~LadySweetieHot

LadySweetieHot
~ Like a Butterfly ~
Nome: Angel Girl 🌸 I'm a Light 🌸 ☆Take My Hand ☆ Sweet Girl
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Teotonio Vilela, Alagoas, Brasil
Aniversário: 8 de Setembro
Idade: 14
Cadastro:

Ficha para 🍒My Sweet Trap🍒


Postado

Ficha para 🍒My Sweet Trap🍒

Eles são frágeis demais, não são?
Esses sentimentos que oscilam levemente.
Eu estou procurando pela resposta que desaparece ao amanhecer.
Meu caminho está bloqueado nessa encruzilhada
A placa de orientação torna-se a luz das estrelas
Eu quero que você diga onde eu deveria ir.



My Sweet Sadistic Subaru Sakamaki.


♥ Nome completo:

➡ Yume Ebony

♠Significado do nome:

➡ Yume é um nome de origem japonesa. Significa: "Beleza abundante"

♥ Significado do sobrenome:

➡ Ebony é um nome de origem americana, e significa popularmente: Ébano.

♣ Idade:

▫16 anos

♦Data de nascimento:

▫08 de Setembro de 2000

♥ Signo:

▫Virgem

♠Personalidade:

🍭 A personalidade de Yume pode ser descrita como espontânea. Ela é sorridente e carismática, sempre diz a si mesma que sorrir faz bem a saúde, não cria rugas, melhora o auto-estima e ainda contagia as pessoas a sua volta. Ela é tímida, porém, somente com pessoas mais velhas e desconhecidos. Com seus amigos ela é uma verdadeira maluca brincalhona.
Não que ela seja corajosa, pelo contrário. Yume é muito medrosa e insegura, por isso, não se arrisca facilmente a algo, seja lá o que for. Também tem uma grande paciência e dificilmente se irrita, mas não quer dizer que isso não aconteça. Por exemplo, ela se irrita com os outros e consigo mesma quando está com ciúmes. Ah, e a propósito, ela é muito ciumenta. Seja com seus amigos ou pessoas próximas, não gosta de outras pessoas se aproximem deles mais que o necessário.
Yume aparenta ser uma garota inocente, mas só aparenta mesmo. É claro que ela não demonstra, mas praticamente é sempre a primeira a entender um comentário de duplo sentido. Mesmo assim, odeia que a chamem de pervertida.
Ela não costuma ser orgulhosa, mas quando está triste, frustrada ou decepcionada, prefere guardar suas mágoas para si mesma ao invés de desabafar com alguém. Ela também é muito sentimental por dentro, não chora na frente de ninguém, mas sim em um local escondido, ou quando está sozinha.
É muito perfeccionista e organizada, gosta que tudo que planeja saia exatamente nos mínimos detalhes. É leal e conselheira e super protetora com seus amigos mais próximos, agindo como uma mãe ou irmã mais velha.
Ela sabe ser sarcástica quando quer e quando preciso, mas não gosta muito de usar essa tática. Somente vem à tona quando é diretamente desafiada, ah, como odeia isso! É cheia de manias, tanto que até perde a conta. A maioria são bastante estranhas e insignificantes, como guardar coisas mais inúteis em armarios e caixas, como pedrinhas de roupas, botões, papéis coloridos. Se remexer de um lado para o outro na cama sem um motivo aparente.Entre outras.

♣Aparência:











▫Seus cabelos são longos, lisos e negros. Vão até a altura de seus quadris, adquirem um tom azulado quando estão sob a luz da lua, e totalmente Preto quando estão sob a luz do sol. Eles são cheios,mas por serem lisos, Yume não tem tantos problemas com pontas embaraçadas. Ela geralmente os deixa soltos ou preso em um rabo de cavalo, o que destaca mais sua franjinha simples

▫Sua pele é alva, e quase sem nenhuma imperfeição no rosto. É totalmente lisa, algo que ela não gosta é que sua pele é bastante sensível a um contato com os raios muito fortes do sol.

