~ScandalAngel

ScandalAngel
Nome: Nonsense
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha para AMDGMAAF


Postado






Nome completo:
Alison Bonibelle Torin.
Conhecida como: Ali ou Bonnie, Bonny e Belle.


Idade:
Dezenove anos.

Signo:
31 de Março de 1997 - Áries.

Aparência:
Dona de longos e lisos cabelos ruivos, olhos azuis brilhantes e pele alva, ou seja, uma "típica" e "clichê" ruiva da Escócia. Alison tem o cabelo em um tom de ruivo bem alaranjado e chamativo, seus olhos são de um azul cristalino que junto da sobrancelha bem feita e cílios volumoso se tornam supreendentemente intimidantes. Sua pele alva e com algumas sardas pálidas entram em contraste com seus lábios finos e rosados naturalmente; possui dentes brancos e alinhados. Ela é alta com 1,75 de altura e pesa 55 quilogramas (kg), ou seja, seu peso ideal; seu corpo não possui muitas curvas sendo tudo "médio" nada muito pequeno ou assustadoramente grande. Por ter participado de clubes de natação e de luta até seu dezesseis anos ela é uma garota bem forte.







Personalidade:
Alison é inacreditavelmente autoconfiante e carismática e estas qualidades atraem os outros como um ímã, como se ela fosse o centro de tudo; adora desafios, grandes e pequenos, principalmente, os que envolvem lógica e análise já que é uma excelente estrategista e não tem muitas dificuldades em criar planos elaboradas e que são executados com determinação e precisão.
Estes traços de personalidade faz com seu carisma e autoconfiança possam brilhar verdadeiramente em qualquer que Alison chegue; ela também tende a ser dominadora e persuasiva adorando discutir sobre diversos temas.
Belle é muito enérgica e essencialmente sociável gostando de interagir com pessoas que respeitam e apoiam as decisões de todos e não exclusivamente às dela, já que a mesma não se importa em reconhecer os talentos dos outros e isso é importante para ela já que sua autoconfiança pode ser vista como arrogância em diversos casos.
Porém, ela não suporta pessoas preguiçosas e ineficientes por causa da preguiça e se elas falharem Alison não pensaria duas vezes antes de ser extremamente maldosa com tal pessoa já que se torna uma pessoa fria e implacável.
Ironicamente, Bonnie gosta de ter o apoio de outras pessoas a fim de ser verdadeiramente eficiente até porque é uma grande líder, mas sua autoconfiança depende da resposta que recebe a partir das pessoas que estão ao seu redor. Alison está sempre tentando ver os sentimentos dos outros já que ela pode não entender, ou ter dificuldades de entender, os sentimentos por ser uma pessoa mais lógica e racional do que sentimental e muitas vezes se sente um pouco impotente em situações que envolvem fortes sentimentos.
Facilmente vê possibilidades em todas as coisas e fica feliz em dirigir os outros na direção da realização das suas visões, é uma pensadora engenhosa e ótima para planejar coisas a longo ou curto prazo e por ser lógica e analítica é boa em qualquer coisa que requer raciocínio e inteligência; tanto que busca sempre incrementar sua base de conhecimento conversando com pessoas ou lendo coisas na internet ou em livros e buscando desafios cada vez mais complexos. Esforça-se para aperfeiçoar suas coisas em vez de simplesmente aceitá-las como são e nunca se sente desencorajada a buscar o domínio sobre qualquer coisa que acha intrigante; valoriza a verdade acima de tudo e é convencida apenas pelo raciocínio lógico.
Uma líder natural com um estilo sincero e franco, tende a assumir o comando de qualquer situação na qual se encontra, é uma boa organizadora e de uma maneira excessiva e compulsiva e é aí que entra seu "TOC" (não é bem um TOC ela só tem que organizar tudo dessa maneira) : ela organiza tudo por cores e tamanho.
Devido ao seu desejo de progredir para o próximo desafio ou em direcção ao seu objetivo maior, Bonnie algumas vezes toma decisões muito precipitadamente e muitas vezes tenta diminuir seu ritmo porque sabe que os outros podem não conseguir acompanhá-la e também pelo motivo que pode deixar alguns erros passarem e ela não suporta erros. E tende a ter uma vontade de fazer todos os outros seguirem suas regras para que sempre tenham um êxito máximo.
Por adotar uma abordagem lógica da vida, ela pode ser dura, franca, impaciente e insensível para com as necessidades e sentimentos dos outros quando não vê a lógica daqueles sentimentos. Belle pode ser argumentativa e difícil de abordar e pode não levar na brincadeira algumas críticas que as pessoas fazem sobre ela. Ela pondera muitas coisas antes de criticar alguma pessoa, ela ouve as sugestões de todos e pesquisa a fundo sobre qualquer coisa. Bonibelle realmente precisa se segurar antes de sair falando qualquer coisa e dando ordens porque ela passa uma imagem de dominação quando coloca as mãos em qualquer tipo de trabalho coletivo.
Ela se sente mais atraída para fazer amizades com pessoas que já respeitam opiniões de todos e sempre vão ficar junto com ela nos piores ou melhores momentos, e ela tem dificuldades de confiar nas pessoas, principalmente, após a briga com sua ex-namorada.

