~TayShibata

TayShibata
La Loba
Nome: Taianny
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Brasilia, Distrito Federal, Brasil
Aniversário: 17 de Março
Idade: 16
Cadastro:

Ficha Cycle


Postado

Senha: aleatória (*^*)

Alfa, beta ou ômega?: Beta (uke ♡^♡). Mas nunca se deixou abalar por sua posição, ao invés, sempre sorriu e trabalhou duro para, um dia, alcançar todos seus ideais ^^

Nome: Ren (Lírio D'àgua) Ishi (Pedra) - Ishi Ren (Pedra de um Lírio D'àgua). Mas não se engane, apesar de ter sobrenome, Ren nunca teve uma família. É orfão desde o nascimento.

Data de nascimento | Idade:
- 14 de março / 15 anos.

Ano escolar: primeiro ano.

Nasceu em Matsuyama ou se mudou?
De certa forma, se mudou. Ainda era jovem quando foi transferido para outro orfanato na cidade. O motivo foi a falência do orfanato que era sustentado pelo governo de sua cidade natal.

Aparência 1:












Aparência 2:

Cabelo: Lisos e prateados, meio puxados para o branco, macios e com cheiro de lírios do campo.

Olhos: são de uma tonalidade rosa puxada para o vermelho. São muito brilhantes e chamam muita atenção.

Rosto: tem um sorriso espetacular e muito branco, um sorrido que encanta. Seu rosto sereno lhe dá um ar calmo e infantil, o que também causa confusão sobre seu sexo. Mas não se engane, suas feições gentis podem mudar drasticamente quando está com raiva.

Pele: é bem branca, mas apesar disso não é pálida e morta, tem uma coloração rosada que lhe tira o ar de palidez, é muito macia, já que tem que usar hidratantes e protetor, além de ter um cheiro doce e floral (bem leve, quase não se pode sentir).

Corpo: não tem músculos, na verdade é magrelo, mas sua barriga lisinha chama muita atenção, assim como suas pernas fartas e bubum redondinho e "arribitado".
Altura: é baixinho para sua idade, mede 1,60, por esse é outros motivos é facilmente confundido com uma garota...

Peso: 60 kg bem distribuídos sobre seu corpo. É bem magro, mas ao menos está no peso ideal para sua altura.

Detalhes a mais:
Seu corpo tem uma lenta produção de hormônios, por esse motivo ele não tem pelos e sua voz é mais fina que a de garotos dessa idade.

Característica mais marcante:
Seus olhos. Por terem uma cor diferenciada e atrativa, parecem poder ver a alma dos outros.

Personalidade:
É sonhador, impressionável, e emotivo. Está sempre nas nuvens, distraindo-se com a maior facilidade. É tímido e cora facilmente por coisas bobas, porém é confiante (mesmo que as vezes perca toda sua auto estima) e persistente. É simpático, suave e gentil, por isso corre o risco de ser explorado facilmente pelos outros, que percebem sua sensibilidade e aversão por discussões e contrariedades. É honesto, carinhoso e protetor, além de ser extremamente romântico e carente.
Apesar de ser organizado com suas coisas pessoais é extremamente desajeitado o que influencia nas suas frequentes quedas.

Ainda que seja inteligente, são as emoções que o dominam, dificultando sua capacidade de julgamento, pois seus sentimentos fazem com que tenha uma visão distorcida das pessoas e das situações. É bondoso e humanitário. Um companheiro excelente, apesar de se mostrar preguiçoso algumas vezes. Odeia magoar os outros, além de ser incapaz de não socorrer os que precisam.Extremamente centrado e educado, sempre alegre e falante. Inocente e ingênuo, nunca vê a maldade, mesmo quando ela está diante de seus olhos. Amigo, faria tudo e qualquer coisa por seus amigos ou alguém que considere precioso, além de se apegar facilmente e se desfazer dificilmente.

