~tayfofanms

tayfofanms
Avatar por @misuzu_
Nome: Taynã Silva
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 26 de Setembro
Cadastro:

~tayfofanms - Jornais

187 jornais

Especial do Horror - Aquecimento (enquete)

Postado

Especial do Horror - Aquecimento (enquete)

"O inferno está vazio. Todos os demônios estão na terra" - Autor desconhecido.


Hey people! Tudo na boa?

Eu juro que me segurei pra não postar esse jornal hoje, mas a pessoa aqui é ansiosa demais pra esperar, então cá estou para lançar uma enquete.

"Enquete"? "Especial do horror"? Do que você tá falando, criatura?

Já há alguns meses eu estou bolando um Especial do Horror que envolverá postagem de fanfics e jornais voltados para o terror. Apesar de estar planejando isso há um bom tempo, ainda falta bastante coisa pra concluir, por isso não vou entrar em detalhes, prometendo algo que eu possa não cumprir.

Porém, no entanto, toda via... Eu andei pensando e as drabbles são coisas maravilhosas quando você quer jogar no papel sem demorar demais. Assim, veio a ideia de lançar essa enquete, que não é nada mais, nada menos, que uma perguntinha boba: "que tema você quer numa drabble de terror?"

Eu fiz um formulário no docs porque já tem gráficos, assim não preciso ficar contando votos. Lembrando que vou escrever com os três temas mais votados e a votação vai até dia 24/09.

Sem mais delongas, eis os temas:

Citação:
1. Zumbis;
2. Assassinos;
3. Invasão alienígena;
4. Espelhos;
5. Medo do céu;
6. Música;
7. Pessoas ao avesso;
8. Horário;
9. Pássaros;
10. Bicho papão;
11. Sandman (João Pestana);
12. Mensagem de texto;
13. Vampiros;
14. Lobisomens;
15. Elfos;
16. Sereias;
17. Aderência física;
18. Manipulação Dimensional;




Escutando: Peral Jam - Even Flow <3
Lendo: Joyland - Stephen King

Permalink Comentários (2)

Conheça o Projeto Secret Garden

Postado

Conheça o Projeto Secret Garden

Citação:
A lenda do jardim secreto


“Uma velha lenda diz que existe um lugar mágico: um jardim secreto onde as árvores dão como frutos histórias incríveis de todos os gêneros. Longas ou curtas, essas histórias não são umas melhores que as outras, mas contêm uma vastidão de emoções capaz de apaziguar dores, rejuvenescer os anciãos, curar corações partidos e assustar os mais bravos céticos que cruzarem esse jardim.

A lenda diz que, nesse lugar onde até mesmo as flores e a grama têm histórias para contar, as palavras reinam e que aquele que pelo jardim tiver a chance de passar, terá o direito de ler uma das histórias, dedicada à si - um presente de uma das árvores mágicas.

Mas cuidado. A lenta também rege que aquele que tiver a chance de pisar no solo desse jardim secreto também se tornará uma árvore e dará como fruto uma nova história para alguém que tiver a mesma sorte. No entanto, alerta sobre uma parte mais afastada do jardim, onde as árvores não têm folhas e usam seus galhos para prender visitantes para todo o sempre. Essas árvores são aqueles que leram, mas não deixaram uma nova história”.


Demorou, mas saiu!

O Projeto Secret Garden foi montado a partir de uma ideia da @Sekai_Mato e está sendo executado por mim, visando promover um desafio que funciona como um amigo secreto. A ideia é que cada participante escreva uma fanfic pedida por outro participante e ganhe uma que pediu.

O projeto contará com Betas, Capistas e Ficwriters oficiais, que ficarão responsáveis por eventuais fanfics cujo autores desistam, essas sendo postadas após o prazo de postagem das histórias, já que precisam de tempo para desenvolver os plots.

Se interessou? Corre lá no jornal sobre como funciona o projeto. As incrições para beta, capista, ficwriter estão abertas, assim como as de participante.





Permalink Comentários (0)

Teaser Filhos do Sol

Postado



Ainda não acredito que eu editei isso em duas madrugadas, mas é isso aí, pessoal. Espero que gostem como eu gostei <3

Ainda farei outros teasers ou pelo menos um trailer mais elaborado, mostrando todo o contexto da história, não só do que acontece dentro da nave durante essa missão que, convenhamos, é mais que suicida. O que a NASA tava pensando quando decidiu enviar esses meninos para o Sol?

Se interessou? CLICA AQUI e divirta-se!


Assistindo: O teaser repetidas vezes <3

Permalink Comentários (0)

Volta do blog e outras novidades

Postado

O blog voltou? O que acontece com as fanfics agora? E os concursos, eles vão acabar? Os jornais vão ser excluídos? Tay vai parar de postar?

Para essas e outras respostas, CLIQUE AQUI



Permalink Comentários (0)

Concurso Artes Insanas VI - Romance policial (RESULTADO)

Postado

Concurso Artes Insanas VI - Romance policial (RESULTADO)

Um abajur cor de carneeee, um lençol azuuul. *Escrevendo o jornal ao som de Menina veneno, sim*

Só Deus sabe como estou orgulhosa de vocês por terem se arriscado num gênero que não é tão fácil de escrever sem se enrolar no enredo e esquecer pontas soltas. Vocês foram muito bem com os plots, a escrita, a criatividade... Não sei nem descrever como fiquei feliz de ver tantas coisas diferentes em apenas três fanfics, pelas quais eu me apaixonei.

