Sword Art Online


Postado

Sword Art Online

Sword Art Online (ソードアート・オンライン, Sōdo Āto Onrain?) é uma série de light novel japonesa escrita por Reki Kawahara e ilustrada por abec. É serializada sob a marca Dengeki Bunko da ASCII Media Works desde 10 de abril de 2009. Uma adaptação em mangá de oito volumes foi publicada pela ASCII Media Works e Kadokawa. Um anime produzido pela A-1 Pictures foi exibido no Japão entre julho e dezembro de 2012. Um episódio extra foi ao ar em 31 de dezembro de 2013 e a segunda temporada do anime, intitulada Sword Art Online II, começou a ser transmitida a partir de 2014. Um jogo baseado na série, Sword Art Online: Infinity Moment, foi lançado para PlayStation Portable em março de 2013. O segundo jogo, Sword Art Online: Hollow Fragment, foi lançado para PlayStation Vita em abril de 2014. A novela e três volumes do mangá foram licenciados pela Yen Press.

Sinopse

Sword Art Online (SAO) é um Virtual Reality Massively Multiplayer Online Role-Playing Game (VRMMORPG) lançado em 2022. Com o equipamento Nerve Gear, um capacete de realidade virtual que estimula os cinco sentidos do usuário através de seu cérebro, os jogadores podem controlar seus personagens no jogo com suas mentes.

Em 6 de novembro de 2022, os jogadores entram pela primeira vez no SAO e, depois, descobrem que são incapazes de sair. Eles são informados por Akihiko Kayaba, o criador de SAO, que devem chegar ao 100º andar da torre do jogo e derrotar o chefe final para se libertarem. No entanto, se seus personagens morressem no jogo, seus corpos também morreriam no mundo real. Um dos jogadores é Kazuto "Kirito" Kirigaya, que foi escolhido como um dos mil jogadores da fase beta. Como já conhecia o jogo, ele sentiu que poderia finalizá-lo facilmente. Dessa forma, decidiu vencê-lo sozinho. Após dois anos, Kirito se torna amigo de Asuna, por quem se apaixona. Os dois descobrem a identidade de Kayaba em SAO e o enfrentam, conseguindo o vencer e libertar os demais jogadores.

Ao voltar para o mundo real, Kirito descobre que 300 jogadores de SAO, incluindo Asuna, ainda não tinham despertado. Através de uma foto, ele suspeita que Asuna e os demais estão presos em outro VRMMORPG chamado Alfheim Online (ALO). Ele entra no jogo e é ajudado por sua irmã, Suguha Kirigaya, conhecida como Leafa no jogo. Então, ele descobre que ALO faz parte de um plano de Nobuyuki Sugo para realizar experimentos ilegais nas mentes dos jogadores e colocá-las sob seu controle. Ele faz isso com Asuna, com quem pretende se casar no mundo real, com o objetivo de assumir a empresa da família dela. Após Kirito acabar com seus planos, ele e Asuna voltam ao mundo real.

Logo depois, Kirito joga outro jogo, chamado Gun Gale Online (GGO), para investigar a misteriosa ligação entre o jogo e as mortes que ocorrem no mundo real. Com a ajuda da jogadora Sinon, ele descobre que os culpados são ex-membros de uma guilda assassina que ele já havia encontrado em Aincrad, chamada Laughing Coffin.

Depois de resolver os assassinatos em GGO, Kirito é recrutado para ajudar no desenvolvimento de um jogo de state-of-the-art, UnderWorld (UW), que tem uma interface muito mais realista e complexa do que a dos jogos anteriores. Em UW, o fluxo do tempo procede milhares de vezes mais rápido do que no mundo real. No entanto, Kirito acaba caindo em uma armadilha e acorda dentro do jogo. Incapaz de sair, ele começa a procurar um caminho de volta para a realidade ao lado dos amigos que encontra pelo caminho.

Cenário

Sword Art Online (SAO) (ソードアート・オンライン, Sōdo Āto Onrain?)
O primeiro jogo de mundo virtual, bem como a definição do primeiro arco da história. O mundo tem a forma de um gigantesco castelo flutuante chamada Aincrad, que possui 100 andares. Cada andar tem uma configuração com temática medieval e uma masmorra com um chefe, que tem de ser derrotado para os jogadores avançarem para o andar superior.

