~TheLoneWolf - Clan Blakenburg

TheLoneWolf
Soberano Stark
Nome: Colita | Regicida | Bastard Snow | Sasuke da Kitty
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 15 de Junho
Idade: 18
Cadastro:

Right.


Postado



Quão frustrante é fazer algo a contragosto? Passar horas pensando em algo – sem espaço para o sono – e não conseguir sair da estaca zero por orgulho? Certamente, bastante. Contudo, não tanto quanto ser derrotado em desafios estipulados por si mesmo. Algo que faço com frequência.

Hoje, não estarei postando algo emo. Muito menos, respondendo a perguntas estúpidas. Mas ainda assim, enviando um desafio (Obrigado, Ash. Obrigado por ser um derrotado e me foder junto.). Por conta disso, tive que gentilmente vir escrever isso para certa pessoa. Não sei se conseguirei, afinal não consigo ser legal e nada do tipo, mas a tentativa é válida. Espero que goste, cara @Menes-. Afinal;

Eu sou péssimo com esse tipo de coisa.

----------------



Nunca compreendi suficientemente a nossa amizade. Quando nos conhecemos, há quase dois anos, éramos unicamente dois retardados que passavam a madrugada inteira cantando Funk. Se me recordo bem, o seu favorito era (Ainda é) o MC Brinquedo. Nós não conversávamos como pessoas normais, não falávamos de gostos ou mesmo do cotidiano. O máximo que sabíamos um do outro eram nomes, algo que demorou mais de um mês para ser dito. Peculiarmente, isso não impediu que nos tornássemos amigos, formando uma amizade completamente liberal e estranha. Não é tanto que assuntos sérios só existiam quando brigávamos, algo raro. Talvez, essa estranheza foi o que tornou isso algo especial. E, mesmo após interferências externas e mal entendidas, esses laços ainda puderam ser preservados.



Sempre lhe achei uma pessoa determinada. Quando coloca algo na cabeça, dificilmente alguém o tira. Seja uma pessoa, ou até mesmo uma situação. Não é tanto que você só sossegou quando me fez conhecer uma garota, e ainda parecia uma stalker, sabendo de mais coisas do que eu mesmo. Creepy. Você também é extremamente extrovertida e carismática, um belo oposto meu. Algo admirável. Quando quer, faz amizades com uma facilidade invejável. Além de exalar positividade (Hippie), que faz até mesmo com que eu consiga animar-me o suficiente para manter um diálogo. Algo para poucos, de fato.



“Algo para poucos”, resumindo o quanto você consegue ser convencida. É algo tão soberbo que me faz rir, e simplesmente já decorei os momentos que irá dizer esse tipo de coisa. “Oh, eu sou linda”, right, right, autoestima invejável. Para finalizar, irritante. Sim, você é muito irritante. Não no negativo da palavra, sobre alguém que incomoda (Como eu), mas sim sobre aquela pessoa que consegue tirar de ti o que quer e quando quer. Noto como faz com facilidade, mas sua lerdeza não permite que veja isso. “Lerda”, isso é algo que lhe define bem. Dificilmente você nota alguns aspectos ao seu redor, observação não é um dom que possui, risos.



De qualquer forma, entre aspectos positivos e negativos, você é uma boa amiga. Consegue impressionantemente ter a pontualidade de sempre estar presente em momentos importantes – apesar de ter esquecido o meu aniversário –, e é bom falar contigo, mesmo que sejam horas de trash talk ou me forçando a assistir séries horríveis (Scream, cof cof).

Enfim, finalizando, espero que possamos manter essa amizade mesmo com as mudanças constantes que vem acontecendo de minha parte. Também espero que você possa largar esse fardo chamado culpa que carrega há tempos, e o supere finalmente.

Como diz sua amada série; “É a vida, você tem que entrar lá e não parar. Merdas estão esperando pra acontecer.”

Cya, Yasmin. Aproveite esse jornal e dê mais valor a um aspecto inovável, porque eu nunca mais farei isso.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...