O que baixou a nota foram mais os erros de gramática e ortografia (pontuação pegou bastante, dessa vez) e eu tentei deixar tudo explicado nos comentários. Mesmo assim, caso tenham dúvidas, não hesitem em me procurar, estou aqui pra isso.

Mas, como não estão aqui pra ler meu “textão”, mas sim para saber o resultado, vamos direto ao ponto, certo?


3º LUGAR: O ladrão de sonhos - por @Yoongissista com 146 pontos

O que dizer de O ladrão de sonhos?

Ainda não acredito que fui enganada, que demorei pra sacar as coisas, que você brincou comigo, provocando em mim teorias estranhas sobre o que acontecia na fanfic, me fazendo passar longe das reais intenções dos personagens e ficar perdida com tantas possibilidades de assassinos de, agora, um escritor famoso. Eu quero mesmo um filme disso. POR QUE NÃO TEM AINDA? PRECISO ASSISTIR UMA COISA DESSAS. BIGHIT, ASSINE CONTRATO!

INTERTEXTUALIDADE: 10
SINOPSE: 06
FIDELIDADE AO TEMA: 15
GRAMÁTICA E ORTOGRAFIA: 13
COESÃO E COERÊNCIA: 17
DESCRIÇÃO: 14
CRIATIVIDADE: 15
ESTRUTURA: 15
FORMATAÇÃO: 05
GOSTO PESSOAL: 09
DESFECHO: 05
PROLIXIDADE: 20
USO DE BÔNUS: 02

TOTAL: 146



2º LUGAR: Run or die - por @Ailee- com 147,5 pontos

Eu achei INCRÍVEL a ideia da máquina, mas senti que precisa de um pouco mais de desenvolvimento e fundamentação. Não lembro se falei sobre isso no comentário, mas depois que você começou a revelar as coisas, não parou mais. Era uma revelação atrás da outra sem tempo pra digerir, o que tornou parte da fanfic rápida demais.

Também não dei meio ponto de bônus porque uma das suas escolhas, no bônus de pistas, foi “uma gravação de voz (última mensagem recebida no celular da vítima)” e na sua fanfic não foi uma gravação de voz, mas uma ligação.

Fora isso, sua fanfic está incrível como sempre são suas histórias e não minto quando digo que você me surpreendeu muito dessa vez porque de repente eu estava lendo uma ficção científica haha

INTERTEXTUALIDADE: 08
SINOPSE: 10
FIDELIDADE AO TEMA: 15
GRAMÁTICA E ORTOGRAFIA: 19
COESÃO E COERÊNCIA: 18
DESCRIÇÃO: 12
CRIATIVIDADE: 15
ESTRUTURA: 15
FORMATAÇÃO: 05
GOSTO PESSOAL: 06
DESFECHO: 03
PROLIXIDADE: 20
USO DE BÔNUS: 1,5

TOTAL: 147,5



1º LUGAR: Eventual desordem - por @Sayeran com 159 pontos

AAAAAAAAA Não sei lidar, só sei sentir.

FANFIC BOA DE B.A.P, CARA! Ainda não superei isso, nossa. Não acredito que me fez ler mais de 14.000 palavras querendo mais mesmo antes de acabar de ler!

Eventual desordem é o tipo de fanfic que a gente começa a ler e já se apaixona nas primeiras linhas. Imagina eu, surtada por DaeJae, ler algo assim? Morri de amores, sim, mesmo achando que o Dae ainda ia aprontar alguma (e o coitado era o mocinho, acho que sou muito má).

Preciso que saiba que doeu em mim a entrega daquele distintivo, que eu senti a falta do DaeHyun como o YoungJae sentiu e que adorei aquele final inesperado, além de, claro, que eu nunca mais aceitarei flores. -q

INTERTEXTUALIDADE: 10
SINOPSE: 10
FIDELIDADE AO TEMA: 15
GRAMÁTICA E ORTOGRAFIA: 18
COESÃO E COERÊNCIA: 20
DESCRIÇÃO: 15
CRIATIVIDADE: 15
ESTRUTURA: 15
FORMATAÇÃO: 04
GOSTO PESSOAL: 10
DESFECHO: 05
PROLIXIDADE: 20
USO DE BÔNUS: 2

TOTAL: 159


Lembrando que os prêmios são:

1º Lugar: Resenha (em um jornal meu) + Capa de fanfic + Fanfic adicionada à minha lista de indicações
2º Lugar: Capa para fanfic + Fanfic adicionada à minha lista de indicações

A resenha de Eventual desordem sairá em breve. @Ailee- e @Sayeran, vocês receberão mensagens minhas sobre as capas e as suas fanfics já foram adicionadas à lista de indicações. @Yoongissita, gostei muito da sua fanfic, então decidi adicioná-la à lista de indicações também. Ela merece ser lida.

Obrigada por participarem e me proporcionarem leituras tão incríveis. Espero ver vocês de novo nas próximas edições do Concurso Artes Insanas.