- Essa era sua personalidade antes da depressão, agora vou resumir um pouco de como ela é com a depressão e o transtorno de personalidade Borderline -

De uma menina alegre e com uma liderança nata, para uma pessoa sem confiança e que não sabe como agir ao redor das pessoas. Bom, alguns traços marcantes de sua "antiga" personalidade ainda está nela como, por exemplo: seu desejo por conhecimento e organização. Mas, isso é nada comparado com a antiga Alison. Agora ela vive trancada em um quarto sai com muito esforço para ir para a escola ou ir na rua comprar alguma coisa, sempre anda de cabeça baixa e ao invés de sair soltando sua opinião ela fica quieta e espera alguém pedir, isto é se alguém pedir.
Não possui vontade de se arrumar como antigamente e usar roupas bonitas, o máximo que usa é uma calça jeans e blusas de seu irmão; tem um humor bem ácido e irônico, principalmente se alguém faz perguntas óbvias para ela. Quando está começando a gostar de alguém ela começa sentir um ciúmes doentio e vai afastando a pessoa do seu círculo de amizade e começa a manipular a pessoa para ser só dela e de mais ninguém, e se a pessoa a irritar, ela parte para a agressividade e logo depois pede desculpas e volta a repetir o mesmo erro.


História:
Nasceu em uma família muito reservada, antiquada, machista e homofóbica. Seus pais e seus irmãos (tem três irmãos, dois eram como deus pais e um era como ela só que fingia ser outra pessoa) sempre repudiaram à tudo, e ela sempre se sentiu a ovelha negra da família sabe aquela pessoa deslocada que sente que seu lugar não é aquele e então todos os dias força um sorriso, uma máscara ou ser alguém que não é?

