~Simplified

Simplified
+reindeer.jpg
Nome: ⊰ 𝑒 𝓍 .::{ 𝒸 𝑒 𝓃 𝓉 𝓇 𝒾 𝒸 } ✧
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 5 de Fevereiro
Idade: 5
Cadastro:

//Pride, Prejudice and Unexpected Love – Ficha✧


Postado





Somente por você renuncio ao meu orgulho, Ayato



𝙽𝚘𝚖𝚎 𝙲𝚘𝚖𝚙𝚕𝚎𝚝𝚘:

Lee Haneul

( Haneul é o nome, e Lee é sobrenome, na Coréia também é ao contrário e etc... )

▸ Haneul significa "céu". Seu nome fora dado pelo seu pai, um homem que sempre gostou muito de observar o céu, Haneul o adora, e acha que combina perfeitamente com sua personalidade, as coisas nela são sempre a mais, assim como o céu, que parece ser infinito.

▸ Seu sobrenome significa "ameixeira", sendo um dos sobrenomes mais comuns da Coréia.

𝙰𝚙𝚎𝚕𝚒𝚍𝚘𝚜:

Hani ▸ O apelido carinhoso é como se fosse um diminutivo de seu nome, ela é chamada assim desde o berço, afinal, sua mãe a dera este apelido na maternidade mesmo, uma maneira carinhosa de a chamar, algo que mostrasse que ela sempre seria sua garotinha. Haneul gosta bastante dele, inclusive, as pessoas costumam a chamar assim com muita frequência.

Fickle-chan ▸ É um apelido quase não usado, foi dado por uma antiga amiga, e é por causa da personalidade de Haneul, já que ela está sempre instável, como se uma quisesse comer maçã, em um segundo muda de ideia para bolinhos de morango! Ela o acha engraçado, porém felizmente não é muito chamada pelo apelido.

Projeto de Tigresa ▸ Um apelidinho dado por Ayato. "Projeto" é por causa da altura de Hani, que no caso não é lá grande coisa, e o "Tigresa" é pelo jeitinho estressado e agressivo da baixinha. Haneul fica a ponto de bater nele quando ele a chama assim, mas no fundo ela acha engraçado e talvez até goste, mas isso é algo que ela nunca irá admitir! Normalmente apenas Ayato a chama assim, em raros casos Shuu ou Reiji.

Anã de Jardim ▸ Outro maldito apelido super irritante dado por Ayato, as vezes Haneul fica com uma imensa vontade de voar na cara dele quando ele a chama assim, o motivo nem é preciso dizer, poxa, ela é baixinha mas não se compara a um anão de jardim! Para a felicidade de Haneul, e a conservação dos dentes de Ayato, ele não costuma a chamar assim com frequência, apenas quando está querendo a irritar profundamente!

𝙸𝚍𝚊𝚍𝚎:

Haneul nasceu em 05 de fevereiro de 1997, tendo assim 19 anos.

𝚂𝚒𝚐𝚗𝚘:

Por ter nascido no início de fevereiro, é do signo de aquário. Seu ascendente é em peixes, e ela vive o culpando por toda sua carência em momentos desnecessários, já sua lua é em leão, talvez seja por isso que mesmo não admitindo, adora ter uma atençãozinha e acaba se achando "incrível".

Haneul acredita e gosta muito de astrologia, inclusive ela pode ser tachada como "a louca dos signos"! Porém apesar de se interessar bastante por tal, não age de acordo com o que está escrito em sites.

𝙽𝚊𝚌𝚒𝚘𝚗𝚊𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎:



Haneul possui dupla nacionalidade. É coreana, porém possui alguns traços ocidentais que herdara de sua mãe.

A garota nascera em um bairro de classe média de Seul, capital da Coréia do Sul, porém com alguns anos de vida se mudou com sua família para a agitada cidade de Tokyo, no Japão. A garota apesar de já morar no Japão a muitos anos, ainda possui um sotaque de Seul, o que é como uma marca registrada de Haneul.

𝙰𝚙𝚊𝚛𝚎𝚗𝚌𝚒𝚊:

















{ Yukino Yukinoshita – OreGairu }

A jovem Haneul possui uma beleza estonteante, sempre com uma aparência muito jovial, as pessoas que não a conhecem costumam pensar que a garota tem por volta de seus dezesseis anos, tanto pelos traços jovens quanto pela altura da coreana. Realmente, a aparência da garota poderia se assemelhar com a de um ser celestial ainda que tenha traços mundanos.

Seus olhos grandes e puxados carregam um tom inconfundível de azul cobalto, belíssimo tom que herdara de sua mãe. Suas orbes estão sempre brilhantes e estupidamente expressivas, Haneul realmente acredita que sejam as janelas de sua alma. São emoldurados por cílios naturalmente grandes e curvados, porém na medida certa, nunca fora nada exagerado. Quando sorri seus olhos costumam quase se fechar, e as vezes fecham formando um maravilhoso eye smile, outra coisa que Haneul acha um charme em seus olhos!
Suas sobrancelhas são escuras e finas, sempre bem feitas, porém curvadas devido a cara fechada que Haneul costuma ter.

O nariz de Haneul é pequeno e minimamente curvado, igualzinho ao de seu pai! Ao contrário de muitas pessoas, Hani é totalmente satisfeita com seu nariz, afinal, ele não é muito grande e nem muito pequeno, é "bonitinho", enfim, ela acha ideal para si, não é como se incomodasse!

