~skylerx - Clan Spirits

skylerx
[[+;; i'm just a FooL
Nome: ⊱✿. { スカイラー / 𝒯𝒽𝑒 𝒬𝓊𝑒𝑒𝓃 𝑜𝒻 𝒟𝑒𝓈𝓅𝒶𝒾𝓇 / ᑕOIᑎ ᒪOᑕKᕮᖇ ᗷᗩᗷY / ǀ'м α Ɠιяℓ} .✿⊰
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Salvador, Bahia, Brasil
Aniversário: 9 de Outubro
Cadastro:

Companheira - Ficha


Postado






ᴶᵘˢᵗ ᵃᶰᵒᵗʰᵉʳ ᶠʳᵃᵍᶤˡᵉ ᵃᶰᵍᵉˡ ʰᵉᵃʳᵗ
ᶠᵃˡˡᶤᶰᵍ ᵈᵒʷᶰ ᵒᶰ ˡᵉᵃᵈ ʷᶤᶰᵍˢ ᵗᵒʳᶰ ᵃᵖᵃʳᵗ



Mostrar Spoiler: Sempre serei sua, Ƴυмα Mυкαмι




𝓗𝔬𝔧𝔢 𝔱𝔞𝔪𝔟𝔢́𝔪 𝔧𝔞́ 𝔢𝔰𝔱𝔬𝔲 𝔣𝔞𝔯𝔱𝔞 𝔡𝔢𝔰𝔰𝔞 𝔯𝔢𝔞𝔩𝔦𝔡𝔞𝔡𝔢 𝔬𝔫𝔡𝔢 𝔱𝔲𝔡𝔬 𝔢 𝔱𝔬𝔡𝔬𝔰 𝔪𝔢𝔫𝔱𝔢𝔪
『𝔙𝔞𝔪𝔬𝔰 𝔡𝔬𝔯𝔪𝔦𝔯 𝔩𝔬𝔤𝔬』





ᑎOᗰᕮ ᑕOᗰᑭᒪᕮTO

- 𝑀𝒾𝒸𝒶𝑒𝓁𝒶 𝐵𝑒𝓇𝓉𝑜𝓁𝒶𝓏𝓏𝑜 -

Micaela: Significa “quem é como Deus?". O nome Micaela é a variante feminina de Miguel. Este, do hebraico Mikhael, resultado da junção dos elementos mikhayáh e El, que juntos tem o sentido de “quem é como Deus?”. Por ter um significado baseado numa pergunta retórica, uma vez que dela se espera a resposta de que “ninguém é como Deus”, Micaela representa a humildade diante de Deus.

Bertolazzo: Não se tem muito o que falar de seu sobrenome, é de origem italiana e foi herdado do pai. Variante de Bertoli e significa "Brilhante". Seu nome condiz exatamente o contrario de sua personalidade, afinal dá a ideia de uma pessoa positiva, simpática e receptiva, tudo que Mica não é.




ᗩᑭᕮᒪIᗪO:

𝑀𝒾𝒸𝒶 | 𝑀𝒾𝓂𝒾 | 𝐵𝒶𝒷𝓎 𝒢𝒾𝓇𝓁 | 𝐵𝒶𝒹 𝒜𝓅𝓅𝓁𝑒

Mica: Basicamente uma abreviação de Micaela, não é necessariamente usado por seus amigos, e sim por qualquer pessoa que ache Micaela um nome grande demais e queira abreviar. Não tem nenhuma restrição pra quem deve usar ou não, quem quiser a chamar desse jeito chama, afinal ela não liga muito pra isso.

Mimi: Ah meu amigo, se você a chamar desse jeito, considere-se morto. Ela simplesmente O-D-E-I-A ser chamada de Mimi, além de soar como nome de animal domestico, ele é extremamente ridículo e vergonhoso. Não tem uma pessoa fixa que o utiliza, qualquer pessoa que quiser provoca-la utiliza, mas inicialmente foi usado por uma das meninas, e depois que viram que ela odiava começaram a utilizar para provocar.

Baby Girl: Apelido "carinhoso" utilizado pelo par. "Bebezona", ser comparada com isso a irrita de certa forma, afinal é uma forma que ele usou de provoca-la. Toda vez que utilizado ela fecha a cara para ele imediatamente, não importa se o dia da garota foi maravilhoso e ela está por algum milagre com um sorriso no rosto, esse apelido consegue destruir o dia maravilhoso de Mica em apenas um segundo. Ela no final acaba se acostumando com ele, depois que viu a parte "carinhosa" dele.

Bad Apple: Esse apelido fez parte de seu passado, mas não é utilizado nos dias de hoje. Foi utilizado por seus colegas da escola, mais explicações na história.




Iᗪᗩᗪᕮ

𝟣𝟩 𝒶𝓃𝑜𝓈 | 𝐿𝒾𝒷𝓇𝒾𝒶𝓃𝒶 | 𝟤𝟤/𝟣𝟢

Mica nasceu no último dia de Libra♎. Nasceu exatamente as 23:00, tendo seu ascendente em Leão ♌, sua lua em Virgem♍, seu mercúrio e plutão em Escorpião ♏, seu vênus em Sagitário ♐, seu marte em Câncer ♋, seu júpiter em Libra ♎, seu saturno em Aquário ♒ e seu urano e netuno em Capricórnio ♑.
Mica pouco se importa com esse lance de signo, afinal não acredita nem um pouco que isso vá mudar ou interferir em sua vida, como por exemplo, as características de seu signo são muito sutis, e olhe só, Mica é o completo oposto de seu signo! Por isso quando alguém fala perto de signo perto dela... Ela praticamente ronca olhe o tamanho da inconveniência





ᑎᗩᑕIOᑎᗩᒪIᗪᗩᗪᕮ:

𝐼𝓉𝒶𝓁𝒾𝒶𝓃𝒶

Nasceu em Florença, capital da Toscana.







ᗩᑭᗩᖇᕮᑎᑕIᗩ:

Mica tem uma aparência diferente do que se é esperado por um anjo, afinal, de angelical a garota não tem N A D A.



Começando pelo cabelo, que já foge do padrão que as pessoas consideram bonito, afinal, enquanto mais da metade das meninas tem seus cabelos grandes e lisos, Mica tem um cabelo extremamente curto e "bagunçado", afinal a garota não tem o costume de ficar cuidando loucamente dele como a maioria das meninas fazem. O seu cabelo bate na altura do pescoço, tendo um corte relativamente em camadas, que dá pra perceber bem graças ao seu cabelo ondulado. Ele é bem cheio, o que muitas vezes faz Mica reclamar, afinal de certa forma, mesmo sendo curto, dá muito trabalho, começando ao acordar, ele já acorda todo levantado para cima, e apesar de não gastar tanto shampoo quanto esperava, o problema é basicamente na hora de pentea-los, afinal além de cheios eles são um pouco cacheados, e isso irrita profundamente Mica. Apesar de serem bagunçados, Mica tem um padrão para o cabelo (Ou seja, um penteado que sempre faz): Ela sempre reparte a franja para o lado esquerdo, deixando parte de sua testa amostra, e nela coloca vários adereços considerados fofos por muitos, como uma presilha com uma base roxa e duas estrelas amarelas para enfeitar a franja e uma pequena xuxinha para prender a mesma franja na ponta, já que ela é grande e provavelmente ficaria em sua cara se não o fizesse emo, mas de certa forma usa por achar ser fofo, claro que deixa isso em segredo dos demais. A cor de seu cabelo é considerada muito bonita e diferente, apesar de ser rosa, mesmo sendo escuro, Mica não vê nada demais nele, mas muitas pessoas se encantam com a cor de seu cabelo. Apesar de não cuidar com frequência, Mica tem um cabelo brilhante e, eu não diria sedoso, mas os fios aparentam ser bem cuidado apesar da garota negar a preocupação com o cabelo, não possuindo nenhuma parte ruim ou ponta dupla. A cor de seu cabelo pode mudar ás vezes, ou melhor, o contraste da luz pode fazer com que ele adquira uma cor semelhante ao rosa ou fique mais claro/escuro, e é isso que impressiona as pessoas. Se olhar bem para o cabelo de Mica, principalmente para as pontas, podem ver que elas são de uma cor diferente, um pouco puxado para o roxo, mas ela diz que nunca pintou o cabelo ou algo parecido, sendo apenas uma leve impressão que o seu cabelo causa, nada demais.

Os olhos são o espelho da alma"... É mesmo? Fala isso para Mica, com certeza ela rirá da sua cara. Mica tem um olhar distante e um tanto inexpressivo muitas vezes, afinal, a menina costuma sempre estar "Viajando", principalmente quando coloca os fones, então é normal ver Mica com um olhar distante e indiferente muitas vezes, tanto sem querer ou propositalmente. Assim como seu cabelo, os olhos de Mica possuem uma coloração rosa escuro, talvez bem mais escuro, mas diferente do seu cabelo não chega a chamar atenção justamente por ser da mesma cor dele, não se sobressaindo muito. Seus olhos refletem sua decepção com o mundo, inclusive os sorrisos que ele destruiu, por isso a garota sempre está com os olhos caídos e inexpressivos. Mas apesar de sempre estarem com a pálpebra quase caída, fazendo com que o formato de seu olho seja um pouco "quadrado", Mica possui olhos adoravelmente redondinhos e grandes, porém você só vê se 1) Conseguir deixa-la surpresa e 2) Ser uma pessoa importante para ela, do tipo que ela goste de olhar nos olhos e conversar. Mica possui um olhar muito bonito e bem traçado, seus cílios principalmente são algo que pode causar certa inveja, já que ela são naturalmente grossos e serem um tanto grandes, isso faz com que Mica não precise passar maquiagem para ele ser chamativo, e também, não é como se ela quisesse chamar atenção pelo olhar, afinal Mica está muito bem com isso "Para que usar maquiagem? Isso te torna mais segura? Eu hein" Mica odeia esse tipo de olhar superficial, por isso nem queira tentar passar essas coisas nela, você não irá conseguir.
Suas sobrancelhas são finas e bem desenhadas, e, como dizem, "seguem os olhos", afinal são praticamente da mesma largura. Assim como os olhos, as sobrancelhas de Mica também não são uma forma da ruiva se expressar, são semi-arqueadas, que misturado com seu olhar inexpressivo fazem com que ela seja comparada com uma Kuudere. As únicas vezes que Mica se expressa com as sobrancelha é quando 1) você falou tanta merda que ela teve que arquear a sobrancelha para sua merdice e 2) obviamente quando está com tanta raiva que não consegue esconder e 3), claro que bem futuramente, ficar envergonhada.

Mica é dona de um rosto bonito e desprovido de falhas/sinais, sendo considerado até fofo por muitos. Seu queixo é fino, o nariz é fino e levemente arrebitado, porém seu rosto também consideravelmente (?) bochechudo, tão bochechudo que dá vontade apertar de tanta fofura (Por favor, não tente fazer isso se você não quiser um olho roxo ou uma parada no hospital). As bochechas de Mica tiram totalmente a visão de pessoa estranha e fria que ela é, deixando uma visão mais fofa e infantil da ruiva, que obviamente detesta isso. Se ela pudesse, jogava fora suas bochechas e ainda tacava fogo! Cada vez que alguém chega para apertar a sua bochecha ela já manda a "real", porém se a pessoa não entender, se for uma amiga principalmente, Mica solta os cachorros pra cima dela (ela tem que entender que isso machuca!), Mica odeia isso por que deixa suas bochechas muito vermelhas, já que ela é muito branca, e pode fazer com as pessoas entendam errado e achar que ela está corando (o que acaba a acontecer mesmo em algumas vezes, mas só quando é alguma amiga próxima ou um garoto). Sua pele é sensível, e isso é outra coisa que ela odeia, afinal desde quando era criança sua pele se irritava e "manchava" com facilidade (como as bochechas que deixavam vermelhas, as mãos em seu pulso que a depender da força marcava a pele também, além de ficar visivelmente marcada por mosquitos) e Mica O D E I A ficar com a pele marcada! Antigamente sua mãe dizia que a pele é uma das partes femininas mais importantes, e que quando ela se casar com alguém que ama iria entender, mas bem, provavelmente ela nunca irá entender a mãe, afinal Mica definitivamente nunca se apaixonaria por ninguém, oras. Porém, se você se aproximar de Mica, provavelmente sentirá um agradável cheiro de pêssego, isso graças as loções e hidratantes que a ruiva passa em seu corpo, apesar de dizer não entender a mãe, ela passa os hidratantes justamente por achar o cheiro agradável, não para agradar alguém.
Seus lábios são finos e pequenos, geralmente sua boca é tratada como inexistente, afinal é quase raro ver a ruiva falar a primeira vista. Seus lábios são brancos, assim como a pele, não possuindo nenhuma cor, já que batom e Mica não são melhores amigas. Bem, ela já tentou passar batom ou até mesmo um gloss escondida de todos, porém, Mica não aguentou fica dois minutos com produto e já começou a passar a língua nos lábios sem perceber. Essa é uma das manias de Mica, porém o problema é que muitas vezes isso deixa o seus lábios muito ressecados, principalmente pelo fato de Mica não se preocupar em cuida-los devidamente, já que ela não se importa com isso. "Pra que eu tenho que fazer isso mesmo? Não estou esperando que ninguém me beije. Isso é inútil" realmente, a falta de feminilidade em Mica chega a ser irritante...



