Carta a vida


Postado

Carta a vida, as minhas dores e a todo mundo que sofreu por mim. Não aqueles que eu quiz que sofressem, mas aqueles dos quais eu nunca quis, desses quais eu mais fiz sofrer

Será que essa vida estranha e sempre suja de lágrimas e coisas que apertam a boca do meu estômago vai ser boa comigo um dia?
Será que eu vou acordar meus dias com a vontade de continuar e com um olhar sereno de quem está fazendo, consegue fazer mas acima de tudo quer fazer?
Eu realmente não sei responder a essas perguntas, eu realmente não sei responder as minhas perguntas pois elas são as mais importantes para mim pois sem as respostas delas eu não sou capaz de responder a nenhuma outra de nenhuma outra coisa de nenhuma outra pessoa.
Talvez eu tenha que procurar as respostas para elas primeiro, do meu jeito no meu tempo com as minhas regras e condições talvez apesar de nem certas nem erradas elas me façam sofrer mas talvez sejam necessárias o que as torne certas um dia bonito quem sabe, ao olhar o por do sol e saber que eu tentei, por becos e ruas sem saída, por precipícios e cordas bambas, por dores nas costas de outros e suspiros de desilusão achar o meu caminho, pois infelizmente posso assim dizer, ele era feito de todas essas coisas pontiagudas e ruins e apesar de causar dor nas pessoas a minha volta não teve dor maior do que em mim.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...