▫Seus olhos são escuros, em um tom violeta mais arroxeado e brilhantes. Seus cílios são naturalmente grandes e a sobrancelha fraca e razoavelmente bem feita. Seu nariz é um pouco gordinho e pouco arrebitado.

▫Seus lábios são cheios e rosados, quase que em formato de coração, ela gosta deles, e costuma destaca-los com um simples glós perfumado. Bochechas fofas e rosadas.

▫Yume tem um corpo mediano. Seus seios são médios, porém fartos, os braços finos, ombros, quadris e cintura médios. Enquanto a tonalidade Branca não deixa suas pernas torneadas e coxas grossas.


☙ ℍistória > Yume não teve uma infância marcante, dessas emocionantes, cheia de momentos bons, aquelas dos contos de fadas, que são dignas de Oscar. Pra falar a verdade, ela nunca gostou de contos de fadas, são apenas ilusões criadas por sonhadores para tentar enxergar o mundo real de uma melhor forma, onde todas os contos tem seu final feliz.
Yume nasceu em Osaka, na terra do sol nascente, o Japão. Nasceu em plena primavera, quando as árvores de cerejeira exibiam suas lindas flores com pétalas róseas. Dividiu o ventre com um outro feto, que infelizmente nem chegou a nascer. Sua figura materna se tornou por um longo tempo uma pessoa angustiada por causa disso, e chegou a ficar extremamente doente, e se recusar a ver filha em seus primeiros meses de vida. Isso ocorreu porque o outro fruto de seu ventre era o que ela almejava ter, um garoto. Por um grande milagre, ou sorte como alguns costumam dizer, Yume sobreviveu.
Após a garota completar um ano de vida, que estava recebendo cuidados de seu pai e dos avós no hospital, junto com a mae, foi que ela passou a viver em casa. Mes incerta, a mulher desenvolveu um grande instinto protetor pela garota, e se arrepende por tudo que pensou dela. Seus pais, com a boa condicao que tinham, buscaram dar o melhor ensino a ela. Yume teve aulas de musica e mais aulas extra para aprimorar seus talentos. Mas de forma alguma ela se tornou a jovem cliche e “inocente”, vamos dizer assim. Ela sofreu bastante bullying na escola simplesmente porque a maioria achavam que ela era mais uma riquinha mimada que nem tinha como sequer se defender, alem do mais, foram poucas as pessoas que se aproximaram dela sem o objetivo de conseguir popularidade. O que era inutil, porque Yume fazia de tudo para não ser popular e nem chamar atenção.
Em casa, seu pai era o mais carinhoso possível, sempre a dizia para não se importar com o que os outros fossem pensar dela, que se alguém verdadeiro a amasse, que seria pelo que ela é. Yume nunca esqueceu disso, e leva essas palavras guardadas em seu coração. Sua mae se mostrava a mais atenciosa e amiga o possível, não tinha o que reclamar. Seu pensamento era que a única forma de retribuir o amor que era lhe dado, seria lhes dando orgulho. E foi isso que buscou fazer, suas notas subiam cada vez mais na escola e ela buscou se focar nos estudos e somente nisso.
Aos dezesseis anos, não se tornou uma adolescente cheia de amigos que saem para as festas escondido dos pais, pelo contrario, apesar de sua confiança, já estava considerando sua vida “mais entediante? Impossível”. Nesse dia, estava andando pelas ruas com um semblante sem emoção, não pode deixar de saber dos comentários de que as garotas estavam histéricas simplesmente porque uma cafeteria estava buscando novas funcionarias para trabalhar. Sim ela sabia que não se tratava de um simples café, mas era O Café, onde trabalhavam os garotos mais bonitos e essas coisas, que a proposito, ela achou uma grande estupidez. E adivinha, ela teve a magnifica ideia de se inscrever para ocupar um cargo, mas acabou levando isso bastante a serio.