Agora vamos para uma parte um tanto... Inesperada, o corpo de Mica.
A ruiva tem um corpo robusto, isso não se pode negar, mas... O que se tem por baixo e todo aquele pano e roupas largas que Mica usa? Isso é quase como um mistério a ser desvendado, afinal ninguém nunca a viu usando roupas justas ou que mostre a perna, sempre usando calça ou uma saia media com uma legging por baixo, evitando o máximo usar roupas femininas, pois acha desconfortável. Se não fosse pelas roupas, Mica seria considerada, na visão masculina, uma pessoa com um "corpão". O corpo de Mica tem muitas curvas, todas completamente proporcionais e na medida certa, além de ter uma barriga lisa e reta, o que faria com que muitas pessoas sentissem até uma certa inveja, porém Mica realmente se sente desconfortável com o seu corpo, afinal uma coisa que a irrita muito são os olhares voltados para ele, principalmente os masculinos. Os seios de Mica são médios, apesar de aparentarem serem um pouco maiores, principalmente quando ela os aperta, mas ela realmente preferiria ser uma tabua. Uma coisa que incomoda mais a ruiva que os seios? Aquele monte de gordura inútil? Impossível! Ela realmente odeia quando eles balançam enquanto ela corre, odeia ter que usar aquela coisa desconfortável que chamam de sutiã, se ela fosse uma tabua por completo as coisas não seriam mais fáceis? Será que eles passariam despercebidos pelos outros? Bem, que seja, infelizmente a genética da mãe era boa demais. Outras coisas que infelizmente não passam tão despercebido quanto Mica pensava são suas coxas e bumbum. Suas coxas são muito grossas e durinhas, o que consequentemente faz com que seu bumbum também seja um pouco maior, e isso é outra coisa que incomoda Mica, ou melhor, a deixa envergonhada. Seus braços podem aparentar serem finos e pouco musculosos, mas não se engane com a aparência deles, afinal, são mais fortes que de muitos marmanjos por ai. O mesmo com suas pernas, suas coxas podem ser grossas, mas vai afinando na medida que vai descendo até o tornozelo, porém isso não quer dizer nada, afinal suas pernas ainda são ágeis e rápidas além de ter um forte chute. As pernas de Mica são algo que ela se orgulha até, afinal confia muito nelas graças ao seu chute, por isso sempre está as exercitando e cuidando devidamente delas.

Por fim vamos falar de sua altura e peso. Mica mede aproximadamente 1,74 de altura, fazendo com que ela seja mais alta que muitas meninas da idade dela, e isso de alguma forma a orgulha, pode-se dizer que em relação a isso ela é bem tranquila,a final odiaria ser muito baixa, pois ela acha que as pessoa a subestimariam mais. Mica também tem um peso que a agrada de certa forma, 45kg, resultado de muito exercício e alimentação saudável, ela afirma que odiaria ter um peso maior que esse por que ela se sente mais leve desse jeito, mas não tem nada contra pessoas que estão acima do peso, afinal Mica não liga muito para o peso das pessoas.

Mostrar Spoiler: ᗰᗩIᔕ IᗰᗩGᕮᑎᔕ?






















ᑭᕮᖇᔕOᑎᗩᒪIᗪᗩᗪᕮ:

Solitária, Misteriosa e "Não me toque"



Mica é considerada por muito com uma personalidade Kuudere, ou seja, tem uma personalidade aparentemente fria, que tentam esconder de toda forma sua verdadeira natureza e emoções, mas que em certos momentos acabam revelando uma personalidade extremamente moe. "Moe?" Mica simplesmente ri de quem pensa isso, eles estão esperando que ela seja fofa? Corta essa! A verdade é que Mica não se considera uma Kuudere, apesar de ter características e atitudes dignas de tal, ela simplesmente se vê como uma pessoa que odeia tudo e todos. Isso faz dela uma pessoa extremamente solitária, até mesmo egoísta, afinal para Mica a única pessoa que está acima dela é Deus, e a única pessoa com quem ela deva se preocupar é ela mesma. Tais pensamentos foram desenvolvidos ao longo dos anos, infelizmente Mica teve experiencias no seu passado que fez com que a ruiva odiasse as pessoas e não se importasse com ninguém além dela. Mica gosta de ficar sozinha, na verdade prefere muito, sem se importar com o que as pessoas acham ou dizem disso, ela já passou da época em que acreditava e se importava com que as pessoas diziam ou pensavam dela. Ela não é daquelas pessoas que ficam sozinhas e ficam pensando em como seria interagir com os outros e tem leves desejos, ela simplesmente não demonstra um pingo de vontade e aceita isso perfeitamente, também costuma ignorar quando falam com ela, o que irrita muita gente que tende a tentar pressiona-la e até mesmo agredi-la, o que geralmente é uma má ideia, já que Mica é uma pessoa completamente capaz de se defender e brigar com quem estiver no caminho dela, isso deu a ela uma certa fama de "delinquente", mas vamos deixar esse assunto para outro tópico.

Ela é uma pessoa muito séria, você não consegue ver um único resquício de seu sorriso, nem que seja um levemente sarcástico ou sem graça, a ruiva simplesmente não tende a sorrir, nem mesmo quando lhe é contada uma piada. Não é como se ela não quisesse, mas ela não vê graça em nada que as pessoas acham engraçado, principalmente aquele humor "retardado", ela costuma arquear as sobrancelhas e perguntar "É isso que as pessoas de hoje acham engraçado? Patético", nem para dar uma risada sarcástica e falar uma frase de feito que soaria de uma forma que ridicularizaria a pessoa, ela simplesmente fala o que pensa e sai de cena, voltando a ignorar tudo e todos, mostrando que a ruiva não ri de qualquer coisa, alias, ela sequer sabe rir? Isso é algo que muitas pessoas perguntam. Vai ver ela é só quieta e queira ficar na dela mesmo, não é?

Quer ser amigo dela? Desista, a ruiva tem construído em seu coração um muro forte e resistente, impossível de ser rompido. Mas para os que realmente quiserem romper suas barreiras e fazer com que Mica seja agradável com você é claro que há formas para isso, e paciência está inclusa. Primeiro você tem que entender que Mica é uma garota que fora muito machucada em seu passado e tem medo de se relacionar com as pessoas de novo e se machucar, por isso não a julgue pelas suas ações a primeira vista e tente chegar nela devagar. Se ela perceber que você está tendo interesse nela, obviamente vai querer te afastar, mas de certa forma agirá como quem "Não liga muito" e deixará você andar perto dela, claro que se você for muito grudento e chato (do tipo que fala muito) ela vai te botar pra correr e não querer te ver nunca mais na frente dela, ela realmente não é nem um pouco tolerante com pessoas curiosas demais e faladeiras demais, quem elas pensam que é? Nem se conhecem direito, oras, você tem que respeitar os momentos em que Mica quer ficar sozinha, especialmente quando ela coloca seus fones e fecha os olhos, se não conseguem fazer ou perceber algo tão simples assim, por que Mica iria querer alguém desse tipo ao seu lado? "Irritante..."
Uma dica, se quiser se aproximar dela não tente contato direto a primeira vista, ela o d e i a contato direto, seja desde um simples aperto de mão até um complexo abraço, ela simplesmente não se sente a vontade e odeia sentir o calor da outra pessoa ou o carinho, ela sente nojo disso e fala com uma aura um pouco sombria e olhar intimidador: "Não me toque tão casualmente, seu verme maldito". Se você for um desconhecido e tentar algo do tipo com ela, considere esse um dos, senão "O", maior erro de sua vida, ela irá te bater ou te empurrar (isso no caso depende se você for menino ou menina), principalmente os meninos, graças a sua fobia.

Mica geralmente atrai as pessoas por ser uma pessoa muito misteriosa, afinal, ninguém sabe sobre ela, ninguém sequer ouviu a voz dela, ninguém a viu sorrir e ninguém nunca vê outra expressão no rosto dela, além de ter um estilo próprio, o que é referido no japão como "Bokkuko". Ela é a preferida das pessoas que gostam de um bom desafio, geralmente as pessoas que conseguem se aproximar dela são as mais gentis e fofas, por serem pacientes e calorosas, o que faz com que Mica se sinta mais confortável e tenda a confiar mais nelas do que nas outras pessoas, claro que depois de perceber sua boa índole, e isso pode levar ela a se abrir mais com os outros através dessa pessoa, como um cartão de passe.

"Só não ria de mim, não sei ser como vocês"

E é ai que as outras partes da personalidade de Mica começam a serem expostas.

Um pouco mais sociável e paciente



Quando se sente acolhida, Mica se torna uma pessoa surpreendente! Toda sua faixada de "durona" e "fria" some em um piscar de olhos, as pessoas afirmam que Mica finalmente demonstrou o seu lado "dere", o que deixa a ruiva de certa forma envergonhada e constrangida, afinal ninguém nunca disse que ela era fofa ou a elogiou, e isso a deixou feliz sem perceber. Mica consegue ser amigável com as pessoas, ela só precisa ter certeza da índole dela e de suas intenções com Mica, se ela é alguém que a fará futuramente ou abandona-la, por isso era sempre agiu de forma tão arisca com as pessoas, mas fica feliz em ver que tem gente que não desistiu dela e quis conhece-la melhor, tirando totalmente a sua ideia de que a solidão era sua melhor amiga e que se ela ficasse sozinha as chances de se machucar seriam bem mais baixas. Quando você, sendo amiga de Mica, quiser conversar com Mica, não tenha medo, ela é uma pessoa extremamente amigável e compreensiva, pode falar do que quiser com ela, mesmo que ela não possa ajudar com coisas relacionadas a sentimentos amorosos por realmente não compreender nada desse assunto, pode pedir conselhos a ela, por usar muito a cabeça e pensar de forma racional costuma muitas vezes dar os melhores conselhos que você já recebeu na vida, e ela fica bem feliz que pôde ajudar um amigo de certa forma, apesar de não demonstrar muito pela sua face. Mica é capaz de conversar também, conversa sobre diversos assuntos com as pessoas, apesar de nunca começar uma conversa Mica sabe muito bem manter uma. Claro que se ela gostar realmente de você ela te tratará com mais "Paciência", sem se importar com suas idiotices, na verdade ela vai se ver como uma pessoa que conserta as besteiras dos outros, talvez agirá um pouco com o "Bom senso" da pessoa, aquela que fala "Miga, para que ta feio, olha o micão".
Quando você conhece Mica melhor, percebe mais de perto suas qualidades e que ela não chega a ser o que todos falavam, sendo uma pessoa amigável e companheira, alguém que você realmente possa contar. Claro que essa parte agradável dela ela demonstre mais para amigos bem próximos, aos conhecidos ela não se preocupa tanto em se mostrar agradável, tenta no máximo ser educada e trata-los devidamente.

Briguenta, justiceira e insensível



Como uma boa Bokkuko, Mica não leva desaforo para casa e tende a brigar muito com as pessoas que a ofendem ou a maltratam, isso é algo que ela aprendeu devido ao seu passado. Mica não gosta de brigas e tenta evitar o máximo, mas ela realmente não consegue lidar com pessoas que a desafiam ou a provocam para começar uma briga, por isso tende a agredir a pessoa, com seu olhar inexpressível e sangue correndo nas veias. Graças a isso, a fama de delinquente de Mica acabou se espalhando e fazendo muitas pessoas terem um certo medo de encara-la, achando que ela irá bater em todo mundo que a olhar, sendo que muito pelo contrario: Ela não vai nem ligar para sua existência. Mica em si é uma pessoa que só busca ficar em paz, ela é o tipo de pessoa que "se você não mexer comigo eu não mexo com você" e só quer ficar no cantinho dela ouvindo música e observando todos ao longe, ela acha muito problemático e trabalhoso brigar sem um real motivo, mas se a pessoa buscar briga com ela, por que ela ficaria sentada esperando apanhar?

