~GarotaSabaku

GarotaSabaku
Capopera
Nome: Yasmim Ribeiro
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Nova Iguacu, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 9 de Março
Cadastro:

~GarotaSabaku - Capopera


Moulin Rouge - ficha

Postado

Mostrar Spoiler:
*+•⚪️.⚪️•+*

*+•⚪️.⚪️•+*



*+•⚫️Prisma . Lunar⚫️•+*



— Nome Completo;

Gam Da In

— Hangul;

감다인

— Apelidos;

Nini
Seu pai a deu o apelido quando ainda uma criancinha, e até hoje a chama assim, por mais que ela sempre diga um “que mico!” quando a chama assim na frente outras pessoas. Como faz muito na empresa, e seus amigos usa o apelido pra tirar sarro dela.

Dami
Dino a chama assim. É um apelido carinhoso que ela finge não ligar tanto assim. Só fingir mesmo, pois ela ama ser chamada assim por ele.

— Idade;

Oriental: 17 anos.
Ocidental: 16 anos.

— Data de nascimento;

13 de abril de 2001.

— Cidade natal;

Seul – Coreia do Sul.

— Nacionalidade;

Coreana.

— Signo;

Ocidental: Aries.
Oriental: Serpente.

— Tipo sanguíneo;

O.

— Orientação sexual;

Heterossexual.

— Peso e altura;

49kg – 1,67cm.

— Quais línguas fala?;

Sabe falar ingles fluente desde os dezessete, e esta apredendo mandarim e cantonês com seus amigos chineses da Pledis.

— História;

Dain nasceu em treze de abril de dois mil no hospital de Seul as nove da manhã, infelizmente sua vinda ao mundo era arriscada, o que acabou no falecimento de sua mãe logo após o parto da sua segunda filha.
Felizmente seu pai e irmão dois anos mais velho sempre a deram amor da sua forma meio atrapalhada, nunca deixando que a mesma se abalasse por ter de certa forma tirado a vida de sua querida mãe, a qual só conhecia, infelizmente, por fotos.
Seu pai era produtor e compositor na empresa Pledis Entertainment, e por não querer deixar os filhos sozinhos em casa, os levava consigo para a empresa – após a autorização do seu CEO.
E acabou que assim, a garota e seu irmão permaneciam mais na empresa que em sua casa, escola e qualquer outra atividade que faziam durante a semana.
Ela adquiriu gosto, e logo, amor pela música, bastante cedo. Aos dez anos já estava brincando de assistir os profissionais da empresa, os imitando. Lá adquiriu amigos, experiência no ramo da música e já começava a pensar em ser uma k-idol.

— Personalidade;

Dain tem como qualidades ser corajosa, determinada, confiante, entusiasmada, otimista, passional e honesta – o que acaba se tornando também um “defeito” quando fala demais. Ela também é Impaciente, muito temperamental, pavio curto, impulsiva, e por vezes agressiva – talvez por sempre ter estado voltada por homens (mesmo que não fossem bravos/agressivos o tempo todo), sem muitas mulheres em sua vida desde a infância.
Por onde a garota marca sua presença, sempre marca o início de algo enérgico e turbulento. A Gam está continuamente à procura de dinâmica, velocidade e competição. Ela gosta e está sempre em primeiro lugar em tudo - do trabalho a encontros sociais. É bastante ativa, e está em sua natureza tomar medidas e ações, mesmo às vezes sem pensar. Possui excelentes habilidades organizacionais, de forma que faz muitas coisas ao mesmo tempo, muitas vezes até mesmo antes do intervalo de almoço! Os desafios aumentam quando ela está impaciente, agressiva e descontam a sua raiva sobre os outros.
Ela se conduz com o impulso, muitas vezes literalmente se jogando de cabeça, inclinando-se para frente a fim de adquirir maior velocidade e foco das coisas que faz com determinação. É naturalmente corajosa e raramente têm medo de julgamentos e riscos. Possue uma força jovem e muita energia. Executam tarefas em tempo recorde. Os que juntam-se a si são capazes de atingir os melhores resultados. Ela se responsabiliza por isso.

— Onde a olheira a encontrou e qual foi sua reação a ser convidada para uma audição na empresa;

Estava em uma cafeteria com Dino, num bate-papo que começava a ficar estressante por ele estar falando de outras garotas na sua frente, de propósito, é claro, pois ela insistia em dizer que não sentia ciúmes dele – uma pura mentira. E então, Dino se divertindo tanto com a cena que quase ria, ela finalmente percebeu seu joguinho e após o olhar quase perplexa, pegou aeu celular e o pôs para tocar o playback da música ao conhecida por si, e começou a pequena introdução da musica “My type”.
Deixe-me fazer uma pergunta
Qual é o seu tipo,baby? Vamos lá!

