~Taifu-no-me

Taifu-no-me
O Fabuloso filho de Apolo
Nome: Eddie Marck, the Writter //Joshua de Vine, the son of Apollo // Luka di Alois, the Mahonin
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Tobias Barreto, Sergipe, Brasil
Aniversário: 11 de Maio
Idade: 19
Cadastro:

Personagens de CDO - "Paul Gray"


Postado

Personagens de CDO - "Paul Gray"

E aí pessoal, cá estou eu com mais uma ficha de personagem, e dessa vez, trago-lhe o nosso grandão, bondoso e genial filho de Vulcano: Paul Gray. Espero que gostem!

Nome: Paulus "Paul" Dublingam Gray
Idade: 16 (A Outra História, somente citado), 18 (O Crepúsculo do Olimpo, protagonista), 19 (A Ruína da Névoa, secundário)
Parente Divino: Vulcano, deus do fogo e da forja (Pai), Esculápio, deus da cura e da medicina (Antepassado, parte de mãe).

Como um bom semideus romano, Paul nasceu e criou-se em Nova Roma, o santuário para descendentes dos deuses na Califórnia. Aos sete anos, após passar dias com Lupa, a Mãe de Rômulo e Remo, provando seu valor, ele retornou ao Acampamento Júpiter e ingressou na Décima Segunda Legião Fulminata in probatio, assumindo um posto de forjador.

Apesar de seu porte físico desenvolvido ao longo dos anos e seus dois metros de altura, Paul sempre fora um garoto pacífico quando comparado a seus meio-irmãos romanos, e sempre destacara-se como um excelente forjador de armas mágicas para a Legião, não saindo de probatio até o dia em que ele patrulhava o túnel Caldecott, a entrada secreta para o acampamento com seu amigo Troy Evans, filho de Fortuna. Quando Alexia, filha de Áquilo, uma amiga sua e, até então, interesse amoroso de Paul, juntou-se aos meninos para um breve lanche, estes foram forçados a interromper a refeição pelo aparecimento de um dragão etíope, que ferozmente perseguia Dakota e Leila, filhos de Baco e Ceres, respectivamente. Juntos, os três juntaram forças e salvaram os amigos, que voltavam de uma missão com o pretor, Jason Grace. Os três pertencentes a Quarta Coorte tornaram-se inseparáveis e, eventualmente, Paul começara a namorar a ruiva de seus sonhos.

Mesmo não sendo do tipo lutador, Paul usa sua genialidade em favor do Olimpo. Como ferreiro e artesão, seu trabalho rendeu-lhe ferramentas mágicas como autômatos e adagas com um feitiço de retorno à bainha - trabalho este que exigia uma delicadeza atípica dos romanos. Em sua vida como legionário, o filho de Vulcano lutara em batalhas ao lado de seus amigos, incluindo a Segunda Guerra Gigante, enfrentando o exército final de monstros na Colina Meio-Sangue do acampamento grego. A batalha custou-lhe alto: Seu braço direito fora arrancado a mordidas por cinocéfalos ferozes, que o teriam matado, não fosse a intervenção de seus amigos e os esforços do Sete e dos Cinco Peregrinos(A Outra História).

Após o evento, Paul substituiu seu braço por uma prótese autômata, unindo os conhecimentos tecnológicos greco-romanos de forja com a ajuda de seus irmãos do Acampamento Meio-Sangue, principalmente de Leo Valdez. Ainda traumatizado com a tragédia, mas com uma determinação de ferro, Paul Gray ergueu-se mais uma vez para defender sua família e amigos quando o mundo viu-se ameaçado pelas trevas em O Crepúsculo do Olimpo.

Com um coração tão bondoso quanto seus músculos são fortes, o Ciborgue de Roma está pronto para lutar quando necessário, defendendo aqueles que ama e dirigindo um carro legal com surpresas bastante explosivas escondidas debaixo da manga.

Escutando: Do I Wanna Know? - Artic Monkeys

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...