Permalink Comentários (2)

Projetos que participo

Postado

Projetos que participo

Eu fico produtiva quando durmo um pouco a tarde

Eu disse que esse jornal iria existir um dia e acho que agora é um bom momento, visto que são MUITOS projetos. A maioria deles não tem prazo de postagem e confesso que em alguns eu já atrasei bastante *cof cof*, o que já facilita minha vida de universitária CDF. Assim, pra me fazer parar de entrar em projetos e desafios loucamente e até pra me organizar, eis o jornal.

MISSION TOP! BAEK (ISWT)
BaekHyun Seme? Por que não?
O Mission é como o nome já diz uma missão idealizada pelo @ISWT que, no caso, consiste em escrever fanfics com o BaekHyun como ativo porque vamos concordar que não é tão fácil de achar algo bem escrito a respeito. Achei uma ideia incrível, mas ainda não entreguei minha fanfic *cof cof* e logo postarei MINHA PRIMEIRA KAIBAEK, ONDE O BAEK É UM PSICÓLOGO!
Mais sobre o projeto: clique aqui.

PROJETO LEGION
Inspirado em desafios como o 30 Days Challenge, o Projeto Legion também foi idealizado pelo @ISWT e propõe 30 temas em 6 categorias: (1) Sobrenatural, (2) Amor. (3) Seres/Criaturas Místicas, (4) Profissões, (5) Tribos Urbanas e (6) Dons.
A primeira fanfic escrita por mim para o projeto é Vida pagã, em combinação com o @ProjetoIE. Mais fanfics virão por aí.
Mais informações sobre o projeto: clique aqui.
Meu jornal sobre o projeto: clique aqui.

CHANYEOL! FEST
Não podia deixar de participar de um festival de fanfics do meu ultimate, certo? Foi disponibilizada uma lista de plots doados, dos quais eu escolhi um. Se passa em zona de guerra e será ChanHun (porque ando amando muito esse couple). A fanfic está toda plotada e resumida, só me resta de fato escrever.
Mais informações sobre o projeto: clique aqui.

PROJETO GENESIS
E quem aqui já cansou dos estereótipos das fanfics do site? O Projeto Genesis visa justamente escrever histórias que vão contra esse “sistema”. Aqui, a principal regra é INOVAR, então não esperem clichês ou os modelos de fanfics que já estamos acostumados. A ideia é que você não saiba o que esperar.
Mais sobre o projeto: clique aqui

PROJETO INGENIUM ECLÉTICO (ProjetoIE)
Também conhecido apenas como @ProjetoIE, visa diversificar e aumentar o número de fanfics com couples flops de EXO, BTS, GOT7 e SF9, propondo cinco temas por mês para o desenvolvimento das fanfics. Esse é o único projeto da minha lista que tem prazo de postagem: todo mês, ao menos uma fanfic nova de pelo menos 1.500 palavras. Vida pagã (EXO) e Sonho macabro (BTS) foram as primeiras histórias escritas por mim para o projeto.

DESAFIO CONTOS PARA FADAS
Voltado para a fanfics de EXO inspiradas em contos de fadas em suas versões originais ou da Disney, foi disponibilizada uma lista de contos que poderíamos escolher. Dando spoilers, “Proscrito” é inspirada em O corcunda de Notre Dame (eu queria Mulan, mas já tinham pego) e não vai seguir à risca o conto na versão da Disney, embora tenha sido essa a versão escolhida. A fanfic ainda não tem couple decidido.
Mais informações sobre o projeto: clique aqui.

NEWFILE: DARKSIDE PROJECT
Dedicado aos amantes do lado negro da força referências, referências haha, o projeto vida a maior diversidade de histórias com temas pesados, lembrando que não é porque alguém escreve sobre que está romantizando e que isso não deve ser feito em hipótese alguma. O projeto não tem data de postagem e valem histórias de qualquer tamanho a partir de 100 palavras.
O projeto não tem mais vagas disponíveis.
Mais sobre o projeto: clique aqui.
Mais sobre o que eu escolhi escrever: clique aqui.

SEHUN! FEST
Funcionando mais ou menos como outros festivais de fanfics, o projeto ainda está em fase de acolhimento de plots até dia 28 de Julho. Após isso, o cronograma segue com a escolha dos plots enviados. Eu já participei enviando vários plots e estou aguardando ansiosamente a liberação da tabela para a escolha dos enredos.
Se eu acho que esse festival vai ser épico? Tenho certeza!
Mais sobre o projeto: clique aqui ou aqui.



Bom, por enquanto é isso. A lista será atualizada conforme eu for encerrando minha participação nos projetos, desafios e festivais.


Escutando: She's a Maniac - Michael Sembello

Permalink Comentários (0)

Newfile: DarkSide Project

Postado

Newfile: DarkSide Project

Atrasei o jornal? Sim, mas antes tarde do que nunca.

Quem me conhece sabe que adoro histórias de terror, suspense, ficção científica e um gore bem escrito, além de me aventurar em desafios que não têm data de postagem (porque nem sempre funciono sob prazos). Então não é surpresa que, ao receber a indicação do DarkSide Project, eu entrasse de cabeça.