Agora, uma coisa que ela não admite é que intimidem os mais fracos. Bullying é algo que a ruiva simplesmente não suporta, afinal sabe como é a dor e se coloca muito no lugar de quem está sofrendo, fazendo questão de defende-lo sem mesmo conhecer, como se aquilo tivesse afetado a ela também. Mica se vê muitas vezes como um tipo de justiceira, ela não importa quantas pessoas estiver ao redor dela, afinal ela confia na sua força e capacidade, o que importa para ela no momento é salvar a pessoa indefesa dali de qualquer forma, e de alguma forma chega a ser uma das qualidades de Mica, ela tem um coração grande, capaz de ajudar todos sem olhar para quem. "No fundo você não é diferente, apenas um fracote com complexo de inferioridade que acha que intimidar alguém menor que você irá te aumentar. Você é pior que um pedaço de merda" é isso que ela pensa de pessoas assim, Mica é uma pessoa muito corajosa, não se importando em "bater" de frente com algo ou alguém, pode-se dizer que ela é bem confiante quanto a isso e não abaixa a cabeça, costuma intimidar com sua voz arrastada e sua aura um tanto ameaçadora, é uma das coisas que ela sabe fazer melhor Apesar de gostar da paz, vá entender

Quanto a isso, Mica se mostra ser uma pessoa insensível, não se importa de ferir os sentimentos das pessoas que ela intimida "Humilhação gera humilhação", afinal, se não queria, pra que procurou? Isso é um dos piores defeitos de Mica, ela é completamente cega pelo seu "senso de justiça". Não é como se ela pegasse no pé da pessoa pelo resto da vida, mas para Mica apenas uma palavra no momento basta para ferir o orgulho da pessoa: "Lixo". Não é só com as pessoas que não gosta, Mica costuma muitas vezes chegar a ser insensível com seus próprios amigos, afinal ela não tem em mente uma noção de quanto suas palavras duras pesam e nem entende o por que da pessoa ter ficado chateada com o que ela falou. Porém, Mica sabe de seu péssimo defeito e tenta arruma-lo, apesar do orgulho, afinal não quer que a pessoa fique chateada com ela por muito tempo, também não quer voltar a ser como antes, afinal depois de ter experimentando um pouco do que é não estar sozinha, Mica não quer nunca mais deixar de ter essa sensação boa e voltar a ficar sozinha.

Desafiadora, corajosa e esportiva



Existe uma pessoa que goste mais de desafios do que Mica? Garanto que não! Tente falar "duvido" perto dela, ela saii de onde está na hora, sem se importar com seu momento de descanso para cumprir o desafio. Ela gosta basicamente do que o desafio propõe, principalmente se for algo que faça ela mostrar suas habilidades físicas, e também ela vê o desafio como uma forma das pessoas verem que não pode subestima-la, afinal a palavra "duvido" é a forma mais descarada que a pessoa encontrou para subestimar as habilidades de Mica, e posso afirmar que Mica vai com a determinação de fazer a pessoa engolir as próprias palavras, com sabedoria e estilo. Isso faz com que muitas vezes Mica se torne uma pessoa competitiva, principalmente se estiver relacionado a esportes ou atividades físicas.

A determinação de Mica pode ser algo surpreendente, afinal, ninguém esperava que aquela menina quietinha e inexpressiva pudesse ter tanta energia e força de vontade. Já se foi o tempo em que ela era idiota o suficiente para desistir na primeira tentativa, agora ela tenta até a morte, desistir definitivamente não é uma opção para ela. Sua determinação interfere de certa forma em sua coragem, afinal, graças a ela Mica foi capaz de mudar o seu jeito antigo, além da palavra "Duvido" estar muitas vezes relacionadas a testes de coragem. Mica faz absolutamente tudo que você imaginar, desde coisas bestas, como por a mão no fogo ou colocar a mão em um vidro cheio de baratas e insetos nojentos e pegajosos, até coisas que desafie a própria morte, como correr na beirada do telhado do prédio mais alto da cidade ou fazer esportes extremamente radicais que fazem a maioria das pessoas se borrarem de medo, Mica normalmente não vê coisas assim como um obstaculo e está sempre tentando supera-los, desafiado a própria morte, e pode ter certeza que ela não vê ela como um motivo pra não tentar fazer o que quer, afinal para Mica ela e a morte são como irmãs, então não tem medo dela. "Se eu vou morrer? Me diga, quem não vai?", é assim que ela pensa, ela encara a morte tão naturalmente como encara a vida, e ela também afirma que ela deve ser mais acolhedora, um pensamento que certamente pouquíssimas pessoas entenderiam e provavelmente julgariam Mica.

Outra coisa que não esperavam era que Mica fosse uma pessoa tão esportiva. Na verdade, considerando tudo que ela faz, como lutar, comer direito e estar sempre pronta para um desafio, era de se esperar que a ruiva gostasse tanto de esportes e de ficar em forma. Mica ama correr, pois isso te dá uma sensação de liberdade e de que ninguém no mundo pode alcança-la, além de gostar de manter a boa forma e as pernas fortes, afinal isso só trás vantagem para ela. Do que adiantaria ficar sentada com a cara emburrada o dia todo? "Se você quer ser uma pessoa forte, vá e lute por isso, ficar sentado e se lamentando só te faz mais inútil a cada dia que passa, tenha um pouco de respeito próprio e corra atrás" para Mica, essas palavras são as palavras mais gentis e determinadas que ela pode dar para alguém, afinal se não fosse pelo bem da pessoa ela não estaria nem falando nada para começo de conversa. Os esportes preferidos de Mica são os que ela tem que manter o equilíbrio, como skate, surf e slackline, e os que tem altura como cave jump, rapel e bungee jumping, além de ser perita em parkour ela tem mania de fazer parkour na mansão, se eles fossem humanos com certeza teriam dificuldades para alcança-la ou pega-la

Orgulhosa e nem um pouco feminina



Mica é uma pessoa muito orgulhosa. Vocês brigaram? Não espere que ela vá pedir desculpas para você, é mais fácil uma galinha voar do que Mica ser a primeira a pedir desculpas por algo, nem mesmo quando ela mesma está sendo infantil ou tenha errado, seu orgulho ira cegar completamente a ruiva. "Se ele(a) quiser voltar a falar comigo, ele(a) que venha" isso é realmente um pensamento muito infantil, mas como você poderia culpa-la por isso? A ruiva simplesmente não sabe como pedir desculpas, na verdade ela tem vergonha de encarar diretamente a pessoa com quem ela brigou e evita falar, afinal acha que estaria sendo muito ridícula e que a pessoa irá rir dela, mas se estiver se sentindo desconfortável com aquela situação, obviamente irá arranjar um jeito de reconhecer seu erro e pedir desculpas indiretamente, claro para a pessoa. Os momentos em que ela mantém o seu orgulho é um dos momentos mais fofos de Mica, afinal ela cora e se sente envergonhada com facilidade em momentos em que: Ela tem que se desculpar com alguém, ela tem que agradecer, ela tem que elogiar e ela tem que pedir alguma coisa. Ela odeia fazer todas essas coisas, e também não sabe como fazer, ela geralmente procura uma forma indireta de fazer isso. "Não foi como se eu quisesse ter feito isso, só não me trate como uma idiota", tarde demais, afinal Mica deixou seu lado "Tsundere" bem amostra, impossível não querer "tirar sarro" ou apertar suas bochechas vermelhinhas como uma pimenta forte. "O-Oque vocês estão fazendo? Irei dar uma morte dolorosa para cada um de vocês, i-idiotas!" Claro que ela fala brincando... Ou não

Mica tem atitudes muito masculinas, dignas de uma Bokkuko, porém não pense que ela nunca tentou ser feminina, isso... Bem, só é difícil para ela mostrar seu lado feminino, ser vaidosa como as meninas de sua idade, se preocupando constantemente com a aparência de seu cabelo ou as condições de sua pele, se preocupar em agir de forma mais fofa e agradável, afinal é mais conveniente desse jeito, porém para Mica é a coisa mais impossível do mundo! Ela gosta de usar roupas largas e confortáveis, ou desleixadas como os outros falam, (gosta inclusive de usar camisas masculinas e bermudas), gosta de correr e se sujar, sem se importar com a situação da sua aparência ou o que os outros vão achar de suas roupas sujas de terra. "Não gostou? Fo**-se, não sou obrigada a te agradar. O corpo é meu e eu faço o que quiser, entendeu seu merda?". Outra coisa que as pessoas acham desagradáveis: O palavreado de Mica, definitivamente nem um pouco feminino! A ruiva normalmente fala de forma calma ou arrastada, como quem não quer nada afinal ela também tem preguiça de falar, mas quando está "estressada" ou brigando com alguém, costuma xingar muito. Ela costuma falar muito "maldito", "merda" ou "irei te matar, seu pedaço de lixo". Infelizmente isso é algo que ninguém pode mudar em Mica, afinal ela mesma já tentou parar de dizer palavras tão duras para as pessoas, mas ela não consegue, é quase como automático. Talvez se você falar "duvido você ficar sem xingar por uma semana" ela se determine mais ksjsk
Outra coisa que torna Mica menos feminina é o fato dela NÃO SABER SORRIR. Tá certo que ela sempre fica com a mesma cara sempre e nunca mostre um risinho sequer, mas qualquer um é capaz de sorrir, não é? Mica simplesmente não sabe, ela realmente se esforça para sorrir, mas geralmente sai de forma engraçada ou assustadora demais, como se ela estivesse feliz planejando um assassinato, o que faz com que muitas pessoas saiam de perto dela com medo de se sorriso medonho. Mas, vejamos, ela realmente se esforça, não dá para relevar? Porém, quando menos esperar, é capaz da ruiva sorrir verdadeiramente para você, é outra coisa digna de paciência, continue se esforçando, certo? "Bem, eu não posso ser a melhor pessoa do mundo ou a mais carinhosa, tampouco fofa, mas... Não desista de mim mim, tá? Já chegamos longe demais para isso"



Sensível, realista e "Quero sumir"



No final de tudo Mica ainda é uma garota, grossa, que xinga e briga muito, mas que no fundo, mesmo que tente negar e esconder, ainda tem sentimentos. Mica é muito sensível aos seus sentimentos, por isso resolveu pensar "Eu não preciso deles" e sempre viveu com seu jeito solitário apenas para esconder sua decepção com as pessoas e com o mundo, porém depois que eles foram "redescobertos" Mica voltou a ficar mais sensível, mas em que sentido? Mica continua não se importando com o que as pessoas fala ou pensam dela, isso ela não nega nem esconde, ela realmente não se importa com isso, mas o fato dela ter conseguido amigos fez com que a ruiva voltasse a pensar muito no passado, costumando então a chorar muito em seu quarto quando está sozinha. Mica odeia pensar muito, afinal acaba pensando em coisas que para ela "Não importam mais", mas infelizmente é inevitável.

Mica tem uma visão muito ruim do mundo, visão na qual acredita ser a visão mais realista "Uma fabrica de desespero". Mica infelizmente não tem sonhos ou um futuro no qual anseia, afinal para ela foram todos destruídos, por isso muitas vezes tende a passar esse "realismo" para os outros, palavras duras e desanimadoras para ser mais precisa. Infelizmente Mica não possui esse senso comum, ela é o tipo de pessoa que se uma criança ficar ao lado por cinco minutos voltaria para casa totalmente traumatizada e desiludida "Eu só trabalho com verdades, desculpa" O que esperar de uma pessoa que destrói o natal de criancinha revelando que papai noel não existe? Que Deus na verdade é apenas um amigo imaginário particular? "Hoje, como sempre, eu não enxergo o mundo ou qualquer outra coisa" Apesar de muita gente pensar que essa visão da realidade de Mica tivesse mudado depois que ela conseguiu fazer amigos e mudar um pouco, infelizmente não é algo que se descarte facilmente, afinal é uma crença de anos. "Se você não concorda, convença-me que há uma resposta diferente" para Mica nada que está fora do alcance da sua realidade interessa, afinal ela sempre arranja uma resposta que lhe acha conveniente.