⭐Habilidades:

࿇ Cozinhar > É uma paixão para ela. Yume é muito habilidosa na cozinha, apesar de não se considerar tanto assim, as vezes se arrisca a fazer receitas mais complicadas, e se não fica uma delicia, no mínimo fica algo razoável.


💓Tocar piano > Ela estudou muito tempo para conseguir tocar esse instrumento com perfeição, e isso levou a ter muito talento nessa pratica.


💙Raciocinar rápido > Não é a toa que ela sempre foi muito esperta, ela aprendeu a raciocinar rápido porque sabia que era irritante para as pessoas ficarem perto de pessoas "lerdas". As vezes isso é visto como um lado negativo, já que praticamente sempre ela é a primeira a entender uma piada ou comentário de duplo sentido.


♥ Hobbies >

♡ Ler > É uma das coisas que faz para passar o tempo quando está entediada(porém, isso não quer dizer necessariamente que ela faz isso sempre quando está sem fazer nada). Seus gêneros favoritos de livros são Mistério, Fantasia e Romance.


💜Observar o céu > Pra ela, é como se o céu fosse uma folha em que ela pode desenhar o que quiser. Não que ela seja do tipo extremamente sonhadora, mas de alguma forma, isso faz sentido em sua cabeça.


💜 Ouvir música > Yume ama tudo que envolve música, ela escuta sempre que pode. Quando está sozinha em seu quarto, ou quando está fazendo algo estressante.


💓 Escrever > Outra coisa que gosta de fazer quando entediada. Yume escreve principalmente poemas, frases, somente que expressam seus sentimentos. Também escreve cartas anônimas, muitas com uma filosofia e frase criada em sua mente. Por vezes, ela distribui essas cartas para as crianças e adultos que encontra na rua.




⋄ Gosta >

❤ Doces > Ela simplesmente adora doces. Seus pais não a deixavam comer muito, mas quando ela passou a saborear mais, foi como um vício.


💗 Dormir > Sim, apesar de ser bastante dedicada, Yume tem seu lado preguiçoso também.


♥ Sorrisos > Sorrir ou simplesmente ver as pessoas sorrindo(com sinceridade), a deixa com um ótimo humor.


💙 Gatos > É seu animal favorito, ela gosta de alimentar os gatos abandonados que encontra na rua.


❤ Flores > Ama sentir seu aroma, estar em lugares floridos a faz se sentir tranquila.


💖Silencio > Ela aprecia mais um ambiente silencioso.




💔Desgosta >

💔 Pessoas metidas > Ela simplesmente não suporta, com todas as suas forças, alguém desse caráter baixo. Se colocam acima de outras pessoas por motivos fúteis e incoerentes.


⋆ Adrenalina > Com certeza Yume está longe de ser o tipo de pessoa aventureira e que ama se arriscar apenas por diversão.


> Extravagância > Ela com certeza prefere coisas simples. Não consegue entender a forma de como algumas pessoas são extravagantes apenas para chamar atenção, acha isso ridículo.

> Que interrompam > Isso é o cúmulo pra ela. Seja quando está fazendo qualquer coisa, lendo, falando e etc.


> Corar > Isso não acontece com tanta facilidade, isso porque ela odeia corar, se sente patética quando cora. Só acontece quando está em situações realmente embaraçosas.


> Dias quentes > Ela é uma amante do frio. E o calor excessivo a deixa agoniada, principalmente porque sua pele é sensível ao sol.


> Se sentir observada > É aquela sensação estranha e ameaçadora, que ela simplesmente odeia sentir.


> Pessoas cínicas > Não suporta pessoas assim, ela não é pávio curto, mas quando alguém age cínicamente já é irritante.




⭐Medos :

↪ Trovões: Ela morre de medo de trovões, fica apavorada quando acontece e geralmente fica abraçada ao próprio corpo, rezando para que acabe logo.


↪ Perder os pais: Com certeza, esse é o seu maior medo. Os pais são as pessoas mais preciosas para si, ela daria a própria vida por eles. Não gosta de pensar que um dia eles vão embora, isso causa muita angústia.