É assim que Bonnie sempre viveu em sua família, desde pequena uma garota extremamente extrovertida e cheia de pessoas ao seu redor, mas sempre tinha pouquíssimos amigos verdadeiros e que levaria para o resto de sua vida. Na escola sempre foi elogiada como a aluna mais aplicada e a que sairia daquela pequena e esquecida cidade da Escócia, e isso era desde seus nove anos.
Mas, algo mudou dentro dela. Alison não sabe quando foi ou quando começou, porém quando passou a ter maior percepção do espaço ao seu redor sabia que aquela família não era para ela. No início começou a questionar seu pai e seus irmãos sobre o porquê deles julgarem transexuais, homossexuais, entre outros. Depois passou a questionar o porque de sua mãe gritar todas as noites de dor, ele não eram a família perfeita? Ela só queria saber e seu pai só respondia "não é da sua conta garota, volta a estudar é a única coisa que você faz bem". Então por mais um tempo, ela parou de questionar seu pai e seus dois irmãos mais velhos, entretanto a dúvida sempre volta. Aos seus dezesseis anos Alison se apaixonou, poderia ser um ato bonito, poderia ser uma maneira dela alavancar sua vida; isso seria se ela não tivesse se apaixonado por uma garota, especificamente, sua melhor amiga.
Bonnie, simplesmente, não entendia muito bem à vontade de ficar com sua amiga vinte e quatro horas por dia, recebendo abraços e beijos quase sempre na boca; ela estava perdida no amor e a cada toque seu coração acelerava de uma maneira que Alison pensava que as pessoas ao seu redor conseguiam ouvir os batimentos do coração dela. A relação das duas estava cada vez com uma tensão maior de uma maneira que nenhuma conseguia se separar da outra por muito tempo, até que um dia elas se beijaram e assumiram seus verdadeiros sentimentos. O relacionamento delas era uma maravilha, mas um dia o pai de Alison viu as duas se beijando na frente da casa deles e aquilo foi o fim do mundo para ambas; Ivan, pai de Ali, pegou sua filha pelo braço e a arrastou para dentro da casa e Lauren, a namorada de Alison, foi atrás dos dois, entretanto acabou levando um tapa do pai de sua namorada e uma porta trancada. Porém, Lauren não saiu de frente da porta, isto é até quando ouviu gritos e acabou saindo do local chorando. Do lado de dentro Ivan batia de forma incontrolável na filha citando trechos da bíblia e falando o quanto Bonibelle era um monstro e que ninguém nunca iria amá-la e que ela só era uma cópia de sua mãe.
Seu pai parou de bater nela quando a mesma acabou desmaiando de tanta dor, o homem a deixou no chão do quarto dela e foi para a cozinha preparar um jantar para contar que a expulsaria de casa para o resto da família. Na mesma noite Alison já estava na rua, procurou a casa de sua namorada e propôs para a mesma que as duas fugissem.
- Dando uma pausa na história de Alison, você sabe que muitas vezes alguns comportamentos podem ser "destravados" ou "travados" depois de algum trauma ou alguma coisa que te levou a ter uma emoção extrema, certo? Por causa de algo que vai acontecer a seguir, Alison "destravou" o transtorno de personalidade borderline que a fez ficar depressiva e paranóica, ou seja, uma outra Alison. -
Sua namorada (ou ex-namorada) falou que fugir seria uma loucura e que ela não faria isso e que na realidade nunca teve nenhum sentimento pela menina ruiva. Com essas "simples" palavras um sentimento desencadeou dentro de Bonny, ela só sentiu vontade de matar uma pessoa e a Lauren era a única que estava na sua frente e um único pensamento passou em sua cabeça: "se não pode ser minha não será de ninguém"; Bonnie então bateu na menina e não parou, mas em algum momento viu sangue em suas mãos e parou voltando totalmente a sua pessoa e fugindo com medo.
Alison acabou parando na rodoviária, onde um de seus irmãos voltava de viagem de uma palestra médica que ele foi. A menina contou toda a história e seu irmão, Henry, pediu para que ela o esperasse na rodoviária já que o mesmo ia na casa deles buscar algumas roupas e levar a irmã para um outro lugar; Henry voltou e eles pegaram um ônibus para a capital da Escócia, Edimburgo. Eles moraram lá por dois anos sem nenhum problema, mas Bonnie não era uma garota alegre como antigamente, ela estava triste e raramente sentia vontade de sair de casa e ir para a escola. Então aos seus quase dezenove anos começou a namorar um garoto que sempre tentou de tudo para conseguir ela, ele a deixava feliz e tentava tirar a mesma de sua depressão. Então no seu aniversário de dezenove anos seu namorado e seu irmão organizaram uma festa surpresa, porém algo deu errado, muito errado. O namorado de Alison, Calvin, tinha uma irmã e a levou para festa a mesma deveria ter uns quinze anos e ficou grudada no irmão a festa inteira, mas Alison não demonstrou ciúmes ou qualquer outra coisa o que deixou seu irmão feliz por um tempo. Mais duas semanas se passaram e Bonnie voltou a ver a irmã do namorado sem saber quem ela era, e uma paranoia começou a surgir, ela acreditava que Calvin estava trocando ela por alguma outra pessoa, e a mesma história se repetiu no início ela só parecia está um pouco mais agressiva, porém depois ficou possessiva e manipuladora e então começou a bater no namorado e logo depois pedia desculpas, o menino aguentou por algum tempo até que contou tudo para Henry que brigou com a irmã. E mais uma vez Alison se isolou de todos, sem aguentar todo o sofrimento ou o apoio de uma mãe a menina um dia pegou diversos remédios que ela já utilizava por causa da depressão e tomou todos de uma vez, seu irmão a encontrou e a levou para o hospital, ele não foi nem rápido e nem lento, sua irmã não viveu ou morreu, ela entrou em coma.


Problema psíquico:
Transtorno de personalidade Borderline e depressão (que foi gerada pelo transtorno Borderline).

Medos/Traumas:

→ Tem medo de ser estuprada;
→ Medo do seu pai;
→ Medo que descubram que ela é a culpada de matar a ex-namorada;
→ Medo de machucar de novo a pessoa que ela ama;
→ Trauma de patos;
→ Trauma de esquilos.



Como age com:
- Amigos?

Ela tenta ao máximo ajudá-los em qualquer dúvidas que eles pareçam ter em relação a algo. Está sempre de bom humor ao redor deles e contando piadas sem graça do tipo: você sabe o que é uma idosa sem relógio? Uma sem hora (senhora). Mas seu humor também pode ficar ácido e maldoso de um momento para o outro.

- Inimigos?
Ela tenta ao máximo não se encontrar com eles, porque sabe que irá perder a calma e acabará batendo e xingando alguém ou alguma coisa.

