente nada, mesmo que seu coração batendo fortemente e seus bochechas rosadas provem o contrário. 』


• Descobri-se que seu par gosta de você:
『 De primeira ela iria achar que era uma brincadeira de mal gosto, que ele provavelmente deve ter cansado de somente feri-la somente fisicamente e decidiu tentar machuca-la emocionalmente, mas após se assegurada que é verdade seria difícil distinguir a cor do rosto dela com a de um tomate, e extremamente envergonhada Cloe iria abraça-lo para esconder seu rosto, enquanto Yuma provavelmente daria um sorriso presunçoso e se divertiria com a fofura da loira. 』




🌷 Hentai? 🌷
『 Sim 』



🌷 Sabe que sua personagem está sobre o meu controle e que ela vai reagir de acordo com o andar da fanfic? 🌷
『 Sim 』



🌷 Algo mais? 🌷
『 Tem miopia no grau 1.25, mas geralmente usa lentes de contato, usando óculos quando esta com preguiça e vai ficar a maior parte do dia em casa.
Ela tem uma lista dos 100 livros que quer ler durante sua vida, obviamente ela já leu muito mais de cem, mas os que estão em sua lista são raros e antigos, o que dificulta acha-los, então só leu 18 dos livros que estão em sua lista. 』


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...