~Limit3dEdition

Limit3dEdition
#ForçaChapecoense
Nome: Bianca
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 3 de Janeiro
Idade: 12
Cadastro:

ℱ𝓲𝓬𝓱𝓪 𝓹𝓪𝓻𝓪 𝒇𝓪𝓷𝒇𝓲𝓬 𝓝𝓸 𝓱𝓪𝓹𝓹𝔂 𝒆𝓷𝓭!


Postado

ℱ𝓲𝓬𝓱𝓪 𝓹𝓪𝓻𝓪 𝒇𝓪𝓷𝒇𝓲𝓬 𝓝𝓸 𝓱𝓪𝓹𝓹𝔂 𝒆𝓷𝓭!

No happy ending for me...




♥ Nome completo:


Anne Schmidt

Anne significa ‘’graciosa’’ ou ‘’cheia de graça’’.
É uma forma francesa de Ana, nome originado a partir do hebraico Hannah, através do latim Anna, que significa "graça” ou “cheia de graça".

Schmidt
O sobrenome Schmidt é de origem ocupacional e vem da palavra alemã schmied, que significa ‘’ferreiro’’.


Como seu nome é curto, ela não possuí nenhum apelido, apenas Anne mesmo. Ela gosta muito do seu nome e o acha muito bonito. Seu nome foi dado pela sua mãe.




♥ Signo:


Nasceu em 03/01/1999, ás 14:45h | Capricorniana ♑




♥ Personalidade:


Anne é uma garota responsável, persistente e esforçada, sempre dá o seu melhor de si e dificilmente desiste. Batalha pelo que quer, mesmo que isso lhe dê boas encrencas.
Determinada, é facilmente atraída por desafios e metas difíceis, é aquela pessoa que sempre fica com o trabalho pesado, não por obrigação, mas porque ela gosta. Pra ela os desafios são o que deixam a vida mais interessante e mostram a sua capacidade e determinação.
É uma estrela que brilha devagar, mas que, ao acender, se sustenta por um longo tempo. Anne quer deixar sua marca no mundo e na vida das pessoas, mostrar que ela esteve aqui e que fez isso e aquilo. Por enquanto, não se arrepende de nada do que fez até hoje.
É uma líder por natureza, sabe lidar bem com diversas situações e liderar as pessoas. É aquele tipo de quem pode enfrentar o mundo para chegar lá, mesmo com todas as críticas e os momentos de pessimismo, ela vai fazer de tudo para alcançar seu objetivo.
Entre o jogo e o amor, ela é cem por cento melhor no jogo. Amor é uma palavra difícil pra ela (e algo novo também, por incrível que pareça). Não é que ela não seja romântica ou algo do tipo, mas ela confia rápido e muito nas pessoas, o que pode lhe dar noites de choro. Quando ela diz que te ama, ela te ama de verdade, mesmo você sendo o/a maior idiota do universo, ela retira todos os seus defeitos e só se foca nas qualidades e o seu jeito único de ser. Também é bastante estrategista, ama jogos mentais e de inteligência, principalmente de cartas, na maioria das vezes vence.
Anne vive de prazer, odeia fazer coisas que não quer ou não gosta, ela quer viver e fazer cada segundo de sua vida valer a pena, ter uma história para contar. Dependência pra ela é uma coisa que não deveria existir, sente medo e ansiedade só de imaginar não ser livre, aliás, viemos á esse mundo para provar a felicidade. Quer mostrar tudo que fez e que conquistou.
Nunca guarda seus sentimentos pra si mesma, não suporta o fato de estar triste e dar um sorriso falso, se ela está triste ela vai lá e chora. Sempre quer desabafar para alguém de confiança. Falando nisso, é uma ótima conselheira e amiga, sabe animar alguém e dar conselhos de ouro.
Ela também sabe mudar os sentimentos de uma pessoa quando quer, por exemplo: se ela quer fazer você se arrepender, ela fala as piores coisas do mundo para você se sentir a pior pessoa do universo, normalmente usa isso para fazer as pessoas mudarem suas ações e pensamentos.
Corajosa, faz coisas considerada ‘’loucura’’ ou até mesmo ‘’burrice’’, mas ela ama arriscar e enfrentar o perigo mesmo morrendo de medo, é uma pessoa valente e com uma enorme bravura.
Protetora, odeia ver seus amigos sempre machucados, ameaçados ou algo do tipo, ela sempre age como um escudo perto deles e os protege, mesmo que isso lhe machuque. Não suporta ver alguém se machucando e ela lá, só observando, mesmo que ela não conheça a pessoa, ela sempre vai se levantar e ajudar a vítima.
Quando ela está nos momentos difíceis, se prepare para o drama. Quando Anne fica dramática, um psicologo poderia ficar traumatizado, pois ela sempre fala as coisas mais depressíveis, como ‘’eu quero me matar/eu vou me matar’’ e coisas do tipo, mas nunca é verdade, pois ela não tem coragem de tirar a própria vida.




