Cold as fire and hot as ice.


Postado



☭ Nome completo ☭

Viktor Romanovich Ibragimov (Виктор Ромаиович Ибрагимов).

☭ Idade ☭
Vinte e oito aninhos.

☭ Data de nascimento ☭

11 de março de 1988.

☭ Aparência ☭

A primeira coisa a se perceber em Viktor é sua estupenda altura de dois metros e treze centímetros que faz qualquer um com uma altura normal ou abaixo da média ficar com torcicolo. Se não bastasse a altura, os músculos de seu corpo são proporcionais a ela. Logo, ele é todo grande (ombros largos, braços fortes, pernas grossas, pau monstro...) e devido a sua rotina de exercícios, ele é todo gostoso e definido. Sua pele é corada de sol, os cabelos são louros e curtos, os olhos são azuis e adornados de cílios longos e sobrancelhas grossas, normalmente franzidas numa cara de "que que tá 'conteceno?". Costuma manter sua expressão sisuda, tem o maxilar quadrado e o rosto bem desenhado, com lábios carnudos.






☭ Nacionalidade ☭

Russo.

☭ História ☭

Viktor nasceu em Oymyakon, um vilarejo remoto na Sibéria, onde viveu até os nove anos de idade com seus pais, quando foi pego pelo governo por motivos de ele ser uma criancinha linda demais para não se fazer experimentos bizarros. Papai e mamãe tentaram resistir, porque “o caralho que meu filhinho lindo vai servir de rato de laboratório pra vocês, vão tomar no cu”, mas eles morreram no processo, na frente de um assustado Viktor que foi levado mesmo assim. Esse período está perdido algures no seu subconsciente, uma vez que suas memórias foram bloqueadas.
A memória mais antiga de Viktor, por conta do bloqueio, é acordar num orfanato em São Petersburgo com uma voz amena dizendo-lhe que a febre dele finalmente cedera. Como estava com sono, ele nem ligou e quando foi perceber, já estava acostumado com a vida no orfanato e disfarçou ao máximo que podia que não sabia o que caralhos estava fazendo ali. Viveu no orfanato até os doze anos, quando Roman, um ex-jogador de basquete, o viu brincando numa quadra e viu que ele tinha potencial para se tornar um atleta incrível. E depois de uma única conversa que teve com Viktor, Roman resolveu adotá-lo e torná-lo o melhor jogador do mundo num impulso. E foi assim que Viktor ganhou uma família nova muito feliz que lhe deu muito amor e carinho.
Porém, toda a estabilidade que Viktor teve dentro de casa ele não teve no colégio: as outras crianças morriam de medo dele porque ele era um “monstro” — e isso era porque elas nem tinham ideia de seus poderes, que pouco se faziam notar, uma vez que ainda eram fracos e ele não tinha controle algum sobre eles. Como ninguém tinha coragem de falar com ele na escola, Viktor ganhou a fama de valentão sem nem mesmo levantar o dedo pra uma mosca. Tímido ao extremo, ele apenas entrou no time de basquete da escola e aceitou a situação e os comentários maldosos.
Foi nesse ponto que a vida de Viktor mudou: astro do time de basquete, começou a chover garota na vida dele (e até alguns garotos, ainda que em segredo, porque na Rússia ser gay dá merda), de maneira com que o bullying diminuiu, mas ele continuava sem amigos de verdade até que surgiu Nadezhda, uma guria insistente que não sossegou o fogo até conseguir conquistar o coraçãozinho de manteiga de Viktor (o que demorou pouquíssimo tempo, na verdade) e se tornou sua primeira amiga e sua primeira namoradinha. Contudo, Nadezhda morreu num acidente causado pelo descontrole dos poderes de Viktor, quando ele sem querer incinerou o interior do corpo dela no meio do sexo. Foi assim que Viktor de fato descobriu que tinha poderes de verdade e ficou com um puta medo de si mesmo.
Isso fez com que Viktor entrasse numa depressão monstro que impediu que ele fizesse qualquer coisa além de jogar basquete feito um condenado por meses, de maneira que até seu pai, que ficava todo orgulhoso quando via ele treinando, se tocou que tinha algo muito errado ali. Só que quando Roman foi tentar fazer seu filho relaxar, apenas piorou a situação, uma vez que ele perdeu o controle e usou seus poderes descontroladamente, de maneira matar seu pai depois de vários choques térmicos causados pelo uso involuntário de seus poderes.
Depois desses dois acidentes, Viktor se trancou no quarto para nunca mais sair e nunca se recuperaria se não fosse o apoio de suas irmãs, que convenceram ele que a vida ainda valia a pena e ajudaram-no com os poderes — ainda que mal e porcamente e se cagando de medo. Atualmente ele é o garoto propaganda da loja de chocolates de sua irmã e está vivendo uma fofíssima e feliz vida.