Seus lábios são pequenos e moderadamente cheios, naturalmente de um tom rosado, porém são normalmente vistos sempre delicadamente vermelhos devido à sua mania de ficar passando a língua nos lábios ou as vezes morde-los de leve. Os mesmos sempre muito convidativos com esse tom vermelho, e formam um sorriso adorável, seja ele um meio sorriso encantador ou seu tão cativante sorriso retangular! Hani não suporta maquiagem, então não costuma passar batom ou coisas do tipo, o máximo que usa em seus lábios é manteiga de cacau para que eles não fiquem ressecados.
Quando sorri abertamente exibe seus dentes que por sorte são naturalmente alinhados e brancos, apesar dela não ser uma pessoa que vive escovando os dentes e coisas do tipo, ela não costuma deixar a desejar, pois ela imagina que seria uma pena perder o tom branco como porcelana de seus dentes.

A coreana possui longas madeixas lisas porém levemente onduladas no final, que vão até o final de suas costas, algumas suas belas madeixas de um tom tão negro como as penas de um corvo descem como uma cascata pelos seus ombros. A garota possui uma franja curta e minimamente bagunçada, mas que é um charme em si. Hani gosta muito de seu cabelo, o acha lindo e adora a maneira que ele contrasta com suas orbes azuis, na maioria das vezes costuma deixa-lo solto e com alguns fios presos em dois laços finos e vermelhos, mais uma marca registrada em Haneul, e em algumas vezes preso em um rabo-de-cavalo mal feito, ou em apenas um coque.
Ela adora ficar passando a mão neles e sentindo a macies, as vezes ajeitando alguma madeixa atrás da orelha para que possa enxergar algo melhor, já que quando ela abaixa a cabeça alguns fios tampam sua visão.

A garota possui uma pele consideravelmente leitosa, o que faz com que era core com mais facilidade. A pele da jovem celestial é macia e com poucas imperfeições, até porque apesar de viver se entupindo de doces, costuma cuidar um pouco para que não fique com imperfeições.

A baixinha possui 1,64 de altura, não chega a ser muito nanica, porém perto da maioria dos irmãos Sakamaki ela pode ser considerada um serzinho! A garota pesa 51kg, tendo assim um bom peso, é magra, porém não desnutrida.
Ela não é alguém que pode ser considerada "gostosa", seu corpo é digamos que normal, tem lá suas curvas porém nada muito surpreendente. Seus seios e bumbum são medianos, já suas coxas não são muito grossas, porém também não muito finas, como dito antes, um corpo normal.

𝙰𝚙𝚊𝚛𝚎𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚍𝚊𝚜 𝚊𝚜𝚊𝚜:


{ Aqui é um exemplo de como seria, mas claro, eu fiz minha modificações no tamanho e etc... }

As asas de Haneul são um tanto quanto exóticas, possuem uma coloração única e chamativa, é quase impossível não notar a presença de suas asas!

Suas asas se iniciam com pequenas plumas de um tom azul índigo que puxam para o violeta, embaixo de suas plumas há uma camada de penas medianas e lises de um azul mais vivo que possui listras negras e de pontas brancas, logo abaixo de várias dessas penas, há uma camada de penas longas e bem lisas, divididas entre uma parte negra e outra azul, sendo que algumas também possuem as listras pretas com pontas brancas.
Suas asas sempre foram longas e fortes, capazes de causar um bom estrago com um simples bater, porém Haneul não costuma deixa-las à mostra.

Apesar de serem fortes e bastante destrutivas, elas são sensíveis de uma maneira diferente, ninguém costuma tocar nelas a não ser Haneul, pois um simples "carinho" em suas asas causam arrepios estranhos entre outras sensações impuras, e mesmo que ela não seja uma santa, Haneul não ousa provar dessas sensações pecaminosas.

𝙷𝚒𝚜𝚝𝚘́𝚛𝚒𝚊:

Haneul é filha de um humano e uma anja que se apaixonaram, a história de antes dela fora muito complicada, como a aceitação não só do humano como o dos céus, porém com o tempo tudo fora resolvido, a anja perdera sua imortalidade em troca de viver no mundo humano, porém continuava com suas asas e poderes, era uma anja normal, apenas perdera o privilégio de viver eternamente.

A garotinha nasceu em um frio dia de inverno em um bom hospital de Seul, capital da Coréia do Sul. Assim como a maioria dos bebês, Haneul chegou ao mundo chorando e soltando gritos estridentes, desde sempre brava! A pequena coreana fora recebida com muito amor e carinho pelos seus pais e pela família e amigos deles. Sempre criada muito bem pelos seus pais, e as vezes com alguns mimos já que ambos não conseguiam resistir à carinha fofa de olhinhos puxados e de um azul brilhante da bebêzinha! Elizabeth e Chungho, seus pais, escolheram "Haneul" para ser seu nome por dois motivos, o primeiro pela cor de seus olhos, que na época eram tão claros como o céu límpido, e o segundo, no qual ela mais se identifica, é pela intensidade que ela sempre teve desde criança, ou era tudo, ou não era nada, nunca pela metade.

Haneul cresceu rápido, os anos praticamente voaram depois que ela completou seu "1" aninho! Quando seus pais se deram conta, ela já estava lá com cinco anos, com seu grupinho de amigos rindo enquanto comiam doces. Haneul já tinha praticamente sua personalidade formada, explosiva, imprevisível, intensa, e muito espertinha! A garota era extrovertida com as pessoas que conhecia, apenas era tímida demais para se permitir fazer mais amigos, se não fosse tão tímida com certeza teria tido muito mais amigos na infância!
Em setembro do mesmo ano, seu pai – que há algum tempo havia acabado a faculdade – recebeu uma proposta para trabalhar em um dos hospitais mais caros de Tokyo, ele ganharia bem com isso, e Elizabeth não precisaria trabalhar, então Chungho acabou aceitando a proposta. Em novembro, depois de ter tudo arrumado tanto em Tokyo como em Seul, a família Lee finalmente partiu rumo ao Japão!



