~Sayen

Sayen
Mrs Writer
Nome: ♛ Sayen King
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 5 de Setembro
Idade: 22
Cadastro:

Quando um leitor deixa de ser um fantasma.


Postado

Quando um leitor deixa de ser um fantasma.

Oi leitores queridos! (E Oi para você que veio me stalkear!)


Para quem se interessar, ou para quem lê minhas fics, sabe que eu tenho uma em especial. SuperAfim é o meu xodó. A posto no Nyah! e bem... Na verdade eu só postava lá antes de voltar para o Social.
Faz alguns curtos dias que eu decidi tirá-la do Nyah! e seguir por lá com uma conta apenas de leitora. Enfim, postei um dito cujo de um capítulo de adeus e blábláblá.
E minhas reclamações, em sumo, eram: Vocês não existem, não leiam a minha fic. Não há necessidade para continuar.
Me deparo, em meio minuto, com o seguinte comentário.


Amanda
10/02/2015 às 01:58 • Isso é o fim de um começo bem deplorável

Então guria, tava procurando algo para ler e talz, e vim parar aqui. Não cheguei a ler nenhum capítulo anterior a esse, vim direto a ele. Não sei qual era a finalidade de tudo q vc escreveu aqui, mas te digo q me causou algumas risadas. Não estou desprezando sua indignação, concordo com vc no q falou sobre não comentarem e blábláblá, mas admitirei q sim, sou um leitora fantasma de bastante estórias, não q não goste delas, de maneira alguma, apenas nunca sei o q comentar, e sei q muitas pessoas não comentam tbm por causa disso. Mas bem, espero q nesse outro site q está postando o ~público~ seja mais receptivo do q foi aqui. Boa sorte.



Juro que o meu sangue ferveu. Eu pirei na batatinha doce no mesmo instante.
Não era justo, não É justo um tipo de crítica depois de tanto tempo no abismo solitário.
Resolvi responder.



Resposta do Autor [Saa]:
Olá Amanda.
Sei que é terrivelmente chato chegar em uma fanfic e se deparar com um capítulo imundo como este que acabasse de ler. E diga se de passagem, fora das regras do site, o que me implicaria uma boa duma bronca. Mas pense no escritor. Nós transpassamos nossos pensamentos, sonhos e ideias para uma tela que lhe permite comunicar-se com o mundo. E então, em meio tempo você descobre que este público não se manisfesta e imagina se sua estória está incorreta ou sem graça. Achei que SuperAfim teria uma recepção digna dos bons tempos de Nyah! O antigo que nunca mais voltou, ou quem sabe, por causa dele o site se afunde.

Mas voltando a seus questionamentos: Eu me esforcei para postar aqui. Queria muito um singelo "Hey, estou lendo"; "É uma droga mas estou aqui"; "Os números de visualizações que lhe aparecem é mentira. É você mesma atualizando o índice da sua fic e o site conta como visita". Qualquer mísero índice de que estivesse alguém aqui me faria continuar.
Sobre o SocialSpirit, no qual eu tenho alguns leitores, eu digo que sou mais feliz porque o público foi para lá. Apesar de alguns escritores precários o site se mantêm mais firme. Já o Nyah! parece se solidificar em seu layout. Seus escritores se desanimam pela falta de público e desistem de mostrar suas estórias por ai.

Para finalizar, eu peço perdão. Amanda, entenda. Eu jamais gostaria que isso acontecesse com a SuperAfim. Gostaria de poder te impressionar com a estória do Rafael. Entendo perfeitamente você não querer comentar. Não é sua obrigação, nunca foi obrigação de ninguém por aqui. Mas sem um comentário ou uma visualização á longo alcance as Fanfics morrem. Depredam. Se destroem.

O que lhe posso afirmar é que sim, o "público", no qual você se refere com um certo desprezo, foi bem receptivo. E em seus usuários totais, o Social Spirit concentra uma porcentagem de quase oitenta antigos utilizadores do Nyah!
Obrigada pelo comentário, e diferente da sua intenção de me criticar, ou pelo menos foi o que pareceu, eu te convido a participar do site. E caso queira ler a fic, fique a vontade para comparecer por lá.

Sem mais, Sabrina.




Oh yeah, moda foca!


No final das contas, nada aconteceu. Pelo menos por enquanto. Vamos prosseguir com a saga: ODIAMOS OS ODIADORES DE FICS SEM COMENTÁRIOS.
Pelo o que parece, uma fic sem leitor, é o mais comum nessa vida.
Mas eu sou desesperada pela opinião alheia, sabe?

Enfim, beijos e queijos para quem leu.

Lendo: Um comentário no Nyah!

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...