O projeto está no começo ainda e as vagas estão preenchidas, mas quem quiser pode enviar plots dentro da proposta do projeto que nós escrevemos. É só ler direitinho o jornal e saber como a doação funciona <3

Como participante, as "categorias" que escolhi para escrever sobre são:

FICÇÃO CIENTÍFICA
Citação:
1) Invasão extraterrestre;
2) Humanos sendo controlados por seres de outro mundo;
3) Mutações genéticas;
4) Experiências genéticas que deram errado;
5) Humanos transformados em máquinas;
6) Maquinas que acham que são humanos;
7) Distopia com face de sci-fi;


LENDAS URBANAS E CREEPYPASTAS
Citação:
1) Baseada na lenda da "Bloody Mary";
2) Baseada na creepypsta das "Black Eyed People";
3) Baseada na lenda do "Homem do Saco";
4) Baseada na creepypasta do "Jeff: the killer";
5) Baseada na creepypasta do "Slanderman";
6) Baseada na lenda das "Human Dolls";
7) Baseada na lenda japonesa da "Kushisake Ona";
8) Baseada na lenda japonesa de "Hitobashira";
9) Baseada na lenda japonesa de "Teke Teke";
10) Baseada na lenda japonesa "Aka Manto";
11) Baseada no poema japonês "O Inferno de Tomino";
12) Baseada na lenda do "Cow Head";
13) Baseada na lenda japonesa "A menina da lacuna";
14) Baseada na lenda tailandesa do "Phi Tai Hong";
15) Baseada na lenda venezuelana da "Saiona";
16) Baseada na lenda irlandeza "Banshee";
17) Baseada na lenda "The Rake";
18) Baseada na lenda de "Caim" (como vampiro);
19) Baseada na lenda "Krampus";
20) Baseada na lenda "O Túnel da Bruxa";
21) Baseada na lenda "Rag Face";
22) Baseada na creepypasta "Bunnyman";
23) Baseada em coisas obscuras encontradas na "DeepWeb";


TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO
Citação:
1) 11:11;
2) Cicada 3301;
3) Guerra Fria;
4) Mensagens subliminares;
5) O número da besta (666);
6) Illuminati;
7) MIB - Homens de Preto (sim, o filme);
8) Nazistas escondidos (Vaticano, Antártica ou qualquer outro lugar do mundo);
9) Catástrofes causadas por testes nucleares;
10) Projeto MK-Ultra (controle mental da população pela CIA);
11) A Nova Ordem Mundial;
12) HAARP (programa de pesquisa);
13) Projeto Montauk;
14) Projeto Stargate;
15) 11 de Setembro;
16) Vírus da AIDS (criado em laboratório e usado como arma biológica);
17) Pouso na Lua;
18) Chemtrails (nuvens tóxicas);
19) Área 51;
20) O Código Da Vinci;


MUNDOS APOCALÍPTICOS OU PÓS-APOCALÍPTICOS
Citação:
1) Apocalipse zumbi;
2) Apocalipse causado pela chegada do Anti-Cristo;
3) Apocalipse devido à uma invasão alienígena;
4) Pós-apocalipse demoníaco;
5) Pós-apocalipse devido à uma invasão alienígena;


SITUAÇÕES ONDE AS PESSOAS TENDEM A FAZER MERDA (bônus) [só porque eu sou muito má]
Citação:
1) Fazer excursão em um lugar macabro e se separar dos amigos;
2) Entrar em um sanatório abandonado sozinho ou com amigos e se perder;
3) Retornar à algum lugar bizarro após experiências horríveis;
4) Viajar de madrugada numa estrada deserta sem combustível o suficiente;
5) Subestimar as atividades paranormais de algum lugar;
6) Fazer jogos de invocação de espirítos sozinho ou na "zoeira";
7) Fazer rituais religiosos em troca de alguma coisa;
8) Cair na lábia da primeira pessoa charmosa que lhe oferecer uma bebida na boate;
9) Aceitar um emprego em uma casa/mansão sem fazer uma boa pesquisa sobre os contratantes;
10) Acampar em um lugar assombrado;
11) Fazer brincadeiras em frente à espelhos;


PS.: Alguns temas pertencentes às categorias podem nunca serem escritos e as histórias podem variar de tamanho.

É isso, gente. Me aguardem. MuAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA *cof cof*


Escutando: Go Getter - Royal Deluxe

Permalink Comentários (0)

Frases & Parágrafos - Psicopatas, sociopatas e serial killers (Especial @ProjetoIE)

Postado

Frases & Parágrafos - Psicopatas, sociopatas e serial killers (Especial @<strong><a href=ProjetoIE)" />

Eu sei que demorei pra postar esse jornal, mas eu precisava ter certeza que não estava escrevendo coisas erradas, então isso exigiu um pouco de pesquisa, além das minhas anotações em sala de aula e nos meus livros de psicologia.

Pensando naqueles que não sabem muito sobre o tema ou não sabem onde encontrar informações a respeito e principalmente pra ajudar o pessoal que participa do @ProjetoIE, resolvi fazer esse jornal e realmente espero que seja útil.

Antes de lerem, preciso que entendam que não estou romanceando nada nesse jornal. Estou escrevendo sobre fatos e exemplificando com livros e filmes. Por isso, o jornal pode conter alguns spoilers, alertados antes em verde.