No início fora difícil para Hani se adaptar, ela não tinha amigos e sequer sabia falar japonês, mas sua mãe resolveu dar uma de professora, aproveitou o tempo que ficara em casa para ajudar Haneul a aprender coisas importantes sobre o idioma, pronúncias e até mesmo o jeito certo de se escrever cada coisa. No início do outro ano Hani já estava pronta para frequentar a escola, sua mãe havia lhe ensinado o bastante para que pudesse ir à aulas! Ela ainda se lembra de como estava ansiosa e nervosa no primeiro dia, estava com um maldito frio na barriga que nunca passava e já estava com todas as suas unhas roídas!
Vestida com o uniforme de sua escola entrou no carro de seu pai e colocou o cinto, esse que apenas a olhou pelo retrovisor e deu um meio sorriso

— Está ansiosa para seu primeiro dia de aula? — perguntou Chungho enquanto dirigia.

— Sim, papai... Estou com medo de não fazer novos amigos, você acha que alguém vai gostar de mim? — disse apreensiva enquanto roía uma de suas unhas.

— Você é incrível Hani, muitas pessoas irão gostar de você! — exclamou um tanto quanto desajeitado, Chungho nunca fora muito bom em lidar com a insegurança de sua filha.

Então a garota sorriu e voltou a prestar atenção nas casas que passavam conforme o carro ia avançando. Ao chegarem na escola a garota ficara impressionada, era bonita, assim como via nos animes que sempre gostou de assistir! Após passarem na diretoria para pegarem os horários de suas aulas, seu pai a levou na sua sala – que ainda não estava muito cheia –, a deixou entrar depois de ter depositado um beijo em seus cabelos e se despedir da coreana.
A garota entrou cabisbaixa e corada, se dirigindo à fileira do lado da janela, se sentando na primeira carteira. A pequena começou a tirar seus materiais — que fez questão de ir comprar junto com a sua mãe — e foi os arrumando em cima de sua mesa, estava tão concentrada que nem notou um par de orbes tão negras quanto seus cabelos a observando, e quando o garoto pois uma mão em seu ombro direito ela quase caiu da cadeira de tamanho o susto que ela levou!

— Konnichiwa! — disse energicamente o garoto, que por sinal Haneul achara muito bonito — Eu me chamo Hiroshi, e você deve ser a aluna nova... Henaul.. Hanaei — dizia o garoto enquanto tentava pronunciar o nome que haviam dito para ele

— H-Haneul, Lee Haneul... – respondeu enquanto sentia suas bochechas pegarem fogo! Pegando a mão que só no momento fora perceber que o garoto havia estendido para si

— Ótimo, Haneul! Posso me sentar com você? Eu... Gostei de você, tenho certeza que seremos bons amigos! — disse e logo foi se sentando sem nem mesmo esperar a resposta da garota, que de tão distraída não notara que as carteiras estavam em dupla

— Sim... — Hani respondeu depois de um tempo, ah ela achara o garoto legal, era enérgico demais, e mesmo que não fosse responder em voz alta, também queria muito ser amiga dele!

Depois disso a aula continuou novamente, não demorou muito para que Haneul começasse a conversar sobre tudo com seu novo amigo, Hiroshi! E no fim da aula, Haneul voltou para casa a pé com sua mãe enquanto tagarelava sobre Hiroshi e como ele era engraçado!



Quando a garota tinha seus doze anos começou a sentir fortes dores em suas costas, chegou até mesmo a reclamar com sua mãe, não era burra, havia ouvido algumas conversas de seus pais e tinha uma pequena ideia do que significasse, ela apenas não queria acreditar.
A cada dia as dores piorando, até que no meio da noite quando Hani acordou com as dores dez vezes mais fortes resolveu ir ver o que estava acontecendo no espelho de seu banheiro, retirou sua blusa e se virou de costas, foi uma imagem surreal, a pontinha de suas asas estavam rasgando a sua pele, e nesse mesmo momento ela chamou a sua mãe, estava com medo do que iria acontecer. E foram horas e horas, cada vez mais dor, para no fim doer muito, ah como doeu, espirrou um bom tanto de sangue pra todo lado, mas eram lindas, grandes e azuladas, asas.
Após isso sua mãe a ensinou algumas coisas, e depois de finalmente ter conseguido "sumir" com suas asas, a garota nunca mais quis vê-las, eram lindas, mas doíam como o inferno!



Os anos foram se passando, e Haneul for crescendo cada vez mais bela, cabelos longos e negros, mesmo com sua cara fechada possuía uma beleza angelical, seu corpo começava a se desenvolver mais, a garota estava virando uma adolescente, e já atraia olhares de muitas pessoas, os dos garotos que já começavam a se interessar pela garota de treze anos, e também pelas garotas, que almejavam ter a sua beleza.
Porém Haneul não tinha interesse em nenhum daqueles garotos, o único que conseguia a sua atenção era Hiroshi, ah ela havia se apaixonado por ele, e por incrível que pareça o garoto também gostava de si. Seu pai, mesmo a contragosto permitiu que ela o namorasse, mas estava sempre de olho neles, mesmo que o garoto nunca tivesse más intenções com Hani, como tirar a pureza dela.

Os dias eram felizes e agitados, o pequeno grupinho de Haneul que, além dela tinham mais três pessoas, Hiroshi, Naomi e Fuyuki, que eram suas melhores amigas! Eles sempre tiveram uma amizade muito forte, todos eram inseparáveis e estavam sempre andando grudados! Hani finalmente estava tendo uma boa adolescência. Eles costumavam saber dos segredos uns dos outros, porém a coreana nunca teve coragem de contar a eles que era um... Anjo, tem medo de como eles reagiriam a isso.



O namoro de Haneul estava ótimo, Hiroshi era muito paciente, e em momento algum forçou a barra com ela, apesar dela notar o quando ele queria isso, ela não se sentia pronta, mas estava feliz em saber que Hiro respeitava isso. Ele era bom com ela, os poucos beijos que ele dava nela eram suaves, e juntando com o gostinho de chocolate que Haneul sempre tinha na boca fazia a garota se apaixonar cada vez mais por ele, Hiroshi era viciante em qualquer ponto.

