~TayShibata

TayShibata
La Loba
Nome: Taianny
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Brasilia, Distrito Federal, Brasil
Aniversário: 17 de Março
Idade: 16
Cadastro:

Ficha para The Fantasy World


Postado

Nome Completo:
Naoi Higurashi

Idade: 15 anos

Apelido: Não

Aparência:
Tem cabelos naturalmente verdes e lisos, ele geralmente os usa soltos, mas se estiver fazendo calor, tem comprimento suficiente para fazer um ralo rabo de cavalo. Seus olhos têm uma cor dourada tão vibrante quanto a de seus cabelos, cores estas que sempre chamaram muita atenção. Sua pele é branca, porém não é tão pálida, na verdade tem um tom rosado que o deixa com aspecto ainda mais jovem. Seu corpo é pequeno e desprovido de quaisquer músculos, mede 1,60m e pesa 57kg, peso este muito bem distribuídos por todas as partes abaixo de sua cintura, sendo assim, suas pernas e suas nadégas são tão chamativas quanto seu olhar.







Personalidade:
É sonhador, impressionável e emotivo. Está sempre nas nuvens, distraindo-se com a maior facilidade. É tímido e cora facilmente por coisas bobas, porém é confiante (mesmo que, por vezes, perca toda sua autoestima) e persistente. É simpático, suave e gentil, por isso corre o risco de ser explorado facilmente pelos outros, que percebem sua sensibilidade e aversão por discussões e contrariedades. É honesto, carinhoso e protetor, além de se extremamente romântico e carente. Apesar de ser organizado com suas coisas pessoais, é extremamente desajeitado, o que influencia nas suas frequentes quedas.

Ainda que seja inteligente, são as emoções que o dominam, dificultando sua capacidade de julgamento, pois seus sentimentos fazem com que tenha uma visão distorcida das pessoas e das situações. É bondoso e humanitário. Um companheiro excelente, apesar de se mostrar preguiçoso as vezes. Odeia magoar os outros, além de ser incapaz de não socorrer os que precisam. Extremamente centrado e educado, sempre alegre e falante. Inocente e ingênuo, nunca vê a maldade, mesmo quando ela está diante dos seus olhos. Amigo, faria tudo e qualquer coisa por seus amigos ou algúem que considere precioso, além de se apegar facilmente e desapegar dificilmente.

Mas apesar de ser gentil e confiante, fica extremamente acanhado quando está diante de pessoas desconhecidas. Dificilmente se impõe, sendo bastante submisso (apesar de saber se defender e ter conceitos bem formados), apesar de pensar em respostas elaboradas que as vezes escapam de seus lábios, o que, na maioria das vezes, lhe gera muitos problemas. As vezes precisa respirar fundo e lutar contra seu inconsciente na tentativa, as vezes falha, de não explodir com tudo e com todos. Sinceridade não é o seu forte, mas quando lhe pedem sua opinião, ele não poupará palavras para expressá-la. Sempre procura manter a calma e a cabeça fria para enfrentar o dia a dia.

É movido pela esperança de mudar de vida e seus sonhos extravagantes lhe dão a alegria esbanjada. Quando se apega à algo ou alguém, vira um chiclete, mas sabe quando é indesejado. Sempre tem algo para falar preparado na ponta da língua, seja para aconselhar ou se defender, o problema é conseguir por para fora.

O modo sereno como costuma agir faz com que as pessoas pensem que é alguém pacato que só serve para ser usado, uma marionete humana. De fato, as vezes se deixa influenciar e acaba por ser abusado por pessoas más, sem que perceba, já foi posto em alguma situação complicada. Mas com um pouco de paciência, sua timidez é vencida pela amizade e sua vontade de ser alguém, e ele mostra quem realmente é, e se torna alguém para se querer ter por perto. Sua coragem demonstrada consegue inspirar aqueles a sua volta e animar aqueles que lhe querem bem.

Reino de qual é guardião: Earth, o reino Green Fantasy

Vida humana:
Até seus quatro anos de vida ele morou viveu uma vida normal e, consideravelmente, boa com sua avó e sua mãe, mas após completar essa idade sua vida deu um giro que ele mal pode perceber. Sua mãe casou-se com um homem que prometia ser um bom marido e pai, até aí tudo bem, mas quando o garoto entrou para o fundamental foi que as coisas começaram a piorar. Começou a sofrer Bulliyng por conta da cor de seus cabelos e seus olhos, cores que, no Japão, eram nada normais, os apelidos foram de “estranho” para “demônio” em um estalar de dedos. Em casa as coisas começaram a piorar nesse mesmo meio tempo. Seu padrasto começou a encher a cabeça de sua mãe contra ele e, aos poucos, ela passou a odiar sua existência, seu trabalho começou a ficar cada vez mais estressante e, para aliviar, ela bebia com o marido principalmente quando a mãe não estava em casa, já que, por ser uma senhora bem idosa, passava muito tempo indo à médicos e em alguns centros comunitários pra idosos.