♥ Passado:


Nasceu em Berlim, na Alemanha, no dia 03/01/1999. Filha de um dos maiores empresários do mundo, sua mãe infelizmente morreu assassinada pelo pai, mas por falta de provas, o mesmo não foi preso. Mesmo com muito dinheiro, tudo que ela queria era uma família normal e feliz, pois a dela não era nem um pouco disso.
Aos 10 anos, ela foi morar no Japão, junto com seu pai. Na escola, tudo era um mar de rosas, tinha boas notas, amigos e aprendia rápido. Mas em casa era o verdadeiro inferno.
Seu pai abusava sexualmente da garota e ela tinha muito medo para denunciar (uma coisa que infelizmente não é rara) e ser julgada. Porém, um dia, esse ato foi flagrado por uma das empregadas, que estava notando o comportamento estranho da garota e resolveu colocar uma câmera para ver o que estava acontecendo.
A empregada imediatamente enviou para a polícia e o homem foi preso, porém morreu dentro da cadeia por um dos prisioneiros. Depois disso, Anne fez terapia ocupacional, onde melhorou muito sua personalidade, que antes era fria e séria.
A garota foi para um orfanato, onde ficou anos, até que foi ‘’adotada’’ por Karlheinz, mas na verdade era só pra ser mais uma noiva de sacrifício mesmo. A garota achava que seria uma nova vida, mas seria pior, com certeza os piores dias da sua vida.
Kanato á tratava como uma presa, ela odiava ouvir que ‘’humanos são presas e nada mais’’. Todos os dias ela planejava planos pra fugir dali, mas nunca os colocava em ação, pois tinha um medo imenso de ser flagrada e morta.
A garota nem conseguia lutar de tão fraca que estava, ela estava pálida, desmaiava frequentemente, era como se ela tivesse perdido a alma. A cada dia ela estava mais submissa e realmente virando uma presa, pois ela não tinha forças para nada. E todos os dias ouvia a mesma coisa: ‘’pelo menos você está sobrevivendo’’, mas ela não queria sobreviver, ela queria viver.
Ela tinha um diário onde escrevia seu ódio mortal pelos vampiros e que um dia se vingaria da maneira mais sangrenta possível. Falava que eles deveriam morrer, que iria se vingar por todas as noivas, e não deixaria arrependimentos. Também falava que não aguentava ser tratada como uma comida, que cada vez mais ela estava ficando fraca e submissa, pois o medo tinha tomado seu corpo.
Já tinha tentado suicídio, o que foi uma péssima ideia, pois foi flagrada diversas vezes e recebeu punições por isso. Ela era daquele tipo que ficava na frente de todas as noivas para protege-las, o que era de bom coração mas muito perigoso.
Não importa se ele á ama ou não, aquele amor não era sincero e verdadeiro, aquilo para ela não era nem um pingo de amor. Se apaixonar por ele é a última coisa que ela queria, nem a pagando ela diria um ‘’eu te amo’’ para ele.
Mas o dia que ela colocou sua vingança em ação, com certeza ela vai lembrar disso pra sempre. Foi como se ela estivesse viva, como se a vida tivesse te dado mais uma chance. Nesse momento, não foi o medo que estava controlando seu corpo, e sim o ódio. Agiu como uma psicopata assassina, não existia dó naquele dia, ela só pensava em matar, matar e matar. Quando sentiu seu sangue nas suas mãos, espalhou pelo rosto inteiro, sorrindo sadicamente, aquilo era o que ela sempre sonhou desde que entrou para a mansão.
Depois de ter se ‘’vingado’’, ela se sentiu muito melhor, mais viva e independente, mesmo com aquele pensamento de ‘’você o matou’’, ela não deixaria que ninguém pisasse nela de agora em diante.
Quando soube que eles haviam revivido, ela ficou paralisada, sem dizer uma palavra, por alguns minutos. Aquilo era forte demais pra ela, alias ninguém reagiria normalmente caso alguém falasse ‘’a pessoa que você matou ressuscitou’’. Algumas lágrimas caíram sobre seu rosto, pois ela realmente não estaria pronta para isso de novo.
Ansiedade e curiosidades é o que não faltam em relação ao seu retorno, pois tudo aquilo foi um pesadelo para ela, mais tentou se mostrar forte e sem arrependimentos do que fez.



