~Alazkya

Alazkya
Come to the dark side!
Nome: ✗☨☽ // Queen of Death // ☾☨✗ V4D3R ✗ Honey Darkness ✗ - Molly -
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 11 de Março
Idade: 12
Cadastro:

[Ficha} Fanfiction Revolution


Postado

Ficha Feminina – Fanfiction Revolution.
– Adalynn Allen.



➾ "The time will come, when you'll have to rise
Above the best, improve yourself
Your spirit never dies."
– Warriors (Imagine dragons).





Nome
Adalynn "Dany ou Ady" Campbell Allen.


Codinome
Deer.
Deer significa "cervo; veado" em inglês. O cervo muitas vezes é caracterizado como pureza, então, isso é um símbolo de sua pureza.



Idade
18 anos – 28/12.


Aparência
– Photo player: Daria Sidorchuk.

Ady possuí cabelos ruivos escuros, cheios e vivos. Na maioria das vezes, dependendo da posição solar, seus cabelos ruivos parecem castanhos pela tonalidade natural escura. Seus olhos são em uma tonalidade de caramelo escuro, o que faz realçar em sua pele clara. Traços finos contornam seu rosto angelical, com um formato pouco quadrado, e algumas sardas rodeavam de suas bochechas até o pequeno nariz arrebitado da garota. Uma pele clara e macia, seus lábios finos e rosados fazem de seu rosto ainda mais atraente aos olhos masculinos.
Adalynn possuí uma beleza pura e natural, passando aos homens que é uma garota pura e ingênua. E por trás de toda sua "ingenuidade" há um belo corpo de uma mulher. Campbell possuí uma cintura fina, juntamente de uma barriga lisa e dura. Seus seios são medianos e sua bunda é mediana e empinada.


Opção Sexual
Heterossexual.


Personalidade
— Ady é uma menina pacífica, calma e, na maioria das vezes, um pouco reservada. Adalynn é o tipo de garota que não gosta de demonstrar seus sentimentos, mas que ao mesmo tempo se preocupa com os outros. Sua gentileza a transforma em um ser humano emocional, as vezes pondo alguém acima dela. Adalynn, mesmo ter tido uma vida difícil, ela sempre tentou ajudar aos mais próximos. Ela perdeu sua família e muita coisa, mas não seria por isso que Adalynn se transformaria como todos: uma pessoa fria e desorientada. Dany demonstra ser uma garota ingênua e que acredita em coisas como o amor, porém sabe de coisas que ninguém nunca soube. Porém mesmo com isso, nunca foi uma garota romântica ou muito menos uma dama. Dany é apenas ela mesma, só age assim porque não quer levar um rumo duro para ela, apesar de já está levando um caminho desse tipo. Está sempre dando a sua opinião em conversas e não é de ficar calada. Daly é uma menina ativa e bastante espontânea, talvez você sempre a veja sorrindo pelos cantos e isso passa conforto e segurança aos demais.
— A garota ruiva possuí um outro lado, e esse seria o lado corajoso que a torna tão destemida: Allen é o tipo de garota que jamais te deixará para trás, ela é leal e pode ser impossível retirar sua lealdade. E se tem uma outra coisa sobre ela, é que você não pode tirar algo de sua cabeça, acontece que até mesmo ela sabe que é teimosa, isso pode ser bom em algumas vezes... mas outras não. Dyn é conhecida também por ser uma garota independente e que não se abala tão facilmente. Já foi diversas vezes desmotivada por pedras que a derrubou em seus rumos, mas mesmo assim, apesar de tudo o que passou, ela continuou forte e independente. Ela é aquele tipo de garota que não tem medo ao falar uma simples verdade, porém, que tenta ser o máximo possível boa para não magoar alguém. É inteligente e muito talentosa no que faz, tenta se esforçar ao máximo para se agradar no que faz. Possuí um lado esforçado e destemido, capaz de conseguir realizar todos os seus objetivos. Sua inteligência ao gravar pequenas informações a ajuda bastante quando está fazendo pesquisas que podem ajudá-la futuramente.
— E essa é uma outra parte sobre os podres e também aquela parte dos defeitos: Vamos conversar o quão orgulhosa essa garota é! Vem cá e sente-se ao meu lado, vamos conversar! Apesar de ser uma menina muito boa em relação a gentileza, dependendo da situação, ela deixa seu orgulho falar mais alto. Em uma discussão, ela nunca é a primeira a pedir desculpas, mesmo que isso a machuque muito por dentro e fique sempre se perguntando se está fazendo mesmo a coisa certa. Dany é uma garota que não gosta de demonstrar seus sentimentos, gosta de ouvir as pessoas falando sobre seus sentimentos, mas toda vez que alguém pergunta para ela algo do tipo, Ady, está sempre mudando de assunto. Esse sempre foi um defeito seu, e mesmo rodeada por alguns amigos, se sente só. Dany é o tipo de garota que ama fazer piadinhas, mas cuidado, as vezes suas piadas possuem segundas intenções que algumas vezes podem passar despercebidas. E, como um ser humano qualquer possuí suas ganancias, o que não seria nada menos que encontrar o homem que violentou sua irmã. Adalynn é um tanto rebelde, mas raramente age desta forma.
— A última parte de uma personalidade é o rancor e a raiva. Essa é uma parte essencial em todo o ser humano, seria uma parte equilibrada entre a gentileza e a raiva. São raríssimas as horas em que você poderá encontrá-la com raiva, mas não digo que é difícil irritá-la. Dany tem uma personalidade ao contrária de sua gentileza. Um tanto sarcástica quando usa esse seu lado obscuro. Está sempre fazendo piadinhas irônicas com esse lado e quando tocam no assunto sobre seu passado, sua personalidade muda instantaneamente para esse seu lado. Costuma ficar resmungando pequenas ofensas à pessoa que a irritou, tirando-a de sua paz. Uma garota agressiva e fria, ela para de falar com você se estão brigados, no máximo uma ou duas semanas ou menos. As vezes em uma batalha tenta usar sua razão, mas se você ferir seu ponto fraco ela usará a emoção. Adalynn teve uma vida um pouco difícil e isso a fez usar seu poderes a partir de suas emoções; ela pode ser perigosa quando perder o controle dos poderes, então cuidado!