Mas a vida não fora generosa com a paixão de Haneul, ah sempre acontecia isso, ela sempre aproveitava, mas em algum momento a vida voltaria para pegar o que havia lhe dado em excesso... E em um dia ensolarado, após Hani voltar a da casa de Hiroshi ela recebeu a pior ligação de toda a sua vida... Hiro havia sofrido um acidente, fora atropelado.
Tudo o que ela pode fazer foi desabar em lágrimas, chorou tanto aquele dia, ainda mais por chegar naquele hospital arrasada a receber a notícia de que não poderia vê-lo, ela não era parente de Hiro, e ela era apenas a "namorada" –de agora catorze anos – dele. Foi horrível, ela gostaria de poder voltar no tempo e impedir isso de qualquer maneira, ela era tão feliz com ele, e naquele momento estava sofrendo por saber que ele estava em estado grave, e que ela não o veria, não naquele hospital.
Uma semana após o acidente Haneul recebera outra ligação, a mãe de Hiroshi a ligando tão devastada quanto ela, avisou que o garoto havia morrido. Haneul chorou, ah chorou tanto achou que iria morrer, seu peito estava tão apertado e ela se sentia horrível, com saudades, e naquele momento ela sabia, que a ferida que ficou nunca iria se curar. Ela foi ao velório, ah ela chorou tanto abraçada ao seu pai, estava horrível, se sentia destruída, com um remorso imenso de que se ela tivesse ficado para dormir na casa dele, o garoto não teria que a levar até certo ponto pelas ruas, e não teria sofrido esse maldito acidente que tirou toda a vida dela dos eixos, ela havia enlouquecido um pouco, não conseguia aceitar que o perdera.



Os anos foram se passando, Haneul ainda sentia saudades de Hiroshi, mas as coisas haviam se amenizado, é claro, depois de cinco anos ela sentiu que não poderia mais o prender em sua mente, mesmo que soubesse que ele não seria esquecido por si.
Ela havia se formado, acredita, ela resolveu cursar psicologia, havia se interessado bastante pelo assunto depois que "surtou" um pouco pela morte de Hiroshi, estudou bastante e finalmente passou de ano, sua mãe conversou com Celine, uma boa amiga sua, a mesma que lhe contou de Les Angels. Haneul aceitou cursar a faculdade por lá, achou que seria mais fácil viver em um lugar onde só tivessem anjos, não é como se ela precisasse se preocupar com isso lá, pelo menos havia se livrado de um segredo.

𝙵𝚊𝚖𝚒́𝚕𝚒𝚊:



( Winry Rockbell – Fullmetal Alchemist Brotherhood )

Elizabeth Lee || Aparenta ter 37 anos, mas sua idade real nem ela mesma consegue se lembrar || Mãe de Haneul || Desempregada

Lizzie — como sua família costuma a chamar —, é uma mulher que realmente faz por merecer seu título de anjo, sempre muito bondosa e carinhosa com todos à sua volta! Além de que sempre fora uma ótima mãe para Haneul. Apesar de ser sentimental e coração mole, quando precisa age com rigidez com sua filha, não é por mal, mas algumas vezes é preciso, e Lizzie como qualquer outra mãe, não quer ver sua filha triste, sempre tenta anima-la quando a garota está chateada, apesar de não ser muito extrovertida assim tenta o máximo para fazer sua pequena anjinha sorrir!
Foi ela que conversou com Celine – uma amiga de longa data – para que Hani pudesse entrar na irmandade!


( Kazami Yuuji – Grisaia no Kajitsu )

Lee ChungHo || 41 anos || Pai de Haneul || Médico

Chungho é um cara que, assim como Haneul, vive de cara fechada — apesar de que a cara fechada dele é muito pior do que a de sua filha —, Haneul sinceramente não entende como sua mãe foi se apaixonar pelo seu pai! Começando pelo fato notável de que Chungho não tem nada a ver com Lizzie! Ele é um homem sério, porém com sua família se deixa ser sociável e engraçado, é incrível o fato de que ter uma família amoleceu demais o coração dele! O coreano vive se preocupando com sua filha única, sabe que os garotos vivem de olho nela, e não quer ver ela chorando por causa de decepções amorosas.

𝙿𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎

Haneul é extremamente tímida, por isso tem uma certa dificuldade para fazer amigos, quando não está acompanhada pode realmente parecer um anjinho, toda envergonhada por não ter com quem conversar, senta sozinha enquanto faz algum biquinho e brinca com seus dedos ou fica olhando para seu celular repetidas vezes na esperança de que a hora passe ou que alguém a chame para conversar. É algo que mesmo que não queira admitir, é fofo em si, já que para falar certas coisas mesmo quando está com amigos acaba sendo tímida e ficando vermelha, ah como ela odeia corar facilmente nessas horas!
Por muitas vezes gostar de ficar em seu canto, sozinha, é uma boa observadora, as vezes presta atenção nas pessoas ao longe, e tenta ler os lábios delas na esperança de entender o que elas estão falando, e com o tempo ela ficou boa nisso, consegue ficar concentrada quando quer! Ela também é perceptiva, ou talvez apenas tem algo que chamam de "intuição feminina", mas ela acha que é realmente perceptiva, sempre sabe quando alguém está mentindo pra ela, talvez seja porque ela cursa psicologia também, ela sabe muito sobre comportamentos humanos, e querendo ou não isso é uma vantagem para ela

Apesar de tímida, quando está para conversas fala mais que uma matraca! Ela adora conversar e se comunicar com as pessoas, ela simplesmente não suporta a tensão e muito menos o tédio, então ela TEM que ter algum contato social antes que acabe se afundando em pensamentos em seu mundinho privado, então quando quer, consegue ser muito sociável, o que faz com que ela tenha uma boa lábia, ah ela consegue ser uma boa mentirosa, chega a ser tão convincente que se ela não soubesse que é mentira acreditaria em si mesma.
Ela costuma falar várias coisas engraçadas quando está com amigos, ela gosta de vê-los sorrindo, e também é sempre bom evitar a tensão não é mesmo? Não há pessoa melhor do que ela para fazer alguma coisa engraçada. Não chega a ser muito palhaça, conhece o limite dos outros, inclusive o dela, então nunca passa deles.
Por estar sempre falando e pensando asneiras, as vezes tem ideias brilhantes, o que faz com que não só em momentos de inspiração quanto a qualquer hora ela pode pensar em algo super criativo, mas ela não costuma usar sua criatividade a não ser para escrever ou desenhar.