♥ Aparência:


















Anne tem longos, lisos e um pouco bagunçados cabelos loiros claro, muito bem cuidados, geralmente os deixa soltos.
Seus olhos são a coisa mais chamativa da sua aparência. São brilhantes e possuem um tom de cor entre vermelho e laranja, não passa muita maquiagem.
Sua pele é branca e macia, livre de cravos e espinhas. Cora facilmente em uma situação embaraçosa, o que chega a ser bonitinho, mas ela odeia.
Dona de um corpo definido, com seios fartos e medianos/grandes, mas nada exagerado. Uma cintura fina e quadril mediano. Tem cerca de 1,65 de altura, sendo assim, média.
Um sorriso inocente e com dentes brancos como a neve, os escova dia, tarde e noite, para ter um sorriso bonito e cheio de vida.
Suas unhas são médias, às vezes ela pinta com cores dependendo da ocasião. Quando nervosa ou ansiosa, costuma roê-las.




♥ Gosta:


√ Doces – Balas, pirulitos, bolos, tortas... Tudo que for doce ela adora.
√ Desafios – Sempre fica com o ‘’trabalho pesado’’, pois ela gosta de desafios e coisas difíceis.
√ Livros – Ela gosta de ler fantasias e ficção.
√ Filmes – Principalmente os baseados em fatos reais.
√ Animes – Seu gênero preferido é psicológico e investigação policial.
√ Música – Seus estilos prediletos são pop, eletrônica e black.
√ Jogos de estratégia – Seja de tabuleiro, cartas ou qualquer outro estilo.
√ Noite – Seu período preferido.
√ Independência – Todo ser vivo ama ser livre e independente, com Anne não é diferente.
√ Praias – Praias são a coisa mais bonita da natureza, segundo ela.
√ Verão – Sim, ela faz parte da minoria que prefere o verão.
√ Viajar – Seu maior sonho é viajar o mundo inteiro.
√ Pintura – É um talento, ela ama desenhar e pintar quadros.
√ Bichinhos de pelúcia – Quando criança, ela teve um, apelidado de Snow (que significa neve em inglês) e tem até hoje. Por incrível que pareça ela fala com ele, mesmo isso sendo considerado ‘’infantil’’.