☭ Personalidade ☭

Por conta de seu porte de armário, todo o mundo sempre teve muito medo de Viktor em todo o lugar que ele fosse. Depois, quando ele descobriu seus poderes, ele se fechou de vez. Então, Viktor passou a vida inteira sem amigo nenhum. Isso fez com que ele se tornasse uma criatura naturalmente introvertida e com uma absurda inépcia social. Sempre que alguém inicia uma conversa com ele (já que ele que não vai procurar as pessoinhas), Viktor fica sem saber o que falar, ainda que procure ao máximo não demonstrá-lo — o que culmina numa pessoa ainda mais assustada com a cara séria que ele bota pra disfarçar a burrice. No final, Viktor acaba sendo extremamente sucinto com as palavras, falando não mais que o óbvio ou sendo tão direto que a pessoa fica constrangida.
Contudo, apesar de ser péssimo em interagir com as pessoas no primeiro momento, Viktor não é nem um pouco tímido e adora estar com as pessoas e conversar (ainda que tema feri-las). Já que ele é péssimo com as palavras, acredita que o melhor jeito de compensar isso é com suas atitudes. Se ele tem um crush, ele não vai dizer “eu te amo”, mas vai jogar o dito cujo na parede mais próxima e dar um beijão de tirar o fôlego. Depois da primeira conversa (iniciada pela outra pessoa, normalmente), Viktor já a considera uma grande amiga e fará de tudo para fazer a pessoa feliz.
Romântico ao extremo, Viktor acredita que a única coisa que vale a pena no mundo é o amor. Por conta disso, espera-se que ele seja trouxa ao extremo, o que de fato acontece. Só falar em amor que o grandão já sai da realidade, visto que ele tem um coração de manteiga que qualquer um conquista. Ou seja: é tão volúvel que é só arrumar um crush novo que tá mudando de lado. A criatura precisa de alguém que lhe dê o mínimo de bom senso, já que pra ele está em falta. Contudo, apesar de ser muito volúvel, Viktor quer proteger todos aqueles que ama, já que ele a) não aguenta ficar sozinho e b) já perdeu pessoas demais.
Por outro lado, num cenário de descontrole de seus poderes, Viktor se mostra uma pessoa totalmente insegura, por conta de seu histórico pouco amigável com eles e tende ao isolamento total, já que não quer machucar ninguém. Depois de ter matado sua namorada e seu pai, Viktor tem muito medo de si mesmo e se considera um monstro, entrando num bloqueio master entre agir para proteger aqueles que ama e machucá-los processo, resultando num rapaz de atitudes totalmente estranhas que vai ficar num grude contigo e depois se afastar porque tem medo de te machucar.

☭ Gênero ☭

Masculino.

☭ Orientação sexual ☭

Bissexual.

☭ Herói, vilão ou anti-herói? ☭

Herói.

☭ Humano ou mutante? ☭

Mutante.

☭ Qual o seu poder?☭

Termocinese: a capacidade elevar ou decair a temperatura de um local, objeto ou ser vivo. Ou seja, pode fazer com que alguma coisa incinere ou congele a seu bel prazer. Isso não quer dizer que ele pode tipo, sair tacando bolas de fogo por aí ou fazer a Elsa e let it go. Ele não cria fogo/gelo, apenas muda a temperatura das coisas. Por exemplo: ele conseguiria reverter um incêndio se esfriasse as chamas, não se “absorvesse” elas, porque ele não tem controle nenhum sobre o fogo ou o gelo que ele cria.