A coreana sempre foi uma ótima amiga, não é de recusar amizades, porém ela sempre soube separar relações, de colegas para amigos. Para conseguir a sua amizade mesmo é difícil para alguns e fácil para outros, ela costuma ser bem seletiva com suas amizades, precisam ser confiáveis até porque uma hora ela vai cansar de se sufocar com um segredo e vai precisar contar para alguém, e lá está seu melhor amigo para lhe ouvir! Ela não exige muito, apenas precisa ser confiável, de resto as coisas se ajeitam. Uma coisa que interfere na criação de amizade com Haneul são as famosas pisadas na bola, a não ser que ela já te considere um amigo, não pise na boa com ela, pois se o fizer tem chances dela não te perdoar, ai lé se vai todas as suas chances de ter uma amizade com ela.
Mas quando conquistam sua amizade podem confiar nela, não há chance nenhuma dela contar para as pessoas nada que você não permita que ela conte, ela sabe guardar segredos! Também costuma ser mais paciente com seus amigos, quando precisar chorar e falar de asneiras ela estará lá, ela pode ter aquela cara fechada mas no fundo é amorosa!
Haneul também é muito sincera, então se não estiver pronto para ouvir a mais pura verdade sobre algo sugiro que não pergunte para ela, ela fala na lata e doa a quem doer. Tem gente que gosta disso nela, assim como a maioria não gosta, já que é como dizem, a verdade dói.

Hani sempre fora muito inteligente, e espertinha, desde criança aprendia as coisas muito rapidamente, o que a ajudou muito na hora de aprender a falar japonês, e também sempre fora muito esperta, ninguém nunca passou a perna nela, na verdade com o tempo ela só melhorou com isso, deve ser muito difícil enganarem ela.
Por ser inteligente, além de ser uma boa aluna, ela sempre teve um entendimento alto sobre várias coisas, o que a ajudou e ainda a ajuda muito tanto na faculdade quanto na vida diária, apesar de que fora da sala de aula ela não gosta nada de contas e coisas do tipo!
Como dito antes, ela é esperta, sabe quando querem passar a perna nela e ainda consegue impedir, e se duvidar no fim consegue sair por cima, as pessoas não sabem disso, ninguém nunca pagou para ver até onde ela pode ir.

Uma coisa que com algum tempo de convivência com ela todos percebem é que Haneul é egoísta, possessiva, e o pior de tudo, ciumenta!
Nunca gostou de dividir coisas que ela gosta muito, sempre fora muito apegada a tudo o que é dela. Fora que as vezes acaba sendo egoísta demais, pensando apenas em si, e mesmo que as pessoas considerem seu egoísmo algo ruim, ela não o mudaria, do ponto de vista dela, quem pensa demais nos outros sempre acaba se fodendo no final, talvez seja por isso que nunca tentou ser uma anjinha mesmo.
Possessiva e ciumenta, sempre de olho naquilo que é, e o que considera ser seu! Não é de brigar com alguém por causa de ciumes, mas também não consegue disfarçar uma cara ainda mais fechada do que a sua normalmente!

Lá no fundinho, Hani é uma garota amorosa, amorosa e carente! Apenas não demonstra por simplesmente ser horrível nesse lance de demonstrar afeto pelas pessoas, depois do acidente as coisas dificultaram ainda mais, porém aos poucos vão melhorando.
Haneul se apaixona muito fácil, mas suas paixões são difíceis de virar amor. Porém quando viram as coisas ficam de cabeça para baixo por um tempo, ela sempre fica atônita quando acontece, inclusive quando se torna recíproco! Quando tudo se ajeita ela começa querer ficar mais grudada com a pessoa, gosta de se sentir segura perto dela.
Não é daquelas que a cada segundo fala para a pessoa o quanto ela o ama, mas as poucas vezes que fala devem ser apreciadas, tanto as simples palavras quanto a cara dela, sempre corada e olhando para baixo.

Haneul é calma e paciente apenas nas horas que lhe interessam, caso contrário você nunca verá pessoa mais pavio curto do que ela! Então sugiro que não fique a irritando porque ela não é do tipo que deixa sair sem no mínimo um "vai se foder". E quando irritada demais as coisas pioram, ela além de ficar furiosa começa a ficar agressiva, pronta pra meter a mão na cara de qualquer um que insista em a irritar ainda mais! E não pensa que ela sempre blefa, ela é imprevisível, nunca se sabe...
Ela demora um tempo para se acalmar, precisa sair do lugar e escutar música clássica em seus fones, ela normalmente não gosta muito, porém a algum tempo descobriu que esse gênero musical a deixa muito calma, é um ótimo truque para se fazer quando quer "ficar de boa".