Dino, sabendo a música, cantou para ela o início da musicas, esperando que a mesma fizesse as partes do rap. Fora ai que Song Hao entrou no estabelecimento, a vendo fazer sua versão improvisada da música – que ao em vez de ter a letra original, modificou tudo para por ali uma descrição de todas as coisas que Dino tem que ela gosta, que faz “seu tipo”. Talvez ele todo.
E no fim, após ela dizer um “não preciso ter ciúmes de você, certo?” recebendo um “não mesmo, mas podia assumir que as vezes fica”, ambos riram enquanto receberam palmas do pessoal no estabelecimento. Dain fingia não estar muito envergonhada, afinal tinha feito literalmente uma declaração para Dino, e ele não continha o sorriso vitorioso sabendo daquilo. Talvez fosse a primeira e ultima vez que ela se confessaria daquela forma para ele – tinha essa noção.
Fora Song Hao quem atrapalhou a troca de olhares dos dois, fazendo a proposta de uma audição na Starships para a Gam. A mesma dissera um “Não, obrigado. Não quero ir a uma empresa que não sabe administrar seus grupos”. Talvez a mulher tenha recebido aquele impacto em cheio em seu peito, tendo o antigo Moulin Rouge em mente naquele momento.
Dino dissera um “Ignore o que ela disse. Ela vai pensar nesse caso. Pode deixar o contato?” – recebendo um olhar misto de confusão e indignação de Dain.
Quando Song Hao fora embora a menor questionou Dino perguntando se agora o mesmo fala por si. Ela queria entrar na Pledis, afinal.
Mas então, após repreender a mesma por conta de como tratou a mulher gentil de minutos atrás – recebendo um bico e revirar de olhos em resposta –, pos em mesa todos os motivos para ela aceitar aquela proposta. Ele sabia que só assim ela aceitaria.
1. Para a terem chamado assim, com uma olheira aparentemente desesperada, precisavam de bons trainees para debutarem futuramente.
2. Pledis tinha acabado de debutar Pristin, e demoraria para debutarem outro girl group.
3. A garota entraria sem muita dificuldade na Pledis, uma vez que a conheciam lá. Já na Starships ninguém a conhecia, e seria um bom desafio.
E fora após o último motivo que ficou mais animada a aceitar aquela proposta.
Ela suspirou e disse um “você tem razão, eu vou fazer essa audição”. Pois é, Dino já a conhecia bem demais.

— Gostos e desgostos;

Gosta de;
Roupas confortáveis, assumir papéis de liderança, desafios físicos, esportes individuais,...

Desgosta de;
Inatividade, atrasos, trabalho que não utilize seus talentos.

— Hobbies;

Ajudar seu pai a produzir;
Compor músicas;
Tocar violão;
Tocar bateria;
Andar de Skate.

— Medos e fobias;

Tem apenas um medo, que é perder seu pai ou seu irmão. Eles são tudo pra si, mesmo que não diga com todas as palavras.

— Tipo de pessoas que gosta e desgosta;

Não há muitos tipos de pessoas que desagradem a Gam. Para ela, só precisam ser “idiotas”, do tipo preconceituoso, babaca e que se sinta superior.
Ela está constantemente em movimento, e atividade é a sua palavra-chave. Quando se trata de amigos, quanto mais pessoas diferentes melhor. Ela gosta e aprecia uma gama de diferentes personalidades no seu círculo de amizades. Devido ao fato de ter facilidade em entrar em comunicação com os outros, surpreendentemente atinge um número incrível de conexões e conhecidos. No entanto, os amigos verdadeiros e de longa data são algo completamente diferente. Somente aqueles que são tão enérgicos e dispostos a manter a amizade a longo prazo podem acompanhá-la.

— Família;

Seu pai: Gam Jinhwan.
Idade: 46 anos.
Nacionalidade: Coreano.
Profissão: Produtor e compositor da Pledis.

Jinhwan é um homem sereno e gentil que ama incondicionalmente seus filhos. É mais carinhoso com sua filha que vice-versa, mas ele sabe que esse é o jeitão da sua filha, aliás, dos dois filhos, que ironicamente nasceram no mesmo dia, apenas com dois anos e umas horas os separando.

~

Seu irmão: Gam Dongyul.
Idade: 19 anos.
Nacionalidade: Coreano.
Profissão: Compositor da Pledis.