- O par?
Tentará ser compreensiva ao máximo com a pessoa, e sempre dará tudo de si para deixar o outro feliz; ela praticamente vai idolatrar o seu par. Mas ela também irá querer essa mesma devoção em troca.

- Aurora?
Recentemente, Alison não é uma pessoa muito comunicativa, então Aurora e Bonnie muitas vezes só ficam se encarando ou perto (sem se encostar) uma da outra. Cada uma sabe respeitar o espaço da outra.


Curiosidades:

➝ Alison usa as roupas do irmão porque se sente protegida;
➝ Ela só usa perfume masculino;
➝ Tem um gato da raça Caracal e o nome dele é Rose, sim o nome é feminino porque ela pensava que era uma fêmea e depois o vendedor avisou que era um macho;
➝ Ela já deixou o cabelo meio loiro, mas se arrependeu logo depois de fazer isso;
➝ Ela não encontrou uma definição para sua opção sexual. Já que ela só sentiu atração por um único garoto e uma única menina e ambos foram seus ex-namorados;
➝ Bonibelle, seu segundo nome, foram seus irmãos que deram à ela;
➝ Tem um quepe de policial por causa de um acontecimento em sua vida bem sério;
➝ Ela quer ser bióloga, trabalhar na polícia ou no corpo de bombeiros. Mas seu verdadeiro sonho é se especializar em direito marítimo;
➝ Henry, seu irmão que cuida dela, é homossexual e sempre escondeu isso da família. Ele é um psiquiatra e tentou ajudar a irmã a sair da depressão e controlar seu transtorno;
➝ Eles não tiveram muitas dificuldades em colocar Alison em uma nova escola, já que Henry era maior de idade e tinha uma condição financeira boa e as notas de Bonnie eram sempre máximas e sua prova teste para entrar na escola ela até corrigiu um enunciado de uma questão.



Nacionalidade:
Escocesa.

Segredos:

⇀ A ex-namorada de Bonnie morreu por causa dos socos que recebeu. Alison treinava diversos tipos de luta e por isso ela era extremamente forte e na hora de sua explosão agressiva, bom, não tinha nada e nem ninguém para controla-la. Porém, os noticiários falaram que a morte de Lauren foi por causa de um ex-namorado que era traficante;
⇀ Bonibelle, momentaneamente (na época ela tinha quinze anos), trabalhou como garçonete em uma lanchonete e alguns homens pensavam a mão em seus seios ou em sua bunda. O caso mais extremo foi quando um cliente tentou abusar dela, pegando-a desprevenida no final do expediente e quando a mesma estava colocando o lixo para fora perto de um beco. O homem quase conseguiu estupra-la, porém um policial que estava de folga ouviu um barulho estranho e chegou a tempo de salvar Bonnie. Alison guarda até hoje o quepe do policial porque ele deu de presente para ela. Nem Henry ou qualquer pessoa da sua família sabe sobre isso;
⇀ Ela ainda é virgem;
⇀ Sofre de auto-mutilação e está sempre enfiando coisas pontudas (tipo um compasso) em suas coxas.



Gosta/ Não Gosta:
Gosta:

⇢ Pastilhas de hortelã;
⇢ "Cheiro de chuva";
⇢ Ouvir a opinião de todos;
⇢ Coisas organizadas por cores;
⇢ Comida pronta/enlatada/fast-food;
⇢ Comida chinesa;
⇢ A cultura japonesa;
⇢ Frutas e florestas;
⇢ Música indie, folk e rock alternativo.

Não Gosta:
⇢ Comida saudável (tirando frutas);
⇢ Preconceito;
⇢ Ser desrespeitada;
⇢ Desorganizem ou que peguem suas coisas sem pedirem;
⇢ Milk-shake de flocos;
⇢ Livros sem conteúdo;
⇢ Ver pessoas sendo maltratadas e não poder fazer nada para ajudar;
⇢ Se sentir inútil ou ineficaz;
⇢ Passar muito tempo sem comer algum doce.


Defeitos/Qualidades:
Qualidades:

⇝ Grande autoconfiança;
⇝ Pensadora estratégica;
⇝ Enérgica;
⇝ Carismática e inspiradora;
⇝ Muito eficiente;
⇝ Determinada.

Defeitos:
⇝ Teimosa e dominadora;
⇝ Arrogante (por causa de sua auto-confiança);
⇝ Pode ser fria e implacável;
⇝ Tem problemas para lidar com emoções;
⇝ Impaciente;
⇝ Fala demais, às vezes até pelos cotovelos;


Algo a mais?
O gato da Bonnie. O nome dele é Rose e ele tem um ano; extremamente protetor com a mesma nunca gostou de Calvin e vivia arranhando o mesmo.




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...