Alfheim Online (ALO) (アルヴヘイム・オンライン, Aruvuheimu Onrain?)
O cenário para o segundo arco da história. Todos os jogadores no jogo têm asas e são capazes de voar. É um mundo grande, dividido em diferentes territórios para cada uma das suas raças de fadas. No centro de Alfheim há uma árvore muito grande, a Árvore do Mundo, e o objetivo do jogo é chegar ao topo dela. Aincrad, o castelo do primeiro jogo, é mais tarde acessível aos jogadores ALO também.

Gun Gale Online (GGO) (ガンゲイル・オンライン, Gan Geiru Onrain?)
A definição para o terceiro arco da história. É um mundo de jogo virtual com foco principal em armas, apesar de armas brancas também existirem, como facas e sabres. De todos os jogos, é o mais competitivo, pois o dinheiro ganho pode ser trocado por dinheiro do mundo real.

UnderWorld (UW) (アンダーワールド, Andāwārudo?)
O cenário para o quarto arco da história. De acordo com Kirito, é graficamente o jogo mais realista de todas os VRMMOs até o momento. O fluxo do tempo na UW é variável e pode ser muito mais rápido do que no mundo real.

Mídia

Reki Kawahara escreveu o primeiro volume em 2002 para entrar na competição Dengeki Game Novel Prize (電撃ゲーム小説大賞, Dengeki Game Shōsetsu Taishō?, agora Dengeki Novel Prize) da ASCII Media Works, porém passou do limite de páginas e resolveu não participar. Então, ele publicou o trabalho como uma web novela usando o pseudônimo Fumio Kunori.1 Um tempo depois, lançou mais três volumes e várias histórias curtas.2 3 Em 2008, ele participou da competição novamente com Accel World e ganhou o Grande Prêmio. Além de Accel World, a editora também solicitou seu trabalho anterior, Sword Art Online.1 Ao assinar o contrato com a ASCII Media Works, ele retirou a web novela de circulação.3 Trabalhando com o ilustrador abec, o primeiro volume da light novel foi impresso em 10 de abril de 2009 e 15 volumes foram publicados até 9 de agosto de 2014.4 Kawahara também escreveu a série Sword Art Online: Progressive, na qual conta as aventuras de Kirito nos dois primeiros andares do Aincrad. O primeiro volume de Progressive foi lançado em 10 de outubro de 2012,5 tendo mais dois volumes lançados até 10 de dezembro de 2013.6 O primeiro volume da série baseada em Sword Art Online, intitulada Sword Art Online: Alternative, escrita por Keiichi Sigsawa com ilustrações de Kouhaku Kuroboshi, foi publicada pela ASCII Media Works em 10 de dezembro de 2014.7

No Japan Expo USA, a Yen Press anunciou o direito de publicar as light novels; o primeiro volume foi lançado em 22 de abril de 2014.8 9 Mais tarde, a empresa divulgou a licença sob Sword Art Online: Progressive, que será lançado em 2015.10 As novelas também são publicadas na França pela Ofelbe Éditions,11 além da China, Taiwan, Coreia do Sul e Tailândia.12 Com mais de 11 milhões de cópias vendidas pelo mundo, há planos futuros para a publicação no Reino Unido, Alemanha, Itália, Áustria, Suíça, entre outros.12

Há um grande número de dōjinshi, escritos pelo autor da série original, Reki Kawahara, sob o pseudônimo Fumio Kunori, intitulado Sword Art Online Material Edition (ソードアート・オンライン・マテリアル・エディション?).13 O primeiro volume de 80 páginas com conteúdo do Material Edition foi publicado em 13 de fevereiro de 2011;14 o último volume foi lançado em 5 de maio de 2014.15 O autor também criou outros dōjinshi, entre eles Lisbeth Edition, Silica Edition e Pina Edition, com a colaboração de Kurusu Tatsuya do ponz.info.16 17