↪ Altura: Lugares altos lhe dão náuseas e ânsia de vômito, e aquela típica acelerada no coração, por isso, ela prefere manter distância.


↪ Que alguém a julgue como fraca: Sim, esse é um de seus maiores medos. Ela não quer ser durona, orgulhosa e coisa do tipo, mas também não quer ser julgada como fraca e frágil, como uma boneca de porcelana que precisa ser protegida.


↪ Criar laços e ter que cortá-los: É claro que não estou falando denotativamente, ao pé da letra. É como criar amizade ou se apaixonar fortemente por alguém e isso ter que acabar depois.


⭐Traumas:

↪ Peixes: Sim, isso mesmo, peixes. Quando era criança, Yume passou dias no hospital porque ficou engasgada com uma espinha de um peixe. Desde então, ela nunca mais ousou tocar em um, e tem medo de todos, em geral.



↪ Lugares fundos: Ficou com esse trauma, após cair em um poço e ficar lá por quase duas horas, até ser resgatada. É do tipo de trauma que ela nunca irá esquecer.



∞ Fobias >

● Abissofobia > Medo de Abismos e precipícios > Quando se aproxima de algum tipo de precipício ela começa a chorar desesperadamente e sua cabeça dói muito.

● Batofobia > Medo de profundidades > É por isso que ela toma cuidado com poços e não se aproxima do mar.



◊ Par >

● Subaru Sakamaki

◊ Relação com:

● Par:
◊ De início – claro, com as primeiras impressões – Yume o achou sério e irritado demais para tentar puxar algum assunto, em sua cabeça, qualquer coisa seria perda de tempo, afinal, ela não queria criar amizade com nenhum deles. Mas é claro que seus pensamentos foram mudando com o tempo – sim, aquele bom e velho clichê. Ela o achava irritado e antipático demais – o que não deixava de ser verdade – e isso também a irritava. Ela não queria se aproximar, receosa de que ele pensasse que ela era igual as outras garotas que se jogavam aos seus pés. Que em sua opinião, era um tremendo exagero delas ficarem assim. Mas foi inevitável não responder aos atos impulsivos do garoto. E uma magia maravilhosa – mais conhecida como tempo – fez com que sua opinião sobre ele mudasse totalmente.
Parece loucura, mas ela conseguia enxergar muito mais que um garoto problemático, e foi com esse pensamento que eles se aproximaram – porque se dependesse do albino eles nunca teriam se falado na vida. Não, ela nunca esteve tão próxima de um garoto em sua vida. Ela não imaginava que um dia sentiria aquelas borboletas na barriga, as batidas fortes de seu coração por causa de alguém, como aquelas patricinhas e sua escola falavam o tempo todo. Sim, foi exatamente isso que ela passou a sentir. Ela não entendia, mas passou a observar o quanto ele era bonito, e que talvez – só talvez – aquelas garotas não fossem tão exageradas. Como sua mente costumava ser super realista, ela ignorou qualquer coisa que estivesse sentindo. Eram só friozinhos na barriga, disparadas do coração a cada olhar e a cada sorriso, mãos suando, o desejo de ficar perto, as bochechas coradas involuntariamente...Tudo bem, vamos admitir, ela estava apaixonada, só não queria admitir.
E em instantes, parecia que todo aquele ar de garoto problemático, antipático e grosseiro havia sumido de sua mente como um pó de sumiço, que deu lugar a pétalas de flores azuis.



● As outras meninas:
◊ No começo ela buscou não se aproximar, ficar na sua, até porque sabemos que ela não tem uma experiência agradável com fazer amigos. Porém, seus pais acabam a convencendo de que se ela continuar assim, vai ficar sozinha o resto da vida. E se tem uma coisa que ela teme é ter que ficar sozinha. Ao contrário do que pensava, ela acabou se enturmando rápido, apesar de não falar tanto, sentiu como se tivesse ganhado irmãs. Eram pessoas com quem podia compartilhar seus pensamentos, e podia dar e receber conselhos, e isso a deixou muito feliz a ponto de não querer se separar delas a nenhum momento.