História
Dany desde pequena possuía uma capacidade de ver e falar com pessoas "invisíveis", aos olhos dos outros. Ela tinha um dom de falar e ver espíritos, e isso sempre foi um motivo para ninguém querer ser seu amigo na infância. Muitos pais pediam para que seus filhos se afastassem dela, o que fez a menina focar-se mais em seus estudos. Isso preocupava seus pais, já que a menina era sozinha e não possuía um único amigo, a não ser seus amigos "fantasmas". A menina sofria bullying e isso a fazia se afastar ainda mais do mundo e de todos a sua volta.
Isso até os seus 12 anos, onde a menina resolveu dar um basta em tudo: Uma garota, Stacey, sempre pregava peças nela e dessa vez não foi diferente. Após um banho de água, Adalynn na hora do intervalo, cansada de todos rirem de sua cara, foi atrás da menina que conversava com suas supostas amigas. Aquele seria o acerto das contas, afinal ela merecia! E foi exatamente isso o que ela fez:
Agarrou a menina pelos cabelos e a virou para si, acertando-lhe um tapa bem estalado em seu rosto, onde a marca de sua mão ardia com uma mancha vermelha. O barulho fora tão alto que todos a sua volta haviam parado para prestarem atenção em tudo o que estava acontecendo. E esse foi o começo de uma briga, onde Ady ganhava. Por cima da menina, agarrando seu pescoço tentando achar uma maneira de matá-la, uma de suas mãos foram parar em sua têmpora e foi aí que a Stacey viu coisas surreais, por assim dizer; eram como se fossem ilusões, coisa que Ady também viu. Isso foi um choque para que Adalynn a solta-se, jogando seu corpo para longe dela e com medo acabou fugindo do colégio.
Até então a única que acreditava em seus "delírios" era sua mãe, Kayte – uma mulher doce e gentil, que acreditava no impossível. Mas, infelizmente, Kayte morreu de parada cardíaca. Seu pai, não aguentando a ideia de perder sua amada mulher resolveu se casar com uma mulher fria e má. A mesma, anos mais tarde matou o homem covardemente enquanto dormia. Ele transformou a vida de Adalynn e Anne – sua irmã mais velha de 16 anos – em um perfeito caos. Contudo, o verdadeiro mal chegou quando Anne foi violentada por dois homens – estupradores foragidos da polícia. Seus sonhos foram destruídos e sua ingenuidade foi embora, Allen descobriu que tinha pego uma doença rara quando foi violentada e por isso, faleceu dois anos mais tarde. Kayte, tornou a vida da menina um inferno e a mesma a internou em uma psiquiatria quando descobriu que a menina podia criar uma espécie de campo de força, quero dizer, a mulher já a achava louca por sempre "inventar" histórias de que falava com pessoas mortas.
Foram três anos internada em uma psiquiatria. Três anos descobrindo e aperfeiçoando seus poderes. E já sabendo como controlá-los, conseguiu fugir da psiquiatria.


