PRONOMES DE TRATAMENTO ANIME/MANGÁ


Postado

PRONOMES DE TRATAMENTO JAPONESES



Vim aqui falar de pronomes de tratamento! Quem nunca escreveu uma fanfic onde fizesse alguém chamar outra pessoa de “Algo-chan”? ou “Algo-kun”?
Bem, esses “-chan” e “-kun” são chamados de pronomes de tratamento japoneses. Eles indicam a relação do falante com o ouvinte, e muitos fãs de animes/mangás os usam instintivamente, os usando erroneamente e displicentemente. Gente, esses pronomes, na minha percepção, dão um sabor a mais para o texto, sendo triste vê-los sendo usados de forma errada.



Contudo, saibam que seus personagens não são obrigados a utilizá-los. “Mas como assim? Você acabou de falar que eles dão um sabor a mais!”. Bem, sim, eles dão. Porém, a cultura japonesa, como toda cultura, se adapta cada vez mais aos que a utilizam. Tornou-se comum não utilizar vários dos pronomes que menciono aqui. Portanto, não me venha com coisas do tipo “Mas tal personagem não usa isso para se referir a tal personagem!”. Minha resposta será “Porque tal personagem não é obrigado”. E não se toca mais no assunto.
Outra coisa, eu não listei tudo aqui. Tem muitos que não mencionei porque não vejo a utilidade, a sério.


-San, Han
Forma em japonês, respectivamente: -さん, -はん
San é um dos pronomes de tratamento mais comuns. Ele indica respeito e distância. Já Han é a forma pronunciada quando no dialeto de Quioto.
Você o usaria com:
Um colega de classe com quem você nunca conversou direito.
Ex: “Sakura-san, poderia me emprestar seu apontador?”
Um vizinho de quem você nunca foi muito amigo.
Ex: “Ohayou, Tenzin-san.”
“Ohayou, Natsumi-san.”
Um colega de trabalho com quem você não é extremamente próximo.
Ex: “Heiji-san, poderia entregar este documento para Seiko-sama?”


-Kun
Forma em japonês: -くん
Vindo do kanji de “você” (君, lido como “kimi”), “kun” significa uma proximidade entre o falante e a quem o falante se dirige. Ele é geralmente utilizado para homens, mas, antigamente, era usado para ambos os sexos. Tanto que é comum ver um senhor/uma senhora de idade chamando uma garota com o pronome de tratamento kun.
Você o usaria com:
Amigos, quando a garota se refere ao garoto.
Ex: “Ne, Kent-kun, você está muito frio hoje!”
O professor falando com um aluno.
Ex: “Sasahara-kun, sente-se!”
Uma menina se referindo amigavelmente a outra quando a segunda não é tão feminina.
Ex: “Mas, Mio-kun, eu já disse para você usar saias!”
Namorados, a garota se referindo ao namorado.
Ex: “Kou-kun, que tal visitarmos aquele restaurante?”
Um mais velho falando tanto com uma garota quanto com um garoto com quem tem proximidade.
Ex: “Douko-kun, poderia me buscar um copo de água? E traga meus remédios também, querida.”

-Chan
Forma em japonês: -ちゃん
Chan foi um pronome de tratamento criado recentemente. É um pronome carinhoso, geralmente utilizado para chamar uma garota, mas também pode ser usado como forma de deboche para garotos. Ele é usado para se referir a garotas mais novas, entre garotas amigas, entre namorados, o professor para uma de suas alunas, garotas ídolos.
Você o usaria com:
Amigas.
Ex: “Eru-chan, não vai acreditar no que acabei de ouvir!”
“O quê, Sayaka-chan?”
Sensei para aluna.
Ex: “Touko-chan, poderia entregar estes deveres para Mabuchi-kun? Estou preocupado, já que ele tem faltado tanto por conta da doença...”
Senpai para kouhai.
Ex: “Yumi-chan, espere!”
Ídolos.
Ex: “Remi-chan é tão incrível! Adorei o show dela ontem!”
Amizade entre garotos e garotas.
Ex: “Ne, Sakura-chan, não vai mesmo me emprestar seu dever?”
Namorados.
Ex: “Futaba-chan, te amo.”