"Seu eu morresse nesse exato momento, alguém viria para me substituir"

Essa é a parte mais desagradável da personalidade de Mica, o desejo simples de sumir. Talvez esse seja o motivo dela e a morte serem tão próximas e dela não ter medo de desafia-la.

"Por múrmuras algo tão idiota? Você bateu com a cabeça? Boba"

Porém, talvez com a ajuda dos amigos Mica supere seus medos e inseguranças, além de poder mudar seu modo de pensar e confiar mais nas pessoas, não precisar mais guardar tudo para si e quem sabe, no futuro, sorrir alegremente.




ᐯIᖇTᑌᗪᕮᔕ

Sua personalidade amigável e companheira.

Sua personalidade protetora, está pronta para proteger tanto seus amigos quanto desconhecidos (se ver que eles estão em desvantagem)

Sua parte corajosa, ela seria aquela pessoa que se colocaria na frente do grupo para ver se está tudo bem na frente

Sua determinação






ᗪᕮᖴᕮITOᔕ:

Começando pela sua personalidade inicial, aquele fria, solitária e "foda-se o mundo"

Sua falta de feminilidade (apesar de eu não ver direito como um defeito, mas vou considerar apenas a parte onde ela xinga e briga muito)

Sua insensibilidade e "realismo"

Sua falta de motivação para viver.




ᕼIᔕTÓᖇIᗩ:

[ 17/08/2009 - 02:44 ]

Era uma noite chuvosa na Itália. Micaela de repente tinha acordado, sem se dar conta de onde estava.
Olhou para as mãos tremulas, ela tinha tido um sonho naquela noite, sonhará que estava caindo do céu, não é um sonho tão original, tampouco era de se esperar uma reação como a de Mica, mas para ela tinha sido tão realista que foi praticamente obrigada a pular de sua cama.
Olhou para o relógio ao lado de sua comoda, ainda era 02:45 da manhã, o que fez com que a ruiva ficasse mais aliviada.

"— Que bom, poderei esquecer tudo por mais algumas horas..."



Micaela Bertolazzo, nascida originalmente na Itália, união da alemã Mia Berlepsch, agora Bertolazzo, e do italiano Enzo Bertolazzo, que se conheceram em um dos shows da ruiva e decidiram viver para sempre juntos um ao lado do outro. Mica puxou totalmente a aparência da mãe, deserdando qualquer característica italiana do pai, fazendo com que ela fosse a menina mais exótica da vizinhança, e isso certamente não era uma coisa bem vista onde ela morava. Na verdade, toda a família dela não era bem vista naquela vizinhança, diziam que Mia chegou apenas para levar Enzo para o mal caminho, afinal viam o estilo despojado e alegre demais de Mia como algo impuro, afirmavam até que ela era o próprio diabo, uma succubus que viera para desonrar a família Bertolazzo, isso fez com que todos na vizinhança os ignorassem e espalhassem mais e mais rumores.

"— Francamente, esse povo não tem mais o que fazer...
— Mama, é verdade que nossa família é desonrada? Somos pessoas malvadas?
— Eh? Que baboseira! Não acredite nunca nesses fanáticos religiosos Mica, eles são pessoas ruins que gostam de fofocar sobre a vida dos outros, e eles ainda acham que vão para o céu desse jeito... Patéticos!"


Era verdade que aquele lugar era cheio de velhos e fanáticos religiosos, eles não suportavam ver algo diferente e já começavam a espalhar rumores maldosos sem mesmo conhecer a família. Mica particularmente não se importava com nada que eles falavam, afinal ela era muito feliz com sua família e gostava de ficar ao lado de seus pais, porém infelizmente o mundo não funciona desse jeito, e Mica começou a entender quando fez 10 anos.
Seu pai era uma pessoa que trabalhava muito para dar uma condição agradável a família, felizmente graças a isso eles nunca passaram dificuldades ou fome, seu pai era uma pessoa muito boa, boa até demais. Um dia, seu pai volta todo machucado, com o rosto sangrando e roupas rasgadas, Mia dá um forte abraço nele preocupada, porém ela nem precisou perguntar o que tinha acontecido, era claro que alguém daquela vizinhança tinha feito aquilo com eles. Não apenas agrediram, mas roubaram todo o dinheiro do salario que tivera acabado de receber, deixando o pobre homem sem nenhum tostão. Ele apenas abaixou a cabeça no ombro da mulher e começou a chorar baixo para MIca não ver.

"— Eles me disseram coisas horríveis, que a nossa família era um incomodo para eles e que deveríamos morrer, cada um de nós.... Não temos dinheiro para comprar uma casa em outro lugar, o que fizemos para merecer isso...?"
"— Por favor, não se quebre ainda... Nossa filha precisa de nós, certo? Eu também estou tentando lidar com as vizinhas sujando nossas roupas no varal ou pichando o muro da nossa casa... Mas somos mais fortes que eles, Deus está no lado dos de bem, né?"


Eles falavam um para o outro, enquanto Mica ouvia tudo de seu quarto, certamente triste e chorando debaixo dos lençóis, não só pelo sofrimento dos pais, mas também pelo seu próprio sofrimento. Algo que seus pais não sabiam era que Mica, assim como eles, também era gravemente afetada pela intimidação da vizinhança, mas nunca falou nada por que não queria atormentar seus pais com "coisas" bestas como essa, afinal eles tinham seus próprios problemas para sustentar.
Como era a rotina de Mica? Simples

Como qualquer criança ela se arrumava de manhã e andava em direção a escola (enquanto era xingada e ouvia os murmurinhos das pessoas ao redor de que ela era filha do "demônio"), frequentava a escola como toda criança (onde sofria muitos abusos psicológicos dos colegas e indiretamente dos professores), brincava (sozinha, já que as crianças era proibidas de chegar perto dela) e voltava para casa um pouco antes de anoitecer (sozinha e algumas vezes sofrendo um pouco de assedio dos velhos que ficavam no parque). Por mais que tentasse esconder dos pais, aquilo era demais para uma criança de 10 anos suportar, eram mais de 10 anos de ódio gratuito.

"— Será que eles vão me odiar de novo amanhã?"

Era o que a pequena Mica pensava antes de deitar em sua cama e dormir, acreditando fielmente que Deus tinha novos planos para sua vida.



Micaela Bertolazzo acordou como qualquer outro dia, deu bom dia aos seus amigos, seus bichinhos de pelúcia espalhados pela cama, e levantou-se, aquele era um novo dia, será que algo mudaria? Andou como todas as manhã até a escola, passou por todos que murmuravam coisas a respeito de sua família, e foi direto para sua sala com a cabeça baixa e olhos tristes.

"— Eu quero saber quem colocou veneno na comida do Momo!"

A professora pergunta para a classe, os três meninos do fundo olharam para Mica, sorrindo de forma maldosa. Momo era o coelho da classe, os alunos costumavam cuidar dele juntos, e a cada semana uma pessoa era encarregada de dar comida ao bichinho depois da aula. e aquela era a semana de Mica, que adorava o coelho mais que tudo, ele era um dos motivos para ela sorrir e agora estava mortos, quem teria feito algo tao cruel?

"— Foi a Micaela professora! É a semana dela alimentar o coelho, com certeza foi ela que matou o pobrezinho para fazer um dos rituais dela!" Um dos três meninos que sorriam de forma suspeita apontou para Mica, gritando
[i]"— Isso é mentira! Eu amava aquele coelho, eu nunca faria isso, pare de inventar mentiras!

"— Já chega Micaela! Você será punida severamente por isso!" - A professora gritou com ela, fazendo com que a pequena se encolhesse - "— Já não basta ter a sua presença desagradável nessa escola, agora você me vem com uma dessa? Você é um monstro! Eu quero que você saia daqui imediatamente!"

A menina ficou assustada, não se sentia bem com toda aquela aura ameaçadora mirando para ela, todos da sala encaravam Micaela com um olhar de desgosto "Por que você ainda vive?" era o que aqueles olhos diziam, e foi para aqueles olhos que Mica olhou antes de sair correndo daquela sala e ir correndo para casa chorrar debaixo da saia da mãe. Ela finalmente entendeu, não era ela a errada, o que estava errado era realmente aquele mundo, aquele mundo dava medo, as pessoas eram perigosas e mentiam, ela não entendia o por que de ter que encarar aqueles olhos de desprezo, não entedia o por que tinha que passar por aquilo tudo. Sua mãe acariciava sua cabeça enquanto ouvia Mica chorar, era a primeira vez que via Mica chorar daquele jeito e imaginou o quanto de magoa ela tinha dentro de seu coração.

"— Olha, Mica, nunca deixe de acreditar em Deus, o.k? Sei que está tudo muito difícil, mas acho que não devemos desistir tão facilmente, a fé é o que tem nos mantido até agora, não ouse perder ela, está bem?"

A menina acenou, enquanto dormiu no colo da mãe. Seu pai chegou em casa e viu as duas deitadas juntas na cama, sorriu calorosamente, era a primeira vez em anos que ele tinha visto uma cena tão feliz e adorável, resolvendo então se juntar a elas duas. Eles eram uma família feliz e unida, nada poderia mudar aquilo.... Exceto o ódio humano...
Naquela noite todos da vizinhança se reuniram em frente da casa dos Bertolzazzo's com tochas em mãos, queimando a pequena construção com teto de palha e paredes de madeira. Eles gritavam "Fora daqui, demônios", "vocês não são bem vindos aqui" e até mesmo "Morram". Mica acordou abraçada aos braços de sua mãe, que a apertava contra o corpo e colocava um pano contra o seu rosto, para a pequena não respirar a fumaça, o seu pai estava na frente para abrir caminho, parecia que daria para eles fugirem pelos fundos, Enzo abriu a porta e esperou a mulher e a filha passarem, porém quando chegou sua vez, um pedaço da madeira do teto caiu em cima dele. Mica não se lembra muito do que aconteceu, afinal na hora tinha desmaiado por causa da fumaça, mas ao acordar se deparou a mãe sentada embaixo de uma arvore com ela no colo, chorando muito. A pequena se levantou e andou em direção a casa, que ainda pegava fogo. A menina caiu de joelhos ao ver toda a casa desmoronada e em chamas, e o que mais assustou foi ela não ter visto o pai junto a elas.

"— Isso já é doentio.... Por que....?" - A pequena deixou uma lagrima solitária escapar, enquanto gritava com a cara no terreno cheio de terra, derramando litros e mais litros de lagrimas de dor e ódio "— WWAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!!!!"

A policia foi avisada e todos naquela vila foram apreendidos e presos, mesmo assim Mica não sentiu como se aquilo fizesse muita diferença, afinal, eles tiraram algo importante para ela, aquilo era muito pouco

"— Me desculpa Deus, mamãe, acho que eu estou me tornando igual a eles... Eu odeio tanto eles..."



Mica se mudou da Itália aos 13 anos por causa do trabalho de sua mãe, ela era telefonista de uma grande empresa, se mudando então para o Japão, mais precisamente em Tokyo. Para Mica tudo aquilo era muito estranho, totalmente diferente do que ela tinha visto, começou se comunicando com os outros em inglês e aos poucos foi aprendendo a falar japonês virtualmente, o que na verdade não pareceu ser tão difícil para a ruiva pegar. Bem, de qualquer forma aquilo não importava mais, Mica queria distancia de pessoas, não confiava em ninguém e fechava a cara para todo mundo que a encarava, andando com os ombros inclinados para frente e olhando para baixo, como se quisesse evitar os olhares dos outros. Passou a estudar em uma escola pública perto de sua casa.
Mica se trancou para o mundo, e isso incomodava seus colegas, que se perguntavam se ela achava que era superior a todos eles. Mais uma vezes, julgaram sem conhecer. Os rumores começaram a se espalhar e Mica ficou conhecida como "Bad Apple", ou maçã ruim, a junção das características da aparência e o fato de acharem que sua personalidade era podre. Isso fez com que outra serie de bullying surgisse na vida de Mica, porém ela já não se importava com mais nada, apenas passava por cima de seus problemas como se eles fossem baratas esperando para serem esmagadas. Agora Mica tinha o dinheiro do lanche roubado, as coisas estragadas e frequentemente um vaso de flor* era colocado em sua mesa que vivia riscadas com coisas como "estranha" e "estupida" (*NOTA: No Japão um vaso de flor sobre a mesa é como uma forma de luto por um aluno já falecido, porém quando se está vivo, um vaso de flor em sua mesa é a mesma coisa que dizer "queria que você estivesse morto", é usado muito para bullying). Ela apenas deixava passar tudo, deixando do jeito que deixava na Itália, ela fugia dos seus problemas e dizia que estava tudo bem.