♥ Desgosta:


✗Tédio – Ficar parado olhando pra parede é horrível.
✗Pessoas que se acham superiores – Anne segue aquela frase que ‘’ninguém é melhor que ninguém’’.
✗Fazer coisas que não quer – Ser obrigado á fazer algo que você não quer é um pesadelo para Anne.
✗Fazer algo que você tanto se esforçou e não dar em nada – Você batalha pra concluir aquilo e no final não tem resultado, ou seja, perda de tempo.
✗Pervertidos – Seja homem ou mulher, ela odeia pessoas pervertidas, não tem o mínimo de paciência.
✗Ser inútil – Ao invés de ajudar, só atrapalhar.
✗Baratas – Nem precisa falar o porquê.
✗Seu pai – Fez sua infância um inferno.
✗Comida amarga – Odeia comida amarga, para ela é o pior tipo de comida.
✗Agulhas ou injeções – Odeia, odeia e odeia, desde pequena sempre chorava quando tomava injeções e hoje em dia não é diferente.
✗Bebida alcoólica – Ela acha que tem um gosto extremamente horrível.
✗Cigarro e fumantes – Além de destruir vidas, as pessoas sabem muito bem que faz muito mal á saúde, mas não param, ela acha isso burrice.
✗Ser ignorada – Ninguém gosta de ser ignorado.




♥ Vícios? Doenças? Manias?:


Viciada em doces – Sempre tem um pacote de doces na bolsa/mochila, mas ela é daquelas que come e não engorda (sortuda).
Ela é daltônica, porém ela pode descobrir isso ao passar da fic?
Mexer no cabelo – Por isso às vezes seu cabelo está bagunçado.
Cruzar as pernas – Quando está sentada, sempre cruza as pernas, é estranho mas ela faz isso desde pequena.
Roer as unhas – Apenas quando está ansiosa ou nervosa.




♥ Medos/Fobias/Traumas?


Tem medo de ser inútil e só atrapalhar as coisas.
Também tem medo de nunca ser livre.
Claustrofobia – Fobia de lugares pequenos.
Agrafobia – Fobia de abuso sexual – Relacionado á seu trauma e história.
Seu trauma é o abuso sexual que sofreu pelo seu pai.




♥ Par:


Sakamaki Kanato.






♥ Relação com as garotas:


Como passaram a mesma situação que ela passou, então são as únicas com quem ela compartilha segredos e acontecimentos da sua vida. É como se fosse uma família para ela, as ama muito e sempre que pode ajuda-as. É bastante protetora com elas, odeia vê-las feridas, machucadas ou ameaçadas, e nessas situações age como um escudo. Sempre tenta alegra-las e a encherem de determinação, coragem e bravura, para ficarem mais confiantes e felizes.




♥ Música tema:




The Climb – Miley Cyrus




♥ Reação ao...


♥ Saber que o par está vivo:



Ela vai ficar paralisada e lágrimas irão rolar sobre seu rosto. Sua cabeça se encherá de perguntas e curiosidade. Depois de um tempo ela ficará tipo ‘’What? Que porra é essa?’’ e perguntará se aquilo era sério mesmo. Provavelmente iria para seu quarto e gritaria no travesseiro o mais alto possível e soltaria um milhão de palavrões por segundo.




♥ Saber que irá voltar para a mansão:




No início iria perguntar se é algum tipo de brincadeira de mal-gosto, mas ao ver que era totalmente sério, ficaria repetindo que não está pronta e que não quer de jeito nenhum voltar para lá. Tentaria não mostrar medo ou nervosismo, o que seria muito difícil. Com certeza iria tentar segurar as lágrimas, não porque está arrependida, mas porque vai começar tudo de novo, e ela não está nem um pouco preparada para isso.





♥ Que se apaixonou pelo par:



Como dito antes, amor é uma palavra difícil para ela. Iria contar para uma das garotas, e pediria ajuda. Insônia e ansiedade, assim seriam suas noites. Mas depois de um tempo aceitaria esse fato.




♥ Espero que goste! ♥


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...