~Huna_Aishi

Huna_Aishi
Yandere?
Nome: Fool of Hearts
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Brasilia, Distrito Federal, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Peculiar


Postado

☽ ☾ Nome e Sobrenome: Hünä Alam

☽ ☾ Idade, Signo e Aniversário: 15 anos (ela passou quatro anos em uma fenda temporal, então tecnicamente tem 19) , 17/04, Áries

☽ ☾ Alcunha: Haya (vida em árabe)

☽ ☾ Nacionalidade: Árabe

☽ ☾ Personalidade: Hünä tem uma personalidade forte demais para suas origens árabes. Ela sempre foi muito certa de suas decisões e fazia o possível para mostrar-se superior, não só aos homens que viam as mulheres como uma posse, mas superior à todos. Em geral é terrivelmente pessimista, embora se defina como "realista". Em geral, ela vai procurar irritar à quase todos, mas ela tem seus momentos de bondade. Ela não se importa de fazer uma pessoa chorar ou se machucar, ela tem uma escala de prioridades na qual desconhecidos completos não são inclusos. Ela se bota em primeiro lugar e logo em seguida vem seus amigos mais próximos e por fim os outros que ela conhece. Mas ela sabe fingir ser uma garota doce e inocente se quiser, afinal peculiares têm de saber se disfarçar.

☽ ☾ Aparência: (desculpa não achei gif)
-Descrição: Por conta de sua peculiaridade e pela cultura na qual foi criada, Hünä sempre cobre sua face com um hijab ou litham (véu islãmico que oculta a face e que ela usa para cobrir sua boca).
Seus olhos são de um verde intenso que ela destaca pelo uso de uma leve maquiagem. Sua pele é clara pela falta de sol, mas não chega a ser pálida. Seu hijab cai de seus ombros e vai até a cintura como um xale. Tem estatura mediana e um corpo magro mas não esquelético.



☽ ☾ História: Hünä nasceu em Riyad na Arábia, em uma família muçulmana. Sua peculiaridade levou alguns anos até se manisfestar, mas sua personalidade era clara em seus primeiros anos de vida.
Ela queria lutar, queria ajudar seu país... Mas para os homens de lá ela era apenas um objeto. Um objeto que ainda não possuía valor, mas que com o tempo seria valioso, para eles ela era um investimento.
Seu pai era um homem respeitado religiosa e politicamente, embora as duas coisas nem sempre se deem bem e sua mãe não era nada. E todos queriam que ela fosse um nada como a mãe... Exceto uma pessoa, um homem que chegou na sua casa em busca de seu pai, mas cujos olhos se desviaram diretamente para ela. O homem era um estrangeiro, vindo das terras além do mar, mas além disso, era um peculiar. Apesar de não ser algo comum para ele, ele em seus 18 anos estava completamente vidrado pela garota de 13, não só por sua beleza oculta, mas também pelo detalhe que ele notou com seu poder: A garota era peculiar.
Ele nunca entendeu o que o levou à aquilo, mas logo começou a negociar a garota com o pai da mesma. Claro que ele odiava a idéia de negociar uma pessoa, mas aquele era o costume da região (que tinha umas alterações na religião e permitia o casamento de crianças). Quando menos esperava, estava em sua própria casa, com uma garota de olhos verdes lhe encarando. Ele lhe chamou de Haya, pois achava que seus olhos eram uma pura manisfestação de vida e poder.
Aos 13 anos, logo após de estar junto de seu suposto "novo marido" (que ela não amava) Hünä começou a apresentar os traços de sua peculiaridade. Então o garoto com quem se casara decidiu que precisava protegê-la, foi quando a mandou para uma fenda e foi quando ela finalmente compreendeu o que era.