Mangá
Há oito adaptações em mangá para a série, todas escritas por Reki Kawahara e publicadas pela ASCII Media Works. Sword Art Online: Aincrad (ードアート・オンライン アインクラッド?), ilustrada por Tamako Nakamura, foi serializada na Dengeki Bunko Magazine entre setembro de 2010 e maio de 2012. Dois volumes tankōbon de Aincrad foram lançados em 27 de setembro de 2012.18 19 Um mangá de comédia yonkoma, intitulado Sword Art Online. (そーどあーと☆おんらいん。?) e ilustrado por Jūsei Minami, começou a ser publicado em setembro de 2010 na Dengeki Bunko Magazine. O primeiro volume de Sword Art Online. foi lançado em 27 de setembro de 2012.20 O terceiro mangá, intitulado Sword Art Online: Fairy Dance (ソードアート・オンライン フェアリィ・ダンス?) e ilustrado por Hazuki Tsubasa, começou a ser serializado em maio de 2012 na Dengeki Bunko Magazine. O primeiro volume de Fairy Dance foi lançado em 27 de outubro de 2012;21 o terceiro volume foi lançado em 27 de junho de 2014.22 Os mangás Aincrad e Fairy Dance foram licenciados pela Yen Press.8 O primeiro volume de Aincrad foi publicado em 25 de março de 2014.9

Um mangá spin-off protagonizado por Lisbeth, Silica e Leafa, intitulado Sword Art Online: Girls Ops (ソードアート・オンライン ガールズ・オプス?) e ilustrado por Neko Nekobyō, começou a ser serializado em julho de 2013 na Dengeki Bunko Magazine.23 Uma adaptação em mangá de Sword Art Online: Progressive, ilustrada por Kiseki Himura, começou a ser serializada em agosto de 2013 na Dengeki G's Magazine. O último volume publicado nessa revista ocorreu em maio de 2014 e a série foi transferida para a Dengeki G's Comic em junho de 2014.24 Progressive foi licenciado pela Yen Press e o primeiro volume está previsto para ser lançado em janeiro de 2015.10 O sexto mangá, intitulado Sword Art Online: Phantom Bullet e ilustrado por Kōtarō Yamada, teve o primeiro capítulo lançado em maio de 2014 na Dengeki Bunko Magazine, com os capítulos seguintes lançados digitalmente pelo site Kadokawa's Comic Walker. O sétimo mangá, intitulado Sword Art Online: Caliber e ilustrado por Shii Kiya, começou a ser publicado na Dengeki G's Comic em setembro de 2014.25 O oitavo mangá, intitulado Sword Art Online: Mother's Rosario e ilustrado por Hazuki Tsubasa, foi baseado no sétimo volume da light novel e é serializado na Dengeki Bunko Magazine.

Anime
ma adaptação em anime de Sword Art Online foi anunciada no Dengeki Bunko Autumn Festival 2011, junto com outra light novel de Reki Kawahara, Accel World.26 O anime foi distribuído por Aniplex, produzido por A-1 Pictures e dirigido por Tomohiko Ito, com músicas de Yuki Kajiura.27 O anime foi ao ar no Japão entre 7 de julho e 22 de dezembro de 2012.28 A série foi transmitida através do Crunchyroll e Hulu.29 O primeiro tema de abertura é "crossing field" por LiSA30 e o segundo é "Innocence" por Eir Aoi. O primeiro tema de encerramento é "Yume Sekai" (ユメセカイ?) por Haruka Tomatsu31 e o segundo é "Overfly" por Luna Haruna. O anime foi licenciado na América do Norte pela Aniplex of America.32

Um especial de fim de ano, intitulado Sword Art Online Extra Edition, foi ao ar em 31 de dezembro de 2013. O especial recapitulou o anime e incluiu algumas novas cenas.33 O tema do especial é "Niji no Oto" (虹の音?) por Eir Aoi.34 Extra Edition foi transmitida ao redor do mundo algumas horas depois da exibição no Japão.35 O especial foi lançado em Disco blu-ray e DVD em 23 de abril de 2014.36 A edição limitada inclui uma canção da personagem Yui, intitulada "Heart Sweet Heart" por Kanae Itō, e uma história paralela escrita por Reki Kawahara, intitulada "Sword Art Online Niji no Hashi" (ソードアート・オンライン 虹の橋?).36