☭ Tem alguma profissão? ☭

Ele era o pivô da Seleção de Basquetebol Russa, mas agora ele está ajudando a irmã com a loja de chocolates dela, servindo de garoto propaganda =3=

☭ Família ☭

Polina Romanovna Ibragimova (Полина Ромаиовна Ибрагимова): sua irmã mais velha. É dona de uma loja de chocolates e usa o irmão de garoto propaganda (de maneira bem sugestiva, com ele todo melado de chocolate em poses sedutoras parecendo uma pornô). Faz ele de escravinho por ser mais velha, mas ele nem liga porque Polina na verdade é a única que estende a mão quando ele faz as merdas. Atualmente Viktor mora junto dela pra esconder os poderes, sendo que ela é a única que sabe das tretas. É arrogante para um caralho, mas no fundo é um amor e vai meter bala em qualquer um que se atrever a machucar o bolinho de chocolate dela.
Têm outras cinco irmãs adotivas que não sabem de nada sobre os poderes ou que Viktor causou a morte de Roman e que vivem suas vidas por aí.

☭ O que gosta? ☭

Chocolate (principalmente os da sua irmã) | Flores | Filmes românticos | Basquete | Balé | Neve | Calor humano | Pelúcias | Cappuccino | Morangos | Abraços | Beijos | Qualquer demonstração de carinho/amor/afeto.


☭ O que não gosta? ☭

Usar roupas | Morte | Cemitérios | Que machuquem seus amiguinhos | Que pensem nele apenas como um objeto sexual | Morar em apartamento | Maus tratos a animais | Ficar sozinho | Cigarros | Carne | Bebidas alcoólicas | Refrigerantes | Comidas industrializadas.

☭ Medos ☭

De morrer sozinho & sem amor e fazer merda com seus poderes.

☭Manias ☭

Ficar peladão. Em casa, roupa pra ele é mito, mas quando está com estranhos ou sai na rua tem o mínimo de noção. Contudo, se tiver entre pessoas com quem se sinta confortável, ele vai fazendo um strip sem nem perceber, já que roupas são incômodas. Quando você vai perceber, ele já tá pelado.

☭ Fobias ☭

Nada sério o bastante para ser uma fobia.

☭ Vai querer par? ☭

Não sou nem eu que estou pedindo, mas é esse bobão, que quer casar, ter cinco filhos e um zoológico. Mas se ele vai ter o que ele quer é contigo, moça.

☭Qualidades ☭

É bastante empático e protege aqueles com quem se importa até o fim, beirando a trouxice. É amoroso e fofinho e pensa nos outros antes de pensar em si mesmo.

☭ Defeitos ☭

É puta volúvel: tem mais crushs do que células no corpo e quer agradar a todos eles. Também não é muito inteligente e demora pra pegar as coisas. Sem falar na falta de vergonha da criança e é um péssimo mentiroso.

☭ Como lida com seus poderes?☭

Ele morre de medo, mas vai levando. Viktor se lembra que no orfanato uma das mulheres mencionou que os pais deles morreram num incêndio (provavelmente armado pelo governo pra disfarçar), e ele juntou por a + b que a culpa era dele pela morte dos pais biológicos também. Polina ajudou ele com umas técnicas mui loucas pra controlar os poderes mas que acabaram funcionando.

