Universo Yaoi


Postado



Há uma separação bem definida entre os gêneros que de alguma forma envolvem as relações homossexuais entre rapazes, sendo : Shonen Ai, BL ( Boys Love), Yaoi e Lemon. Respectivamente, a caracterização em que uma obra se enquadra, define o quanto da relação mostrada será desenvolvida.



> O que é Yaoi?

O termo Yaoi é usado aqui no ocidente para falar de Animes, Mangás e a sua maioria Doujishins, com relações homossexuais entre homens, também conhecido por Boy’s Love (BL). Este tipo de anime foi destinado originalmente ao público feminino, mas hoje em dia há vários homens fãs do gênero também, tanto héteros quanto, bissexuais e homossexuais, por tanto não é correto afirmar que todos os homens fãs do gênero são gays, estes são preconceitos decorrente do machismo predominante no mundo inteiro. Homens heterossexuais também se interessam pelo gênero e agem como leitores e criadores de obras relacionadas de Fanart e Fanfiction

As letras em inglês formam o acrônimo da frase "YAma nashi, Ochi nashi, Imi nashi ", que tradusindo para o português como "Sem clímax, sem resolução, sem significado", ou como a frase efeito "Sem pico, sem ponto, sem problema", apesar do termo não ser usado dessa maneira. O termo parece ter sido originalmente usado no Japão por acaso por volta de 1970 para descrever dōjinshis que continham uma paródia bizarra e brincalhona. Apesar disso, o termo acabou por se tornar referente apenas ao material de relações homossexuais explícitas entre dois homens. Yaoi não é um termo comum na cultura japonesa, é específica para a subcultura otaku.

Yaoi fora do japão, é um termo utilizado para todos os mangás que contém relações homossexuais feitos para mulheres no Japão, assim como os mangás que contém relações homossexuais feitos no ocidente. O nome atual do gênero no Japão é chamado "BL" ou "Boy's Love", que é uma extensão do Shoujo e das categorias para mulheres, porém é considerado uma categoria diferente. Como o "Yaoi" é nos Estados Unidos, "Boy's Love" é usado para incluir: Obras comerciais e amadoras com ou sem a presença de sexo, dōjinshis com adolescentes e homens menores com a presença ou não de sexo, trabalhos em vários tipos de mídia, como mangás, animes, doujishins, novelas, jogos, CDs de drama com conteúdo homossexual entre homens e personagens homens de todas as idades em relacionamentos homossexuais. Termos como Yaoi, shōnen-ai, tanbi, June e original June, são todos referidos no Japão como Boy's Love, porém não inclui publicações diversas gay.



Fãs deste gênero são chamados de Fujoshis (Mulheres fãns de Yaoi) e Fudanshis ( Homens fãns de Yaoi)



Apesar do yaoi ser às usado para se referir a qualquer conteúdo homossexual entre homens em filme e mídia impressa, em geral obras criadas por mulheres, é geralmente considerado um uso errado do termo. Artistas japonesas profissionais, são cuidadosos ao distinguir seus trabalhos como "Yaoi", ao invés de "Gay", quando os descreve para os leitores falantes do inglês.



O que é Seme, Uke e Seke?

No universo Yaoi, dentro dos Aminês, Mangás e Doujishins, seja em material impresso ou de mídia, Seme, Uke e Seke são os nomes dados para cada personagem do gênero masculino dentro da relação heterossexual com teor sexual ou afetivo em suas relações.

Seme é derivado do verbo japonês Semeru, que significa Atacar e o Uke é do verbo Ukeru, que significa Receber, os termos originalmente vindos do das artes marciais e foram apropriados para o contexto sexual. Os personagens são estereótiposdos de acordo com os papeis que desempenham na relação e não carregam nenhuma conotação degradativa.



O Seme é o ativo da relação homossexual masculina, ou seja, o "Homem" se comparado a um casal "Homem x Mulher". O Seme normalmente costuma ter a aparência física máscula e adulta, sendo o mais musculoso e forte, o mais alto, com a voz mais grossa, um queixo forte, como um cabelo curto, ou olhos pequenos e estreitos, já na personalidade e comportamento, costumam ser decididos, experientes, muito ciumentos, extremamente protetores e imensamente possessivos, usualmente persuadindo o Uke a fazer o que o seme deseja.