Um dia estava sentada no terraço da escola com seu almoço em mãos, bem no cantinho para não ser notada por ninguém, porém nesse mesmo dia uma menina de cabelos castanhos longos apareceu, ela estava na beirada do telhado, depois da grade de proteção. Mica não conseguiu ignorar aquilo e chamou a atenção da morena, que a olhou surpresa pro alguns instantes, sorrindo em seguida,

"— Yo, Rolling GIrl!



Naquele dia ela conheceu Kana Yamazaki, uma das garotas mais populares do colégio que estava tentando desafiar a morte em cima do telhado na escola. Aquilo chamou a atenção de Mica, e mais ainda de Kana, que parecia não querer largar de seu pé. Aquilo irritava um pouco Mica, que se sentia desconfortável com Kana por perto

"— Ei, Rolling Girl, para onde estamos indo?
"— Primeiro, não fique me seguindo por ai! Segundo, pare de me chamar de Rolling Girl, não sei de onde você tirou isso!
"— Por que? Você não sempre passar rolando em cima de seus problemas para esquece-los?
"— Como se tentar a morte fosse uma forma diferente de fazer o que eu estou fazendo...
"— Isso quer dizer que temos muito em comum, né, Rolling Girl? Vamos ser amigas?"


Realmente, Kana era uma verdadeira idiota, mas Mica sentiu vontade de ser amiga dela, afinal ela parecia ser a única pessoa naquela escola que a entenderia. A morena estendeu a mão, com os braços cobertos por braçadeiras coloridas que iam dos pulsos até um pouco abaixo do cotovelo.
Pela primeira vez Mica tinha ficado feliz. Kana era a melhor pessoa que ela poderia ser amiga, todos os dias elas marcavam para saírem juntas depois da aula e se divertirem. Os últimos meses com Kana tinham sido os melhores para Mica, que se sentia cada vez mais próxima da felicidade, porém ela sentia como se não conhecesse Kana nem um pouco, afinal ela escondia muito bem os seus segredos, como sua família ou o que ela fazia naquele dia no telhado, até mesmo o que escondia embaixo de suas braçadeiras.

"— Rolling girl, talvez não tivemos nascido para sermos felizes, sabe, doí muito ver o quão irresponsável esse mundo... Não, a culpa é minha mesmo, afinal eu fui muito mimada pela vida..."
"— Kana, por que você nunca me fala sobre sua familia? Eu quero te ajudar, por favor me conte!"
"— Promete que não conta para ninguém?"
- A ruiva assente, a morena olha para os dois lados e sussurra para Mica, como se estivesse muito assustada "— O papai... Depois que a mamãe nos abandonou e desapareceu, ele tem agido muito estranho... Ele... Ele me visita toda noite no quarto... Ele faz coisas muito ruins comigo"
"— Kana, i-isso... Isso é muito grave! Precisamos avisar a policia!"
"— NÃO! VOCÊ PROMETEU NÃO CONTAR PRA NINGUÉM!"
- Era a primeira vez que Mica via Kana com uma expressão como aquela, desespero "— Mica, você não vai me trair, não é?"
"— Ok... Mas... que tipo de coisas ele faz com você?"
"— Coisas de adulto... Ele diz que eu tenho que ser uma boa menina e obedece-lo, mas eu não quero mais fazer aquilo, dói muito, mas papai não gosta quando eu contesto e sempre me machuca muito"
- Ela tira as braçadeiras e mostra marcas roxas escuras, pareciam ser recentes, aquelas marcas de dedos masculinos. Mica sentiu nojo daquilo, o que a amiga estava passando era inadmissível, ela queria muito proteger Kana, ver que todo aquele sorriso de sempre ra na verdade um sorriso vazio e falso para esconder sua tristeza foi doloroso - "— Sinto nojo do meu corpo, não sei como impedir papai, por isso fui para o telhado naquele dia, onde encontrei você... Acho que você foi meu anjo salvador, apesar de ainda sentir dor todas as noites, fico feliz que tenhamos nos conhecido e pude sorrir junto com você, isso me deixou verdadeiramente muito feliz, eu te amo Mica!"

A ruiva não pôde deixar de esboçar um sorriso, apesar de todo o sofrimento da amiga, MIca sentiu como se quisesse proteger o sorriso de Kana, por isso entrelaçou os dedos no dela e a abraçou. Para Mica aquele era mais que um sentimento de amizade, acho que o nome era amor.

"— Ei Rolling girl" - A menina andava na frente de Mica, pulando as rachaduras que encontrava na rua de maneira muito infantil. Ela parou e se virou para Mica, inclinando-se um pouco "— Se eu morrer primeiro, você promete me dar um beijo?"

A menina olhou para ela, com quem esperasse uma resposta sincera, mas Mica não conseguiu dar a resposta que ela queria, apenas riu e falou

"— Você por acaso é uma idiota?



Um ano então se passou, Mica continuou sofrendo bullying, Kana continuou sofrendo abuso do pai, porém para as duas nada mais importava, apenas em saber que estão juntas ao lado da outra já era um motivo para que ela ficassem felizes.
Um dia, um grupo de meninos intimidou Mica e pegou todo o seu dinheiro, a ruiva continuou fazendo sua cara de paisagem, mas naquele dia ela estava pensando o que faria junto com Kana aquele dia e sem querer esboçou um pequeno sorriso

"— Ei, Bad Apple, o que pensa que está fazendo? Acha que tem o direito de ficar sorrindo dessa maneira? Por acaso está caçoando de nós?"
"— Não se preocupe, não estou rindo para merdas como você, pelo contrario, me dá nojo só de olhar para sua cara"
"— Ora sua.... Vadia!"


Eles começaram a espancar Mica violentamente, chutes e socos, Mica só se encolhia esperando tudo aquilo passar

"— Vocês não prestam, quando vão entender que ninguém que você e aquela outra vadiazinha que anda com você por perto?"

"Aquela outra vadiazinha?" Não pode ser, Kana também estava sofrendo bullying? A menina correu, correu a procura de Kana, mesmo com o corpo dolorido e pé ferido ela tinha que procurar a garota. Por algum motivo algo dizia para ela ir ao telhado, ela tinha um pressentimento muito ruim.
Ao chegar lá, abriu a porta quase arrombando, e lá estava Kana, novamente além da grade de proteção. Ela olhou para Mica, sorrindo, o vento batia na direção oposta, fazendo com que seus longos cabelos castanhos ficassem na sua cara.

"— Parece que você finalmente descobriu.... Desculpa, Rolling girl, eu acabei pedindo para eles esconderem isso de você, mas acho que não durou por muito tempo...
"— P-Por que, Kana, prometemos enfrentar tudo untas, não prometemos?"
"— Você não tem redes sociais, né?"
- A menina pegou o celular dela e jogou para Mica - "— Eu queria que a noite chegasse logo, para eu dormir e esquecer de tudo mais um pouco... Mas no final não posso fazer isso pra sempre, afinal os cortes começaram a doer mesmo quando eu dormia, papai continuaria a visitar meu quarto e me fazer sentir mais dor todo dia... 'Eu nunca vou entender esse mundo', isso é o que você também pensa, né? Acho que eu já entendi o que é basicamente esse mundo: Sei que ele não foi feito para pessoas fracas como eu, eu deveria morrer logo, não é o que dizem?"
"— Kana... Por favor..."
"— Mas você é forte, né, Rolling girl? Você vai vencer esse mundo por nós, né?"
"— N-Não Kana, eu não consigo sem você..."
"— Desculpa... Poderia se aproximar um pouco mais?"
- A ruiva obedeceu o chamado da amiga e caminhou, mesmo com suas pernas tremendo e corpo dolorido, suas lagrimas ocultavam toda aquela dor que Mica sentia, estava com medo de perder Kana. Ao chegar Kana a surpreendeu com um beijo. Mica não recuou, apenas respondeu ao sentimentos da amiga e a beijou também "— Lembra da nossa promessa, né?... Ora, o seu rosto está tão machucado... Desculpa Mica... No final eu também sou uma Rolling Girl"

A morena empurra Mica para trás, fazendo ela cair no chão, enquanto o seu corpo é levado para trás.
"— NÃO, KANA!!!" - A morena tentou se levantar, mas o empurrão que a amiga deu nela fez com que o corpo da ruiva doesse ainda mais, tendo então uma certa dificuldade para levantar.

Era 07/11/2013, Micaela Bertolazzo viu com seus próprios olhos sua única e melhor amiga cometer suicídio no telhado da escola. Os policias a interrogaram, mas ela não falava nada, apenas olhava assustada para o nada, aquilo deve ter afetado muito a garota, por isso decidiram a deixar em paz por ora. Micaela pegou o celular da amiga e viu o que tinha nele: A menina estava sofrendo bullying virtual, basicamente descobriram que ela andava com Mica e começaram a ameaçar ela, tirar fotos constrangedoras, como quando ela estava trocando de roupa no vestiário ou indo ao banheiro, videos derrubando ela ou jogando balde com água suja nela.

"— Por que você foi tão egoísta?... Não precisava enfrentar isso tudo por mim, sua idiota... Droga, mas que lixo de mundo..."



Depois de todos incidentes, Mica decidiu ser mais forte, afinal não queria que acontecesse a mesma coisa que aconteceu com Kana. Mica se viu como uma pessoa fraca e que fazia as outras pessoas sofrerem, se ela não tivesse nascido sua família não seria mal vista, se ela não tivesse virado amiga de Kana ela não passaria por toda aquela humilhação para proteger Mica. Sua mãe continuava a se culpar pela morte de seu pai e por tudo que aconteceu na vida deles, já que se não fosse por ela Enzo nunca seria odiado pelos vizinhos e Mica não teria nascido em um ambiente tão odiado, mas infelizmente já era tarde demais para isso.

"— Mica... Eu... Sinto muito pela sua amiga... E-Eu não sei o que falar... Me desculpa também por tudo que você tem passado, infelizmente a mamãe não pode te dar mais do que esse sofrimento... Me desculpa Mica!" - Mia a abraçou chorando, Mica colocou a mão na cabeça da mãe, e falou com a voz mais fria e seca que conseguiu.
"— Não ligo mais para isso" - A mãe levantou o rosto para Mica, seus olhos estavam opacos e aparentemente sem vida, Mia sentiu medo daquela expressão de Mica "— Eu realmente não ligo mais pra nada... Não se culpe por isso mamãe, eu realmente mereço toda essa desgraça que está acontecendo nessa desgraça de vida miserável... Não me importo mais com nada, ouviu??" - A ruiva foi então ao seu quarto, batendo a porta o mais forte que conseguiu.
"— M-Mica...

A ruiva começou a treinar seu corpo, desde os 14 anos até agora, não se deixado mais ser intimidada ou pisada pelas pessoas, não deixando os "lixos humanos" pisarem os mais fracos apenas por diversão, se o mundo queria ser duro com ela, ela agora seria dura com o mundo

"— No final, eu não pude dizer 'eu te amo'..."




ᖴᗩᗰIᒪIᗩᖇᕮᔕ:

Mia Bertolazzo | 42 anos | Ex-vocalista de uma banda, atualmente trabalha em uma empresa telefônica | Morto



Mia inicialmente era uma mulher bem despreocupada e extravagante, além de ser vocalista de uma pequena banda de rock que se apresentava em bares, o que fortaleceu os boatos que diziam que ela era um demônio. Mia nunca se importou com os boatos e sempre viveu "de boas", afinal ela estava "cagando e andando para eles porém quando viu que eles eram mais perigosos e podiam prejudicar sua família mais do que imaginava, começou a tentar ser mais responsavel e preocupada, agindo como uma mulher adulta.
Sua relação com Mica sempre foi uma das melhores, afinal Mica se divertia muito com a mãe, também impossível não se divertir com alguém como Mia, mesmo que os momentos que Mica se lembra com ela fossem irresponsáveis, do tipo, esquecer a filha no supermercado ou deixar a criança pegar no volante do carro com risco dela MORRER, mas ainda sim divertidos. Depois de todos os acontecimentos, a relação com ela e mãe foi se tornando um pouco distante, afinal Mica parecia estar mais morta a cada dia e Mia se culpava constantemente de tudo, principalmente por ter deixado seu marido para trás.

