~Tete-Uchiha

Tete-Uchiha
Sou mal humorada mesmo!
Nome: Mãe da Facção,Tenho Amaterasu,(haha) Misantropa,Legionária ! Diferentona.
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 14 de Março
Idade: 19
Cadastro:

Continuação da história .


Postado

Continuação da história .

Continuando minha Historia ... Vamos la ...

PARTE II

Já faziam alguns dias desde de que o assassinato da jovem Cake se desenvolvera,e sem pistas do assassino eles não tinham muito o que fazer,só aguardar e esperar que ele se manifestasse novamente. Tess andava cuidadosamente sobre a cidade sem despertar nenhuma suspeita pra cima de si,quando no dia de seu próximo assassinato chegou ela ja havia planejado tudo aos mínimos detalhes,seria numa festa,o Huy adorava essas baladas porcas e por ser mulherengo uma pessoa fácil de se enganar e de se odiar,no dia da festa ela colocou seu plano em ação,enquanto o jovem se distraiu com algumas garotas vulgares na festa ela pôs droga em sua bebida,era em sitio afastado dali ate chegar um socorro ou algo assim ele ja teria morrido,mas seus planos eram outros,bem piores...

Depois da droga ter começado fazer efeito ela o levou ate la fora,ele sem problemas a seguiu,como eu disse um sujeito manipulável,dessa vez seria impossível carregá-lo e jogá-lo no carro,então com habilidade e tendo cuidado para que ninguém a visse ela bateu forte em sua cabeça,ele desmaiou, então amarrou bem os seus pés com corda,e prendeu no carro,iria arrastá-lo é claro.Com a cara dele para baixo ela começou a dirigir pela estrada de terra,sua preocupação era para que chegasse vivo ao local da tortura.Assim que encostou o cheiro de sangue e terra se misturaram,ela aspirou com alegria e teve de arrastá-lo la pra dentro,foi difícil,valeu a pena.Mas deve vez nada de maca,ou colchão,quebrou seus pés e os prendeu no chão fincando uma barra de ferro no peito pé,e nas mãos fez o mesmo,tendo se inspirado no sofrimento dos mártires ela já tinha sua tortura toda planejada,trancou o galpão.

Havia consigo um mala grande,dentro delas alguns potes e as armas é claro.Pegou um pote que continha abelhas,com cuidado abriu a boca do jovem Huy e as colocou la dentro lacrando depois a boca com cola de cano,sorriu com a cena,logo ele acordaria,seu rosto estava bem deformado devido ao meio de transporte radical,digamos assim.Em outros potes haviam larvas de moscas,besouros venenosos,e soda caustica.

Não tardou ele abriu os olhos,ou pelo menos tentou,Tess delicadamente o alertou para que não puxasse as mãos ou pés se o fizesse ficaria sem ambos,dos seus olhos saiam lagrimas,ela parou por um instante e o observou,um riso sufocante começou a vir de sua garganta,e não aguentando mais ela sorriu alto com a cena patética sua frente.
Pegou uma faca de caça (sua favorita) e começou a cortar a barriga,os braços,com o alicate arrancou-lhe todas as unhas,sem pensar ele puxou a mão,e sem escolha ela pegou a marreta e destruiu todos os ossos das sua mãos,ele não podia gritar,mas a dor foi tamanha que a boca abriu rasgando os lábios com a brutalidade que gritou,não saiu som algum,as abelhas fizeram sua magica,sua boca estava machucada por dentro ate a garganta,tendo dado água para ele beber,ela começou a parte dois do plano,pegou os potes de insetos de jogou dentro das feridas na barriga,pernas,só não no rosto,pois ela queria vera cara de dor que ele faria.

-Porque? -por milagre ele conseguiu conversar,se dirigindo a ela.

-Você engana as garotas,chegou a hora de alguém te ensinar uma lição. -ela disse seria.

-Por favor eu imploro,eu mudei.

-Eu realmente não ligo. -com um sorriso no rosto ela saiu do galpão,deixando ele la jogado no chão,trancou a porta.foi a cidade e passou na sua casa,para não levantar suspeitas já que ele estava sumido,no dia seguinte bem tarde ela voltou ao galpão,esperava que ele tivesse morrido,apesar da ideia soar como irritante,ao abrir as portas ele ainda estava la no chão seus pés completamente roxos e os machucados pingavam de vermes,colocou as luvas e se aproximou dele.

-Me mate de uma vez,te imploro. -ele sussurrou exausto.

-Ainda tenho um plano pra você,aguente firme. -ela debochou.

Começou a observar os machucados,estavam repletos de pus amarelo,e os vermes haviam dobrado a quantidade,ela apertou o machucado ele deu um grito fraco,irritada se levantou e foi preparar o ingrediente especial,Soda Caustica.
Em uma vasilha ela colocou,a soda e a preparou ela fervia quando ela pegou e começou a despejar sobre os pés do Hyu,a pele derreteu com o impacto do liquido deixando uma longa queimadura a mostra.

AHHHHHHHHHHHH -os gritos agora ganhavam força. -NÃÃÃÃO seu mostro !! ele se debatia.

-Calma meu bem,vou matar esses vermes pra você,dizendo isso ela jogou a soda sobre as feridas e junto com os vermes mortos,mais da carne ia desaparecendo,se ferindo sangrando.

-ME MATE,SE AINDA TEM UM POUCO DE CORAÇÃO FAÇAAA !! -seu grito foi doloroso.

-Tudo bem você venceu. -ela disse se curvando em falsa reverencia.

Pegou sua serra elétrica e ligou,bom poderia poupá-los disso mas perderia a graça.
Com habilidade,cortou-lhe os pés fora,depois as penas,cortou-o pelo meio da barriga a garganta,so quando a serra chegou a sua garganta foi o jovem Hyu deu seu ultimo suspiro,ou seja viu-se ser esquartejado ainda em vida,com as roupas e o rosto coberto de sangue quente Tess sorriu,provou do sangue de sua nova vitima e gostou do gosto da vingança,e ao contrario do que se dizem por ai não é um prato que se come frio,pelo contrario...
Com esse corpo ela fez diferente derreteu com soda caustica o que sobrou,arrancou-lhe a cabeça,tirando o couro cabeludo,cérebro e tudo o mais,deixando só o cranio ela pintou e acabou por vender para uma senhora,que achou adorável a escultura. Irônico não?!

Mas a noite ela sentou em seu sofá com uma Vodka no copo,um sorriso relaxado no rosto,olhou em seu caderno,sua nova vitima não tardava por esperar.


Tive que postar.
De minha autoria.

Escutando: Rock.
Bebendo: o sangue da vitima

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...