Mas apesar de ser gentil e confiante, fica extremamente acanhado quando está diante de pessoas desconhecidas. Dificilmente se impõe, sendo bastante submisso (mas não leve para o lado sexual, nesse quesito ele sabe se defender para não ser violentado), apesar de pensar em respostas elaboradas que as vezes escapam de seus lábios, o que, na maioria das vezes, lhe gera muitos problemas. As vezes precisa respirar fundo e lutar contra seu inconsciente na tentativa, as vezes falhas, de não explodir e gritar com tudo e todos. Sinceridade não é o seu forte, mas quando lhe pedem sua opinião mais sincera ele não poupa palavras para expressa-la. Mas sempre procura se manter calmo e cabeça fria para enfrentar o dia a dia.

É movido pela esperança de mudar de vida e seus sonhos extravagantes lhe dão a alegria esbanjada. Quando se apega à algo ou alguém, vira um chiclete, mas sabe quando é indesejado. Sempre tem algo para falar preparado na ponta da língua, seja para aconselhar ou se defender, o problema é conseguir falar.

O modo sereno como costuma agir faz com que as pessoas pensem que é alguém pacato que só serve para ser usado, uma marionete humana. De fato, as vezes se deixa levar por sua ingenuidade e é abusado por pessoas más, sem que perceba, já foi posto em alguma situação complicada. Mas com um pouco de paciência, sua timidez é vencida pela amizade e ele se mostra quem realmente é, e se torna alguém para realmente se querer por perto. Sua coragem demonstrada consegue inspirar aqueles a sua volta e animar aqueles que lhe querem bem.

Qualidades: Ser extremamente simpático, gentil e humanitário. Além de sempre seguir seus sonhos e lutar para conseguir realizar-los. Ser cabeça fria e, na maior parte do tempo, se manter calmo também influência. Ter coragem para lutar e estar sempre sorrindo é sua maior qualidade e algo que nada nem ninguém nunca mudará nele. ^-*

Defeitos: Ser ingênuo a ponto de não perceber quando está sendo usado. Não se impor quando deveria e evitar ser realmente honesto. Falar tudo que pensa quando explode em raiva e poder acabar por magoar alguém. Se submeter à (quase) todo tipo de situação e aceitar tudo de boca calada.

Manias: ficar paralizado quando sente muito medo, cantar quando sente tédio, está feliz ou para acalmar alguém (ou a si mesmo), abaixar a cabeça e tocar as pontas dos dedos inticadores e dedões deixando num formato triangular, quando está envergonhado, brincar com qualquer animal docil que encontra por aí, ficar sentado na janela olhando pro nada e pegando vento, enrrolar mechas do cabelo no dedo o enrroscando cada vez mais e mordiscar o lábio inferior (nesses últimos casos, não há situação para fazê - los, já é involuntário).

Medos/fobias:
*Medos: Aranhas, palhaços, histórias de terror, lugares fechados (mas só se aplica quando não há nenhum tipo de saida/entrada de ar) , escuro, raios e trovões.

*Fobias: Aracnofobia (fobia de aranhas), Claustrofobia (fobia de lugares fechados), mas só se aplica quando não há nenhum tipo de saida/entrada de ar.
Nictofobia (fobia de escuro) - por esse motivo ele costuma dormir com a janela aberta para entrar a luz da rua.

Hobbies:
- desenhar:


- cozinhar:


- E cantar, principalmente uma música que aprendeu durante uma saída de campo:
Tsunaida Te Ni Kiss Wo

Soshite bouya wa nemuri ni tsuita
(E então, o menino adormeceu)

ikizuku hai no naka no honoo
(E das cinzas que o fogo engolfou uma a uma)

hitotsu, futatsu to ukabu fukurami itoshii yokogao
(Vários perfis queridos apareceram)

daichi ni taruru ikusen no yume, yume
(E milhares de sonhos desceram à terra)