No final do especial, foi confirmada uma segunda temporada para o anime, intitulada Sword Art Online II, que seria lançada em 5 de julho de 2014.37 38 Essa série é uma adaptação do quinto e sexto volume da light novel que cobre o arco Phantom Bullet.39 O tema de abertura é "Ignite" por Eir Aoi e o encerramento é "Startear" por Luna Haruna.40 O segundo tema de abertura é "Courage" por Haruka Tomatsu, enquanto o segundo e terceiro tema de encerramento são, respectivamente, "No More Time Machine" e "Shirushi" (シルシ?), ambos cantados por LiSA.

Jogos
Durante o evento da Dengeki Bunko Autumn Festival 2011 foi revelado que a light novel de Reki Kawahara receberia uma adaptação em videogame.41 O primeiro jogo, intitulado Sword Art Online: Infinity Moment (ソードアート・オンライン -インフィニティ・モーメント-, Sōdo Āto Onrain: Infiniti Mōmento?), foi desenvolvido pela Namco Bandai Games para PlayStation Portable.42 O jogo segue um enredo alternativo, em que por causa de falha, Kirito e os demais jogadores permanecem presos em Sword Art Online, mesmo após derrotarem Heathcliff, e jogadores de outros VMMORPGs, como Leafa e Sinon, acabam sendo trazidos para dentro do jogo.43 Ele foi lançado em edições regulares e limitadas em 14 de março de 2013.44

Sword Art Online: Hollow Fragment é um jogo para PlayStation Vita lançado no Japão em 24 de abril de 2014 avaliado como C na escala de classificação CERO.45 46 Sword Art Online: Hollow Fragment possui o mesmo enredo alternativo de Sword Art Online: Infinity Moment47 e inclui todo o conteúdo do "Floor Clearing" do jogo anterior,48 com uma nova área a ser explorada, "Hollow Area" de Aincrad.49 O protagonista Kirito se encontra com um misterioso jogador que se tornaria um dos personagens principais do jogo.49 O jogo vendeu 145,029 cópias na primeira semana do seu lançamento no Japão e se tornou um dos mais vendidos softwares japoneses naquela semana.50 Também foi lançado em Taiwan pela Namco Bandai Games Taiwan com legendas em chinês e inglês.51 Uma versão digital do jogo para a América do Norte foi anunciada para o verão de 201452 53 e em julho para a Europa e Austrália.54

Um terceiro jogo desenvolvido pela Artdink,55 intitulado Sword Art Online: Lost Song, será lançado em 26 de março de 201556 para as plataformas PlayStation 3 e Vita.57 58 Ele terá uma versão em inglês e será lançado na Ásia.59 O produtor de Sword Art Online: Lost Song revelou em outubro de 2014 que o jogo será um RPG de ação com um enredo original e que se passará dentro do Alfheim Online, além de que os personagens serão capazes de voar.60

Um jogo de rede social chamado Sword Art Online: End World foi lançado para os smartphones japoneses em 28 de fevereiro de 201361 62 e possui mais de 1 milhão de usuários registrados.63 Kirito, Asuna e Leafa aparecem no Dengeki Bunko Fighting Climax, um jogo de luta da Sega, que contém vários personagens dos trabalhos publicados através da Dengeki Bunko.64 65 Um browser game intitulado Sword Art Quest e sua sequência para smartphone, Sword Art Quest II,66 fornecem desafios aos usuários para uparem seus personagens e receberem recompensas.67 Há também um jogo pago para Android intitulado SAO -Log Out-, em que os usuários escolhem personagens da série e obtém papéis de parede deles.68 Outro jogo freemium para Android e iOS, intitulado Sword Art Online: Code Register, foi lançado em 2014 e possui mais de 3,000,000 usuários registrados.69 Outro jogo, intitulado Sword Art Online: Progress Link, designado para a plataforma browser game Mobage nos smartphones, foi lançado em 10 de fevereiro de 2015.70


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...