PSICOPATA VS SOCIOPATA


Os termos costumam ser empregados como sinônimos, embora não seja bem assim. É fato que as duas condições mentais compartilham traços de transtorno de personalidade antissocial, de acordo com o DSM-5, e talvez por isso, mesmo em algumas obras da literatura e do cinema, são facilmente confundidas.

Psicopatas

Tidos por aqueles que pouco os conhecem como pessoas encantadoras e normais, são na verdade incrivelmente egocêntricas e costumam usar outras pessoas, manipulando-as em prol de seus desejos, já que são incapazes de sentir culpa, remorso ou afeto; por isso é muito comum no cinema e na literatura retratar essas pessoas como assassinos calculistas e sádicos, muito inteligentes, frios, sedutores e atenciosos. No entanto, alguns psicopatas podem não ser tão sociáveis, por isso podem não ter qualquer tipo de relacionamento com outras pessoas e se isolarem, como no caso de Buffalo Bill (filme O silêncio dos inocentes), um psicopata assassino em série que apenas sai para caçar, usa sua lábia para atrair suas vítimas para um carro e só então mostra sua verdadeira face de vilão, ao leva-las para sua casa a força.

Psicopatas não respeitam regras sociais, até porque têm certa dificuldade de internalizá-las e são resistentes à castigos e punições, já que têm dificuldade de aprender com seus próprios erros. São detalhistas e metódicos e isso pode ser percebido facilmente no livro O cirurgião, da Tess Gerritsen, onde o psicopata e serial killer (que invade casas, amarra mulheres e remove seus úteros de forma cirúrgica sem anestesia) trabalha no mesmo hospital que a única vítima que ele não conseguiu concluir o trabalho, passando despercebido, já que não passava de um ajudante no laboratório do hospital, estando completamente livre de suspeitas.

A verdade é que não matam só porque são indiferentes às outras pessoas ou porque ficam felizes, mas simplesmente porque decidem que assim vai ser, se servir de alguma coisa pra eles. Se sentem superiores apenas porque são incapazes de sentir algo por outras pessoas, mas se sentem satisfeitos por terem nas mãos a vida de outra pessoa, o que lhes traz certo divertimento - mesmo sabendo que isso não é certo.

No entanto, nem todo psicopata mata pessoas. Você pode estar ao lado de um e não saber. Ele ou ela pode te manipular o tempo todo e você nunca ter notado. Não precisam matar para serem considerados psicopatas, mas não terem nenhum tipo de sentimento para com o outro (dentre outras considerações de acordo com o DSM-5), como amor ou amizade, por exemplo - e é fato que cerca de 3% da humanidade viva sob essa condição. Difícil acreditar? Pois é. Na verdade eles podem se tornar criminosos mais facilmente, mas não necessariamente isso vai acontecer, isso porque existem dois tipos de psicopatas:

- Psicopata em potência: destrói a pessoa, mas ela continua viva. Dissimulam, não mostram o que sentem (sentimentos para com eles, não em relação aos outros), se desfazem das pessoas facilmente e a maioria é imperceptível pela sociedade. É tipo aquele “amiguinho”, aquele colega do trabalho que tenta te ferrar o tempo todo, só que pior.
- Psicopata em ato: Esse sim mata, fechando um ciclo que se repete e se torna interminável, sempre procurando pela próxima vítima, precisando que alguém freie suas ações.

• A infância dos psicopatas: Ao contrário do que vemos comumente por aí, onde o psicopata passou por uma infância ruim e por isso saiu por aí fazendo bobagens, o fato é que a maioria deles passou por uma infância boa, sem problemas. Lecter (canibal do filme O silêncio dos inocentes), por exemplo, não teve um motivo para começar a matar, ele simplesmente cansou de tentar ajudar as pessoas (ele era terapeuta) e inclusive um de seus pacientes (Buffalo Bill) era um serial killer que matava mulheres e se vestia com a pele delas.

Usando como exemplo o livro Menina má (The bad seed, livro de William March), a garotinha psicopata de oito anos tem um lar feliz com familiares e amigos (mais velhos) amorosos e amigáveis, o que passa muito longe de um lar hostil.

• Crianças psicopatas: pouco abordado ainda no cinema e na literatura, crianças psicopatas existem de verdade. A exemplo do livro Menina má (de William March), Rhoda, uma garotinha loira de olhos azuis em seus oito anos manipula as pessoas a sua volta em prol de seus desejos e, quando acha que elas são um empecilho pra conseguir o que quer ou representam algum perigo a ela, simplesmente causa a morte dessas pessoas de forma que pareçam acidentes, como a vizinha que lhe promete um anel depois de sua morte e Rhoda a empurra da escada; ou como Leroy, o zelador do prédio em que ela mora com sua mãe e descobre sobre suas maldades, o que faz com que ela apenas o queime vivo.

• Erros comuns em fanfics de psicopatas:
- Esquizofrênico que mata julgado como um psicopata: Antes de tudo, esquizofrenia e psicopatia são doenças diferentes. A esquizofrenia é a mais grave das psicoses e sua peculiaridade é justamente a quebra de contato com a realidade, o que faz com que a pessoa não saiba identificar o que é real e o que não é, sofrendo com delírios, alucinações, entre outros sintomas característicos.