Gin no hitomi no yuragu yoru ni
(Na noite em que os olhos prateados brilharem)

umare ochita kagayaku omae
(Será você quem nascerá)

ikuoku no toshitsuki ga
(Não importa quantos anos se passem)

ikutsu inori wo tsuchi e kaesshitemo
(Devolva-os a terra)

Watashi wa inori tsuzukeru
(Eu continuarei orando)

douka konoko ni ai wo
("Por favor, ame essa criança")

tsunaida te ni kisu wo
(E beije estas mãos que você segura)

(Link da música: https://m.letras.mus.br/sanae-kobayashi/1409822/)


Alguma alergia ou doença?
- Ele tem alergia a poeira, então costuma espirrar muito até em lugares que, aparentemente, são limpos.

- A única doença que tem é hereditária, o albinismo. Mas, por incrível que pareça, ele não se incomoda tanto com o sol, claro que segue as normais recomendações médicas de passar protetor solar e evitar ficar muito tempo exposto à claridade solar. Além de ser essa doença que o faz tão peculiar e atraente.

Habilidades:

- Cantar: Sua voz é extremamente calma e baixa o que traz a sensação de paz, perfeita para cantigas de ninar. Ele aprendeu sozinho, é como um dom. Começou a usar sua voz para se alto acalmar ainda dentro do orfanato. Quando se sentia tenso, e stressado ou triste, cantava uma canção cuja ouviu quando passeava com uma cuidadora pela rua.

- Cozinhar: Faz vários pratos, mesmo que nunca tenha feito um curso, aprendeu a cozinhar extremamente bem nos trabalhos que fazia e com a ajuda da Internet.

- Qualquer outras atividades domésticas: por ser orfão, ele teve que aprender a se virar sozinho.

- Ler as pessoas: Ren tem facilidade em ler as pessoas, ou seja, consegue reconhecer se a pessoa é boa ou má somente pelo olhar. Mas, ainda que possa lê-los, é totalmente movido as emoções, o que contraria totalmente sua habilidade...

Fetiches:
Ele nunca teve relações, nem eróticas nem amorosas, então ele não tem conhecimento sobre esse tipo de coisa, na verdade, ele não tem um fetiche fixo, podendo ser facilmente influênciado pelos Fetiches de seu parceiro. Mas toques as escuras são seu ponto fraco *-^

Zonas erógenas:
Posso dizer que seu corpo inteiro é uma mina sensível, mas à aquelas partes que o fazem estremecer: nuca, costas e orelhas o fazem arrepiar, toda a região do tórax e a parte interna das coxas (entre coxas) o exitam mais rápido. Há também a área íntima (se é que você me entende) e os mamilos, é EXTREMAMENTE sensível nessas áreas, mesmo que nunca tenha sido tocado ou se auto tocado.

Família:
Na verdade, Ren não tem família, porém, tem uma amiga mais velha e rica que o tem como um irmão, é ela quem o ajuda a pagar os estudos e algumas outras coisas, mas, por não pretender ser dependente dela, ele trabalha e estuda para pagar a escola... apesar de ter conseguido uma bolsa, esta fora somente de desconto.

Amiga:
- Mayu Akimoto (Alfa): 20 anos. É filha de um renomado biólogo e de uma artista que já ganhou cinco Óscars. Conheceu Ren quando estava fazendo um "tour" pela nova cidade a qual se mudou. Na época, o menor trabalhava num barzinho de beira de estrada. Com a ajuda da nova amiga, ele conseguiu um emprego melhor... Apesar de rica, Mayu sempre lutou pelo que quer, por isso se identificou tanto com Ren, no momento, ela está estudando na universidade de Harvard em prol a se tornar bióloga como seu pai, por isso eles geralmente não se encontram pessoalmente, mas se falam sempre por vídeo chamada e redes sociais e sempre que pode, ela lhe faz uma visita ^-*



História:

Ren é orfão desde o nascimento, nunca conheceu seus pais e pouco fez questão. Foi deixado num orfanato e criado pelas "madres", de fato sua vida não foi fácil. Nascido na pior classe social, sofria com esse fato, até mesmo as crianças também órfãs caçavam dele. Na medida em que crescia, foi tomando ciência do tamanho do preconceito contra os Betas e logo decidiu que mostraria que um Beta, que mal tem oportunidades, venceria na vida. Criou um objetivo e foi movido pelo sonho de ser tornar pintor. Aprendeu a desenhar observando os artistas de rua e desenhistas de caricaturas em suas saídas de campo, afinal, somente era bem tratado pelas cuidadoras que, de vez em quando, levavam as crianças para passear.