Fora difícil perder sua mãe no dia de seu aniversário, mas ganhara sua irmãzinha, e isto o deixou sorrir naquela manhã quando parte da família chorava pela perda de Gam Dahyun – sua mãe.
É um tanto fechado para sentimentos, parece-se bastante com a irmã em vários aspectos, e isto faz com que sejam quase confidentes um com o outro. Menos para relacionamentos, é claro. Dongyul mataria quem chegasse perto da sua irmãzinha não tão delicada assim.

— Amigos;

Passar muito tempo na Pledis ent. lhe resultou em muitas amizades. Os garotos do seventeen, as garotas do pristin, até com os grupos mais antigos teve a chance de dar de cara/bater de frente. E também com maioria das pessoas que trabalham ou passam muito pela Pledis.
Mas claro, seus queridinhos eram os quinze garotos – agora treze.
Passava bastante tempo ali com eles e fazia várias coisas com os mesmos.
A China line lhe ensinava chines e cantonês, aprendia a coreografar com Hoshi, a dançar com Dino, brincava de batalhas de rap com a rap line – e acabou se tornando a melhor dali –, e até tentava cantar com a vocal line, aprendendo a compor e produzir com Woozi. Era extremamente divertido para ela.

Esbanja alegria e disposição para viver diferentes aventuras com os amigos. Aliás, quem convive com Dain costuma se sentir privilegiado, pois é uma pessoa que cultiva a lealdade e o companheirismo. Às vezes, a sinceridade e a honestidade são tão fortes no jeito de ser dela que se chocam com algumas atitudes e pessoas, o que tende a gerar pequenas discussões nas relações de amizade. Responsável e independente, ela faz questão de resolver seus problemas sem a ajuda dos outros e estimula as pessoas a nunca desistirem dos ideais e sonhos. Com palavras de coragem e incentivo, cativa a todos e semeia, dessa forma, a perseverança nos amigos. No dia-a-dia, está sempre a postos a ajudar os amigos e os familiares. Aliás, quando eles precisam de algo, ela está ali de braços abertos para dar apoio. O jeito impulsivo de Dain pode magoar as pessoas que convivem consigo, pois diz o que vem à cabeça com naturalidade. Não pensa muito nas palavras antes de sair falando coisas por aí, e isso pode gerar muitas discussões. Quando bobas, acabam sendo esquecidas depois, mas quando são mais sérias é um pouco mais difícil.

— Inimigos;

Dain não daria um posto tão importante em sua vida para qualquer um. As pessoas que a irritam demais simplesmente são ignoradas, e assim segue a vida.

— Par primário;

Lee Chan (Dino) 17.

— História + como se tratam;

O conhecera cedo, quando o mesmo virou trainee da empresa em dois mil e doze. Ele era tão pequeno como ela... A Gam gostava de ve-lo treinar escondida. Chan era esforçado demais, e ela queria ser como ele quando crescesse.
Quando o projeto do Seventeen estava saindo do papel, e Dino se juntou ao grupo de mais quatorze garotos ela teve coragem de aparecer para si. E ali iniciou-se uma amizade entre eles – também com os outros garotos do futuro seventeen.
Ela treinava com eles de vez em quando, sempre no seu cantinho, sem querer atrapalhar, mas isso fora mudando com o tempo e era quase como se ela fizesse parte do seventeen. Eles debutaram e ela ficou muito feliz pelos mesmos. Eram talentosos e sempre estava os panfletando.
Ela não soube quando começou a acontecer, mas via Dino de forma cada vez mais diferente em sua cabeça. Ve-lo performar pra outras garotas lhe deixava com os nervoso a flor da pele.
E foi numa noite após o seventeen performar pretty u e uma sasaeng ter agarrado Dino que ela ficou completamente estressada e distante, sendo grossa mesmo com os outros garotos que perguntavam o que havia acontecido. Ela fugiu das perguntas empurrando Dino de sua frente, e pisaria forte até a primeira saída que encontraria, caso o maknae não tivesse segurado em sua mão e virado pra si, perguntando sério o que havia ocorrido.
Ela tentou se largar do mesmo mas ele não a soltaria fácil.
Depois de responder vários “nada”s ela se exaltou por conta da insistência dele, e soltou que não havia gostado daquela fã louca o agarrando. Ele riu e perguntou se ela estava com ciúmes, ela respondendo, maia uma vez, vários “claro que não”. Até que ele se aproximou de vagar e ela desviou o olhar dizendo agora um “talvez”. Ele se aproximou mais e capturou os lábios da garota calmamente, aos poucos ela segurava em seus ombros e nuca, e ele em sua cintura. Até que aquele beijo evoluiu para algo mais intenso, e tiveram que fugir por ter ouvido alguém se aproximado. Rindo, eles se trancaram no vestiário vazio e voltaram ao beijo que fora cortado. E assim tem sido desde então.
Eles poderiam não ter dito nada, e nem seus amigos questionado, mas podiam ver de longe a química que os dois tinham desde aquela noite que a garota voltara aos meninos e pediu desculpas, misteriosamemte mais calma que a meia hora atrás que havia sumido com Dino.
Eles treinavam mais juntos, tinham mais piadas internas, ela roubava frequentemente moletons de Chan. Aquilo só não estava óbvio para quem não os vê juntos, e eles mesmos, que não sabem disfarçar.
Com o tempo nem escondem mais o romance do resto do seventeen, mas já o pai e principalmente o irmão da garota... eles ainda estão planejando contar sobre eles sem que Dino morra.