-Tan, Chama, Tama
Forma em Japonês de Tan, Chama e Tama, respectivamente: たん, ちゃま, たま
É a versão infantil de “chan”. Muitas crianças não conseguem pronunciar essa palavra direito ainda, então falam “tan”, “chama” ou “tama”. Não é tão incomum, entretanto, encontrar alguma dessas palavras substituindo o “chan” em conversas mais joviais.
Você os usaria com:
Criança com criança.
Ex: “Sakura-tan, vem brincar com a gente!”
Apelido entre amigos/amigas.
Ex: “Kyoko-chama, estou te ligando há horas! Onde você está?”



-Sensei
Forma em japonês: 先生
Sensei significa professor. Portanto, só é usado com professores mesmo. (Dã.)
Ex: “Kakashi-sensei, por que você sempre se atrasa?”



-Senpai
Forma em japonês: 先輩
Senpai é alguém que está em uma escola/trabalho/curso/estabelecimento há mais tempo do que o falante. Por exemplo, no colegial, os alunos do 1° chamam os alunos do 2° de Senpais, por eles estarem há mais tempo na escola.
Ex: “Togyu-senpai, poderia me explicar o exercício número 17?”

Kouhai
Forma em japonês: 後輩
Kouhais seria o contrário de Senpais. No caso citado acima, os alunos do 1° seriam os kouhais dos alunos do 2°. Entretanto, kouhai não é usado como sufixo. No máximo, é usado como forma de referência.
Ex. Usado em forma de referência: Minha kouhai não me deixa mais em paz.



-Sama
Forma em japonês: 様
Sama é usado para indicar submissão de alguém. Pode ser submissão a um chefe de empresa, pode ser à mestra de um escravo, ou a um chefe de família... Qualquer relação de submissão é contada.
Você os usaria com:
Chefe de empresa.
“Hakaze-sama, os papéis foram terminados.”
Relação mestre-escravo.
“Yumei-sama, aqui está o vestido que você requisitou.”
Chefe de família.
“Byakuya-sama, Rukia-sama já chegou de sua missão.”




-Nii-chan, Nii-sama, Nii-san
Forma em japonês, respectivamente: 兄-さん, 兄-様, 兄-ちゃん
“Nii” é escrito com o kanji de “irmão mais velho” (お兄), que se lê “Oniii”. Apesar de existir casos em que o irmão mais velho em questão é chamado só de “-nii”, a maioria das vezes ele vem acompanhado de algo. San, chan, sama tem a mesma função que a explicada anteriormente. Portanto, um “Nii-chan” é mais carinhoso, um “Nii-sama” indica submissão e “Nii-san” indica respeito.
“Nii” não é exclusivo para relações familiares. Por exemplo, Naruto é chamado de “Naruto-nii-chan” por Konohamaru, que é somente 3 anos mais novo e não tem relação familiar nenhuma com Naruto. Isso é porque Konohamaru o considera um irmão mais velho.
Exemplos: “Byakuya-nii-sama, me chamou?”
“Nii-chan, o almoço tá pronto!”
“Kou-nii-san, parabéns por ter passado em seus exames.”

-Nee-chan, Nee-sama, Nee-san
Forma em japonês, respectivamente: 姉-ちゃん, 姉-様, 姉-さん
“Nee” é a mesma coisa que “Nii”, mas com a diferença de que é “irmã mais velha”, não “irmão mais velho”. Além disso, no sentido adicional, pode ser considerado o nosso “tia”, que usamos para nos referir a qualquer moça com uma diferença de idade considerável, como uns 6 anos.
Exemplos: “Ayane-nee-san, o que teremos para almoço?”
“Nee-chan, eu vou de carro com você?”

-Jii-san, Jii-chan, Jii-sama
Forma em japonês, respectivamente: 爺-さん, 爺-ちゃん, 爺-様
“Jii” vem “Ojii”, que é avô. É um modo de se referir a um homem idoso.
Exemplo: “Jii-chan, que tal uma partida de xadrez?”
“Tanaka-jii-sama, o que deseja?”