Quando começou a se acostumar com o local onde morava fora transferido para um outro orfanato em Matsuyama pois o que estava perdeu o patrocínio do governo e foi obrigado a fechar. Nesse momento, sua vida foi de mal a pior. Na época tinha somente 10 anos, logo que chegou já foi mal recebido pelas outras crianças, mas não se deixou abalar, aos 12, conseguiu permissão (que só lhe foi dada por ter insistido durante quase dois anos) pelas malvadas madres para conseguir um trabalho de meio período, mas por ser somente uma criança e Beta era frequentemente recusado ou rapidamente demitido. Mas foi num desse trabalhos relâmpagos que conheceu Mayu. A garota estava passeando pela cidade e parou num bar qualquer para comprar algo para beber, ela logo foi atendida por Ren e seu sorriso encantador. Foi "paixão" a primeira vista. No mesmo instante Mayu puxou papo com Ren e se tornou sua amiga.

Um ano e meio depois, Mayu pediu à seus pais para que se tornassem tutores de Ren, somente para tirá-lo daquele orfanato que só tinham pessoas más que o mal tratavam. Claro que eles recusaram de cara, afinal, Alfas sendo tutores de Betas não era algo comum, mas ela não desistiu, continuou a pedir e com o tempo eles cederam. No mesmo ano, Mayu comprou um apartamento pequeno e deu de presente ao amigo, apesar de de vez em quando dividirem o imóvel por tempos.

Nesse meio tempo, Ren estudou e se formou no fundamental. Sem se poupar, Mayu "deu-lhe" a oportunidade de estudar na maior escola da cidade. Entusiasmado com a idéia, fez a prova para conseguir uma bolsa, mas só pegou a de desconto. Sem reclamar, aceitou a ajuda da amiga, mas, por não pretender ser dependente financeiramente de Mayu, conseguiu um trabalho de meio período num café francês chique (por influência de Mayu que conhecia o gerente e o convenceu de deixá-lo trabalhar), dessa forma, ajudando a pagar seus estudos e outras coisas pessoais.

Apesar de ter sofrido muito com o preconceito e por não ter conhecido seus pais, nunca se deixou abalar e sempre procurou dar a volta por cima. Ele considera Mayu sua anja de guarda, já que depois que a conheceu as portas começaram a se abrir para ele. De fato, as vezes sente como se estivesse a usando, mas não é o que acontece, Mayu realmente tem um amor incondicional por Ren e faria qualquer coisa por ele.

Agora, novos caminhos se abrem. É o momento que decidirá seu destino e por isso, Ren não poupará esforços para ser um ótimo aluno e mostrar aos outros que betas também podem ser "mais"!

Mora com:
Ele é emancipado, mora num apartamento pequeno porém muito aconchegante que lhe foi dado de presente por Mayu, no imóvel há apenas dois quartos, já que de vez em quando ela passa algas noites lá. Teve permissão para morar sozinho ao ser dada por seus tutores legais que, por acaso, são os pais de Mayu. Apesar de não serem a favor, não viram problema em fazer algo por sua filha, já que lhes foi um pedido direto e Ren não os daria gastos.

Qual seu preferido quanto a-

- Comida: Curry de legumes e carne e todo e qualquer tipo de doces.

- Bebida: Chá de pêssego, chá de morango com leite, café e chocolate (quente ou gelado)

- Esporte: Volleyball, porém também é chegado à natação.

