~BooBaka

BooBaka
,-,
Nome: Samantha
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 7 de Agosto
Idade: 19
Cadastro:

Do It For The Memories - Interativa


Postado



Nome completo:
Edward Edgar Jackson



Apelido:
Ed.



Idade:
17 anos.



Aniversário:
11 de Novembro.



Gênero:
Masculino.



Sexualidade:
Homossexual.



Photoplayer:
Luke Hemmings.



Aparência:


{Desculpe, mas não dá pra descrever esse homem de outro jeito: P E R F E I T O}
Ed não liga muito para a aparência, mas ao que parece, seu jeito desleixado o deixa ainda mais atraente. Seus cabelos loiros nunca estão no lugar, sempre rebeldes ou desarrumados, sendo que o máximo que ele faz é um topete vez ou outra.
A primeira coisa que Ed costuma reparar em todas as pessoas é em seus olhos. Particularmente, Ed acha que tem olhos bonitos. Estes possuem um tom azulado não muito comum e que certamente chama atenção.
Ed não sorri muito, mas quando o faz, expõe pequenas covinhas em suas bochechas.
Edward tem um piercing no lábio inferior, ele tem um costume irritante de morder o lábio e mexer com o piercing.




Personalidade:
[qualidades/defeitos/temperamento/humor]
Diferentemente do que todos pensam, Ed não é um cara extrovertido e arrogante como Caleb.
Edward é muito inseguro e confuso, ele costuma se menosprezar bastante e achar que qualquer um é melhor que ele e que Caleb sempre será o melhor dos melhores, por isso ele quase sempre acaba desistindo de tentar alguma coisa nova; por saber que Caleb faria melhor. Ed é muito mais introvertido do que extrovertido, ele não costuma falar muito e, mesmo assim ele fala mais com Caleb que com qualquer outra pessoa.
Na maior parte do tempo ele é avoado e desatento, por isso ele sempre acaba se surpreendendo quando alguém acaba por dizer que gosta dele ou quando há alguma festa ou até mesmo boatos rolando, geralmente ele é sempre o último a saber das coisas. Ed se preocupa demais com as coisas e com os outros, pra ele o que os outros pensam importa muito, principalmente se for alguém por quem ele tem afeição.
Ed é muito educado e gentil, mas ele nunca se interessou por ninguém além de Caleb, portanto ele sempre recusou todas as pessoas que tentaram algo com ele. Apesar de ser o completo oposto de Caleb, Ed nunca tentou se impor sobre o outro, sempre fez de tudo o que ele queria, tanto por medo de decepcionar o melhor amigo, quanto por não conseguir impor sua própria vontade sobre ele.
Por mais que Edward não fale com muitas pessoas, ele tem uma mente cheia. Ele pensa muito, o tempo todo. Sua mente nunca fica calada e geralmente ele fica tão perdido no seu próprio mundinho que nem sequer nota quando os outros estão falando com ele.
Apesar de tudo, Ed é alguém muito carinhoso e atencioso com as coisas que importam de verdade. Ele tem essa grande mania de fazer todas as vontades do irmão mais novo e ele dá tudo de si no grupo de teatro, sempre sendo prestativo e se dedicando ao máximo para agradar a todos.




Cidade onde nasceu:
Duluth, uma cidade do estado do Minnesota, no Condado de Saint Louis, Estados Unidos.

Par?
Por mais que ele tenha um crush no Caleb, eu deixo você decidir como o relacionamento deles acaba, já que o Caleb é seu e eu não sei a sexualidade dele (além de que ele parece ser meio homofóbico) e está namorando (pelo menos foi o que você colocou no primeiro capítulo)