Poder
Mediunidade:
É uma capacidade de poder ver, falar e servir os espíritos como aliados ou até mesmo convocá-los. Esse é um poder que está sempre usando, mas raramente os convoca para o mundo dos humanos. Ady tem uma capacidade de poder ouvi-los, eles agem como sua consciência: estão sempre mandando-a fazer coisas boas e tanto ruins. Dany nunca as ouve, ou melhor, nunca pratica as ações mandadas pelos mesmos. Porém, quando alguém atinge seu ponto fraco, as "vozes" aproveitam essa oportunidade para poderem controlá-la e fazer com que a menina faça as ações pedidas.

Geração de Campo de força:
Esta é um poder capaz de criar uma espécie de escudo, impedindo que qualquer coisa ultrapasse ou a machuque. O campo de força também pode ser usado para impedir que ela inale toxinas; capaz de proteger até pelo menos 4 a 10 pessoas, mas como consequência ficará cansada mais rapidamente e o campo irá se desfazer aos poucos.

Ofuscação Mental:
Uma espécie de capacidade mental para que não seja rastreada por telepatas. Está sempre usando este poder, há muitos no mundo com o poder de telepatia, e alguns usam esse poder para o mal, então para no correr o risco está sempre usando esse poder, exceto quando está em sono profundo.

Telepatia:
Ilusão Mental – Foram um dos seus primeiros poderes a surgir. É uma capacidade especial em criar ilusões em seu oponente em apenas tocando sua testa. Ilusões realísticas que fazem a pessoa experimentar acontecimentos que não estão realmente acontecendo. Normalmente, costuma a usar em uma batalha contra o rival e nesse caso, o rival estaria submetido a uma espécie de tortura psíquica com dores na cabeça e uma espécie de falta de ar. Dependendo do quão realista for sua capacidade para tal ilusão, pode resultar a morte desse alguém.
Manipulação e Bloqueio Telepático – Capacidade de manipular e roubar qualquer informação da mente das pessoas. Apesar de poder manipular a mente das pessoas, ela também possuí uma grande capacidade de ler e ver os pensamentos ou lembranças (ou medos) mais íntimos de uma pessoa, causando pontadas de dores na cabeça da pessoa quando mais fundo vê. Ela também possuí uma capacidade de levitar ou "quebrar", por assim dizer, qualquer coisa com sua mão. Porém, quando tiver raiva, tudo a sua volta pode flutuar e começar a esmagar tudo apenas com a sua raiva. No final, isso lhe causa cansaço e a faz desmaiar no fim de tudo. Também uma outra habilidade que possuí com a manipulação telepática é: poder usar sua mente para bloquear os pensamentos dos outros. Ou seja o alvo não irá agir, como se sua mente estivesse presa e incapaz de interagir com o corpo.
Amnésia Mental – Pode apagar qualquer consciência de memórias particulares ou causar amnésia total em uma pessoa. É capaz de curar o traumas mentais através de uma "cirurgia psíquica", o poder de estimular ou enfraquecer os centros de dor e prazer no cérebro de uma pessoa. E somente ela pode desfazer isso.
Detecção Mental – Uma outra capacidade sua de sentir a presença de outro mutante super-humano a quilômetros de distância, ela pode estar do outro lado do mundo, mas sentirá sua presença independentemente se a pessoa possuí uma ofuscação mental.


Como descobriu os poderes?
Mediunidade:
"Dany desde pequena possuía uma capacidade de ver e falar com pessoas "invisíveis", aos olhos dos outros. Ela tinha um dom de falar e ver espíritos, e isso sempre foi um motivo para ninguém querer ser seu amigo na infância."

Geração de Campo de Força:
Adalynn ainda não descobriu esse seu poder, na verdade ela descobrirá em meio a uma batalha, quando tiver com o pressentimento de se proteger ou proteger alguém que ela ame esse seu poder irá aparecer.