“Ao contrário dos casos de pessoas com transtornos psicóticos, em que é frequente a perda de contato com a realidade, os psicopatas são quase sempre muito racionais. Eles sabem muito bem que suas ações imprudentes ou ilegais são condenáveis pela sociedade, mas desconsideram tal fato com uma indiferença assustadora. Além disso, os psicóticos raramente são psicopatas” (UOL Mente e cérebro).

Simplificando, o esquizofrênico só é capaz de matar quando em surto, enquanto o psicopata planeja, mata e se livra do corpo.

- Psicopatas que “deixam de ser psicopatas ao se apaixonarem”: Gente... Gente... ~suspira~ Lembra o que eu falei sobre falta de afeto e empatia? O psicopata não sabe o que é isso porque não consegue sentir, é incapaz disso. O que quer dizer que não é porque fulana apareceu na vida dele que ele não vá fazer com ela o que faz com as outras pessoas. Ele não vai virar bonzinho nem a curto nem a longo prazo, isso porque, se ele é incapaz de sentir qualquer coisa por outra pessoa, isso não vai acontecer nunca. Não há como aprender ou como, por mágica, ele passar a sentir. Pronto. Desabafei.

- Histórias em primeira pessoa: “Ah Tay, mas é errado escrever histórias de psicopatas em primeira pessoa?” Não, não é. Acontece que você precisa levar em conta a voz do seu personagem, considerando suas opiniões, concepções, ausência de sentimentos para com outras pessoas, o que ele sente por si mesmo (egocentrismo), sua forma de agir, seus trejeitos, seus motivos para fazer o que faz e, principalmente, o que ele sabe e o que ele não sabe. Se seu personagem é um assassino impulsivo, por exemplo, ele pode muito bem narrar a história de forma desconexa, repetir coisas ou contar sua história em vídeo ou texto, por exemplo. É importante que o leitor possa ser tocado pelo personagem através da narrativa e escolher que o narrador seja o próprio assassino é mais difícil justamente por ter de lidar mais com o perigo de romancear coisas erradas.

Um exemplo bom desse tipo de narrativa, embora não seja voltado para psicopatas nem nada do tipo, mas sim em um personagem autista com síndrome de Cotard (achar que está morto e apodrecendo), é Eles não pedem colo, escrita por @Isa-Clifford16. A história é curta, mas ilustra muito bem uma linha de raciocínio e um discurso que não fazem sentido.

Já vi por aí muitas fanfics que, independente do tema, o personagem parece ter sempre a mesma voz e você não consegue diferenciá-lo de outros. Isso exige muita prática e um pouco de estudo sobre diálogos, principalmente, mas na narrativa não é diferente. Se o seu narrador é um policial, por exemplo, você precisa mostrar principalmente a investigação criminal, o desenrolar da trama do ponto de vista dele (fulano é com certeza o culpado, vamos encurralá-lo da próxima vez, as coisas que ele ainda não sabe sobre o assassino etc.&tal); já se o seu narrador for o próprio culpado, por exemplo, você precisa mostrar sua motivação, sua forma de escolher as vítimas, o que ele sabe sobre a investigação e coisas do tipo. Entende como escolher o narrador é uma coisa séria? Você não deve deixar de prestar atenção ao que cada personagem sabe ou deixará furos no enredo ao incluir informações contraditórias.


Sociopatas


Ao contrário do psicopata, o sociopata é capaz de sentir culpa e remorso, o que os torna capazes de formar ligações emocionais profundas com amigos e familiares. Geralmente, vêm de uma educação familiar precária ou de abusos na infância e adolescência, mas isso não quer dizer que todos que tiveram uma infância difícil são sociopatas.

Também são mais propensos a cometer crimes sem planejamento, já que não são organizados e calculistas e são mais impulsivos, além de serem mais agitados e mais fáceis de irritar, sendo propensos a explosões de violência. Seu comportamento impulsivo e sua falta de interesse em planejamento faz com que sejam descobertos mais facilmente que um psicopata.

Além disso, a sociopatia é como uma forma mais leve da psicopatia e todo psicopata já foi um sociopata.


Mas... E os Serial Killers?


Serial Killers, ou assassinos em série, são aqueles que matam duas ou mais pessoas de acordo com um modus operandi, um “roteiro” padronizado preestabelecido por ele (pode variar de uma vítima para a outra) que também inclui uma assinatura. Um exemplo de roteiro é o do assassino de O cirurgião, da Tess Gerritsen, que antes de matar suas vítimas, invade suas casas durante a noite, as dopa e as amarra à cama numa posição específica, espera que elas acordem e aí sim inicia sua sessão de tortura.

É muito comum a causa da morte ser a mesma e o tempo e o espaço entre um assassinato e outro pode demorar. O assassino em série não mata por um motivo pessoal, mas simplesmente por uma simbologia que ele criou ou tomou para si de alguma forma. Ted Bundy, um dos mais conhecidos serial killers da vida real, por exemplo, passou a matar pessoas que se pareciam com sua mãe, sendo seu motivo apenas uma questão de aparência.

A assinatura dos serial killers varia de um para o outro, mas cada uma tem a sua, que não muda em nenhuma vítima. Lecter, o canibal de O silêncio dos inocentes, assina suas vítimas mordendo seu rosto e rancando pedaços. No k-drama Gap Dong, o serial killer Ryu Tae-oh assina amarrando as mãos de suas vítimas num nó específico.

