~gottastayalive

gottastayalive
We're all stories in the end
Nome: Bolinho
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 15 de Janeiro
Idade: 17
Cadastro:

O problema é


Postado

O problema é

O problema de ser "paranormal" é quê a sua "paranormalidade" não funciona como você quer. Ela não vai aparecer quando você precisar e nem vai avisar o quê realmente te interessa; ela não vai dar a resposta pra sua pergunta.

O problema é que eu não pude dizer adeus pra minha nanna.

Eu não sonhei com isso e nem pude fazer alguma coisa; qualquer coisa.

Eu nunca me senti mais impotente na minha vida. Pra quê eu tenho esses sonhos? Não me diga que isso é um dom que "deus" me deu, porque se fosse mesmo um dom não me machucaria tanto.

Eu queria dizer adeus pra minha vó. Voltar no tempo e passar mais algum com ela.

O problema da vida, é que ela não dura pra sempre. Uma vez, uma ET me falou que pessoas extraordinárias vão pra lugares extraordinários. É lá que mia zia está, é lá que mia nanna está e é lá que um avô de um certo alguém xinga feliz.

Esse jornal tem o intuito de te fazer abraçar uma pessoa querida pra você. Abrace todos aqueles que você ama por mim, sim? Abrace e diga um belo "vai tomar no cu cara eu te amo". A não ser que seja seu pai ou sua mãe. Ai você fala "vai se ferrar cara eu te amo". Se for um gato, passe a mão no pescoço dele e depois atrás da orelha. Se for um cachorro, faça o que cachorros gostam (desculpa, eu não sei cara nunca tive cachorros). Se for um(a) senhor(a), cuidado pra não apertar muito, vai que ele(a) quebra a bacia. Desculpa eu não resisti. Desculpa mesmo foi inevitável. Nossa que bosta esquece que ce leu isso. Vai lá dar o abraço logo.

~LWSP

Escutando: Yesterday - The Beatles

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...