Algumas vezes a coreana ou é muito lerda, ou inocente em alguns assuntos. Não é como se ela fosse uma santa, isso acontece na maioria das vezes quando ela está um pouco "fora de órbita", ela acaba não entendendo as coisas na hora, mas depois de um tempo ela pensa de novo naquilo que aconteceu ou fora dito e associa tudo, ai ela finalmente entende o que aconteceu.
Apesar de não ser frequente, rende umas boas risadas de seus amigos

Determinada e teimosa, quando quer algo não há ninguém que tire tal ideia de sua cabeça, ela vai lá e faz e não espera a ajuda de ninguém. Quando quer algo, ela consegue, não importa como. Sua teimosia é até de mais, quando não quer algo não quer e pronto, não adianta tentar faze-la mudar de ideia, é preciso que ela desencane de seja lá o que for.

Não costuma, mas quando preciso pode se tornar a pior vadia, a garota sempre teve algo meio vingativo, porém sempre fora muito racional para se deixar levar por coisas tão bestas quanto vinganças ou perder o próprio tempo prejudicando a vida dos outros, cá entre nós que se todos cuidássemos de nossas vidas as coisas seriam muito melhores.
Porém quando ela encana que deve dar a alguém o ela merece, Haneul pode ser o verdadeiro inferno, tão discreta e perfeccionista não importa o plano que arme para desmascarar tal pessoa ninguém nunca vai saber que foi ela a não ser que ela conte ou queira que saibam. Porém para a sorte de todas as vadiazinhas, como dito antes, ela não costuma perder seu tempo com pessoas tão medíocres e superficiais.

E por fim, uma de suas características mais marcantes, sua imprevisibilidade e intensidade! A garota está sempre a mudar de ideia sobre o que fazer, as pessoas costumam acha-la confusa por isso, é como se uma hora quisesse comer sushi, e na outra quer comer sukiyaki, uma completa caixinha de surpresas!
A garota é intensa em tudo, faz um ótimo jus ao infinito do céu, é tudo a mais com ela, nunca a menos ou pela metade, não importa o que seja, ela sempre faz valer a pena para que seja inesquecível! Isso é uma das coisas que ela mais gosta em si, o modo de como ela é extremamente intensa.

𝙶𝚘𝚜𝚝𝚊:

Ler ▪ Haneul simplesmente adora ler, é um de seus passatempos preferidos! Ela adora os gêneros romance e tragédia!



Escrever ▪ É uma maneira que ela encontra para descrever o que sente, ou expressar suas ideias novas, a acalma, é ótimo escrever, mesmo que na maioria das vezes ela nunca mostre para as pessoas o que tanto vive escrevendo.



Internet ▪ Haneul simplesmente ama tudo o que é envolvido com a internet, jogos, youtube, photoshop, enfim...



Aventuras ▪ Ah, Hani adora uma boa aventura, está sempre disposta a conhecer novos ares e fazer memórias inesquecíveis.



Desenhar ▪ Ela desenha muito bem, começou a pegar gosto por desenhos quando se mudou para o Japão, passou a assistir muitos animes e em algum momento de sua vida começou a desenhar alguns com a ajuda de seu pai. Com o tempo fora evoluindo sua habilidade e hoje em dia desenha maravilhosamente bem diversas coisas



Doces ▪ Gomas, bananinhas doces, bolos, tudo o quanto é docinho, Haneul simplesmente não vive sem! São tão gostosos...



Chocolates ▪ Haneul sempre amou chocolates, não importa se é amargo ou doce, ela não consegue viver sem um chocolate por dia! Ela adora o gosto viciante de cada um deles!



Música ▪ Haneul não vive sem música, todo dia está escutando alguma coisa, seja indie, rock, kpop ou pop!



Café ▪ Bem, os normais tem que ter muito açúcar! Porém seu café favorito é Caramel Macchiato!



Dias chuvosos, frescos ou de neve ▪ Totalmente perfeitos para ficar debaixo de cobertas assistindo algum filme ou observando a chuva da janela! São dias realmente bons.



Tocar piano ▪ Sua mãe lhe ensinara a tocar piano quando ela tinha por volta de seus onze anos, ela sempre gostou de se deixar levar, as vezes arrisca até mesmo cantar um pouco enquanto toca.



𝙳𝚎𝚜𝚐𝚘𝚜𝚝𝚊:

Traições ▪ Ela perdoa algumas coisas, mas o que ela se recusa a perdoar são traições. Nunca fora traída, e nem quer saber como uma pessoa traída se sente, só sabe que jamais perdoaria a pessoa.

Falsidade ▪ Pessoas totalmente desnecessárias, deviam seguir seu exemplo e falar logo na cara, bando de cobras malditas.

Drama ▪ Haneul não tem, e provavelmente nunca vai ter paciência para draminhas, ou você fala ou leva uma patada mandando você parar de drama e falar logo o que quer.

Regras ▪ Não é como se ela tivesse ódio por regras, sabe que sem elas o mundo estaria um caos, apenas acha algumas muito desnecessárias.

Que a pressionem ▪ Ah, se querem deixa-la nervosa a pressionar é o caminho mais rápido, ela realmente odeia que fiquem a pressionando!

𝚅𝚒́𝚌𝚒𝚘𝚜:

Haneul tem um vício enorme por chocolates! Não consegue ficar um dia sem saborear ao menos um quadradinho deles!

𝙳𝚘𝚎𝚗ç𝚊𝚜:

Haneul não possui nenhuma doença.

𝙷𝚘𝚋𝚋𝚒𝚎𝚜:

Tocar Piano ▸ Como dito antes, Haneul adora o modo com que seus dedos passeiam pelas teclas do piano, é tão... Suave.

Escrever ▸ Hani escreve até que bem, porém ficou apenas como um hobbie mesmo, já que ela tem muita vergonha de mostrar o que escreve.

𝙳𝚘𝚎𝚗ç𝚊𝚜:

Haneul não tem nenhuma doença

𝚃𝚊𝚕𝚎𝚗𝚝𝚘𝚜:

Tocar piano ➻ Tocar piano é... Maravilhoso,

Boa com escrita ➻ Haneul sempre escrevera muito bem, e ela realmente gosta do que escreve.

