~Syiren

Syiren
Syiren
Nome: Marie
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Devi Avaller - Em nome do Clã ( FICHA )


Postado

Devi Avaller - Em nome do Clã ( FICHA )


DEVI AVALLER


Seu user no Spirit
Syiren

Nome do personagem e seu significado
Devi ( Develli Avaller ) do hebreu, significa devil e no hinduísmo, uma deusa que se manifesta através de outras divindades.

Apelido
Rougue e “ o demonio Devi “

Idade
18 anos

Nacionalidade
Francesa

Data de nascimento e signo

18 de junho de 2994

Orientação sexual
pamsexual


História

Devi nasceu em uma família de classe média alta, no sul da França. Seu pai era humano e trabalhava como gerente, em uma indústria siderúrgica. Sua mãe—uma exilada do clã das bruxas— ficava a maior parte do tempo em casa, onde deu início aos estudos de magia de Devi e sua irmã mais velha, Elise. O motivo de exílio de sua mãe sempre fora um mistério até que um dia, durante seus estudos, devi acabou lendo um trecho sobre magias de sangue e tocou no assunto.
Sua mãe lhe explicou que era magia muito antiga, perigosa e que hoje em dia, ninguém se arriscaria a mexer com ela, pois era o tipo de magia que se pagava um preço muito alto para usar.
Não tardou muito para que a guerra que se instaurou os alcançasse , obrigando Devi e sua família a abandonarem sua casa e seguirem para o norte, em busca de um lugar seguro.
Durante o percurso, sofreram uma emboscada na estrada que acabou fazendo com que o carro saísse da pista e sua família sofresse um acidente.
Seu pai acabou morrendo, mas sua mãe e sua irmã sobreviveram, embora estivessem feridas. Não tiveram tempo de ficar de luto, logo ouviram vozes que se aproximavam e, sem ter para onde correr, sua mãe entregou um diário velho para Elise e mandou que as duas fossem na frente, pois iria atrasar os perseguidores.
Devi tinha 11 anos quando viu sua mãe pela última vez.
Ela e sua irmã ficaram vagando, tentando sobreviver por pelo menos 1 ano e meio.
Nesse período, descobriram que o diário de sua mãe continha várias anotações sobre feitiços variados bem como alguns códigos cujas duas irmãs não conseguiam compreender.
Elise dizia que encontrar o clã de Vanllir era prioridade e que só assim poderiam se vingar dos homens que assassinaram seus pais.
E assim ficaram, até que, certa noite, enquanto procuravam por mantimentos em um armazém abandonado, foram atacadas por um grupo de mercenários que procuravam por retirantes com intuíto de vende-los ao governo para experimentos.
Sua irmã tentou reagir e acabou sendo assassinada, com dois tiros no peito.
Devi correu e se escondeu, em prantos, num armário do local.
Não conseguia parar de chorar, quando ouviu passos de um dos assassinos se aproximando, a sua procura.
Desesperada, olhou para o diário de sua mãe, que apertava contra o peito, enquanto mordia a lateral de sua mão para não fazer barulho.
Precisava de algo ofensivo.
Agachou-se, lentamente, e começou a folhear o diario, em busca de algo que pudesse usar.
Encontrou a página cujos símbolos não compreendia e parou, fixando sua atenção ao código a sua frente.— mais passos— e Devi começou a ficar desesperada.
Sangue começará a escorrer, da lateral de sua mão que mordia cada vez mais forte, na tentativa de manter-se em silêncio.
Foi quando notou que os pingos de sangue que caíam sobre as folhas, no seu colo, começaram a ser absorvidos pelo diário.Dando lugar a instruções precisas e feitiços que ela logo soube do que se tratava.
Suspirou fundo, enquanto apertava sua mão machucada com força, fazendo o seu sangue escorrer.
Proferiu algumas palavras e sentiu seu sangue borbulhar.
Os homens, ali presentes, morreram. E Devi , exausta e sentindo como se tivessem drenado do seu próprio sangue, desmaiou.
Por sorte, foi encontrada por Léa, uma bruxa que a salvou de morrer congelada. Elas seguiram viajando juntas, até o acampamento das bruxas, onde Devi deu início aos seus estudos sobre magia oculta e treinamento para aprimorar e controlar o pouco que sabia sobre blood magic, permanecendo no clã Vanllir até hoje.






