~Taatyz

Taatyz
Nome: Thais Malaquias
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Valparaiso de Goias, Goiás, Brasil
Aniversário: 14 de Novembro
Idade: 23
Cadastro:

Entre Mundos - Amenthes Daktwisu Candal


Postado



Enjoy <3
















Gravidez indesejada, Amenthes nasceu numa noite chuvosa aos 8 meses de idade pesando 2,535kg. 265 gramas a menos que a média dos bebês prematuros de mesmo período. Nasceu na hora errada: enquanto a mãe fugia com alimentos roubados para abastecer a dispensa do avo Phillip. Parto difícil e demorado. Com a filha nos braços, teve sua suspeita confirmada ao ver os olhos violetas. Ela era um deles. Por muito pouco não veio a falecer. Amenthes e Annalee, sua mãe, até hoje não sabem dizer se viver foi a melhor coisa para as duas.

Após serem expulsas de casa, Amenthes cresceu sendo protegida e escondida das pessoas do bairro pois sua mãe temia pela sua segurança. Não havia muitas pessoas mestiças onde viviam e ela podia ser facilmente ferida por qualquer um se estivesse em público. Brincava muito pouco na rua pois as crianças a ignoravam, então acabava optando por ficar em casa fingindo ler os livros velhos e empoeirados da mãe.

Dentro de casa, ela e a mãe tinham convivência até boa, viviam grudadas fazendo tarefas juntas, aprendendo a ler e a escrever, brincando nos móveis sozinha. Mas era com a mãe que também aprendia a como se comportar como humana. Annalee exigia demais dela, sempre corrigindo e reforçando a importância que era manter sua humanidade. Muitas vezes, Annalee perdia o controle e corrigia Amenthes por coisas supérfluas, sobrecarregando a garota. Em outras situações de descontrole, descontava sua raiva e culpava a menina por toda a desgraça que viviam, criticando exatamente seu lado aliem.

Já fora de casa, quando saiam juntas, a mãe ordenava que Amenthes não andasse ao seu lado, que sequer a olhasse em público. Ninguém podia descobrir o grau de parentesco entre elas. Só adulta Amenthes supôs entender o motivo. Era algo relacionado aos segredos que Annalee mantinha e suas saídas sorrateiras de madrugada. O lado bom disso? Amenthes aprendeu a se virar sozinha e a conhecer os locais abandonados da Cidade Baixa

Foi em uma das suas andanças, aos 8 anos, que acabou caindo sobre escombros enferrujados e ferindo a perna gravemente. Amenthes até gritou por socorro para alguns humanos que passavam, mas assim que viram a cor de seus olhos, deram as costas. Só quando um rapaz de olhos azuis a encontrou, foi resgatada e ela o orientou até sua casa. Amenthes ficou sozinha do lado de fora, agonizando de dor e suando frio de medo por horas pois a mãe estava longe. Quando chegou, ficou assustada e procurou alguém que salvasse a filha. O resultado: uma inflamação tão séria que a única saída para que Amenthes não morresse era amputando uma parte da perna.

Depois desse dia, algo na relação entre ela e a mãe desapareceu, mas ela nunca se revoltou ou questionou a mãe sobre nada. Ela não tinha para onde ir, nem quem a abrigasse. Decidiu que aceitaria ser Modificada para sair dali logo.

No dia de sua Modificação, Amenthes conseguiu com um estranho lentes de contato verdes para se passar por Daeryeana pura, pois acreditava que assim seria mais fácil chegar a qualquer lugar. Estudou com afinco o comportamento dos Daeryens a ponto de enganar qualquer olho atento. Sua mãe não aceitou de bom grado a decisão da filha. Então, ela passou a integrar a Divisão da Inteligência e vem se destacando por seu ótimo trabalho.
Ninguém nunca desconfiou de suas origens dentro da divisão, o que era ótimo caso viesse a ser promovida mais rápido.

Porém, Ambellina, até então sua melhor amiga, descobriu seu segredo e nunca mais voltou a falar com ela, pois é ela detesta qualquer ligação mínima com a raça humana.
Agora, o futuro de Amenthes depende desse segredo ser mantido.
Tudo o que ela construiu sobre si e para si está ameaçado.
E ela fará tudo para evitar que sua farsa seja revelada.




Amenthes é orgulhosa, sensata e muito consciente das ações que toma. Consegue se reestruturar e adaptar com facilidade. É alguém de poucas palavras e não partilha sua intimidade com qualquer um, nem a todo momento. Sincera com as pessoas e não esconde o que pensa sobre as coisas, mas toma cuidado com as palavras que vai dizer. Muito difícil faze-la mudar de ideia pois é muito resistente a mudanças drásticas. É daquelas que se apega, cultiva e mantém as coisas que construiu ou deu forma, seja uma pessoa, relacionamento, emprego, etc. Mesmo não demonstrando sempre, é bastante afetiva.

Pragmática em tudo o que faz, coloca sua energia o máximo possível para alcançar seus objetivos, sendo eles pequenos ou grandes. Pensa de forma simples e descomplicada e é isso que a torna alguém de ação. Quando precisa, vai lá e faz!

Como é de preservar e manter tudo no controle, acaba se acomodando nas situações, até mesmo as ruins, e isso a atrapalha a ir adiante em seus projetos e aspirações. Às vezes age de forma subserviente por escolher não confrontar ou questionar a ordem das coisas, principalmente a ordem Daeryana. Amenthes é de caráter estável, calmo e confiável. Pode-se dizer que é tão estável que chega a ser previsível. Possui traço de solidez nos comportamentos e atitudes que toma.

