~Meliorismo

Meliorismo
Autodestrutiva
Nome: Mariana
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Imperatriz, Maranhão, Brasil
Aniversário: 18 de Abril
Idade: 19
Cadastro:

"Eu escrevo sobre o que eu quiser!"


Postado

Já ouvi muito essa frase. Escrevo há quatro anos e alguma coisa além, e se eu ganhasse um real a cada vez que escutei isso quando tentei argumentar sobre qualquer coisa que fosse no mundo das fanfics, o argumento chave, o fim de conversa, o "lacre", era essa frase, que quando eu lia, me via como a professora de uma creche tentando convencer uma criança de cinco anos a limpar a meleca do nariz. Ontem, quando eu a escutei pela milionésima vez, resolvi falar. E vocês vão ouvir querendo ou não.
Tem o grupo no face, o EXO FANFICS. Eu adoro aquele grupo, porque ele é a ponte de comunicação principal no facebook autor/ leitor. Eu adoro tanto aquele grupo que, ao invés de falar essas merdas lá, poupei a todos, principalmente os adms de supostas discussões e resolvi falar disso aqui. Ainda bem.
Eu nunca, nunca, quis dizer que vocês não podem escrever o que sentem vontade de escrever. Quem sou eu pra dizer o que vocês devem fazer na internet, ou da própria vida? Quem sou eu? A questão, é que ninguém quer te podar, e sim, deixar aberto umas paradas que, por incrível que pareça, existe muita gente que não sabe.
Em primeiríssimo lugar, quando você escreve uma fanfic de estupro, o personagem foi estuprado. Você sabe o que significa estupro?

estupro
es.tu.pro
sm (lat stupru) 1 Atentado ao pudor cometido com violência. 2 Coito sem consentimento e efetuado com emprego de força, constrangimento, intimidação ou decepção quanto à natureza do ato; violação. (Quase sempre empregado quando a vítima é menor de idade.)

Isso é estupro. É traumático, destruidor. Acaba com a vida de muita gente, a dignidade. Aí, a senhorita vai e escreve o fulaninho sendo estuprado, beleza, faz parte da história. Mas a vítima gosta. Você sabe o quão surreal isso soa? O absurdo que é? A não ser que ela desenvolva uma Síndrome de Estocolmo fodida, não tem sentido nenhum. Ninguém, a não ser nesse caso cria amor pelo estuprador. Ninguém tá sendo estuprado e "começa a sentir prazer no meio do ato".
o que realmente acontece quando um homem é estuprado: http://www.bulevoador.com.br/2012/08/o-estupro-de-homens/
A grande questão nem sequer chega a ser você fantasiar um estupro fofo e romântico com um homem lindo e musculoso. A questão é você começar a realmente acreditar que isso, de fato, acontece, e continuar postando e postando a ponto de fazer aquelas pessoas que lêem o que você escreve, e te admiram como pessoa, comecem a acreditar e tratar naturalmente uma coisa tão grotesca. Querendo ou não, a partir do momento que você faz um perfil aqui, se torna uma pessoa pública, com opiniões públicas. Apenas pense mais no que diz e faz.
"Ah, mas não é por escrever sobre isso desse jeito que eu apoie!!1" Então não se sinta atingido. Não é porque você não faz que ninguém faz. Acredite ou não, existem pessoas entre nós que acreditam que um sexo não consensual é deveras prazeroso.

Pedofilia/ sotacon/ lolicon
Praticamente o mesmo com Shota. Eu já vaguei pela tag certas vezes, e encontrei histórias com crianças de sete, seis anos. Não apenas uma, mas várias. E o que me abismava, não era a história em si, mas sim os comentários. Procurem a fanfic com a criança mais nova que encontrarem, tendo uma relação com um homem mais velho, e vejam os comentários. Apenas leiam-os. As pessoas que comentam que "Eles deviam ter feito isso ou aquilo" "Precisava de mais lemon" e coisa do tipo não tem sequer o direito de repudiar um estuprador. Eles estão fazendo praticamente a mesma coisa.
segue anexo: http://npa.newtonpaiva.br/psicologia/e3-23-o-impacto-na-vida-adulta-do-abuso-na-infancia/

Incesto
Existem casos. São raros, mas existem casos em que os dois tem um relacionamento saudável, sendo dois adultos com domínio das faculdades, e, se esse tipo de relação, deixa ambos felizes, não podemos opinar. Mas como eu costumo ver por aqui, um adolescente, com irmãos/pais/primos/tios de dez, vinte anos de diferença de idade, não é legal. Você já pensou na possibilidade de quem sabe, talvez, porventura, alguém esteja manipulando alguém por aqui? Ou você acredita também que a Lolita era uma pequena putinha que estava mesmo com vontade de beijar e ter um relacionamento com Humbert? Vamos lá, basta pensar um pouco.
Meu melhor amigo tem um irmão apaixonado por ele. Esse irmão é mais velho, e o espanca, mas envia mensagens sexuais pra esse meu amigo, segue ele nos lugares e tenta beijar a boca dele em público. Meu amigo fugiu de casa porque o irmão tentou matá-lo ao ser rejeitado. Você acham mesmo que isso é legal e deve ser tratado com naturalidade?

Relacionamentos abusivos e o ciúmes romântico
Quando alguém vira pra você e diz "Você é só meu e de mais ninguém." abre aquele sorriso e te abraça forte, e você se sente seguro. Aos poucos, a mesma pessoa pede pra você tirar o bloqueio do seu telefone. Pede prints das suas conversas. Pede a senha do seu Facebook. Quem é aquele seu amigo? Não quero você com ele. Palpita nas suas roupas, na forma que você fala, se porta e no seu cabelo. Não quero que você vá na casa da sua mãe, ele diz. Logo, você também não estuda mais. Você não vê mais nenhum dos amigos que você tinha antigamente. Então ele te bate, e depois chora, dizendo que você é o amor da vida dele e que ele é o amor da sua.
Já sabem onde isso vai dar, não é? Ciume não é amor.
segue anexo: http://www.opiniaocritica.com.br/2013/05/os-10-sintomas-do-ciume-doentio.html


Por aqui eu fico. Espero que tenham entendido o que eu quis dizer e passar pra vocês. Mas, por favor, não venha me dizer que "Se eu não gosto, é só ignorar/não ler. Tente encaixar a frase em outro contexto e veja o quão ridículo soa. Se eu não gosto de racismo, basta ignorar. Se eu não gosto de homofóbico, basta ignorar. É nessa de ignorar os problemas, que a gente continua afogado dentro da merda.
thats all folks.

Assistindo: Maria do bairro

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...