- Filme: Comédia romântica, ação e aventura, animação e fantasia.

- Gênero literário: romance, drama, poético, ação, aventura, fantasia e épico.

- Gênero musical: música clássica, pop internacional e nacional, eletrônica e alguns rocks mais leves.

- Animal: Sem preferências, ama todos igualmente. Mas tem uma quedinha a mais por gatos.

- Passatempo: Desenhar. Faz isso até inconscientemente.

- Jogo: Prefere os de paciência, como damas ou xadrez, mas não despensa partidas de jogos de luta no vídeo game com Mayu.

- Matéria escolar: Artes (meio óbvio já...), mas também adora ciências (influência de Mayu).

É positivo, negativo ou neutro?
Eu diria que ele é neutro, porém tem mais positividade que negatividade, afinal ele tenta ser o mais feliz possível e aproveitar todo o tempo possível.

Complete as frases-

- Pra mim o mundo é: uma caixinha de surpresas.

- Se eu pudesse: viajaria e conheceria todas as 7 maravilhas do mundo.

- Eu nunca: voltaria atrás da minha palavra.

- Amigos são: família e nunca devem ser trocados por nada!

- Nas férias eu geralmente: me dedico a passar mais tempo com quem amo e me divertir o quanto posso, apesar de ainda dar uma paradinha para uma boa leitura ^-*

- A morte é: somente mais uma etapa na vida e todos chegaremos lá um dia!

O que você faz quando-

- Vê 2 amigos brigando/discutindo: Tenta acalmar a situação/separar os dois. É capas de entrar no meio dos dois se por acaso tentarem se bater...

- Vê alguém sofrendo uma injustiça: chama alguém mais forte e de confiança, ou usa inteligência para afastar os "agressores". Geralmente ele não tenta intervir diretamente, já que já teve experiências terríveis por tentar tal coisa.

- Lhe abraçam de repente: de primeira iria se assustar, mas em seguida iria corresponde-lo, afinal, um abraço nunca faz mal.

- Não encontra um pertence seu: depende do pertence, se fosse algo semi fútil, procuraria, mas caso não achasse não teria problema, mas se fosse algo que considerasse importante ficaria extremamente triste, capaz de chorar, e iria procurar até que suas esperanças acabassem.

Num trabalho em grupo, você é aquele que:

( )Toma as rédeas da situação, virando uma espécie de líder, distribuindo tarefas para os outros membros e fiscalizando-os.

( )Se pudesse não fazia nada e ficava com o crédito do grupo, e precisa que pegem no pé pra fazer alguma coisa

( )Faz a sua parte do trabalho e não se importa com o resto, pois "não é problema seu".

( )Unifica o grupo, faz o possível para que todos façam a maior parte do trabalho juntos, é aquele que marca encontros pra falar do trabalho e/ou para executá-lo, fazendo também a sua parte.

(X)Outro. Qual? - Ficaria na sua, mas se percebesse qualquer discordia ou injustiça com base em aqueles que só ficam excorando e outros trabalhando faria o possível para que ficassem todos em igual. Além de estar sempre disposto a ajudar no que pudesse. ^^

Quando e por que entrou no Clube de Pesquisa Cultural?
Assim que chegou as aulas, mas por ter chegado tarde na escola, todos os outros clubes já estavam cheios, por esse motivo, foi-lhe indicado para esse clube, mas preferia ter entrado no clube de artes...

Relação geral com os outros membros do clube:
Se dá bem com todos... ou pelo menos tenta... É sempre simpatico e as vezes prefere ficar calado e quieto num canto, desenhando ou estudando que falar com seus companheiros. Já que alguns são mais velhos ou se socializam mais fácil, se sente acanhado demais, mas não nega papo para aqueles que lhe digam um mísero "oi".