Mas em seu interior também tem a vontade de expandir, ultrapassar limites e fronteiras. Pensa grande, sonha alto. O que a move é a caminhada para atingir o objetivo distante e trabalha muito, se empenha muito para se forçar a andar pra frente, ainda mais se isso exigir dela alguma mudanças rápidas e inesperadas.

Não é orgulhosa e nem mesquinha, muito pelo contrário. Acredita que a chave do sucesso é ser humilde e grandiosa, mas isso não significa que não esteja pronta para jogar sujo se necessário.











1,75 de altura, 68kg.
Pele negra, escura. Fenótipos negros (boca, nariz)
Cabelos escuros, pretos e compridos na altura dos seios, quase até o meio das costas.
Corpo comum e proporcional. Seios tamanhos médios, ombros estreitos e tem clavículas que chamam atenção.
O corpo dela é definido mas não musculoso.








Aja Naomi King















Não possui defeitos físicos.


A personagem não encara como defeito físico. Não se sente triste ou desconfortável com seu corpo com deficiência.


"Forget what you know about disability"









Próteses







Se vê como alguém competente e focada, no caminho certo para realizar seus sonhos. Se acha atraente e interessante, mesmo sem trocar longas conversas. Não mudaria nada sobre ela mesma, exceto por seu lado humano. Mas também sente, lá no fundo, que é esse mesmo lado que dá forças para querer lutar. Sabe que é solitária, mas não pode fazer muito sobre isso. Tem consciência que suas escolhas a levaram a isso e só resta aprender a lidar com elas.
Se tortura às vezes pensando sobre como sente que ninguém se parece com ela e ao mesmo tempo, por não ser parecida com ninguém. ‘Eu sou sozinho, e eles são todos’, diz sempre a si mesma, pensativa.





















Robin é uma menina de 14 anos, 100% humana. Alegre, sorridente e traquina. É muito sensível e inventiva, de uma inocência encantadora e inspira pela seu jeito esperançoso de ver as coisas. Vive se metendo em confusões e deixando a família preocupada, já que humanos não são tão bem quistos e crianças e adolescentes estão sempre na mira de alguns daeryenianos.

Amenthes e Robin são muito próximas, um vínculo afetivo maior que qualquer outra coisa em sua vida. É a única ligação com humanos que Amenthes não consegue romper e abrir mão, nem mesmo sentir a menor repulsa. O que torna Robin especial para Amenthes é a mesma razão de seu auto ódio: sua humanidade.

Passam a maior parte conversado sobre a vida das duas, as novidades e coisas do tipo. Com a proximidade da idade da irmã para ser Modificada, Amenthes e Robin conversam francamente sobre a melhor opção.A irmã não sabe ainda se deve seguir ou não a sugestão da mãe e Amenthes tenta convencer Robin, sem pressioná-la, a aceitar pois a vida nos Andares e nas Divisões são melhores. Independente da escolha, o amor entre elas não vai mudar.
Amenthes também aproveita essas horas junto à ela para esquecer sua vida mentirosa. Quando é dia de visita, ela leva alimentos e água para que Robin não fique fraca e doente, e tem esperança que não volte a vê-la com aparência franzina


Infelizmente, ambas só podem se ver às escondidas pois os Daeryen dos Andares não sabem sobre a família de Amenthes.







Annalee Candal tem 45 anos, é esbelta e alta, cerca de 1,80. Possui muitos segredos , principalmente sobre o passado de Amenthes. Apesar das divergências e da origem Daeryana da filha, Annalee a ama. Infelizmente, por excesso de medo e desconfiança , não soube demonstrar isso a ela. Com a caçula é menos rígida do que foi com Amenthes, mas nem por isso deixa de cometer os mesmos erros.
Nunca revelou a identidade do pai Daeryen da filha, até por não saber de seu paradeiro. Registrou a filha com o sobrenome de um Daeryen qualquer que viveu na Cidade Baixa










Ethan Carson [43 anos] e Agnes Candal [37 anos]






Willian Crafton [47 anos] e Abigail Candal [47 anos]






Ava Candal [40 anos] e Mason Carter [45 anos]






Madison Carson [17 anos] e Alicia Carter [16 anos]



São pessoas muito agradáveis com os humanos, mas maldosos e implicantes com os daeryen e os mestiços.adoram contar piadas e histórias divertidas sobre o passado nas reuniões de família. Tem um sentimento de proteção familiar muito forte e aguçados. Agnes e Ethan são os mais simpáticos e falastrões, Agnes e William são mais quietos, gostam de ouvir a família e são bons conselheiros. Ava e Mason são os mais atenciosos e prestativos.
Alicia e Madison são simpáticas com Amenthes mas evitam contato físico. Quando mais novas, só Alicia brincava com ela, eram muito amigas mas depois da recusa pela Modificação, ficou mais distante da prima





Phillip Candal [65 anos]


Homem quieto e tranquilo. Sempre fala de forma branda e firme. Ama a família que tem e tem muito orgulho de todas as filhas. Relação complicada com Amenthes pois é quem menos consegue entender.
[i]





















Behance










Trecho de música que a define:





Você entende que, a partir de agora, o personagem pertence a mim e posso fazer o que quiser com ele?

[i]Yep



Você entende que seu personagem pode, eventualmente, morrer?

Yes, ma’am



Você entende que seu personagem pode não ter tantas aparições e não terá tanto destaque quanto os principais?
Yes, I do.



Irá acompanhar a história até o final, independentemente do que acontecer com seu personagem?

Claro!!!







Lucifer is near.

Escutando: o som da tv da sala
Bebendo: coca cola

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...