História:
Edward mora em uma casa gigantesca, exatamente ao lado da casa de Caleb, tanto é que a varanda de seu quarto é virada para a varanda do quarto dele. Ele mora lá com seu pai, Frank, sua tia, irmã de seu pai, Cora e Dewey, seu irmão mais novo. Ele viveu em Duluth até seus oito anos, quando seus avós paternos faleceram e sua família ficou com toda a herança, incluindo os carros, casas e filiais da empresa; dinheiro o suficiente para que ninguém tivesse que trabalhar por muitos anos. Apesar da situação financeira deles estar completamente resolvida, Frank assumiu o comando das empresas no lugar de seu pai, se tornando um homem muito ocupado.
Ed passava a maior parte do tempo em casa sozinho, até que conheceu Caleb, seu vizinho. Os dois se deram bem logo de cara e nunca mais se desgrudaram. Os dois são muito próximos e Edward praticamente vivia na casa do outro garoto, já que as discussões frequentes em casa não o ajudavam a dormir.
Sally, mãe de Edward, desconfiada demais com a falta da presença do marido, mesmo isso não sendo necessário dada a condição financeira deles; acabou por ir atrás dele e descobriu uma amante. Desgastada depois de anos discutindo e tentando se tornar uma esposa melhor, Sally parou de se importar e se afundou na bebida. Cora, que não se importava com nada além dela mesma e do dinheiro que entrava em sua conta só por causa de pouquíssimas horas de trabalho e do esforço do irmão, nunca ligou para o que acontecia a sua volta.
Essa situação durou até os 12 anos de Edward, quando Sally faleceu por causa de problemas sérios no figado. Após a morte da esposa, Frank passou a aparecer em casa com menos frequência ainda, e quando aparecia, não media esforços para ofender o filho mais velho; ao que parece, Frank ainda não pretendia foder sua imagem com Dewey, que ainda o achava um bom pai. Os abusos verbais de Frank (as vezes até mesmo físicos) moldaram a personalidade de Edward até o que ele é hoje: um garoto tímido, que não consegue se expressar direito e com um enorme complexo de inferioridade. As coisas nunca foram fáceis em casa com a indiferença da tia, o abuso verbal do pai e todo o teatrinho de família feliz na frente de Dewey, mas Ed nunca reclamou e nem sequer pensou em contar algo para alguém. A única pessoa que sabe de sua situação familiar conturbada é o próprio Caleb, este que já o viu desmoronar diversas vezes e sempre esteve lá por Edward, isso desde que pegou o melhor amigo chorando no quarto e com um olho roxo. O melhor descuido da vida de Edward foi ter esquecido de fechar a janela após o primeiro soco que recebeu do pai. Sem o apoio de Caleb, Ed provavelmente já teria tentado o suicídio.

Louise Ellie Wade





Vestuário:






Gostos:
Garoa.
Deitar na grama.
Subir em árvores.
Cheiro de terra molhada.
Ele prefere salgados a doces.
Admirar o céu, principalmente durante a noite
Ele adora filmes de animação, comédia e terror.
Ele gosta de ler todo o tipo de coisa, desde HQ e Mangás à livros de terror e horror do Stephen King, ele simplesmente ama ler.
Ele tem uma coleção gigante de mangás e animes e tem um enorme amor pela cultura asiática, desde boybands coreanas e japonesas à tradições e lendas contadas a várias gerações, principalmente lendas urbanas e folclore Japonês.


Desgostos:
Sua tia
Azeitonas
Canela (tem alergia)
Filmes de romance
Bebida alcoólica
Quando seu pai está em casa
O comportamento de Caleb na maior parte do tempo

Uma música que o defina:
YOUTH - Troye Sivan


FOOLS - Troye Sivan


Ain't It Fun - Paramore


Bleeding Out - Imagine Dragons


Instrumento que toca na banda:

(✗) Guitarra rítmica
Ed é quem compõe a maior parte das músicas da banda e ele também canta, mas ele sempre deixa as partes de destaque para Caleb porque ele acha que não consegue (embora ele consiga mesmo, ele é muito inseguro sobre essas coisas e só escreve as músicas da banda pois Caleb sempre o elogia e diz que suas músicas são as melhores, mesmo que Caleb não dê os devidos créditos a ele por compôr.)



É da banda de quem?
( ) Amy Tillfindy e Frederick Collins
(✗) Caleb Peoples
Por mais que ele goste de Caleb, ele tem quase certeza de que o amigo não reagiria bem com a notícia de sua sexualidade, então ele meio que fica admirando a outra banda de longe, querendo ter coragem para falar com eles.


Participa de mais alguma atividade?:
(✗) Sim, teatro
Ed é um dos membros mais influentes do grupo de teatro. Ele é quem geralmente faz os roteiros e ele dedica boa parte do tempo dele na produção de conteúdo para o grupo. Ele se envolve muito nisso e adora de verdade ver o resultado do trabalho duro dele no palco.


Como é o relacionamento do seu personagem com:
Amigos:
Rivais:
Professores:
Amy Tillfindy:


Frederick Collins:


Caleb Peoples:


Algo a acrescentar?
Ele é canhoto.
Ele não contou sobre sua sexualidade para ninguém porque tem medo da reação de seus pais e da reação de Caleb. Principalmente da reação de Caleb.


Concorda que seu personagem me pertence agora e que podem haver alterações nele (serão avisadas caso feitas)?
Lógico!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...