Par e relação com ele:
Esse quesito é mais complicado, afinal, Ren costuma ser submisso as pessoas e raramente se impor, o que pode gerar uma certa raiva e/ou insegurança no seu companheiro, porém, é sempre carinhoso e atencioso e mesmo quando não está nos seus melhores dias, sempre da um jeito de mostrar-lhe um belo sorriso. É claro que não existem relações perfeitas, então é possível que acabe magoando seu parceiro quando se irrita e solta tudo que pensar, mas assim que percebe, pede desculpas e tenta se redimir da melhor forma possível, ainda nesse quesito, Ren é muito sensível e se mágoa facilmente... brigas e DR'S podem ser comuns entre os dois, principalmente se tiverem inúmeras diferenças, mas quando Ren se apega, faz de tudo para continuar com sua companhia.

O que faz no clube?
Qualquer coisa que o torne útil. Não tem preferência por atividades dentro do clube, afinal, só está nele por não ter conseguido entrar em outro.

Em que classe está?
Diria que Ren está na C, afinal, sempre que pode estuda. Ele se dedica muito aos estudos, já que para alcançar o que realmente quer ele precisa ser alguém na vida...

Que tipo de aluno é:
Do tipo que se distrai facilmente, é comum ser chamado atenção por estar desenhando ao invés de prestar atenção, mas sempre tira boas notas, então não se importa com as chamadas dos professores ou com suas inúmeras distrações, afinal ele recupera as explicações perdidas estudando sozinho.

Qual sua opinião acerca do preconceito com betas?
Que é algo desnecessário e imaturo da parte dos que ainda o fazem. Ren mesmo sofre com esse preconceito e por isso agradece a Mayu por ser sua amiga, ela foi a primeira pessoa que o tratou como igual, mesmo sendo tão diferentes socialmente. É por odiar esse preconceito que quer tanto vencer na vida e ostra que betas também podem ser da elite... que podem ser alguém é não somente a escória.

Você ou sua família seguem o Ookamismo? Caso não, o que acha dessa religião?
Ren não segue a religião, porém não acha que seja errada, compreende toda a crença, afinal é a religião seguida por Mayu e sua família.

Se pudesse mudar algo acerca do que você é hoje, o que seria?
Seu medo de se impor e submissão, porém é um costume e já é algo dele, age assim inconscientemente.

O que faria seu personagem-

Ficar irritado a ponto de começar uma briga verbal: quando duvidam intensamente dele e o criticam preconceituosamente por ser um Beta.

Ficar irritado a ponto de começar uma briga física: ser tratado como lixo ou ser levado ao extremo com provocações verbais. Mas é quase impossível que ele brigue, afinal, odeia desavenças e qualquer tipo de briga, principalmente física.

Chorar: qualquer tipo de bullying, seja por sua aparência ou posição social. Também que falem algo cruel para ele ou para alguém que ame. Mas ele também pode chorar facilmente por raiva ou alegria. Gargalhar demais também o faz lacrimejar.

Sorrir: Tudo e qualquer coisa. Desde um simples "bom dia" à um elogio ou conversas alegres. Ele consegue sorrir até mesmo quando está triste. Afinal, para ele, somente sorrindo que se pode enfrentar as maldades do mundo.

Qual sua opinião acerca de eventos sobrenaturais?
São reais e acontecem por algum motivo. Acha que tamanhos acontecimentos são realmente causados pela ignorância do homem que julga tudo e todos como base intende sem se preocupar com a verdade, dessa forma, irritando o sobrenatural que se manifesta na tentativa de revidar ou concertar algo.

Algum problema atual a ser resolvido?
Por enquanto, não ^^

Ciente que posso fazer o que quiser com seu personagem?
Sim. Fique a vontade para usar e abusar do meu bebê. Ele é seu e adoro surpresas ^^

Deseja que algo em específico aconteça com seu personagem? Se sim, o que?
Não. Vou deixar a sua mercê. ^^

Algo a mais:

Ele usa um colar de ouro no pescoço no qual o pingente de coração é um porta retrato e na portinha ha uma foto de Mayu e ele juntos. É seu bem mais precioso e ele não tira nem para dormir.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...