O Uke é o passivo da relação homossexual masculina, ou seja, a "Mulher" se comparado a um casal "Homem x Mulher". O Uke normalmente costuma ter a aparência física frágil afeminada e até mesmo mais novo ou infantil, sendo facilmente identificados pelos traços característicos mais delicados, de corpo com a estatura mais baixa, de aspecto fofo, a voz fina, os olhos expressivos, já na personalidade e comportamento, costumam ser tímidos, relutantes, imaturos, geralmente inexperientes em romance e sexo, e isso faz com que a sua interação com o seme seja sua primeira experiência homossexual. A linnha de tempo na qual um uke resiste em fazer sexo anal com um seme é considerado similar a resistência do leitor em ter sua primeira relação sexual, enquanto ainda é virgem.



Há tambem aquele personaguem que não se encaixam na definição Seme ou Uke, que inclusive revezam no papel desempenhado por cada um na relação, significando que ele é tanto ativo quanto passivo, dependendo da pessoas que ele estiver, originalmente conhecido como "Reversible (Reversível)", que no caso seria o Versátil, esses casos sendo apelidados pelos Fandoms e Fanfictions como Seke.

Embora seja uma ocorrência relativamente rara em mangás BL/Yaoi, o Seke é uma gíria usada em Yaoi para relações íntimas masculinas, feita pela combinação dos termos japoneses "SEme" (aquele dominante) e "uKE" ( o submisso). A definição Seke se aplica a personagens que trocam a posição com um mesmo parceiro na relação sexual, de Ativo para Passivo (ou vice-versa), ou são Seme ou Uke, dependendo do parceiro com quem estão.



O que é Shounen-ai?

O Shounen-ai é o mangá ou animê que tem o teor mais romântico, cenas mais leves, como declarações de amor, no máximo abraços ou beijos, ou ainda cenas com cortes que te fazem entender que há um romance entre os dois personagens masculinos, que a cena fica escondida, nos deixando sem a certeza de que é uma relação ou é uma grande amizade, alguns desses animes Shounen-ai ou outros, nem sendo classificados como romance entre garotos.



O que é Shotacon?

Shotacon ou Shota, são os Aminês, Mangás, Jogos e Doujishins que possuem cenas de sexo com homem mais velho ou uma mulher mais velha em alguns casos mais raros e um jovem do sexo masculino. O garotinho deve ter traços físicos infantis, mas não necessariamente a mente de uma criança, isso sendo considerado completamente normal no Japão, dez que não aconteça com crianças de verdade.



O que é Lemon?

Esse gênero é mais avançado o desenvolvimento das relações entre os homens em cenas picantes, podendo ou não haver romance entre os personagens, mas basicamente o Lemon contém puro sexo e perverções pesadas, não escondendo nem restringindo qualquer coisa, quase sempre o tema abordando o erotismo, tortura psicológicas, submissão, e as vezes estrupo, o romance existente sendo retratado em segundo plano, além de deixar a certeza que "rola" alguma coisa entre os personagens. Lemon é um termo pouquíssimo usado, pois quase todas as pessoas usam o termo Yaoi para relações pesadas entre dois homens.



O que é Dark Lemon ou Hard Yaoi?

Animês, mangás ou Doujishins onde as cenas sexuais entre homens são mais pesadas e pode conter estupros.



O que é Slash?

Lemon e Slash têm significados praticamente iguais, a única diferença que caracteriza o slash é que os personagens principais da história são um casal gay e estão obrigatoriamente envolvidos em um relacionamento amoroso. Lemon simplesmente significa que haverá sexo explícito entre os dois personagens principais do mesmo sexo masculino, em grande parte da história, o enredo concentrado-se na relação geralmente amorosa entre os dois homens. "Slash" é a palavra em inglês para "Barra", Ex: Harry Styles/Louis Tomlinson ou Derek Hale/Stiles Stilinski.



O que é Bara?

Bara, também conhecido como "Men's Love" ou "ML, é um termo jargão para o gênero de arte e mídia de ficção com o foco o sexo, amor e desejo com o tema homoerotismo, normalmente criado para os homens Gays.

Diferente do que algumas as pessoas pensam, o Yaoi não foi feito por gays e sim por mulheres que curtem essa fantasia sexual. Por ele ser feito para o público Feminino, é bem mais fofo que a realidade. Já o gênero Bara foi criado por Gays e para os Gays, mostrando mais a realidade sexual entre homens. Ele não é fofo, nem gracioso, não há censura e as cenas de sexo são mais exageradas que o Yaoi. O gênero Bara começou na década de 1960 com revistas de fetiche com conteúdo artístico gay. Além do mangá bara, também chamado de gei comi, também existe jogos eróticos bara, que pode variar-se em seu estilo visual e enredo, mas normalmente tem características de um homem masculino, músculoso, e com pêlos no corpo, semelhante a ursos, caracterizando conteúdo adulto, às vezes de violência e exploração, com romantismo gay, muitas vezes são temas autobiográficos, retratando o tabu natural da homossexualidade no Japão.