Desenhar ➻ Ela sempre desenhara muito bem, em uma época chegou até mesmo a fazer desenhos para um jogo que alguns colegas seus estavam fazendo!

𝙼𝚊𝚗𝚒𝚊𝚜:

Roer as unhas ▸ Haneul começa a roer as unhas quando se sente ansiosa demais, por isso suas unhas são tão curtas.



Mexer em alguma coisa ▸ Ela fica desesperada para mexer seja lá no que for quando está sem falar com ninguém, seja em seus dedos ou em seu celular, tudo para evitar contato visual com todas as pessoas ao seu redor.



Morder os lábio inferior ▸ Ela acaba fazendo isso sem nem perceber quando está pensativa ou concentrada demais.



Enrolar uma mecha de cabelo ▸ Hani gosta de enrolar seu cabelo enquanto observa ou lê algo.



Tamborilar os dedos em algum lugar ▸ Haneul fica fazendo isso enquanto espera o tempo passar.
{ não achei gif :/ }

Abaixar a cabeça ▸ Haneul faz isso quando está corada, na esperança de esconder o rubor em suas bochechas de seja lá quem estiver por perto.



𝙼𝚎𝚍𝚘𝚜:

Escorpiões ▫ Haneul morre de medo de escorpiões, perto de sua antiga casa, na Coréia, haviam vários!



Cobras ▫ Se tem uma coisa que Haneul tem mais medo do que escorpiões, essa coisa é cobra!



Ficar sem amigos ▫ Mesmo que não admita, Hani tem muito medo de acabar perdendo todos seus amigos.



𝙵𝚘𝚋𝚒𝚊𝚜:

Nictofobia ▪ É o medo do escuro completo, e Haneul sempre teve muito medo de ficar sozinha no completo breu.

𝚃𝚛𝚊𝚞𝚖𝚊𝚜:

Enterros ▪ Haneul não gosta de ir em enterros ou velórios, é tão incômodo para ela que ela sempre evita ir quando não tem um vínculo muito forte com a pessoa que morreu.

𝚂𝚎𝚐𝚛𝚎𝚍𝚘𝚜:

A morte de Hiroshi ▸ Querendo ou não, a morte de Hiro foi algo que mudou muito em Haneul, e até hoje continua sendo, de longe, sua maior fraqueza, sempre que ele é mencionado a garota começa a ficar melancólica, então preferiu não contar a todos essa parte importante, porém triste, de sua vida.

𝚂𝚘𝚗𝚑𝚘𝚜:

Ter uma família ↠ Mesmo que não pareça, ter uma família é o maior sonho de Haneul, para ela isso é o mesmo que ser feliz, ela sabe que famílias brigam e tudo mais, tem uma ideia de que a sua não seria também a família do ano, mas realmente sonha em ter a sua própria, com um marido divertido, um menino de quatro anos e uma garotinha de um!

Se formar ↠ Não é bem um sonho, mas Haneul realmente espera se formar e ter bastante sucesso em sua profissão, ela gosta muito do que está cursando e espera se sair muito bem futuramente.

Visitar Paris ↠ Paris é um lugar maravilhoso, no qual Haneul ainda não teve a oportunidade de visitar, mas ela espera que um dia possa ir para lá, é realmente um sonho!



𝚀𝚞𝚎 𝚌𝚞𝚛𝚜𝚘 𝚎𝚜𝚝𝚞𝚍𝚊 𝚗𝚊 𝚏𝚊𝚌𝚞𝚕𝚍𝚊𝚍𝚎?

Haneul está cursando psicologia. Desde seus treze anos a garota fora se interessando pela psicologia, para ela a mente humana era de fato algo curioso, após a morte de Hiroshi ela teve reações muito estranhas, não queria aceitar o luto dele e tentava se enganar esperando que em um belo dia ele voltasse a vida e dissesse que estava tudo bem, o que ela sabia que não ia acontecer.
Depois que esse luto mais extenso dela se amenizou, ela ficou ainda mais interessada na psicologia e decidiu que é o que ela gostaria de estudar, queria poder ajudar os outros a se entenderem com seja qual for o problema deles.

𝙲𝚘𝚖𝚘 𝚌𝚘𝚗𝚍𝚞𝚣 𝚘𝚜 𝚎𝚜𝚝𝚞𝚍𝚘𝚜:

Mesmo sendo um pouco preguiçosa para acordar, ela sabe que se ficar dormindo a faculdade não vai se fazer sozinha, então ela trata de levantar e jogar uma água na cara pra acordar logo!
É uma boa aluna, não costuma conversar muito na sala pelo motivo de que quase não tem amigos por lá, e também porque não é o horário certo para se fazer isso, mas sendo conversadeira do jeito que é, sempre que está afim e tem a oportunidade de conversar, troca algumas palavrinhas com as pessoas.
Por ser inteligente não tem muito problemas com provas e muito menos com aprender, sempre fora uma excelente aluna nesse quesito!
Por ser muito ansiosa, costuma chegar até mesmo antes do horário, então isso nunca foi o problema, só se atrasa ou falta quando algo muito importante aconteceu para que ela cometa tal "erro".
Haneul sempre procura fazer as tarefas, sabe que ela dão pontos e que eles vão a ajudar a se formar, então raramente não faz.



𝒫𝒶𝓇



Ayato Sakamaki

ℛ𝑒𝓁𝒶ç𝒶̃𝑜 𝒸𝑜𝓂 𝑜 𝓅𝒶𝓇:





❥ Relação com os meninos: (Retire o par)

❥ Shuu Sakamaki
❥ Reiji Sakamaki
❥ Laito Sakamaki

❥ Kanato Sakamaki
❥ Subaru Sakamaki

❥ Relação com as outras meninas:

ℳ𝑒𝓁𝒽𝑜𝓇 𝒶𝓂𝒾𝑔𝒶:

Quando a história estiver se desenvolvendo eu escolho.