Enzo Bertolazzo | 38 anos quando morreu | Trabalhava em um escritório como contador | Morto



Enzo sempre foi uma pessoa gentil, um verdadeiro cavaleiro e talvez um pouco ingenuo, afinal no dia em que o rapaz conheceu Mia ele tinha passado por uma desilusão amorosa e foi no bar com os amigos para afogar as magoas, inclusive era a primeira vez que ia em um bar. Enzo sempre foi uma pessoa "sensível", digo, se incomodava com palavras duras e atitudes que o deixavam confortáveis (parecia que na relação ele era a mulher e Mia era o homem), e quando ele começou a sofrer na mão dos vizinhos, pode-se dizer que a única coisa que o mantinha em pé era Mica e Mia, afinal e não queria desistir das duas pessoas que o deixavam muito feliz.
Diferente de Mia, Enzo era o bom senso da família e muito responsável, não que os momentos com o pai fossem chatos, mas Enzo pensava muito bem antes de fazer qualquer brincadeira com Mica e não a deixava entre a vida e a morte, além de sempre estar fazendo o jantar, já que Mia queimava até água, Mica afirmava que a comida do pai era a melhor do mundo. Quando morreu, ao ver Mia na duvida entre salvar ele e salvar Mica, ficou muito feliz ao ver ela se preocupando com a pequena que estava em seu colo, não deixando que dar um sorriso agradecido antes de queimar nas chamas.

Kana Yamazaki | 14 anos quando morreu | Estudante | Morta



Kana sempre foi uma garota energética e animada, na verdade era aquilo que as pessoas viam dela, por dentro ela já estava morta a muito tempo. Kana sempre teve uma personalidade "fraca", segundo ela, afinal ela sempre escondia tudo com um sorriso para não preocupar ou incomodar as outras pessoas, sendo que no fundo sofria com a morte da mãe e o abuso físico e psicológico do pai bêbado. Naquele dia o seu pai tinha a estuprado novamente, ela estava prestes a se jogar do telhado, mas ai Deus colocou Mica em sua vida, alguém que ela viu como seu anjo da guarda.
Kana já ouviu falar de Mica e como ela era conhecida pela escola toda, via o jeito como Mica agia com os problemas, a apelidando de Rolling Girl. Kana se apaixonou a primeira vista por Mica, ela sentia como se quisesse proteger Mica de tudo, mas infelizmente ela não era tão forte assim. Mica também amava Kana e via ela como a unica amiga e companheira que a entendia, porém no final descobriu que não sabia nada sobre Kana...




GOᔕTᗩ:



Bebidas quentes; Seja café, chocolate quente, até mesmo leite quente, Mica simplesmente adora muito qualquer coisa que esteja quente, colocando, claro muito açúcar!



Cubos de açúcar; Ela basicamente ama o gosto do açúcar em si, por isso costuma colocar vinte colheres/cubos de açúcar em suas bebidas, ou até comendo o açúcar puro



Ouvir música; Uma das paixões, senão a maior, de Mica. Ela adora ouvir música, afinal é uma forma que ela achou de ignorar o mundo, simplesmente coloca seus fones e esquece tudo ao seu redor, além de a deixar de certa forma calma. Mica é bem eclética, por isso você pode achar pela cara que ela está ouvindo um rock pesadão 666 from hell, sendo que na verdade ela está ouvindo Ragatanga.



Se movimentar; Quando você olha a primeira vista acha que Mica é um tipo de preguiçosa que gosta de ficar deitada ouvindo música referencias, sendo que muito pelo contrario, a garota não suporta ficar parada! Gosta de tudo que a movimente, esportes por exemplo, até mesmo Just dance.



Praticar esportes, ou melhor, competir! Adora a sensação e adrenalina, além dela ficar bem inspirada e determinada, com o "sangue nos olhos"



Acordar cedo e correr toda manhã, afinal nada melhor do que acordar em boa forma.



Coisas fofas, ela simplesmente adoraria ter uma coisa para apertar 24 horas por dia, isso de certa forma é um dos segredos de Mica, quando vê uma coisa (como objeto, animal e até mesmo pessoa), fica babando querendo apertar, podendo vencer até mesmo seu orgulho.



Doces; O que esperar de uma garota que come açúcar puro? Mica simplesmente A-D-O-R-A doces, principalmente os japoneses, já que eles são bem diferentes e exóticos.




ᗪᕮᔕGOᔕTᗩ



Calor; Odeia com todas as letras, afinal, quem gosta de ficar peguenta e suada? Claro, ela pratica esportes e fica muito tempo no sol, mas quando esta em casa deitada na sua cama? Não mesmo, isso é inadmissível.



Como uma boa odiadora de calor, Mica odeia água quente. Não é pelos mesmo motivos, claro, mas é que isso a deixa sonolenta e "fraca" (afinal é muito bom)



Chá. Simplesmente não gosta, afinal, toda vez que a ruiva toma chá ou sente o cheiro do chá, sente uma forte vontade de vomitar.



Maquiagem, nada causa mais desprezo nela do que beleza artificial



Fumantes, Mica não suporta quando alguém fuma perto dela. Se quer morrer, morra pra lá por favor.



Bonecas, ela as acham assustadores e macabras demais, como se escondessem algo por trás daquela face inanimada.



Que apertem o seu rosto ou forcem um sorriso nela, ela irá tremer as bochechas antes de dar um soco na pessoa.



Celulares e utensílios tecnológicos, ela não os entendem e não faz a minima ideia de como usar.



Bullying, é uma coisa que a albina repreende muito, odeia pessoas que julgam, odeia pessoas que maltratam por prazer e mais nada.



Pessoas falsas, odeia completamente, ou melhor, tem nojo.



Coisas gelatinosas, acham estranhas... muito estranhas.



Que a arrastem contra sua vontade ou a forcem a andar em um ritmo mais rápido que o seu, isso é motivo para Mica dar um socão na pessoa para aquetar.



Que a cutuquem ou insistam, acha muito irritante, é o pior erro que você poderia cometer.



Praia e sol, odeia por se sentir muito exposta, odeia que as pessoas fiquem a vendo de biquíni, é constrangedor!




ᗪOᕮᑎçᗩ/ᗩᒪᕮᖇGIᗩᔕ?

Não possui uma doença em si, mas alguns transtornos psicológicos, como tendencia a sociopatia e personalidade esquizoide.




ᐯÍᑕIO?

Açúcar




ᗰᕮᗪOᔕ/Tᖇᗩᑌᗰᗩᔕ/ ᖴOᗷIᗩᔕ



Tem um certo medo de palhaço. Não chega a ser um MEDO MEDO, mas tipo, se ela ver um palhaço na frente dela soca a cara dele sem se importar com quem seja.



Tem medo de se apegar demais de alguém e depois perde-lo, como foi no passado com Enzo e Kana.



Sacrifícios, ela tem medo de que um dia alguém se sacrifique por ela.



O trauma que mais marcou Mica foi o suicídio de Kana.



E a cena de sua casa pegando fogo



Ela tem virginitifobia; medo de estupro, motivo de Mica odiar pervertidos e evitar um pouco ficar perto de um homem.




ᕼOᗷᗷIᕮᔕ:



Ela pratica artes marciais todas as quartas, além de sempre estar praticando em seu quarto pela noita quando sozinha ou sem nada para fazer, além de também



Ouvir música, claro, na verdade ela está fazendo isso o tempo todo, até quando vai dormir.




ᗰᗩᑎIᗩᔕ



Colocar a mão fechada na frente do rosto quando constrangida ou algo que ela planejou não deu certo



Quando está perto da água costuma brincar com ela



E tirar os sapatos para colocar o pé na água. (Bem infantil, eu sei)



Balançar as duas mãos quando quer que alguém esqueça algo. Tipo: "Mica, o que você tinha pedido para eu fazer antes?", "Ah, esquece, esquece"




TᗩᒪᕮᑎTOᔕ:



Luta com espadas, graças as atividades do clube ela sabe muito bem manejar uma espada perfeitamente.



Artes marciais, afinal pratica todo dia

Dançar, afinal ela é boa em qualquer coisa que movimente o corpo

Em esportes, seria loucura/exagero não dizer que Mica é boa em todos os esportes que pratica.




Oᑫᑌᕮ ᑎᗩO ᔕᗩᗷᕮ ᖴᗩᘔᕮᖇ:



Cozinhar, assim como sua mãe, capaz de queimar até água, além de ser super desajeitada.



Cantar, apesar de gostar muito de música, Mica é um desastre cantando, parecendo uma gazela. (??)



Usar um celular, até sua avó usa um celular melhor que Mica.



Desenhar... Trágico




ᗷᐯ Oᑌ ᐯIᖇGᕮᗰ:

Apenas virgem, mas como ela só beijou uma vez (no caso Kana antes de morrer), se considera bv também, afinal não tem a minima ideia do que fazer ou como fazer.




ᕮᔕTIᒪO:

Quanto mais discretas forem as roupas, melhor. Mica possui um estilo nem um pouco feminino, a garota prefere usar blusas folgadas ou longas, calças e tênis all star. Também costuma usar camisa masculina, e nas poucas ocasiões em que usa saia, sempre estar com uma legging por baixo, até mesmo algo mais esportivo. Bem estilo "Bokukko"




[ig]http://static.tumblr.com/61bf54195cdf9425129d914a8db43a17/2cg87ka/gFgncaqke/tumblr_static_cz78tylqf08wcsgwcgwsg8880.jpg[/img]





ᑭOᗪᕮᖇᕮᔕ:



A sua capacidade é controlar, gerar, e manipular as ondas sonoras. Com ele, Mica é capaz de aumentar sons, por exemplo, quando Mica usa seu poder ele lhe permite aumentar o som de sua voz para ser tão poderoso que pode criar crateras e mover objetos pesados. Mica também é capaz de aumentar a sua velocidade para níveis incrível ao ponto em que ela é capaz de mover-se à velocidade do som. Mica também tem um sentido drasticamente aumentado de audiência, tornando-se uma habilidade muito útil para a detecção, já que os ouvidos de Mica são bem mais sensíveis que os das outras pessoas.



Manipular os sentidos/memorias: Ela consegue pintar/implantar memorias falsas na mente das pessoas. Assim que chegou na terra, usou isso em Mia e Enzo, um casal que tinha acabado de perder a filha no hospital, fazendo-os acreditar que MIca era a filha deles, esse talvez é o maior segredo dela. Mica consegue pintar suas mentes com as informações / visões / imagens, que ela quer que eles tenham, controlando assim os sentidos das pessoa a sua vontade, porém não consegue manipular as emoções de quem as emoções confusas ou difíceis de ler. No caso das imagens, Mica consegue fazer com que as pessoas vejam o que ela quer, como "levar" uma pessoa ao outro canto do mundo, sendo que na verdade aquilo é uma mera ilusão. É uma habilidade um tanto perigosa, mas que possui fraquezas, principalmente em pessoas com a mente forte que percebem suas ilusões, podendo quebra-las em instantes.




ᑭᗩᖇ:



𝓨𝓾𝓶𝓪 ℳ𝓾𝓴𝓪𝓶𝓲




ᖇᕮᒪᗩçÕᕮᔕ:

𝓒𝔬𝔪 𝔬 𝔭𝔞𝔯:



❝Yuma Mukami é um garoto problema❞



A primeira vista Mica e Yuma não se deram bem. A garota um poço de frieza, o garoto um "rebelde sem causa", como o garota o descrevia, certamente ele tinha o desprezo de Mica logo no primeiro dia quando o garoto tentou intimida-la colocando-a na parede, já que ela estava ignorando-o.