Comentadores ocidentais às vezes referem-se a Bara como Yaoi, mas Yaoi é em grande parte criado por e para mulheres idealizado "Bishōnen", é frequentemente em conformidade a uma relação heterossexual em que tem a fórmula dos personagens um dominante masculino (Seme) e o afeminado (Uke). Em contraste, bara é considerado um subgênero erótico para Gays e se assemelha a quadrinhos para homens com foco nos leitores do sexo masculino, mas também os do sexo femininos.



O que é Bishounen?

É o termo Japonês que significa, literalmente, "Belo Jovem(Garoto)". O termo descreve uma estética que pode ser encontrada em áreas desiguais da Ásia: um jovem homem cuja beleza ( e poder de atração sexual) transcende os seus limites de gênero e orientação sexual. Sempre demonstrou ser a manifestação mais forte da cultura pop japonesa, se sobressaindo em popularidade graças às bandas de glam rock da década de 1970, embora também tenha raízes na antiga literatura japonesa, nos ideais homossociais e homoeróticos das cortes e dos intelectuais da China Imperial, e nos conceitos estéticos indianos que foram passados do hinduísmo, importados pelo budismo à China.

Hoje o conceito de bishōnen é muito popular entre garotas e mulheres no Japão. Motivos para este fenômeno social podem incluir as relações únicas, masculinas e femininas, encontradas dentro do gênero. Alguns teorizam que o bishōnen providencie um método não tradicional de relações entre gêneros. Além disso, ele destrói os estereótipos dos personagens masculinos afeminados. Esses personagens são usualmente retratados com incríveis habilidades em artes marciais, talentos em esportes, grande nível de inteligência, um teor para comédia e outras características que são normalmente dadas ao herói ou protagonista.



O que é MPREG?

MPREG(Male Pregnant), é o gênero de história, no qual os personagens do sexo masculino tem a capacidade de engravidar. Esse tipo de acontecimento é comum no omegaverse, onde licantropos do sexo masculino, possuem além da possibilidade de engravidar, os são auto lubrificaveis, como uma mulher que produz lubrificação ao ficar excitada.



O que é Futanari?

Futanari é a palavra composta que significa "duas formas" em japonês pode significar ambos os sujeitos de um tipo especial de anime pornográfico ou manga ( comumente, mas incorretamente, conhecido no Ocidente como hentai), ou o próprio gênero, que representa travestis. Tecnicamente, o termo também abrange personagens masculinos com ambos os tipos de órgãos sexuais, mas esses são normalmente excluídos.

Outros termos comuns usados para descrever personagens futanari são "dickgirls" ou"shemales", embora esses muitas vezes sejam considerados vulgares ( o termo "shemale" é tipicamente usado injustamente, já que personagens futanari, tipicamente possuem vagina. Shemale é considerado um gênero separado por muitos tipos de futanari). Os Futanaris, junto com "newhalfs", são termos mais educados que entraram em uso recente, com futanari que tende a referir-se especificamente a hermafroditas reais e "newhalf" que tende a referir-se especificamente a personagens com corpos femininos mas genitais somente masculino.

Outro modo de descrever futanari é "Qualquer personagem hentai que parece feminino que contém os traços de uma fêmea, mas também possui o pênis de um macho, ( não necessariamente além de uma vagina). O personagem hentai também não deve ser de fato um rapaz travestido como mulher. " O argumento por cima do qual os personagens são travestis e que são realmente somente garotas, com pênis", é difícil encontrar uma solução para, que é por que, geralmente, a ideia que os futanaris têm de ter vaginas é comumente aceita. O ponto é que tecnicamente, os futanaris não têm de ter vaginas, enquanto eles não são realmente meninos.



O que é Tomgril?

O sentido de Tomgril seria : "Tom + Menina = Menino de Menina", que é simplesmente um menino que consegue exibir características ou comportamento de uma garota, como usar roupas femininas ou ter a personalidade de uma menina. A maioria dos Tomgril seguem o estilo da moda, ou se vestem fofos ou apenas algo diferente do gênero masculino, já acontecendo de terem sua sexualidade confundinda. (Gender Bender tanto para garotos que se comportam e se/ou vestem de meninas, como o contrário)



O que é Cross-dressing?

O Cross-dressing é quando uma pessoa veste roupas ou usa objetos associados ao sexo oposto em uma experiência sexual, também assumindo facetas tipicamente do gênero oposto, uma frase se encaixando no gênero é : " Ser para ter prazer".


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...