— Par secundário;

-

— História + como se tratam;

-

— Aparência;

Yooa (Oh my Girl).





— Estilo;

Dain não liga muito pra moda, na verdade ela veste-se com o que se sente bem. Maioria das vezes são moletons dois tamanhos a mais que seu manequim (Se der muita intimidade ela é uma ladra de moletons. Tem muitos de seu irmão e Dino em seu armário), calças rasgadas com meias arrastão por baixo, ou simples calças moletom largas. Gosta de roupas de couro, mas só usa em ocasiões mais sociais, pois não as acha tão confortáveis pra usar no dia-a-dia. Até usa shorts curtos, em conjunto com blusas de seu tamanho, mas raramente o faz.

[img][/img][img][/img][img][/img][img][/img]


— Stage name;

Dain.

— Persona;

Intensive Queen.

— Nome e cor do fandom;

Daintiness. Cor lilás.

— Posições;

(X) Dancer
(X) Vocal
(X) Rapper

— Idol que representará o vocal;

Jessi

— Idol que representará o rap;

Jessi

— Idol que representará a dança;

Jessi

— Tipo ideal;

Alguém dinâmico e animado, que esteja sempre pronto para encarar o que der e vier pela frente. Cumplicidade, confiança, lealdade, liberdade e diálogo são essenciais para o romance consigo ser duradouro. Por isso, valoriza as pessoas que têm personalidade forte como a dela e que tomam atitudes firmes diante de qualquer situação.

— Algo à acrescentar?;

Nop! Apenas cuide bem do meu neném ❤️

— Cargos extras;

Com anos ao lado do seu pai e também Woozi, os vendo compor e produzir, ganhou gosto e até experiência em ambos os cargos, sendo muito boa em tal – até compondo umas faixas dos álbuns do seventeen.
Assim como nesses mesmos anos compondo e ajudando a produzir, esteve também muito próxima da dance line, muito mais de Hoshi, e isto a fez pegar várias manhas na hora de montar coreografias.
Ou seja, pode ser uma boa produtora, conpositora e coreógrafa.


Permalink Comentários (0)

[27/08/2017] Moulin Rouge – Ficha

[21/08/2017] FICHA – S. P. G.

[15/06/2017] QUEENDOM – Interativa

[14/05/2017] Veritaserum - Ficha


Atualizações do Usuário

Usuário: ~GarotaSabaku
Favoritei a história
História: Caèruleum - Interativa
História: Caèruleum - Interativa
A Caèruleum High School jamais pôde experienciar um ano letivo de paz e tranquilidade; sempre metida em escândalos e situações inconvenientes presenciadas dentro da própria escol..
Usuário: ~GarotaSabaku
Favoritei a história
História: .namjoon
História: .namjoon
namjoon!centric; nam + ? / +14 Porque Kim Namjoon era como um doce bonito em uma vitrine,
Usuário: ~GarotaSabaku
Favoritei a história
História: Uma relação de botões
História: Uma relação de botões
jikook!bottom; pwp (porn with plot) / +18 E era assim aquela relação peculiar que eles tinham, onde eram dois passivos em uma cama só, sentindo um demasiado prazer.
Usuário: ~GarotaSabaku
Favoritei a história
História: Lost Boys
História: Lost Boys
FANFIC INTERATIVA | BOYGROUP | SM ENTERTAINMENT | 2017 | VAGAS ENCERRADAS! - (07/07) “LOST BOYS, também conhecido como Ilheoborin Sonyeodeul (em hangul: ???? ???), é um grupo ..
Usuário: ~GarotaSabaku
Favoritei a história
História: I Have the Power; Interativa
História: I Have the Power; Interativa
Garotas: 01/05; Garotos: 00/05 — superpower!au; suspense e romance. Havia uma instituição secreta em Busan, criada pelo governo para ensinar aos jovens com habilidades ex..


Dados do Usuário

Citação Pessoal:
Te dou vácuo porque te amo