Certo dia, aos dez anos de idade, chegou em casa e viu somente uma luz acesa, com um pouco de receio, foi até lá. Ainda no corredor, sentiu um cheiro enjoativo, adentrou o quarto e o cheiro e fumaça tomaram conta de si, exatamente: seus pais estavam se drogando, maconha, para ser mais exata. No instante que apareceu à porta, seu padrasto o puxou pelo braço... foi a primeira vez que apanhou de sua mãe sem ter qualquer motivo... não só dela, mas também de seu padrasto, apesar de ele ter passado a maior parte do tempo fumando e assistindo a esposa descontar a raiva em Naoi. Depois desse dia, virou um vício, então sempre que sua mãe chegava em casa estressada, era em Naoi quem ela iria descontar, somente sua avó conseguia pará-la, e fora ela quem o salvou várias vezes de desmaiar ou de ser espancado até a morte por seus pais. Infelizmente, ela não tinha como tomar sua guarda e se mudarem, dependia da residência de sua filha para sua sobrevivência. Sua vida foi sendo levada assim até seus treze anos, quando sua avó ficou doente e, no mesmo ano, faleceu.

Livre de quem o protegia, os abusos ficaram piores, agora não eram somente físicos, mas psicológicos também. Ficava cada vez mais difícil esconder os hematomas feitos por seus pais, e ainda mais difíceis os que lhe eram feitos na escola. Ele não podia recorrer a ninguém... estava literalmente sozinho, nem mesmo seus professores se preocupavam com ele. Descobriu seus poderes por acaso aos quatorze anos, quando estava fugindo de uns garotos mais velhos que já o haviam machucado antes e já prometiam fazer muito pior (se é que você me entende...). Já cansado de correr, Naoi se escondeu de baixo de uma ponte para carros e esperou que eles passassem, mas foi tudo uma armadilha, no momento em que baixou sua guarda os garotos o encurralaram e o derrubaram na grama. Na tentativa de se proteger, e com a adrenalina no máximo, ele agarrou um punhado de grama e jogou em um dos garotos, só não sabia que esse punhado de grama havia sido na verdade um pedaço significativo de terra. Claro que ele não se acanhou quando percebeu o que podia fazer, na verdade ele passou a usar seu dom para se defender sempre que podia, com exceção de seus pais, os quais, por mais que os odiasse, não queria machucá-los. Algumas marcas nunca desapareceram de seu corpo, principalmente suas costas, que era o local mais afetados por chutes, arranhões, etc.

Qual foi a sua reação ao descobrir que é um(a) deus(a) guardião(guardiã):
Ele entrou em choque. Nunca na sua vida havia se sentido especial ou que poderia ser útil de alguma forma. Passou mal e quase desmaiou de felicidade. Agora, finalmente, poderia ter orgulho de si mesmo e levar uma vida sem precisar se esconder de tudo e de todos... sem precisar chorar por ser “diferente” perante a sociedade.

Guardião mágico:
Da fauna e da flora, da mais pura vida nos bosques serenos e pintados de verde, coloridos pelas diversas cores das flores e diversificado com a vida de seus habitantes.

Nome de seu guardião:
Allen Ly. Idade desconhecida... Ela é a unica pessoa em que confia de verdade, é sua conselheira e praticamente uma mãe.

Aparência de seu guardião:
~Humana: Com cabelos verdes e olhos de mesmo tom, pele branca e vestindo um lindo vestido de ceda e organza marrom claro, sendo seguro por uma leve armadura de ouro.



~Animal: Ela pode se transformar em uma borboleta, dessa forma, pode observá-los onde quer que esteja.



Arma mágica: Duas Colt Double Eagle




Obs: Quando Nao pega na arma para lutar, seus olhos tomam uma cor rubra e fria, até mesmo suas feições ficam mais serias, mas não confunda as coisas, ele não tem um alter ego.

Objeto especial: Um colar de cristal o qual ele ganhou da única pessoa que já gostou de verdade dele, sua avó.



Elemento que domina: Terra ^^

Poderes:

*Geocinese: Capacidade de controlar o elemento terra, incluindo areia, pedras, minerais, rochas ou poeira.