☭ Como trata amigos, familiares, colegas, par e inimigos? ☭

Amigos: Por ter quase amigo nenhum, Viktor vai mimá-los até o infinito, enchendo-os de carinho e amor, sendo até mesmo um pouco grudento. Extremamente protetor, não vai deixar que nada os machuque, protegendo-os como um cão de guarda.
Familiares: Assim como a seus amigos, Viktor sente a necessidade de protegê-los com unhas e dentes. Sua irmã mais próxima, Polina, é a pessoa em quem ele mais confia na vida, e é pra ela que Viktor corre quando a coisa fica difícil — e o mesmo acontece com Polina.
Colegas: Viktor não tem o hábito de conversar muito com eles, mas os trata com a educação básica que é o mínimo de todo ser humano — ainda que ele seja um social weirdo que está morrendo de medo de machucar as pessoas com os poderes. Contudo, se um colega se aproximar dele, as chances de subir ao grau de amigo são grandes.
Par: Se com os amigos ele já é grudento, imagina com o crush. Viktor é o trouxa que faz tudo e mais apenas pra conseguir um sorriso no rosto da pessoa amada e se satisfaz com isso. Ele gosta de acreditar que a pessoa faria as mesmas coisas por ele, só que na maioria das vezes isso não rola, então ele fica só com o coração partido mesmo, ainda que guarde a pessoa no coração. Contudo, depois do caso de Nadezhda, ele tem medo de dar merda quando as coisas esquentarem demais e ele matar outra pessoa.
Inimigos: Ele não é do tipo de ter inimigos, porque normalmente as pessoas que têm medo dele e não se aproximam, mas o mais provável é que, corajoso que só ele, Viktor fuja dos inimigos como foge de qualquer problema de sua vida: se trancando no quarto pra chorar.

☭ Trabalha para o governo? ☭

Нет~

☭ Trabalha para grupos de caçadores de recompensas, especializados em assassinar outros mutantes? ☭

Nope~

☭ O que acha do governo de seu país? ☭

Já que o apagão de memória foi eficiente e ele não se lembra de vários nada, ele está de boas com o governo, ligando tanto pro Putin quanto ligaria pra qualquer outro presidente.

☭ Palavra-chave ☭

Священная Война~

☭Com porcentagem, me diga as chances de: ☭

Matar alguém para se proteger: 50% (Depende da pessoa... Se for buddy ele não mata nunca, mas um estranho ele acabaria matando e se remoeria de culpa depois por eras)
Usar seu poder para o mal: 50% (Depende em quem a criança crushar, né.)
Trair algo ou alguém: 0% (Um amiguinho? Não vai acontecer.)
Enganar ou mentir para alguém próximo: 50% (Se for para o bem da pessoa... Mas o coitado nem sabe mentir direito, então vai mudar vários nada.)
Se machucar: 20% (Fisicamente.) e 90% (Psicologicamente.)
Ser morto: 50% (sei lá, moça, quem vai controlar essas tretas aí é você mesmo. Mas acredito que ele saiba sobreviver, assim como a outra pessoa saiba matar?)
O quanto sabe ou se lembra de seu passado: -10% (Porque não basta não lembrar, o pouco que lembra tem que estar errado.)


☭ Se o seu personagem sabe de seu passado, seus poderes e que é diferente, como reage perto de seres humanos? ☭

No começo era trancado, mas depois que foi tendo controle, Viktor foi começando a ganhar confiança e viveu como um serumaninho normal escondendo os poderes ao máximo que podia, ainda que ainda tenha muito medo de fazer alguma besteira e continuar meio travado por conta disso.


☭ Curiosidades ☭

— Sempre sonhou em ser um bailarino, mas nunca teve a oportunidade.
— Juntamente de sua irmã, é dono de dois bichíneos: Mitka, um labrador creme bobão carente e grudento e Lyuba, uma gata de rua que eles acolheram que só come, dorme e faz gatices aleatórias nas horas vagas. Viktor tem um puta cagaço de fazer algum mal a eles, mas nada de errado aconteceu.
— Não sabe falar inglês, mas é fluente em francês, ucraniano e alemão, além do russo.
— Seu corpo cheira a chocolate por conta de uma loção a base de cacau que sua irmã criou.
— Ele guarda fotos, cartas e várias outras coisas de Nadezhda numa caixa e volta e meia abre ela pra chorar e ficar de luto.
— Ainda que não esteja mais jogando na Seleção de Basquete, ele continua com sua rotina de treinos de antes.
[img]imagem.jpg[/img] [img]viktor.png[/img]


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...