☽ ☾ O que:
- Gosta:
Cobras
Alecrim
Incensos
Provar sua superioridade
Igualdade (ela é meio contraditória)
A cor de seus olhos
Cavalos
Equitação (cavalgar)
Doces

-Desgosta:
Machistas
Estupradores (odeia)
Borboletas
Ser questionada
Quando criticam suas roupas conservadoras
Quando puxam seu hijab

☽ ☾ Roupas que costuma usar:
Ela costuma usar os hijabs que sempre variam as cores, mas que nunca ocultam a beleza de seus olhos. As roupas vão desde a clássica calça jeans com camiseta à roupas farfalhantes e vestidos leves e longos. As calças nunca marcam muito seu corpo, mas ela prefere usar os vestidos longos e de tecidos leves:

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/9d/56/1e/9d561e369d5a293b9d21181b9aab3c93.jpg

☽ ☾ Poder: Ela pode dar vida à coisas mortas contanto que um pouco do sangue dela toque tal coisa. Sua própria cobra foi um animal que ela encontrou morto e reviveu. Mas em contraponto, as frequentes perdas de sangue fizeram com que seus lábios perdessem sangue e ficassem frios e azulados como os de um morto, esse é um dos motivos que ela usa o hijab.

☽ ☾ Inabilidade: O sangue usado para reviver alguém ou dar vida à algo é em grandes quantidades, por isso as vezes ela pode desmaiar ao usar sua habilidade.

☽ ☾ Defeito: Possessiva

☽ ☾ Par: Pode escolher ^^

☽ ☾ Sexualidade: Bissexual

☽ ☾ Qualidade:

☽ ☾ Família: Seu pai a negociou e sua mãe não tinha uma boa ligação com a filha.
Sua única família tornou-se o estrangeiro que foi forçada a se casar, mas felizmente rompeu o casamento e a mandou para fenda.

☽ ☾ Medos/Fobia: Motefobia (medo de borboletas)

☽ ☾ Mania: Se aproximar das pessoas com uma cobra em seu ombro

☽ ☾ Animal de Estimação: Jörmun, sua cobra.

☽ ☾ Armas: Apenas uma sútil faca que começou a carregar por recomendação de seu "ex-marido". A faca fica oculta em um bolso de seu hijab, assim ninguém a nota.

☽ ☾ Relação :

~• Com o meu Personagem: De fato terão uma relação de bons amigos se a mesma for trabalhada. Ela é uma garota fácl de se lidar dependendo da pessoa afinal.

~• Com o seu Poder: Ela não consegue se imaginar sem seu poder, apesar de só o ter há quatro anos (passados na fenda temporal). Sente que sem ele não seria ela mesma, o poder tornou-se parte de sua essência.

~• Com o seu Par: Ela é terrivelmente possessiva com seu par. Nunca vai deixar alguém chegar perto demais do mesmo, mas seu par nunca vai notar isso. O objetivo dela é manter sua imagem de uma garota doce com seu par, os outros devem tomar cuidado. Ela pode ser perigosa quando está apaixonada.

~• Com os Peculiares: São seus iguais, ela sabe. Mas ainda assim tenta se sentir superior para esquecer os traumas do passado de quando vivia na sua família e era tratada como um objeto.

~• Com a Morte: Ela acha que tal pessoa é um completo oposto à si ( Vida), mas... Quem sabe eles tenham algo em comum?

~• Com os Amigos: Assim como seu par, ela é um tanto possessiva com seus amigos. Não chega a ser escandaloso, mas quando alguém completamente novo surge, ela dá uma de Enoch e fica extremamente desagradável.

~• Com os Inimigos: Eles são necessários para que ela saiba quem são seus amigos. Sem eles, como ela saberia quem a apoiaria?

~• Com os Professores e Diretores do Instituto: Ela tem um fraco por autoridades, mas por gostar de liderar e de se sentir superior pode tratá-los bem somente pelo reconhecimento.

☽ ☾ Seu personagem estás na minhas mãos. Posso modificá-lo para que possa entrar na história? A vontade, sweetie

☽ ☾ Estás ciente que seu personagem pode não ser aceito? Certamente

espero que goste.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...