Ofuscação Mental:
Dany descobriu esse seu poder em meio a uma batalha com um telepata que admitiu ter sido difícil encontrá-la, já que normalmente encontra as pessoas com muita facilidade. Desde então, aprendeu a usá-lo de maneira correta, de forma que prendeu a controlá-lo e fazer um uso diário.

Telepatia:
Ilusão Mental – "Por cima da menina, agarrando seu pescoço tentando achar uma maneira de matá-la, uma de suas mãos foram parar em sua têmpora e foi aí que a Stacey viu coisas surreais, por assim dizer; eram como se fossem ilusões, coisa que Ady também viu."
Manipulação e Bloqueio Telepático – A primeira coisa que descobriu a partir desse poder é que foi como conseguir arrancar informações e controlar as pessoas. No início, para ela aquilo era apenas uma coincidência, mas logo depois descobriu que era mais um dom telepático. Ela tinha descoberto isso durante o tempo em que ficou internada em uma psiquiatria e com pouca experiência tentou fugir, mas falhou miseravelmente. Um outro "dom" telepático que descobriu durante sua internação foi a levitação e conseguir enxergar lembranças e medos após a uma consulta, onde ela estava com tanta raiva que conseguiu enxergar as lembranças e os medos mais profundos da mulher, e quando tudo acabou tudo voava ao seu redor. E durante uma noite atormentada na psiquiatria, em meio a um pesadelo acordou com tudo quebrado e amassado ao seu redor. O último poder a descobrir, que foi recentemente foi o bloqueio mental, onde em meio a uma batalha conseguiu fazer uma pessoa (literalmente) parar.
Amnésia Mental – Mais um poder recentemente descoberto. Descobriu esse poder após salvar uma menina de um atropelamento, que extremamente nervosa, ao tocar o rosto da menina inconscientemente lhe apagou uma parte de suas lembranças.
Detecção Mental – Um poder descoberto há bastante tempo, ainda menina descobriu esse poder. Ela sempre conseguia sentir presenças que sempre ajudaram-na para se defender.


Qual foi sua reação ao descobrir que é um mutante?
No início, triste. Triste por não ter conseguido usá-los para salvar sua família e salvar principalmente sua irmã e seu pai. Com o tempo, conseguiu compreender tamanho valor de sua importância.


Gostos
Frio || Chocolate quente || Pudim || Chuva || Música || Ursos de pelúcia || Olhar para o céu e ver as estrelas || De crianças, mas principalmente de bebês || Presentes || Dormir || Comer || Bolo de chocolate || Dizer "eu te avisei!" || Ler.


Desgostos
Ficar com fome || Que a atrapalhem quando fala || Pessoas ignorantes || Que não deem ouvidos a ela || Pessoas nojentas || Que toquem no assunto da sua família e de seus sentimentos.


Manias
Morder o lábio || Beber bebidas alcoólicas || Bater o pé direito no chão.


Medos/Fobias
Medo do escuro || Ursos Negros || Água || Claustrofobia


Quer par?
SIM ( X )
NÃO ( )


Relação com o par
No início, quando ela disser que não o ama, irá tratá-lo como se fosse um mero conhecido. Apenas mais tarde irá conseguir demonstrar seus sentimentos pelo rapaz. Ady, tentará admitir para si mesma que não o ama, mas quando não conseguir dirá seu amor para ele. Tentará se abrir o máximo que pode, tenta demonstrar seus sentimentos a ele e está sempre o fazendo rir. Ela é sincera e verdadeira com ele. Tem ciúmes dele, mas não é aquele ciúme exagerado. Irá o fazer a pessoa mais feliz de todas, estará sempre ao seu lado quando precisar.


Relação com os outros membros da equipe
Adalynn irá os tratar perfeitamente bem, sempre os fara rir e os distrairá de suas frustrações. Sempre estará para ajudá-los no que for preciso, jamais os abandonará. Ady, sabe a hora de deixá-los em paz, refletindo sobre a diva e sempre fará de tudo para que eles se sintam confortáveis com sua presença, sempre prestando atenção em seus movimentos.


O que faria em uma situação perigosa?
Adalynn irá tentar se proteger e proteger aos mais indefesos, usando ou não seus poderes para uma boa ocasião.


Sabe que, a partir do momento em que enviar esta ficha, seu personagem me pertence e eu posso fazer o que quiser com ele?
Sim!


Algo mais?
Sim, ela tem uma tatuagem de um cervo em seu braço.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...