~relatable

relatable
[violence]
Nome: ☾✦fernanda ❄ {never give a fuck} ❀ju❀ lolita⚡
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: 30 de Março
Idade: 18
Cadastro:

.•` ☆be amazing*゚


Postado


✧.¸·nthing's gonna ◞hurt*% you;; b.aby
as ℓong a/s you're with meღ you'll _be just fine* ˛˚

Estava eu, na comodidade do meu pequeno quarto, pensando com meus botões, como diria a minha avó. Então lembrei de um fato ocorrido, e essa lembrança me mergulhou num oceano de pensamentos, e de repente, um click gigante soou na minha mente. O que penso, e vou tentar explicar da maneira mais precisa possível, porque nem eu mesma consigo me entender às vezes, é que não se sabe mais como deixar-se ser apreciada. Se é que essa frase faz algum sentido pra você.
Vou citar o pequeno, porém importantíssimo fato que gerou toda essa montanha-russa de pensamentos que eu tive: Eu e o meu namorado fomos acampar com um grupo de amigos nesse carnaval. Nos divertimos horrores. E por conta desse divertimento, numa das noites em que dormimos lá, eu fui acordar às 10/11 horas da manhã. Led (meu namorado), como a maravilhosa pessoa que é, não me acordou no horário em que ele acordou. Ou melhor, não me disse "vamos levantar", ele simplesmente me deixou lá dormindo, o que é um gesto muito incrível para comigo, uma vez que eu não durmo, eu hiberno. Pois bem, fiquei lá dormindo por mais umas horas, ele me cobriu e coisa e tal, e eu dormi maravilhosamente. Quando resolvi que não dava pra dormir mais do que já tinha dormido, levantei. Foi aí que ele me disse que eu fico "fofa" (não lembro se foi realmente essa palavra, mas enfim) enquanto durmo, porque faço biquinho.
Agora, vamos analisar uma coisa. Você, assim como eu, provavelmente teria a seguinte reação: tentar imaginar como estava dormindo. E pensei, caralho, eu devia ta horrível fazendo aquele biquinho esparramada naquele colchão de ar. Mas, ao invés de me sentir envergonhadíssima e de dizer "nooooossa, não, tu não pode achar isso, hahahahahahahaha nada a ver", eu pensei "porra, que amor. Ele ficou me olhando enquanto eu dormia, e disse isso. Porque se importa comigo, assim como me importo com ele". E foi isso que me levou a pensar muito mais ainda. O fato de que mesmo que não seja verdade, mesmo que ele não tenha achado aquela situação fofa, ele disse aquilo, porque se importa comigo, gosta de mim. E a verdade é que, não importa quem seja, seu namorado (a), pai, mãe, avô, avó, melhores amigas ou amigos, você sabe que eles estão sendo sinceros quando falam esse tipo de coisa, porque eles querem te deixar feliz, querem o seu bem. Então, por que raios temos essa tendência a não deixar que aquelas palavras aqueçam o nosso coração? Vergonha? Sim, talvez, mas, quando se sabe que é algo genuíno, honesto, não importa se você for tímido ou tímida, aquilo vai ser importante, e vai mudar o seu dia, assim como mudou o meu.


「fala pra ele que ◞ele é um [.sonho.] bom
fala pra ele que a ゞvida é um balão;; pra cuidar✿ do seu coração◟☾୭̥*

Demorei muitos anos pra finalmente encontrar esse ser humano maravilhoso que ele é, e tudo valeu apena. Antes, eu nunca teria me deixado afetar por algo assim. Eu ficaria tipo "pufffff que nada", mas agora, eu sei que é o que ele sente. Assim como ele sabe que, quando eu digo que acho os cílios dele lindos, eu to falando aquilo porque é realmente o que eu penso, e porque quero fazer ele se sentir bem, ficar feliz. É isso o que devemos fazer com quem se importa conosco. Devemos deixar aquele sentimento e felicidade entrar, e nos aquecer.
Espero que, mesmo vocês sabendo que eu falo um monte de besteiras, entendam o que eu estou falando, e que lembrem-se disso sempre. Porque é o que importa.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...