♣ Sakamakis >

♦ Shuu Sakamaki >



◊ Ela nunca simpatizou muito com o jeito sonolento, apático e monótono do rapaz – apesar de que as vezes ela acaba se identificando com ele. Mas era inevitável não se irritar com seu tom de voz tedioso e com a forma com que ele consegue dormir em qualquer lugar, o que quase a leva a arrastá-lo pra rua a fim de fazer algo produtivo. Segundo ela, Shuu é diferente dos típicos adolescentes que conheceu em sua escola – claro, não totalmente diferente. Ele é bonito, mas não é o tipo de playboy que sai nas festas pegando todas. Pelo menos, não que ela veja.
De fato, ela nunca iria saber que ele é o mais velho se alguém não a dissesse. Ainda segundo sua opinião, não dá para manter uma conversa duradoura com Shuu, e isso acaba a deixando sem graça.


♦ Reiji Sakamaki >



◊ De certa forma, ela continua considerando Reiji como o mais velho, apesar de saber que este é o loiro preguiçoso. Olhar pra ele a faz ter um tique nervoso. É claro que ela não gosta de desordem e irresponsabilidade, mas a forma de como ele é certinho e severo, a faz pensar que ele tem algum tipo de TOC. Mas ela prefere obedece-lo de forma educada e não responder a suas ordens, para evitar problemas. Porém, quando ela vê que isso infla o orgulho do garoto, ela prefere ignorá-lo por completo.

♦ Ayato Sakamaki >



◊ Ela não o considera alguém amigável. Pelo contrário. Em sua opinião, Ayato é egocêntrico, narcisista, possessivo, tarado e um turbilhão de coisas negativas que eu poderia fazer uma lista. Mas ela o suporta, também o acha engraçado quando está bravo, mas acima de tudo, estranho. Também acha agradável irritá-lo, isso sempre a faz rir, por mais que evite provoca-lo – nunca se sabe, não é mesmo?


♦ Laito Sakamaki >




◊ Totalmente diferente de com Ayato, Yume não o suporta de maneira alguma. Ela odeia sua personalidade ousada e pervertida, e por mais que tente, não consegue enxergar um lado bom no garoto. Ela simplesmente não se sente confortável perto dele, faz questão de sempre cortar o seu barato, só pra ter o gosto de ver seu sorriso idiota desaparecer. Ela não pensa, nem imagina, e nem espera ter um dia um relacionamento afetivo, ou razoável com ele, a não ser que ele mude.



♦ Kanato Sakamaki >



◊ Dos Sakamakis, ele é com quem Yume se dá melhor. O olhar do garoto lhe causa medo as vezes, mas é como se ele soubesse que ele não lhe fará mal de forma alguma, pelo modo como se falam. Ela o acha fofo. Gosta de fazer coisas para vê-lo sorrir, e em hipótese alguma ela chega perto de seu tão amado urso de pelúcia, ela tem muito respeito por Kanato, por isso, não gosta de ficar fazendo perguntas o tempo todo, por mais que esteja curiosa sobre o que o mesmo fala às vezes - é importante salientar que ela, as vezes, o acha tão estranho que pensa que ele deveria se consultar com um psicólogo.

♣ Mukamis:

♦ Ruki Mukami >



◊ Ela o respeita, de uma certa forma que não seja exagerada. Pra ela, ele se parece e ao mesmo tempo é totalmente diferente de Reiji, isso ajuda para que ela pense dele de uma forma mais natural, e não como um irmão mais velho severo e arrogante. É por isso que ela se sente muito mais confortável ao lado do Mukami mais velho, não que ela confie plenamente, mas ele lhe passa um ar de responsabilidade e ao mesmo tempo sem ser aquele clima pesado e desconfortável. Por vezes, ela fica pensando que se algum dia ficasse com alguém, gostaria que essa pessoa fosse como Ruki, pois ela o admira muito, mas quando ver o albino Sakamaki mais novo, parece rapidamente mudar de ideia.

