~tayfofanms

tayfofanms
Metralhadora de corações
Nome: Taynã Silva
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 26 de Setembro
Idade: 22
Cadastro:

Frases & Parágrafos - Descrição: 5 sentidos


Postado

Frases & Parágrafos - Descrição: 5 sentidos

Dessa vez eu voltei com outra dica de descrição (porque, aparentemente, muitos escritores têm problemas com ela, seja na hora de escrever ou revisar).

Uma coisa que eu aprendi já há muito tempo e, desde então, venho fazendo toda vez que vou escrever ou revisar um texto meu, é tentar encaixar os cinco sentidos humanos na descrição. Isso ajuda a ambientar o leitor e inseri-lo melhor na história, deixar a coisa mais... “intima”, digamos assim.

Mas como é esse negócio de cinco sentidos?

Como todos aprenderam na escola, nós humanos temos cinco sentidos (Visão, Audição, Tato, Paladar e Olfato). O que fazemos aqui é inserir essas coisas na descrição.

Uma coisa que fazemos com frequência e nem percebemos é inserir Visão, Audição e Tato na narrativa. Seja porque fulano de tal viu o colega saindo com a namorada alheia, porque ouviu passos no corredor ou porque tocou as mãos daquela garota pela primeira vez. Seja o que for, isso é muito frequente em todo tipo de narrativa e não está errado.

Coisas que os autores fazem menos é inserir os demais sentidos, como descrever o cheiro de um bêbado ou de um bar ao fazer o personagem entrar em um. O Olfato de um ambiente ajuda muito a inserir o leitor na história, porque sabendo como o personagem se sentiu, não só emocionalmente, mas fisicamente, faz ele se sentir assim também e imaginar a cena dessa forma.

No caso do Paladar, chega a ser engraçado. Isso porque tem autores de fanfics, principalmente naquelas mais... “quentes”, que insistem em falar do sabor da boca de tal personagem – isso pra não falar de outras coisas que fazem o personagem provar. Gente, não precisa fazer isso, é estranho. Eu não beijo uma pessoa e fico pensando no sabor que a saliva dela tem (é tipo escrever que “as línguas lutaram por espaço” – mas vamos comentar isso mais tarde). O ideal, no caso do Paladar, é descrevê-lo, por exemplo, quando o personagem comer ou beber alguma coisa, informar como ele se sentiu, seja, ao comer o bolo do seu aniversário, a comida da mãe (que costuma ser muito boa) ou beber comida alcoólica (acreditem em mim: quanto mais álcool, mais queima).

Enfim, jornal curtinho, mas que espero ter ajudado bastante na descrição.



Dúvidas ou sugestões?
Mensagem Privada | [email protected] | Ask.fm


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...