" — Não fale comigo, seu verme imundo"

E saiu empurrando o Mukami, que via a ruiva subir lentamente as escadas, não deixando de esboçar um sorriso sádico. Mica era uma pessoa no minimo... Interessante. Mesmo quando Mica começou a fazer amizade com as garotas da mansão e começou a criar um certo vinculo entre os irmãos (sendo bom ou ruim), mas para Mica Yuma era invisível, ela o odiava verdadeiramente e dava um gelo nele sempre que o via, algo que começou a irritar o rapaz, que quando via Mica sozinha a colocava contra a parede e a provocava, para ver se ela tinha alguma outra expressão, mas Mica sempre se defendia dele e saia andando no final, depois de neutralizar aquele "Monstro". Aquilo era um problema muito grande para o rapaz, Mica tinha sido a única garota que ele não tinha conseguido domar, ela estava além do que um simples desafio, alias, nada simples. Não era do feitio de Yuma deixar aquilo passar, por isso Mica ia ter que obedece-lo por bem ou por mal. O garoto tinha planejado invadir o quarto da garota de noite e a marcar para sempre. Bem, era isso que o rapaz planejou, mas quando apareceu no quarto de Mica presenciou a cena da ruiva sentada na cama chorando, ele não entendeu o por que daquilo e acabou chamando a atenção de Mica com um "Ei".
A ruiva se assustou com a presença inesperada do Mukami e gritou muito com ele

" — Com que direito você invade o meu quarto? Quem você pensa que é seu... Idiota de merda! Morra, morra, morra, morra!"

Mica tenta bater no peitoral de Yuma, enquanto chorava mais e mais, o garoto olhou para ela com um olhar inexpressivo e no final a envolve em um abraço. Se aquilo foi inesperado? Muito, mas o mais inesperado foi que Mica retribuiu o abraço e chorou mais e mais no peito do Mukami, que não perguntava nada, apenas ficou ali por alguns minutos até que se cansou de ficar ali, deixando a garota a sós olhando para a porta, não deixando de sentir seu coração palpitar rapidamente e seu rosto ficar vermelho.

Mica pareceu estar mais aliviada ontem. Ao acordar e ir tomar café, não pode deixar de notar um sorriso descarado em sua direção, Yuma estava no outro lado da mesa rindo para a garota, que corou levemente e virou o rosto para o seu prato

" — Ei, Baby girl, dá pra me passar a geleia?"

"Baby... Girl?" Aquilo realmente era o pesadelo, ninguém na mesa entendeu nada, claro que ela preferia que ninguém tivesse entendido. O Mukami então descobriu a fraqueza de Mica, apelidos, e parece que ele tinha acertado, afinal aquilo parece ter mexido com Mica, que todas vez que escutava aquilo praticamente voava no pescoço do rapaz e pedia para ele não falar tão alto, afinal não queria que os outros ouvissem. Esse lado provocativo de Yuma fazia com que ela o odiasse mais ainda, ela definitivamente o odiava! Era impossível aquele cara ter uma parte boa, ele forçava a barra e caçoava muito dela, irritante!

Quando Mica estava passeando pela casa sem fazer nada, Yuma colocou uma cesta de palha na sua cabeça de surpresa. Ela achou que ele estava provocando ela e a fazendo de idiota, mas quando olhou para o Mukami viu que ele também tinha uma em mãos

" — Vem"
" — Não quero...
" —Vem logo!


O garoto a puxou pelo braço e a arrastou para fora da mansão, por mais que quisesse ela não conseguia se soltar. Aquilo causou um certo medo em Mica, afinal ela tinha medo do que Yuma pretendia fazer com ela, porém no final das contas ele tinha apenas a levado para o jardim. Mica estranhou aquilo, alguém como Yuma também tinha hobbies... normais? fofos? Ela realmente não esperava ver algo tão "sensível" vindo de Yuma e estranhou muito, mas ao ver ela levando o trabalho tão a sério encheu os seus olhos de vida, era muito bonito de se ver. Eles começaram a conversar de verdade, não batendo boca ou agredindo verbalmente um ao outro, mas conversando como duas pessoas civilizadas. Mica começou a conhecer um lado de Yuma que ela nunca imaginou conhecer, ele podia ser bem diferente do que ela imaginava, e isso causou nela outra palpitação.

❝Não toque mais nesse coração que quer desaparecer❞

A garota começou a agir diferente com o Mukami, sendo ele a pessoa com que ela mais passava o tempo. Ela pareceu começar a gostar da companhia dele, mesmo que ainda se provocassem verbalmente, aquilo era visto pra eles como piada e brincadeira, e foi com isso que Mica deu o seu primeiro sorriso verdadeiro, o que causou uma surpresa tanto nele quanto dela, que saiu correndo com alguma desculpa esfarrapada, mas o Mukami finalmente tinha entendido o que tinha se passado, ele viu então uma brecha para invadir o coração de gelo de Mica e finalmente marca-la. Mica por outro lado achava que estava doente, por que ela sorriu da mesma forma que sorria para Kana? Mica começou então a se perguntar por que agia tão amigavelmente com o Mukami? Ela o odiava agora agia amigavelmente com ele? Como se fossem melhores amigos? Ele era grosso e pervertido, claro que ela não deveria tratar ele bem!
A verdade era que Yuma começava a entrar aos poucos no coração de Mica, e aquilo a assustava muito, mesmo não percebendo ainda o provável sentimento que começava a ter. Yuma por outro lado já tinha percebido a um tempo, não só os sentimentos de Mica, mas os dele próprio, afinal ela era diferente das demais, durona porém no fundo era apenas uma "Baby girl". Ele não podia deixar uma chance como aquela passar.... (Bem, o que acontece depois fica meio que por conta da autora, ele apenas provoca ela de forma pervertida ou finalmente morde ela? upupupu)

A primeira mordida deles foi em um momento em Mica estava completamente fragilizada. A ruiva estava confusa com seus sentimentos em relação a Yuma, o fato do garoto sempre aparecer nos pensamentos e nos sonhos dela a deixava mais assustada ainda. "Eu não posso ter esses sentimentos, eu não posso deixar que ele descubra isso", por mais que falasse isso doía muito em Mica, ela não queria ter um amor platônico, mas não podia trair Kana, ela ainda a amava. Quando a ruiva se aproximou do garoto não conseguiu segurar as lagrimas e chorou mais um pouco em seu peito, desabafou tudo que sentia, todo seu passado e todos os seus sentimentos atuais. Aquilo pegou o rapaz de surpresa, ele novamente não sabia o que falar, então ao invés de falar, ele resolveu fazer uma coisa diferente: A beijou. Saiu de forma bem desajeitada da parte de Mica, já que ela não sabia o que fazer, apenas seguiu o momento, e quando sentiu que o beijo ficava cada vez mais envolvente, temeu onde aquilo daria, mas não conseguia parar, e foi ai que o Mukami conseguiu marcar o pescoço da ruiva. Doeu? Claro! Foi inesperada? Se foi! Mas Mica não se importou com aquilo, apenas confiou no rapaz, afinal ela estava sendo dura com ele todo esse tempo.
No final das contas, seus sentimentos foram compartilhados e correspondidos, apesar de Mica não ter ideia do que eles acabaram se tornando no final das contas, apenas voltou a trata-lo normalmente, porém talvez mais "gentilmente"

❝Eu não sou sua Baby girl❞

Yuma começou a invadir a privacidade de Mica, sendo quando ela está no banho, trocando de roupa ou até quando a menina está dormindo, fazendo com que ela jogue a primeira coisa que está na frente dela na cara do rapaz. Isso começou a incomodar muito, aquele grande idiota estava provocando Mica da forma mais descarada possível! Mica começou a ver que Yuma podia ter um parte boa dentro de si, mas a parte maldosa falava mais alto, e como ela era irritante, fazendo com que a ruiva perdesse a esperança de ter um bom vinculo com Yuma, ele era apenas um idiota completo. Isso fazia muitas vezes com que o Mukami se irritasse ao ver que nenhum progresso surgia com Mica, fazendo com que ele ficasse de mau-humor e muitas vezes ignorasse a ruiva, que sempre o questionava

" — Pare de agir como um canalha, você não tem motivos para agir como um"
" — Sinceramente, o que você acha? Sério, vai ser o seu dever de casa, Espero um texto com no minimo vinte linhas, Baby girl"
" — Pare de me chamar assim, eu não sou uma Baby girl!"
" — B a b y G i r l"


Ela estava cansada de ser tratada assim. Ela teria que começar a ter mais atitude, senão acabaria submissa, correndo atrás dele. Não era isso que ela queria. Decidiu então começar a tratar o Mukami a altura. Quando chegou a noite o Mukami invadiu novamente o quarto de Mica silenciosamente, ele não esperava acorda-la ou algo do tipo, apenas a olhava sem nenhum tipo de maldade. Porém Mica estava atenta a isso e puxou o Mukami para sua cama, o deixando por baixo dela

" — Eu não sou uma Baby girl, ouviu?..."

[ O que acontece depois fica por sua conta, hihihihi ]

❝𝒜𝑔𝓊𝒶𝓇𝒹𝒶𝓃𝒹𝑜 𝒶𝓃𝓈𝒾𝑜𝓈𝒶𝓂𝑒𝓃𝓉𝑒 𝑜 𝓅𝑜̂𝓇-𝒹𝑜-𝓈𝑜𝓁, 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓂𝑒 𝓊𝓃𝒾𝓇 𝒶 𝓋𝑜𝒸𝑒̂❞

Mica realmente não se importava mais com o sexo, se era feito com alguém que amava, estava tudo bem. Ela realmente ficou muito envergonhada e um pouco arrependida na primeira vez, o que a deixou mais sexy na visão do rapaz, mas já era tarde demais. Mica fica feliz quando ele a toca, para ela era uma forma dos dois se tornarem um só, por isso a garota não reclamava quando aquilo acontecia, apesar de ficar excessivamente envergonhada com tais ações.


Ás muitas vezes que Mica e Yuma brigavam era por ciumes do garoto ou pela insegurança da garota, quando isso acontecia, ele sempre a levava a um lugar onde apenas os dois pudessem estar sozinhos e ele tentava “castigar“ ela, porém ela sempre fugia dele, ou dava um tapa em seu rosto e saia correndo. Toda vez que ela corria ia parar no jardim e chorava silenciosamente. Yuma, apesar de não aparentar, se sentia mal, por isso era o primeiro a falar com ela, eles conversavam, e durante essas conversas ela via mais o lado humano de Yuma, e isso sempre a fazia voltar para ele, pois assim via que ele gostava dela de verdade.

❝ Apenas nós dois juntos é o suficiente ❞

A relação deles eu deixo a seu critério colocar tudo que eu escrevi, resumir, tirar ou até mesmo acrescentar :3





𝓒𝔬𝔪 𝔬𝔰 𝔬𝔲𝔱𝔯𝔬𝔰

Sakamaki's:



𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 𝓢𝓱𝓾𝓾

"Qual a sua função existencial? Deixe-me ler seu manual"

Mica o acha a pessoa (se aquilo é uma pessoa) mais inútil do mundo! Começando pelo simples fato do loiro ser um baita de um preguiçoso, não sabendo nem passar um simples recado! Mica não suporta gente preguiçosa que nem Shuu e praticamente tem nojo dele, porém, quando quer ficar quieta, costuma achar a companhia dele boa, afinal, ele é um disco mudo.



𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 ℛ𝒆𝓲𝓳𝓲

"Por acaso estás competindo com a Mama para saber quem é o mais desagradável? Se continuar desse jeito você com certeza ganhará."

O que dizer de Reiji? C H A T O. "Micaela não pode fazer isso", "Micaela não pode fazer aquilo", "Suas maneiras são deploráveis", "Você deveria agir como uma dama", Vai se fo***! O moreno s e m p r e está pegando no pé dela, talvez por que ele goste de provocar ela falando para ela agir de modo mais feminino, pra onde Mica vá, sempre tem um Reiji aparecendo atrás dela para encher o saco. Pena que ela não consegue soca-lo, afinal quando ela percebe ele... Sumiu.



𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 𝓐𝔂𝓪𝓽𝓸

"Ore-sama? Faça-me rir um pouco mais"

Ayato é como um livro de piadas para Mica, a egocentrismo do ruivo de certa forma a deixa enojada, por isso sempre responde ele de forma provocativa ou não o levando a serio, o que faz com que os dois tenha até que uma certa "amizade", afinal Mica gosta do estilo de Ayato e sempre está com ele matando aula, sempre procurando uma forma de "se divertir" calma, nã é do jeito que estão pensando ksjsksk, pode-se dizer que quando os dois se juntam: Dá merda.



𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 𝓚𝓪𝓷𝓪𝓽𝓸

"Alguém tira esse urso de perto de mim"

Mica como uma boa amante de "Moe" adora Kanato, claro que ela não demonstra tipo "Ai cara você é muito fofo me deixa te abraçar aaaaahhhhhhhh", mas sempre que o garoto tem um de seus ataques bipolares Mica o encara com uma expressão séria e olhos brilhando, apertando as bochechas do arroxeado. Porém não é assim o tempo todo, afinal, existe o Teddy. Sério, só da ruiva olhar para aquele tapa-olho lhe dá um arrepio na espinha, toda vez que Kanato está perto dela com aquele maldito urso a ruiva não consegue para de olhar para ele fixamente, como se ele estivesse dizendo "eu vou te matar enquanto você dorme". E pra piorar, o garoto ainda fala com o bicho desgraçado.



𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 ℒ𝓪𝓲𝓽𝓸

"Não me importo com o que você faz ou como você é, só saia de perto de mim antes que eu soque sua cara, pervertido"

De todos os irmãos, ele é o que ele mais odeia. Ele o odeia mais que odeia Reiji, tem mais nojo do que te de Shuu, ela NÃO SUPORTA PERVERTIDOS! Para ela eles são a escoria da humanidade, ela não espera nem o garoto falar e já sai atacando. "Você pra mim é tipo pombo", e no final ela costuma o chamar assim, pombo.



𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 𝓢𝓾𝓫𝓪𝓻𝓾

"Não mexa comigo e eu não mexo com você, combinado?"

Apesar de serem farinha do mesmo saco, Subaru e Mica preferem manter uma relação neutra um do outro, o clássico "não mexe comigo e eu não mexo com você". Quando estão juntos, costumam responder um ao outro de forma rápida e um tanto fria, sequer olham nos olhos do outro.

Mukami's:



ℛ𝓾𝓴𝓲:

"Oh, perdoe-me Mama, esqueci que a senhora era muito chata, acho que ficarei sem sobremesa hoje de novo"

Mama... Quer dizer, Ruki, é o mesmo caso de Reiji > CHATO! Apesar de, claro, achar o Sakamaki bem mais chato. Primeiro, gado? Quem ele pensa que é? Mica odeia quando ele se refere a elas como um "gado mal educado", como alguém pode ser tão desagradável? Ruki também não gosta da atitude "rebelde" de Mica, e Mica não suporta aquela personalidade "Intelectualmente forçada", sempre andando com um livro em mãos como se fosse grande coisa. Costuma provocar um pouco Ruki, sempre fazendo o oposto do que ele manda.



𝓚𝓸𝓾:

"Nem venha com elogios e bajulações pra perto de mim, não tenho nada hoje"

Kou é a "criança problema" dos Mukami's. Começando pela "animação" de Kou, ela acha irritante e desnecessária, quando ele vem falar com ela a garota praticamente dá um gelo nele. Outra coisa que incomodou a ruiva foi o fato dele ser "duas-caras", algo que ela não gosta, outro motivo para a garota dar um gelo no loiro.



𝓐𝔃𝓾𝓼𝓪:

"Você é o único normal nessa casa, Azu... Ah, esquece o que eu falei"

Azusa é um caso especial. Mica adora a companhia dele, afinal ele é o mais agradável de todos os irmãos, é silenciosos e ela adora aquela sua voz arrastada (pode-se dizer que tem uma certa tara por ela, mas é melhor deixar em off), como se ela buscasse a paz que procurava quando está com ele. Até mesmo o seu lado masoquista agrada Mica, ela vê como loucura, mas o mesmo tempo gosta, sempre pedindo para o garoto mostrar sua coleção de facas animadamente, o que deixa o garoto de certa forma feliz, também não parece se importar muito quando ele a machuca, apesar do par sempre estar brigando com os dois por isso.



𝓒𝔬𝔪 𝔞𝔰 𝔬𝔲𝔱𝔯𝔞𝔰 𝔪𝔢𝔫𝔦𝔫𝔞𝔰:



Mica sempre demonstrou como ela é inicialmente, com seu jeito frio e "não me toque". Certamente ela pensou que isso afastou elas e que ela iria ficar sozinha de novo, mais uma vez, até se alegrando com esse pensamento, porém viu que não foi tão fácil, afinal elas provavelmente não largariam de seu pé, já que iriam viver juntas a partir de agora.
Como eu disse, Mica tem mais facilidade de conversar a primeira vista com alguém "fofa", gentil e paciente, afinal lembra sua amiga antiga, sendo ela um passe para que Mica comece a se socializar com as outras, pedindo desculpas pelo seu jeito rude e pedindo, com o rosto corado, para que elas tenham paciência com Mica.
Mica tentaria ajudar sempre as meninas, não confiaria em sorrisos falsos e insistiria em ajudar a pessoa, afinal não queria repetir o mesmo erro do passado, se tornando uma pessoa mais acolhedora e compreensiva, falaria palavras gentis para elas, palavras que nenhuma outra pessoa na vida escutaria ou esperaria que saísse da boca de Mica. Ela séria basicamente aquela amiga "Cabeça", que você sempre vem procurar já que ela sempre dá bons conselhos e facilita suas escolhas, apesar de não saber nada relacionado a amor, e também séria o "bom senso" do grupo.



𝓒𝔬𝔪 𝔗𝔬𝔲𝔤𝔬:

O vê como alguém repugnante e que merece seu olhar de desprezo. Ela realmente perde a fala quando ele aparece e o trata como a escoria que tanto odeia, apesar de não saber direito o por que dela odiar tanto o vampiro, apenas não sente coisa boa vindo dele.




Tᕮᗰ ᑌᗰᗩ ᗰᕮᒪᕼOᖇ ᗩᗰIGᗩ?

Provavelmente a noiva de Kou ou Kanato.




ᗰᑌᔕIᑕᗩᔕ:

Por favor, clique nos nomes das músicas para poder ouvi-las

𝔓𝔞𝔯:

Colour my World

Talvez uma versão mais romântica da relação deles. O fato de Yuma aparecer na vida de Mica e preencher todos os ganhos e perdas que ela teve na vida, além dele ser o seu novo motivo para querer viver se ser cada vez mais forte, "colorindo o seu mundo".



𝔖𝔲𝔞:

Rolling Girl

Representa um pouco do modo em que Mica enfrentar seus problemas. O fato dela sempre passar por cima de tudo, como se "rolasse em cima de uma colina", mas no final sempre acaba se machucando, o motivo de Kana a apelidar dessa forma. Na letra também fala de coisas como depressão, solidão, bipolaridade e, bem, é interpretada de diversas formas, mas eu apenas peguei a explicação que dei acima para representar Mica.

Erased Girl

Pode não parecer tão claro, mas a letra fala de (aparentemente) duas garotas que sofrem bullying. Escolhi essa basicamente por isso e por que ela retrata de certa forma o pensamento de Mica e Kana, coisas com "vamos esquecer tudo e chorar lagrimas de alegria" ou "não me importo mais com nada" por exemplo, no final ambas acham uma forma de escapar desse "Mundo irresponsável", encontrando o suicídio (porém no caso apenas Kana).

Girl Who Tends to Look Downcast

A letra é auto explicativa, representa o modo de pensar de Mica em relação ao mundo.




ᖇᕮᗩçÕᕮᔕ:

𝔇𝔢𝔰𝔠𝔬𝔟𝔯𝔦𝔰𝔰𝔢 𝔢𝔰𝔱𝔞𝔯 𝔞𝔭𝔞𝔦𝔵𝔬𝔫𝔞𝔡𝔞?

Você ainda pretende me dar mais algum castigo Deus?

Realmente um castigo, ela se sentiu como se quisesse substituir Kana, a pessoa que ela sempre amou e ama até hoje, mas infelizmente não se pode enganar o coração. Mica apenas aceitou seus sentimentos, mas guardou-os apenas para si, ele não poderia nunca descobrir isso

" — Com certeza ele vai rir..."



𝔇𝔢𝔰𝔠𝔬𝔟𝔯𝔦𝔰𝔰𝔢 𝔮𝔲𝔢 𝔰𝔢𝔲 𝔭𝔞𝔯 𝔞 𝔞𝔪𝔞?

Mil vezes droga, por que você teve que fazer isso? Eu só queria esquece-lo... Maldito idiota!"

Ela só queria o esquecer para sofrer menos, mas como ela poderia fugir sabendo que o seu amor é correspondido? Mesmo não querendo ficaria extremamente feliz, esboçando um sorriso verdadeiro e lagrimas de felicidade.

" — Se você me largar depois de toda essa humilhação que você me fez passar, eu corto o seu pe**s, sua girafa maldita"



𝔇𝔢𝔰𝔠𝔬𝔟𝔯𝔦𝔯 𝔮𝔲𝔢 𝔢́ 𝔲𝔪 𝔞𝔫𝔧𝔬 ?

Ok, você está me zoando, né?"

Alguém como Mica anjo? HAHAHAAHAHAH Você só pode estar de brincadeira! Mica deu uma risada tão alta, mais tão alta que provavelmente o carteiro que tava passando do outro lado da rua ouviu o riso dela vindo da mansão (Ou qualquer outro lugar que ela tenha recebido essa bomba), definitivamente não é sério, anjos e seres celestiais NÃO EXISTEM! Mica estaria pensando seriamente se aquilo era verdade ou mentira, e ao descobrir que era verdade ficaria com o queixo no chão, chega a ficar assustada, se coisas como anjos existem, imagina outros seres?



𝔇𝔢𝔰𝔠𝔬𝔟𝔯𝔦𝔯 𝔮𝔲𝔢 𝔣𝔬𝔦 𝔢𝔫𝔳𝔦𝔞𝔡𝔞 𝔞 𝔱𝔢𝔯𝔯𝔞 𝔭𝔞𝔯𝔞 𝔪𝔞𝔱𝔞𝔯 𝔰𝔢𝔦𝔰 𝔞𝔪𝔦𝔤𝔞𝔰 𝔰𝔲𝔞𝔰?

Por que está me dizendo algo tão idiota? Como eu poderia fazer isso?

É como se o mundo dela estivesse caído, Mica sempre quis proteger todos os seus amigos, agora tinha que matar eles? Você definitivamente não está falando sério! Ela provavelmente se jogaria no chão e perguntaria "por que...?", além de exitar várias vezes e procurar uma forma de fugir desse destino.

" — Eu só queria poder sorrir com todas de novo, por que tinha que ser assim?"



𝔇𝔢𝔰𝔠𝔬𝔟𝔯𝔦𝔯 𝔮𝔲𝔢 𝔢́ 𝔫𝔬𝔦𝔳𝔞 𝔡𝔢 𝔲𝔪 𝔳𝔞𝔪𝔭𝔦𝔯𝔬:

"Oh God..."

Por ser meio cetica com essas coisas de seres sobrenaturais e etc, ficaria de queixo caído e sem reação, mas olha como o amor é estranho, ela ainda se sentiria completamente apaixonada por ele e querendo ficar com ele para sempre.




ᑕᕮᑎᗩ ᗪᕮ ᔕᕮ᙭O ᕮ᙭ᑭᒪIᑕITᗩ Oᑌ IᗰᑭᒪÍᑕITᗩ?

E X P L I C I T O *corre*




ᑌᗰ OᗷᒍᕮTO ᑫᑌᕮ ᗰOᔕTᖇᗩ ᑫᑌᕮ ᐯOᑕᕮ̂ ᕮ́ ᑌᗰ ᗩᑎᒍO:

Bem, acho que justamente os seus fones de ouvido, além de ser meio que a representação de seu poder, parece que para ela ele sempre estava por perto e ela nunca os tirou. Mas, como eu acho que seria um objeto estranho pra representar um anjo, acho que o mais simples seria suas presilhas de estrela, que a acompanha desde que ela "Nasceu" praticamente. Enfim, qual for o melhor você escolhe :3




ᑕIᕮᑎTᕮ ᑫᑌᕮ ᗩ ᔕᑌᗩ ᑭᕮᖇᔕOᑎᗩGᕮᗰ ᕮᔕTᗩ ᕮᗰ ᗰIᑎᕼᗩᔕ ᗰᗩOᔕ?

Claro, fique a vontade para usa-la como quiser!




ᗰᗩIᔕ ᗩᒪGᑌᗰᗩ ᑕOIᔕᗩ?

Nop



Bebendo: "

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...