♦ Kou Mukami >



◊ Sinceramente, ela não sabe o que pensar de Kou. Ela muda de opinião sobre ele muito rápido, pois quando está pensando sobre algo positivo em relação a ele, ela sente como se tudo que ele fizesse fosse algo superficial, mas ele não chega a ser insuportável. Em certos momentos, ela o acha agradável, pelo fato de ser engraçado, e não tem nada melhor do que ficar perto de uma pessoa de bom humor, mas por algum motivo ela só consegue rir quando ele fala, como se sentisse que não consegue ter uma conversa duradoura com ele, e prefere nem tentar se aproximar tanto. Mas ela gosta da personalidade do loiro, é como se ver quando ele fala lhe despertasse um tipo de alegria e animação.

♦ Yuma Mukami >



◊ Insuportável. É isso que ela pensa sobre Yuma. Com certeza, ela tem uma antipatia com ruivos, metidos e pervertidos. Em sua opinião, falar com o garoto é desnecessário, pois só vai estragar o seu dia, então ela prefere ficar fazendo vários nada a dirigir uma palavra a ele, simplesmente porque quando ela está feliz, prefere não olhar para ele, pra não ter que encarar uma carranca enorme.

♦ Azusa Mukami >



◊ Ela o considera mais do que deveria. Diferente dos outros, ela se sente completamente - eu disse completamente - à vontade ao lado dele, gosta de passar a mesma sensação, para que ele sinta que tem uma verdadeira amiga ao seu lado. Apesar do jeito quieto do garoto, ela não deixa de compartilhar as piadas e comentários que ela própria considera sem graça. Azusa é a pessoa que ela sempre quis ter como amigo, sua personalidade não a assusta, e apesar de ambos serem muito diferentes, Yume tenta conversar com ele normalmente a fim de criar uma conversa agradável. Ela o vê como um verdadeiro irmão, independente do que ele pensa sobre ela.



♣ Melhores amigos:

♣ Noiva do Sakamaki Shuu -> Autora ♣


♣ Reação ao:

↪ Ser aceita no cargo:

♠ Primeiramente, ela não acreditaria. Mas quando finalmente caísse a ficha, ela ficará desesperada por não saber o que fazer, e pensará muito se deve desistir ou não de ocupar o cargo, afinal, ela se inscreveu crente de que nem em um milhão de anos seria aceita, por isso ficará extremamente nervosa, chegando a pedir ajuda aos pais. Essa seria uma experiência nova para ela, e bem melhor do que sua vida monótona e entendiante, por isso, buscou se animar e aceitar o emprego.

↪ Se apaixonar pelo par:

♠ Ao notar esse sentimento, Yume ficará espantada e - incialmente - sem saber o que fazer, pois sente seu coração acelerar cada vez mais e as bochechas ficarem cada vez mais coradas quando ele lhe dirige palavra, e ela sentirá muito medo de que ele perceba e ache totalmente ridículo, por isso, procura evitar agir como uma boba e escondendo seus sentimentos o máximo que pode, até não aguentar mais. Como ela nunca experimentou um sentimento tão intenso como sentiu por Subaru, por vezes, ela ficará se achando igual a todas as outras garotas, uma qualquer, algo que odeia. Tentará observar outros garotos ( Porque em sua cabeça, ela poderia esquece-lo facilmente), mas era como se só existisse ele no mundo inteiro. E em um processo lento, como a areia caindo em uma ampulheta, ela se conformará de que ela ama o albino mais que tudo.

↪ Ser assediada por um estranho ou até mesmo pelo par:

♠ São pessoas diferentes, situações iguais, e reações diferentes. Com um estranho ela ficaria como " Oi?É comigo?" E buscaria ignorar a pessoa por completo, ou despachá-la de uma forma educada e com um sorriso no rosto como se não se importasse com nada do que ele estava falando, mas se ele simplesmente não desistisse, ela teria que ser grossa de qualquer jeito. Com o par, Yume faria uma espécie de cosplay de pimenta, daquelas bem vermelhas, e faria algo como "Ora, seu...Não fique falando(ou fazendo) essas coisas.", claro, gaguejando, e fingiria estar brava com ele.