~ Consegue sentir a terra, aos movimentos de uma pessoa caminhando em uma rocha próxima a si. Pode atrair e retrair areia e rochas, também sendo hábil em fazer blocos de terra se afastarem ou aparecerem próximos.

~ Mimetismo Terrestre: Plena manipulação da terra, no qual pode controlar paredes, areia, rochas, cristais e derivados, mudando suas formas, além de transformar areia em terra bruta, terra bruta em metal e derivados.

~ Magnetocinese: Consegue controlar e criar grandes porções de terra, como prédios inteiros, surgir com picos e montes.

~ Manipulação Sísmica: Consegue gerar terremotos de 6 pontos na escala Richter, além de adquirir a habilidade.

Vai querer par?: SIIIIIIIIM!!!!!! Seja feliz na escolha para ele ^^

Gosta:
Doces são seu principal amor. Flores, animais... a natureza em si. Noites de lua cheia, estrelas e a própria noite. Coisas quentes. Ler enquanto escuta músicas (de todos os tipos, mas principalmente o pop internacional). Tomar um banho quente, para ele é o momento mais relaxante de todos. Chuva, ele gosta principalmente do cheiro e do barulho que ela faz ao tocar o solo. Vento. Cor vermelha, é sua cor favorita ^^

Desgosta:
Coisas amargas ou azedas. Que maltratem animais ou machuquem a natureza (por assim dizer). Dias quentes ou que pareçam demorar mais que 12 horas. Que mexam com as pessoas a quem considera amigos ou que ama. Brigas. Se sentir preso e, consequentemente, lugares fechados ou pequenos.

Sexualidade:
Ele não tem uma sexualidade definida, além de nunca ter tido experiências românticas, diria que ele pode ser considerado bi, mas a mamãe aqui ama yaoi... porém deixo em suas mãos ^-*

Roupas...

*Casual:




*Baile:




*Festa:





^so desconsidera os lacinhos e o desenho da hello kitty na blusa, por favor ><

*Biquíni:



*Pijama: (com exceção da pelúcia)



*Armadura mágica: {1 link}



Relação com...

*Amigos:
A melhor que ele conseguir. É muito amistoso, apesar de tímido, então, a menos que não queriam, ele será gentil e amigável com todos, sendo também um bom ouvinte e conselheiro para momentos difíceis. É o chamado ombro amigo

*Parentes:
Parentes humanos: Péssima, ele odeia seus pais, a única pessoa que já amou e por quem foi amado foi sua falecida avó.
Parentes místicos: Vai tentar ser o melhor parente possível, sempre muito atencioso e carinhoso.

*Inimigos:
Se o provocarem, tenha certeza que estão em sua lista negra, se mexerem com seus amigos, idem. Apesar de acreditar na conversão do mal para o bem, não perdoa aqueles que ferem.

*Minha personagem:
Na boa, leva a mal não, mas... ELE SIMPLESMENTE TE IDOLATRA! Tá... exagerei... mas ele realmente gosta de sua personagem, e quer muito ser seu amigo... afinal... ele tem carência de pessoas amistosas e divertidas.

*Seus pais:
Humanos: Como já mencionado, ele os odeia. Se pudesse nunca mais vê-los e esquecer que algum dia já foi filho deles, seria ótimo.

Misticos: Apesar de mal conhecer seu pai, ele que muito que o aceite, então vai fazer de tudo para que seja visto com
bons olhos por este. Afinal, ele nunca teve um pai de verdade...

*Seu par:
Sempre carinhoso e atencioso, não vai poupar esforços para vê-lo sorrir. Claro que será ainda melhor se seu par retribua seu amor, mas mesmo que seja meio vago, ele sempre estará disposto para mostrar seus sentimentos. Mas não pense que ele é feito de pedra, na verdade é muito sensível quando se trata de sentimentos, então pode ser comum que ele chore por algo, seja por besteiras que o chatearam ou por um simples ato de carinho e afeto. Ele vi canalizar tudo o que não teve no seu par e vai quase mandigar carinho para ele, o que pode acabar virando um grude e incomodar, mas nada que uma boa onversa não resolva ^-*

Permite que seu personagem seja:

*Traída(o):(X)
Ele acredita que tudo que acontece tem um motivo, dessa forma, antes de tirar quaisquer conclusões, ele vai ouvir o lado de seu(sua) parceiro(a), além de estar disposto a perdoar, ao que depender do tamanho de seu amor.

*Estrupada(o):(X)

*Torturada(o) sexualmente:(X)

*Corte o cabelo:(X)

*Seja raptado(a):(X)


Algo mais?: Nope ^^


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...