Geralmente, os serial killers se comportam aparentemente normal, trabalhado, estudando e fazendo quaisquer outras coisas do cotidiano de alguém que não tem transtorno algum, o que faz com que a maioria seja considerada sociopata.

“Um menino que nunca se sobressaiu, que nunca alarmou ninguém. Este é o assassino mais assustador de todos, porque não há patologia nem diagnóstico psiquiátrico. Ele é como Ted Bundy. Inteligente, organizado e, na superfície, completamente funcional. Mas ele tem um defeito de personalidade: ele gosta de torturar mulheres. Ele é uma pessoa com quem você poderia trabalhar todos os dias. E nunca suspeitar que quando ele olha para você, sorri para você, está pensando numa forma nova e criativa de arrancar as suas vísceras” (livro O cirurgião. Pág. 333).

Assassinos em série também têm a necessidade de manter com eles algo da vítima a fim de reviver o que aconteceu. Alguns revisitam a cena do crime ou o local de desova depois de algum tempo. São psicopatas, usando de sua falta de empatia para manipular, seduzir, mentir e matar em prol do prazer próprio. Mas atenção: todo serial killer é um psicopata, mas nem todo psicopata é um serial killer. Aqui está a grande diferença entre os dois.

Existe ainda uma variação do termo serial killer, os Spree Killers, caracterizados pelo curto período de tempo entre uma vítima e outra (que vai de horas, dias ou semanas e precisam ser em locais diferentes) e sua impulsividade. Apesar de matarem com um espaçamento curto de tempo, ainda não podem ser considerados Mass murder (assassinos em massa), já que suas vítimas precisariam estar no mesmo local e serem assassinadas de uma vês, como os casos de chacina. Os Spree Killers são aquelas pessoas que saem pelas ruas matando quem passa por elas, sem motivo ou distinção alguma.


Como escrever sobre algo pesado sem romantizar?


É fato que não podemos romantizar coisas como a violência e isso não é só aqui no Spirit ou em outros sites de postagem de histórias, sejam originais ou não, gringas ou não. Romantizar um ato como estupro, uso de drogas ou coisas do tipo é incentivar o ato através da leitura e isso não pode acontecer porque fariam pessoas fazerem coisas erradas.

Então, antes de sair escrevendo sobre uma mulher que gosta de ser estuprada (coisa que talvez tenha ganhado força com o sucesso de 50 tons de cinza e suas sequências), pesquise muito sobre o assunto e evite a todo custo romantizar a trama. Não é porque uma mulher gosta de ser submissa que ela vai gostar de ser estuprada, a linha entre o sadomasoquismo e a romanização de estupro é muito tênue, então tomem sempre cuidado. Não é porque o assassino se acha o pica das galáxias que ele realmente é. Todo mundo aqui sabe que isso é errado. É como mostrar pornô para crianças, então por que fazer?

Sendo assim, vamos pensar um pouco em casos como aquela história do assassino que declara em alto e bom som, com direito a assassinato, que matar pra ele é algo bom, que traz prazer. Isso não é errado, pelo contrário. Como já escrevi em jornais anteriores, mostrar o ponto de vista de um personagem faz parte da trama e de sua personalidade, mas devemos tomar cuidado com o que se segue. Em outras palavras, precisamos desconstruir essa ideia que o personagem dá de ser uma coisa boa. Uma forma fácil de fazer isso é mostrar ao leitor, através de outros personagens, uma opinião oposta, com toda a argumentação possível de que tudo aquilo que o assassino fez foi algo ruim. Para desconstruir o que foi romantizado pelo assassino, é preciso desconstruir o próprio assassino.

Exemplo: Assassino cometeu um ou mais crimes e se acha o maioral. Demorou pra ser pego, fez da investigação policial sua brincadeira favorita e não cansa de gritar aos quatro ventos como gostou de ver o sangue jorrar, de sentir o cheiro de ferro e de fazer todo o mais que fez. Daí, pra desconstruir, você coloca uma cena de julgamento, onde o promotor o acusa de todos os assassinatos, mostrando um lado contrário ao que o culpado havia mostrado antes. Agora, ele é visto como alguém sem escrúpulos e cheio de todas as más características de um vilão. Suas ações são desconstruídas ao mostrar para o leitor como as ações do acusado causaram uma catástrofe, como as pessoas sofreram com isso, porque ele não pode ficar impune e porque ele deve ser detido. Em outras palavras, mostre, da melhor forma que conseguir, que o que você escreveu na história não é uma coisa boa.

Além disso, é importante que você, como autor(a), passe alguma mensagem através da história, afinal, não postamos histórias só porque escrevemos pra nós mesmos, mas sim porque queremos dizer algo. Então, antes de tudo, pensem bem no que querem dizer e, pelo amor de Deus, não falem besteira romanceando as coisas. Tentem passar coisas boas, algum aprendizado, mesmo que sua história aborde o tema mais pesado. O mundo não é feito só de coisas ruins ou boas, então porque as histórias precisam ser? O importante é sempre ter controle sobre o que escreve e não deixar que as pessoas entendam errado o que você quer passar.