↪Ser beijada pelo par:

♠ A começar pelo seu coração que baterá a mil por segundo, e uma felicidade imensa que não caberá dentro de seu peito, com certeza o beijo será correspondido, sem nem ela pensar direito, e sem ela saber o que fazer exatamente. E mesmo morrendo de vergonha, ela buscará nos olhos do garoto se realmente existiram sentimentos nesse ato.

↪Se declarar ao par:

♠ Respiração ofegante, olhos determinados, e estará segurando as mãos dele firmemente, certa de que ele é a pessoa que ela quer passar o resto de sua vida, ela sentirá que nada no mundo pode impedi-la, cantarolando uma musica em sua cabeça, e olhando diretamente para ele, pois quer ver cada feição do albino. Sem tirar a vontade enorme de chorar que estará sentindo, sem um motivo que ela possa explicar.


⭐Membros da família:

● Mãe

↪Nome:

● Elizabeth Aya

↪Idade:

● 34 anos

↪Aparência:



◊ Uma mulher de cabelos castanhos que vão até a metade de suas costas, algumas feições que demonstram cansaço e seus brilhantes olhos negros como pedras de ônix. Seu corpo é totalmente proporcional e admirável por Yume, uma mulher de sua idade parecer como uma atriz famosa.

◊ Relação >

● Elas são melhores amigas, Yume a ama imensamente, Elizabeth é o tipo de mãe conselheira, e que sempre pensa na felicidade da garota, e a deixa curtir a vida na medida certa, o fato dela agir como uma adolescente, faz com que Yume possa se abrir muito mais com sua mãe, e contar verdadeiramente o que sente. Elas fazem muita coisa juntas, coisas de mulheres, passear, fazer as unhas, cozinhar e assistir.

♦ Pai :

↪Nome:

● Haru Tsuki

↪Idade:

● 37 anos

↪Aparência:



◊ Relação >

● Haru é o tipo de pai super protetor e ciumento, diferente de Elizabeth ele não gosta de deixar a filha sair sozinha e nem curtir a adolescência, prefere que ela se mate de estudar, e não quer nem ouvir a garota falando de namorar. Apesar disso, eles são muito próximos, ele é muito atencioso e carinhoso com a filha, e pra ele, ela sempre será sua princesinha, desde que ela nasceu, e isso acaba irritando Yume na maioria das vezes, mas ela não consegue se imaginar sem o seu pai, por isso prefere não discutir, afinal, ela gosta de ser mimada as vezes.



⭐Roupas:

↪Casual:

● Inverno





● Verão





ᴥ Pijama :

● Inverno



● Verão



◊ Roupa íntima :




↪Roupa de banho :



♣ Encontro :

● Inverno



● Verão




♦ Passeio :

● Verão




● Inverno




↪Festa :

● Inverno




● Verão




♠ Yukata :



♦ Irá comentar?:

◊ Sim, pode contar comigo!

♦ Aceitara tudo o que fizer com sua personagem?:

◊ Sim, deixo-a em suas mãos, cuide bem da Yume.

♦ Alguma dúvida?:

◊ Não, por enquanto não.

♦ Quer hentai? Se sim explícito ou não:

◊ Sim. Explícito, porque assim tem mais emoção ^^

♦ Algo a mais?:

◊ Sim.

ᴥ Yume tem grande habilidade em falar inglês.




> Bônus <

♣ Edit By Yume ♣




Escutando: Very Very Very - I.O.I
Lendo: Como ir ao show do BTS com 2 reais.Pt.2
Assistindo: Como deixar de ser trouxa.
Jogando: Amor doce ( sendo trouxa)
Comendo: O diploma de trouxa
Bebendo: As lágrimas das inimigas

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...