-Okaa-san, Okaa-chan, Okaa-sama
Forma em japonês, respectivamente: お母-さん, お母-ちゃん, お母-様
“Okaa” significa “mãe”, usado como vocativo para mães e para se referir a mães de outras pessoas. Nessa função, ele funciona como Nii. Se você estiver falando sobre sua própria mãe com outra pessoa que não a tenha como mãe também, é usado “Haha”. Muitas vezes o “o” é retirado, como um modo de falar, e fica “Kaa”.
Exemplo: “Okaa-chan!”
“Okaa-san, pode vir me buscar?”
“Okaa-sama, passei em meus testes.”
“Okaa-san pediu pra você ir falar com ela, Sakura-chan!”
“Kaa-chan, olha o que ganhei de presente!”

-Otou-san, Otou-chan, Otou-sama
Forma em japonês, respectivamente: お父-さん, お父-ちゃん, お父-様
“Otou” é pai, usado como vocativo para chamar pais e pais de outras pessoas. Nessa função, ele funciona como Nii. Se você estiver falando sobre seu próprio pai com outra pessoa que não o tenha como pai também, é usado “Chichi”. Muitas vezes o “o” é retirado, como um modo de falar, e fica “Tou”.
Exemplo: “Tou-chan, olhe minha pontuação!”
“Otou-sama, Tamoni-nee-san não voltou para casa esta noite.”
“Meu otou-san me proibiu de ir, desculpa!”

-Ue
Forma em japonês: -上
É usado como forma de respeito para “chichi” e “haha”. “Ue” significa acima, portanto, você está se colocando em uma posição inferior. A forma final ficaria “Haha-ue” e “Chichi-ue”.
Exemplo: “Haha-ue me disse para deixar isso para lá.”
“Chichi-ue nos abandonou assim que pôde.”

-Baa-san, Baa-sama, Baa-chan
Forma em japonês, respectivamente: バア-さん, バア-様, バア-ちゃん
“Obaa” é avó. “Baa”, sem o “o” na frente, é um modo para se referir a uma mulher idosa.
Exemplo: “Baa-san, o que está fazendo? Te pedi para descansar hoje!”
“Haruhi-obaa-sama, eu juro que estava em meu quarto! Não destruí vaso algum!”
“Obaa-chan, como será que é o céu?”

-Oba-san, Oba-sama, Oba-chan
Forma em japonês, respectivamente: 叔母さん, 叔母-様, 叔-ちゃん
“Oba” é tia, e funciona como Nii funciona. Se refere, também, a uma mulher bem mais velha, mas não idosa.
Exemplos: “Oba-chan, cadê você?”
“Erabu-ba-san, okaa-san pediu para que eu te chamasse para almoçar.”

-Oji-san, Oji-sama, Oji-chan
Forma em japonês, respectivamente: 叔父さん, 叔父-様, 叔父-ちゃん
“Oji” é tio, e funciona do mesmo modo que Nii. Pode se referir a um homem bem mais velho, mas não idoso.
Exemplos: “Oji-san, dois ramens de porco, por favor!”
“Yuuki-ji-chan, esta é minha namorada, Sarada-chan.”



-Shishou
Forma em japonês: 師匠
Pode ser um meio de se referir a um professor, mas é usado mais como “mentor”. Também é mais comum utilizá-lo com figuras femininas, apesar de ser unissex.
Exemplos: “Shishou, eu não estou conseguindo resolver este aqui...”
“Kori-shishou é uma ótima mestra!”
“Minha shishou é a melhor, sem dúvidas.”

-Hakase
Forma em japonês: 博士
Chamamos de “Hakase” alguém que tenha feito doutorado. É uma exímia forma de demonstrar respeito, e só se chama alguém assim depois de comprovado que este tenha passado em seu doutorado. É comum utilizar “Hakase” para professores de faculdade, já que a maioria destes tem um doutorado.
Exemplos: “Indou-hakase, terminei meu trabalho. Aqui está.”