Personalidade

Quando criança, costumava ser uma menina bastante extrovertida e sociavél, mas devido a todas as tragédias que passou, tornou-se uma pessoa reservada, desconfiada e principalmente distante. Tem medo de se envolver e criar laços afetivos com quem quer que seja pois teme que eventualmente, esse alguém venha a morrer. Entretanto, é o tipo de pessoa que dará — literalmente— tudo de sí para salvar alguém que considere importante, e isto inclui sacrificar a sí mesma.
É muito protetora, embora não admita ou tente disfarçar. Por isso, está sempre de olho ao que acontece ao seu redor, sempre disposta a intervir, quando julgar necessário.
Por ser muito tímida e insegura, passa a maior parte do tempo em silêncio, observando as pessoas ao seu redor, contrastando com as caracteristicas divertidas e tagarela das bruxas, no geral. Por causa disso, acabou se tornando amiga de Leigh.
É muito dedicada ao seus estudos pois , desde a morte de sua irmã, ficou convencida de que tudo poderia ter sido evitado se ela fosse mais forte na epoca.
Apesar de tímida, tem o hábito de encarar as pessoas, mas na maior parte das vezes não percebe, desviando o rosto rapidamente, quando nota.
Conversar com ela também não é uma tarefa muito fácil. É o tipo de pessoa que prefere escutar a falar e normalmente, suas respostas são curtas e objetivas, embora tenta ao máximo não ofender ninguém ou ser grossa.
Por ser muito insegura, tem o costume de guardar o que pensa para sí, o que acaba dificultando para as pessoas saberem o que ela pensa ou quer, de fato.


Características físicas

Devi tem os olhos de um azul intenso e os cabelos loiros em um tom dourado, de comprimento até um pouco abaixo de seus ombros.
Usa uma franja cortada um pouco abaixo das sobrancelhas, que também são loiras.
Seu rosto é oval em harmonia com suas maçãs do rosto pouco salientes e seu nariz, delicadamente arrebitado. Quase nunca é vista usando maquiagens por não dar muita importância a sua aparência já que não é muito confiante, embora já tenha recebido elogios por parte de alguns membros do clã, incluindo Leigh.
Sua beleza é natural e seus olhar é intenso, fazendo com que seus olhos azuis provoquem sensações, quando fita alguém.
Mede 1,68m de altura, é magra, embora tenha peitos relativamente grandes, uma característica que ela não gosta, por julgar incômodo para lutar ou mesmo correr.







Estilo de vestimenta

Devi gosta de usar calças mais justas e blusas largas. Embora regatas e casacos do tipo cardigans longos também sejam uma opção. As cores de suas roupas são sempre em tons de preto e cinza.
Esta sempre usando coturnos, pois os acha confortáveis.
Não gosta de chamar a atenção, por isso, evita de usar decotes e roupas muito justas, pois sabe que seria impossível passar despercebida assim. Se sente desconfortável com os olhares, além disso, por ter seios relativamente grandes, é impossível fazer com que eles não se destaquem.




Desenvolvimento
Seu personagem pertence a qual clã?


Clã Vanllir

Qual seu paquera?

Ramona Miller

Como seu personagem lida com os membros de seu clã?

Na maior parte do tempo, Devi mantem-se distante. Durante algumas poucas conversas, prefere dar respostas curtas e não tem o costume de puxar assunto.
Entretanto, se esforça para que não aparente ser rude, em suas respostas.
Os membros com quem mantém um certo grau de intimidade são Leigh e Kimberly. Nesses casos, Devi tem o costume de falar mais e inclusive, lembrando um pouco a Devi de anos atrás, enquanto sua irmã ainda era viva.
Em contrapartida, alguns membros do clã a evitam pela natureza de seus poderes— pois consideram magias com sangue perigosas.


Como seu personagem lida com seu poder?


Devi sempre demonstrou interesse por blood magic, desde a infância, quando leu a respeito nos livros de sua mãe.
Depois do primeiro contato, seguiu estudando e se aprimorando suas habilidades— embora muitos membros do clã não concordem.
Por ser a unica bruxa a praticar este tipo de magia, ganhou o apelido de Rougue, dado por Kimberly e de “ O demônio Devi” , dado por alguns membros— alusão ao fato de que demônios fazem pactos de sangue com suas vítimas e por causa de outra peculiaridade de seus poderes: Basta possuir o sangue de qualquer pessoa, para que a mesma esteja, literalmente em suas mãos.
Contudo, com medo de acabar sendo exilada, Devi raramente é vista usando esse tipo de magia, embora esteja sempre praticando.
Desenvolveu uma habilidade peculiar: Consegue projetar e solidificar seu sangue para fora do corpo, desde que faça um pequeno corte na região. Por isso, em combate, se necessário, faz um pequeno corte no pulso, onde consegue projetar pequenas lâminas de sangue. E lançá-las no inimigo.



Como seu personagem lida com o paquera?

Quando a viu pela primeira vez, ficou encantada com sua beleza e logo de cara, queria se aproximar, sentia a necessidade de saber mais sobre a jovem que lhe despertara a atenção, mas a timidez acabou se tornando um problema que a deixava num conflito interno entre o que desejava fazer e o que de fato, fazia.
Por sorte, Devi também despertou o interesse de Ramona, que aproximou-se dela e naturalmente, foi desconstruindo esta barreira que a cercava.
Quando se trata de Ramona, a Devi que conhecemos simplesmente deixa de existir. Admira a amada por ser tão forte e livre. Também admira o fato de ela dizer o que pensa, sem se importar com o que vão pensar— o oposto dela.
Depois que se conheceram, Devi se tornou muito mais confiante e comunicativa.
Porém, o fato de Ramona ter um espírito livre e descompromissado a deixa num conflito interno entre querer possui-la para si e ao mesmo tempo, deixa-la livre.
Tem medo que seus sentimentos acabem sufocando-a e afastando-a.
É extremamente cuidadosa quando esta junto dela, tratando-a com delicadeza, ao mesmo tempo que sente vontade de possuí-la e Ramona se aproveita disso para provocá-la pois sabe que, embora tenha se tornado mais confiante, Devi fica desconcertada na presença dela, e ela acha isso divertido.
Devi é super protetora com Ramona, assim como seus amigos, mas no que se refere a jovem do clã Vanaheim, chega até mesmo a ser violenta.






