~YASMINHYUN

YASMINHYUN
Nome: Yasmin
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 25 de Fevereiro
Idade: 16
Cadastro:

Do outro lado do oceano.


Postado

Do outro lado do oceano.


Houve um tempo que eu não sabia o que era amar;
Eu não sabia o que era amar alguém que nunca vi;
Que não sabia como era não estar perto e não poder tocar;
Mas agora amo alguém que apenas sonhei.
Fui pega em uma brisa;
Me entreguei ao oceano que nos separa;
Enquanto me afogo deixe-me vê-lo sorrir;
Enquanto voo segure minha mão;
Enquanto respiro deixe-me lhe seguir;
Apenas irei deixar esse sentimento me consumir;
Me atirei neste abismo sem pensar se iria me machucar;
Fui atingida por uma explosão em meu peito;
Abri meu coração e dei espaço para você se pudesse entrar;
Achou um espaço e ali se estalou, modicando aos poucos quem eu sou.
Sua voz, seu sorriso, seu rosto me iluminam;
Quando sinto que eu vou cair, me seguro em seu amor;
Quando sinto que vou chorar, então consigo te abraçar;
As pessoas falam que é tolice te amar, mas meu coração se nega a acreditar;
Eu já me machuquei, já chorei por alguém que se foi;
Mas você me fez ver que existe uma luz;
Cada lágrima que derramei virou um sorriso ao encontrar você;
O amanhã sempre vai melhorar, somente agora eu consigo ver;
Eu quero acreditar que esse sentimento é bom, apesar de machucar;
Sinto-me como uma criança que sonha acordada;
Entretanto existe um oceano entre nós;
Só não me importo, pois aprendi a ama-lo;
A te aceitar assim, com suas falhas, pelas quais já derramei lágrimas;
Mas só preciso vê-lo sorrir e sei que tudo estará bem;
Só preciso ouvi-lo cantar e tudo irá se colorir;
Só precisa dar tudo de si e eu estarei aqui;
Só precisa ser você mesmo e me fará sorrir.
Eu era indecisa, não tinha confiança;
Então chegou você e aquele meu eu virou uma lembrança;
Em minha mente não haviam certezas, apenas perguntas;
Mas agora sei:
Que mesma lua que eu tanto amo, é a mesma lua que você vê;
Que o mesmo sol que ilumina o teu dia é o mesmo que ilumina o meu;
Que o amor que eu sinto, mesmo sem saber, é que te faz sorrir;
Que o mesmo vento que bate em meu rosto é o que um dia passou por ti;
Que a mesma mão que planejou minha vida te fez existir.
Então já não estamos mais distantes,
E já não dói tanto não poder vê-lo;
Eu apenas sonho que um dia você vai saber que eu existo;
E que ama-lo não é ilusão;
Mesmo do outro lado do mundo eu ainda te amo;
Mesmo do outro lado do oceano as vezes calmo e revolto.


Yasmin Trindade.

Escutando: Wanderer's Lullaby - Adriana Figueroa

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...