~TheRabbit

TheRabbit
TheRabbit
Nome: Frank The Rabbit
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 26 de Julho
Idade: 17
Cadastro:

DECODE


Postado

DECODE

"You can't decode my power."

https://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-originais-decode-interativa-5543807

Ficha para humano normal

➣Nome:

Nathaniel White

➣Apelido:

Nathan; Nat

➣Idade:

28 anos.

➣ Aparência:





1,60 m, de porte físico mediano, nem muito atlético nem muito magro. Cabelos claros e ondulados, olhos azuis, pele branca e olhar meio cansado. Seu rosto é redondo, não chega a ser um galã ou algo do tipo, mas também não fica tão atrás assim. Comumente se veste usando roupas mais despojadas que os outros membros da DECODE(ainda que haja um padrão lá dentro, obviamente).

➣Artista que o representa:

Erik Knudsen.

➣ Sexualidade:

Homossexual

➣ Personalidade:

Extrovertido e sociável, Nathan gosta bastante de conversar sobre os mais variados assuntos: notícias do momento, ciências, acontecimentos históricos. Não dispensa um bom debate quando vê a oportunidade.
Bastante empático, Nathan sempre se põe no lugar do outro, muitas vezes agindo com hesitação ao realizar determinada ordem, sente também pena dos humanos geneticamente modificados, muitas vezes tenta esconder sua expressão de tristeza quando percebe que vai ser obrigado a realizar algo que os machuque, tenta os tratar da forma mais humana possível, os chamando pelo nome ou tentando dialogar com eles para acalma-los, o que não é bem visto pelos outros funcionários e médicos.
Nathan sempre tenta ser o mais simpático possível com os pacientes desde que era médico interno no hospital, sempre agindo com paciência e delicadeza, em amor ao trabalho. Por vezes era repreendido pelos superiores devido a esse seu vínculo emocional com os pacientes, talvez seja esse seu maior defeito.
É bastante eficaz no que faz, obedecendo à maioria das ordens impostas a ele, seu namorado muitas vezes briga com ele por ser tão subordinado. Diversas vezes Nathan se vê num impasse: realizar uma tarefa muito cruel e antiética ou se deixar levar pela humanidade e empatia? É comum ele refletir sobre isso... ás vezes pensa em deixar a DECODE. Quem sabe ele não tenha informações suficientes para acabar com a instituição?

➣ História:

Nasceu e mora em Pasadena, ao lado de Los Angeles. Desde criança, sonhou em ser médico, teve uma boa vida, uma boa infância, uma adolescência um pouco conturbada, talvez, por alguns usos de maconha e álcool, além do fato de ser gay, mas conseguiu superar. Ao terminar o Ensino Médio, dois acontecimentos mudaram sua vida: a morte de sua mãe e em sequência, o alcoolismo de seu pai.
Isso foi um golpe tremendo, mas lhe deu forças para seguir na faculdade. Enquanto realizava o curso de medicina, teve que conciliar três coisas importantes em sua vida no momento: o curso de Medicina; o alcoolismo de seu pai; um trabalho como lavador de pratos em um restaurante, o que era o sustento de sua casa; e o Alzheimer de sua avó.
Em seu curso, encontrou Francis Wilson, ou Frank, um jovem que sonhava em se tornar Neurologista, ambos se aproximaram durante o curso, e Frank o ajudou a ultrapassar os desafios. Nathan conseguiu se sentir mais relaxado no emprego, Francis o ajudou a estudar e lhe deu apoio emocional e psicológico para tentar tirar seu pai do vício e ajudar sua avó. Em algum tempo, os dois começaram a namorar, durante suas residências, ambos ficaram no mesmo hospital, Francis se formou na sua sonhada Neurologia e Nathan em Anestesiologia, faziam cirurgias juntos na maioria dos casos, o que era uma boa sinergia.
Devido à competência e obediência de Nathan, logo ele foi chamado para o projeto DECODE, o salário era maior, ele precisava do dinheiro para pagar o tratamento caríssimo de sua avó, além de ser garantido uma experiência médica nunca antes testemunhada. Aceitou, obviamente.

➣ O que faz na DECODE?:

Médico, mais precisamente Anestesiologista(cuida da anestesia durante e após as cirurgias, ou seja: mesmo depois das cirurgias ainda tem certo contato com os pacientes para checagem, além de exames que precisam de tal). Apesar de ser especializado em Anestesiologia, tem o conhecimento de medicina generalista, como qualquer médico.

➣ Família:

Pai - Hugh White. 55 anos. Desempregado.

Hugh e Nathan moram juntos, Hugh se tornou álcoolatra após a morte da mulher, perdendo o emprego e se afundando ainda mais na bebida. Nathan e Frank tentam tirá-lo do vício, mas às vezes ainda tem algumas recaídas e volta a beber.
Ele aceita bem o namoro de Nathan e Frank, apesar de falar algumas besteiras enquanto alcoolizado.
Hugh não sabe que Nathan trabalha no DECODE, Nathan diz pra ele que trabalha no hospital de Los Angeles, com maior estrutura que o local.

Mãe - Joanna White. Falecida aos 42 anos. Engenheira Civil.

Joanna era uma mulher forte e enérgica, sempre apoiando Nathan em tudo, após um diagnóstico tardio de câncer, sua energia se esvaiu rapidamente, em meses havia falecido, já que por ter perdido o emprego devido ao câncer não conseguiu manter o tratamento.

Avó - Maryann Jones. 82 anos.

Nathan era muito apegado a Maryann, sempre a visitava e era sua parente predileta. Com 72 anos chegaram os primeiros sinais de Alzheimer, seguido da morte de sua filha, Joanna. O tratamento para Alzheimer existe em 2180, mas é extremamte caro, sua única filha havia falecido e seu neto não tinha um bom emprego. Nathan ainda junta dinheiro para o tratamento. Maryann ás vezes esquece o nome do neto e ainda acha que ele está no Ensino Médio. Ela acha que Frank é seu amigo da escola.

Namorado - Francis Wilson. 28 anos.


(Luke Mitchell)

Os dois se dão muito bem, sempre se ajudando, quem vê de longe acha que são apenas amigos, já que ambos são um pouco introvertidos quando se trata de relacionamento, apesar de serem muito apegados.
Nathan não diz realmente o que faz no DECODE, apenas que são testes experimentais e algo do tipo, mas Frank desconfia de que tem algo mais acontecendo.

➣ Vai querer par?

Não.

➣ E cenas hot?

Tanto faz.

➣ Concorda com todas as regras?

Sim!

➣ Algo mais? --


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...