FONTES:
UOL Mente Cérebro
Pensar Conteporâneo
Oficina de Psicologia
Serial Killer
Significados
O aprendiz verde
Eu s2 escrever


Não conhece ainda o @ProjetoIE? Corre lá e dá uma olhada! O projeto vale a pena e consiste na postagem de fanfics com casais flopados no intuito de variar e aumentar as fanfics do site.



Permalink Comentários (2)

Projeto Genesis

Postado

Projeto Genesis

Tay está num novo projeto? Sim, Tay está.
Em breve jornal com a listagem de todos os projetos que estou participando.

Olá, ficwriters! O #helpchallenge, meu último projeto, obteve tanto sucesso que resolvi trazer outra proposta, com apoio das lindíssimas @kyungtak e @gryffin, dessa vez totalmente descontraído. Espero que abracem ele e deem uma oportunidade a novas perspectivas e experiencias. E obrigada a todos que participaram do #helpchallenge e continuam participando!

SEGUE AS REGRAS E EXPLICAÇÕES AQUI:
Citação:

EXPLICAÇÕES DO PROJETO

O projeto foi criado para quebrar um pouco o "estereótipo" dentro do universo das fanfictions.
Se você é um leitor assíduo desse mundo fictício, já deve ter percebido que a maioria das fanfics segue uma risca, um modelo indiretamente recomendado. Seja a personalidade, seja a relação do casal, seja "posição" sexual, uma diversidade de artefatos que batem de uma história pra outra. E a ideia imposta pelo Genisis é exatamente essa; fugir dos padrões!
Quem disse que badboys não podem fazer coisas boas ou os mocinhos fazerem coisas ruins? Onde está decretado que "passivos ortodoxos" precisam ser afeminados?
A ideia é mudar a concepção e quebrar os rótulos impostos pela massa fictícia.
Mude as personalidades, mude as funções, troque as posições, inverta os papéis, bagunce tudo!
I N O V E


Citação:

TERMOS DE PARTICIPAÇÃO:

Esse jornal deve ser postado no seu perfil, para que mais pessoas tenham acesso ao projeto. O link dele arrumadinho e em html está [url=]AQUI[/url] .
Os participantes poderão postar quantas fanfics quiserem, independente de serem longs, shorts, shots ou drabbles.
A temática será de sua escolha, o único requisito do desafio é inovar algo na trama mesmo que o enrendo seja "água com açúcar".
Todas as fanfics devem ser postadas com a tag #projetogenesis


Citação:

REGRAS:

Não pode falar mal da fanfic do amiguinho.
Certifique-se de que a sua história está dentro das regras oficiais do Spirit.
É estreitamente proibida a postagem de fanfics que contenham; estupro, pedofilia, romantização e qualquer tipo de apologia.


Citação:

DICAS:
Façam Baek!tops, tem +5K de fanfics chanbaek no site, tirando os outros ships que incluem o Baekhyun e em torno de 40 são dele seme.
FAÇAM KYUGNSOO TOPS AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
brincadeiras a parte... (nem tanto, façaM POR FAVOR!!)

Soltem a imaginação de vocês e esqueçam dos padrões "literários" daqui. Escrevam muito, postem muito, usem a criatividade e se divirtam.

Projeto desenvolvido por @icterine. Tire dúvidas comigo ou pelo curiouscat: https://curiouscat.me/icterine



Permalink Comentários (0)

Organização do perfil e dos projetos + Cronograma semanal

Postado

Organização do perfil e dos projetos + Cronograma semanal

Hey people!
Dessa vez, o jornal é mais pra manter vocês informados já que a pessoa aqui está finalmente de férias e resolveu dar uma boa organizada em - quase - tudo. Pra facilitar a vida de todo mundo, separei o jornal por temas.

1. Organização do perfil

Não é segredo que meu perfil está bagunçado porque eu não tenho paciência pra manter a mesma organização por muito tempo, mas antes de colocar os projetos em prática, vou reorganizar todo o perfil. Isso incluirá exclusão de algumas “amizades” (não quero números, mas amigos), então se você me têm como amigo pra ficar de olho em algo que eu faço no site, opte por me seguir ou converse comigo. Também vou limpar as mensagens do livro de visitas, responder notificações atrasadas (excluir a maioria), excluir jornais antigos e fanfics que vou reescrever, além de deixar nos favoritos apenas as fanfics que eu gostei de ter lido, mover as que quero ler pra biblioteca e colocar nas listas de leitura aquelas que eu indico a leitura.

2. Organização dos projetos

Aproveitando, vou criar um jornal para cada projeto criado por mim, explicando sobre o que se trata cada um deles, adicionando links referentes à eles. Pra facilitar, vou fazer um jornal que servirá como índice desses projetos e colocar o link deste na descrição do perfil ou nos links (gadget lateral). As fanfics continuarão a ser postadas normalmente, mas os jornais do #ProjetoDicas vão esperar mais um pouco porque alguns desses jornais vão ser reescritos.

Ah! Também vou fazer um jornal só para os projetos que estou participando (que não sou poucos).

3. Cronograma semanal

26/06 - Comentários das duas fanfics que faltaram do Belas Artes III
Até 30/06 - Fanfic do mês do @ProjetoIE

Até 02/07 - Resenha da fanfic vencedora do Belas Artes III



Permalink Comentários (0)