-Ou-sama
Forma em japonês: 王-様
“Ou” significa rei. “Sama” é só para indicar respeito.
Exemplos: “Akura-ou-sama!”
“Ou-sama, os convidados de York chegaram.”

-Ouji-sama
Forma em japonês: 王子-様
“Ouji” significa, numa tradução literal, de rei criança, mas é usado como “príncipe”, e só é usado para príncipes na adolescência. Não é usado no sentido de mestre, mas também pode ser utilizado para se referir ao príncipe encantado. O “Sama” é utilizado para indicar respeito.
Exemplos: “Zen-ouji-sama, Ojou-sama não apareceu para o jantar. Devo começar uma busca?”
“Ouji-sama é muito descuidado.”

-Ojou-chan, Ojou-san, Ojou-sama
Forma em japonês: お嬢, お嬢, お嬢-様
“Ojou” é uma figura de respeito feminina e jovem. Pode ser usado para se referir a uma nobre, assim como o vendedor pode se referir à garota que sempre faz compras em sua loja. Tudo depende do “chan”, “san” e “sama”.
Exemplos: “Ojou-chan, o que vai levar hoje?”
“Ojou-san, como vai?”
“Aquela ojou-san sempre passa por aqui.”
“Ojou-sama, estava preocupado!”

-Bou-chan
Forma em japonês: (não encontrado)
“Bou-chan” é usado para se referir a filhos de lordes e outras coisas, principalmente quando é um empregado se referindo à criança de que tem de tomar conta. “Chan” já indica um bom relacionamento entre os dois, e acredito que, se o empregado não for tão próximo da criança, ele a chamaria de “sama”.
Exemplos: “Bou-chan, não vá por aí!”
“Oz-bou-chan, seu pai o chama em seu escritório.”

-Hime
Forma em japonês: 姫
A tradução literal é “princesa”, apesar de “ojou-sama” ser mais utilizado nesses casos. Hime pode ser usado para se referir a uma garotinha importante, como a filha de um pai dedicado. Muitas vezes é utilizado por namorados para chamarem suas namoradas, como falamos “Amor, me passa o pão?” ao invés de chamá-lo pelo nome próprio.
Exemplos: “Hime, que tal pegarmos um pouco de sorvete? Está calor!”
“Tanahi-hime, está na hora do baile.”

-Dono
Forma em japonês: 殿
“Dono” significa “milorde”. É usado para se referir a pessoas de extremo respeito quando há alguém ainda superior a estas. Por exemplo, em Naruto, Temari e Kankuro são chamados de dono, pois Gaara é quem merece o maior respeito possível.
Exemplo: “Togyuu-dono, Mirai-sama te aguarda em seus aposentos.”

-Baka
Forma em japonês: -ばか
“Baka” significa, literalmente, idiota. No entanto, é comum adicioná-lo no fim dos nomes como sufixo.
Exemplo: “Kurosaki-baka, estou do seu lado!”
“Baka, eu te amo.”

-Nyan
Forma em japonês: -にゃん
É usado mais como piada para se referir a garotas. É usado como apelido também, mas não tem real uso. Utiliza-se como “chan”.
Exemplo: “Yume-nyan, desacelere!”

-Kaichou
Forma em japonês: -会長
“Kaichou” significa presidente. Pode ser presidente do conselho estudantil, de uma empresa, mas de um país já assume nome diferente.
Exemplo: “Misaki-kaichou, Usui-senpai tem causado problemas com as kouhais de novo!”

-Buchou
Forma em japonês: -部長
“Buchou” significa coordenador de uma seção. Pode ser de um clube escolar, de um seguimento em uma empresa, qualquer coisa. Entretanto, por mania, é comum utilizarem “Kaichou” para clubes, por serem presidentes, apesar de o termo mais acurado ser “Buchou”.
Exemplo: “Buchou, estamos com pouco dinheiro!”
“Houtarou-buchou, te enviaremos os arquivos logo.”


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...