𝙼𝚞́𝚜𝚒𝚌𝚊𝚜:

𝒟𝑒𝓁𝒶:



Crying Lightning – Arctic Monkeys

Fora do café, perto da fábrica de biscoitos
Você estava praticando um truque de mágica
E meus pensamentos tornaram-se rudes
Enquanto você falava e mastigava
O resto de seu doce

"Então você está enganado
Se está pensando que nunca fui chamado de 'fria' antes"
Enquanto mordia sua renda de morango
E então um distúrbio na sua atenção
Na forma de um gobstopper
É tudo que você tem e vai desperdiçar

Os seus passatempos constituem-se do estranho
E distorcido e desordenado
E eu amo esse joguinho que você chama de
'Relâmpago choroso'
E como você gosta de irritar
O sorveteiro em tardes chuvosas

Da próxima vez que peguei o meu próprio reflexo
Ele estava no caminho para te encontrar
Pensando em desculpas para adiar
Você nunca parece ser você mesma quando vista de lado
Mas o seu perfil não pode esconder
O fato de que você sabia
Que estava me aproximando do seu trono

De braços cruzados, você ocupa o banco como dor de dente
Parou e estufou o peito
Como se nunca tivesse perdido uma guerra
E apesar de eu tentar não sofrer
A humilhação de uma reação
Não havia rachaduras para se segurar
Ou fendas para agarrar

Os seus passatempos constituem-se do estranho
E distorcido e desordenado
E eu odeio esse joguinho que você chama de
'Relâmpago choroso'
E como você gosta de irritar
O cara grudento em tardes chuvosas

Pouco convidativa
Mas nem metade impossível do que todos presumem
Que você é
'Relâmpago choroso'

Os seus passatempos constituem-se do estranho
E distorcido e desordenado
E eu odeio esse joguinho que você chama de
'Relâmpago choroso'
'Relâmpago choroso'
'Relâmpago choroso'
'Relâmpago choroso'

Os seus passatempos constituem-se do estranho
E distorcido e desordenado
E eu odeio esse joguinho que você chama de
Chorar

( Essa música é meio metafórica, então se quiserem que eu explique o significado, é só mandar uma mp perguntando )


𝒞𝑜𝓂 𝑜 𝓅𝒶𝓇:



Blood Sweat & Tears – BangTan Sonyeondan (BTS)

Meu sangue, suor e lágrimas, minha última dança
Pegue tudo, vá
Meu sangue, suor e lágrimas, minha fria respiração
Pegue tudo, vá

Meu sangue, suor e lágrimas

Até o meu sangue, suor e lágrimas
Meu corpo, coração e espírito
Você sabe que já são seus
Isso é um pedido para me punir

Pêssegos e creme
Doce e mais doce
Bochechas de chocolate
E asas de chocolate
Mas as suas asas são as do diabo
Sua doçura
Está na frente da amargura, amargura

Beije-me, mesmo que machuque
Venha aqui, amarre-me
Até que isso não possa mais ferir
Baby, mesmo que eu esteja bêbado, está tudo bem, agora eu bebo você
Profundamente em minha garganta, o uísque chamado 'você'

Meu sangue, suor e lágrimas, minha última dança
Pegue tudo, vá
Meu sangue, suor e lágrimas, minha fria respiração
Pegue tudo, vá

Quero isso muito, muito, muito, muito
Quero isso muito, muito, muito, muito
muito, muito
Quero isso muito, muito, muito, muito
Quero isso muito, muito, muito, muito
muito, muito

Mesmo que machuque, amarre-me
Desse jeito não poderei fugir
Agarre-me com força e me balance
Assim eu não poderei recobrar meus sentidos

Beije-me nos lábios, lábios
Um segredo entre nós dois
Eu estou viciado na pessoa chamada 'você', profundamente
Eu não posso servir a ninguém que não seja você
Eu conscientemente devorei o Santo Graal preenchido com veneno

Meu sangue, suor e lágrimas, minha última dança
Pegue tudo, vá
Meu sangue, suor e lágrimas, minha fria respiração
Pegue tudo, vá

Quero isso muito, muito, muito, muito
Quero isso muito, muito, muito, muito
muito, muito
Quero isso muito, muito, muito, muito
Quero isso muito, muito, muito, muito
muito, muito

Por favor, me mate suavemente
Por favor, cubra os meus olhos com as suas mãos
Eu não posso negar, de qualquer modo
Eu não posso fugir, de qualquer modo
Você é muito doce, muito doce
Você é muito doce, então

Meu sangue, suor e lágrimas
Meu sangue, suor e lágrimas

❥ Frases que a definem:



❥ Reação ao descobrir que é um anjo:

❥ Reação ao descobrir que os meninos são vampiros:

❥ Reação ao se apaixonar por seu inimigo:

❥ Reação se suas irmãs de fraternidade se virassem contra ela:



𝚅𝚘𝚌𝚎 𝚊𝚌𝚎𝚒𝚝𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚜𝚞𝚊 𝚙𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚐𝚎𝚖 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚎𝚖 𝚗𝚘𝚜𝚜𝚊𝚜 𝚖𝚊̃𝚘𝚜?

Cuidem dela com carinho

𝚂𝚊𝚋𝚎 𝚚𝚞𝚎 𝚜𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚌𝚘𝚖𝚎𝚗𝚝𝚊𝚛 𝚙𝚘𝚛 𝚝𝚛𝚎̂𝚜 𝚌𝚊𝚙𝚒́𝚝𝚞𝚕𝚘𝚜 𝚎𝚕𝚊 𝚜𝚘𝚖𝚎?

Sim, não se preocupe com isso.



Escutando: tô ouvindo WINGS inteirinho pq khe álbum delicia

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...