Como é a relação dele com os amigos?

Esta sempre calada e poucas vezes faz algum comentário ou pergunta. É do tipo que prefere escutar a falar sobre sí mesma. Por isso, muitas vezes é para ela que recorrem quando precisam desabafar ou contar algum segredo.
Protetora, não pensa duas vezes antes de assumir a culpa quando um amigo está em apuros. Além disso, é muito dedicada e responsável, o que faz com que seus amigos se sintam seguros perto dela e a procuram quando estão com problemas.

Como é a relação dele com a família?


Quando criança era muito curiosa e insolente. Tinha muita afinidade com a irmã mais velha, Elise. Atualmente sua família esta morta.
Como seu personagem entrou no clã? *
Foi encontra inconsciente, após matar os assassinos de sua irmã e posteriormente, levada para o clã de Vanllir.

Como é a relação dele com membros de outros clãs? Ele tem afinidade com algum outro clã?

Atualmente não possuí nenhuma relação fora do clã , a não ser com Ramona. Embora goste de conversar com Priya, quando tem a oportunidade.

Pelo que seu personagem é conhecido no clã em que pertence?

Conhecida como Rougue ou “ o Demônio Devi” , adquiriu esses apelidos devido a natureza de suas habilidades. É conhecida e respeitada por este motivo, mas também por ser muito dedicada e responsável.
Não gosta do segundo apelido, que foi dado por alguns membros do clã que não gostavam dela, provavelmente por terem medo de seus poderes.

Adicionais


Pontos fortes:

É focada e responsável. Por ser bastante observadora, é uma ótima estrategista.
Sua habilidade com magias de sangue.
Tem boa apontaria.


Pontos fracos:

Sua insegurança é com certeza seu maior problema. Não consegue confiar em ninguém e seu medo de se envolver a afastam das pessoas com quem se importa.
Esta sempre se cobrando para ser mais forte e acaba obcecada com os estudos, muitas vezes levando bronca de Kim e Ramona.
Esta sempre pronta para se sacrificar e por causa disso, muitas vezes acaba se expondo a riscos desnecessários.


Habilidades.
—Magias com sangue
—atirar com armas de fogo
—desenhar — gosta de desenhar as coisas que lhe chamam atenção.

Medos/fobias/traumas
—Tem medo de que as pessoas com quem se importa morram.
— De não conseguir proteger quem ama.
—De não ser boa o bastante.
— Não possui fobias.


Vícios/manias
—Esta sempre carregando um pequeno canivete que usa para fazer pequenos cortes na palma de sua mão para ver o sangue escorrer e manipula-lo, distorcendo-o e às vezes fazendo-o tomar formas diferenciadas. Por essa razão, está sempre com a palma da mão esquerda enrolada com um tecido escuro, para cobrir os cortes.
— As vezes fuma para se acalmar.


Defeitos físicos:

Não gosta de ter peitos grandes por achar que são um incômodo, embora isso seja considerado um defeito apenas por ela mesma.


Defeitos de personalidade

É insegura e muito fechada. Além disso, sua timidez faz com que muitas vezes esconda o que realmente pensa ou deixe de falar as coisas, guardando tudo para si.
Também é muito impulsiva quando se trata de se sacrificar por alguém, uma característica quase suicida, mas é que no fundo, nunca superou a morte da irmã e se culpa por não ter feito nada para impedir sua morte.

Armamentos preferidos para batalhas

Pistolas e revolveres. Por não ser boa em combate corpo a corpo, optou por este tipo de armamento.
Eventualmente, usa poções explosivas e seu próprio sangue para lançar projéteis nos inimigos.




Sonhos ou objetivos

Ficar mais forte para proteger aqueles com quem se importa e com o fim da guerra.

Frase ou trecho de música que defina seu personagem


“We're leaving the things we lost
Leaving the ones we've crossed
I have to make an end so we begin
To save my soul at any cost “




Alguma curiosidade ou observação sobre o personagem?

•Devi já teve uma queda por Leigh, mas preferiu ignorar, com medo de estragar a amizade dos dois.
•É extremamente cuidadosa com Ramona, sendo quase hesitante, como se tivesse medo de quebra-la com um simples toque.
•Tem um bloco de notas onde costumava fazer anotações importantes e que atualmente, está cheio de rabiscos e comentários sobre Ramona, bem como desenhos dela.
•Fez amizade com uma coruja que nomeou de Eugenie.


Chave

Girls can do everything






Escutando: Ruelle - This Is The Hunt

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...