~BiiahXD

BiiahXD
Loli <3
Nome: Beatriz
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 16 de Fevereiro
Cadastro:

Meu Jogo Da Vida Pertence a Você, Sakamaki Reiji - Ficha The Game of Life


Postado

Meu Jogo Da Vida Pertence a Você, Sakamaki Reiji - Ficha The Game of Life

『 Nome completo 』

♦ Emily Grace Hayashi ♦

♦ Emily veio do Latim, e significa “a rival” ou “aquela que fala agradavelmente, que possui uma fala mansa”
Grace significa “graça”, “beleza”. Veio do inglês e é o sobrenome de sua mãe, Caitilyn Grace.
Hayashi é seu último sobrenome, herdado pelo pai, Richard Hayashi, que veio do Japão. Significa “bosque”. ♦



『 Apelidos 』


♦ Emy ou Ly: Usados em praticamente todas as situações, e por todos que querem abreviar seu nome, sejam conhecidos ou não. Prefere mil vezes escutar seu apelido do que seu nome todo, Emily. ♦


♦ Gray: Apesar da palavra significar Cinza no sentido literal, tem uma ligação com Grace, seu sobrenome do meio, já que é uma “ironia” ao significado da palavra, que é graça. Usado apenas por seus irmãos e por algumas amigas quando ela estava nervosa, e não compartilha ele com ninguém. ♦


♦ Haya: Ela O-D-E-I-A esse apelido. Usado por sua mãe quando era pequena, a faz lembrar de seus felizes tempos de infância e de seus familiares sorrindo e sendo uma família feliz, algo que lhe foi tirado pelo jogo da Vida. Não gosta nem um pouquinho quando é chamada assim, e seu par sabe e faz questão de usar sempre o apelido para colocá-la no chão. Normalmente lança um olhar mortal quando o escuta. ♦


♦ Hime: Com o significado de “princesa”, era usado por seus irmãos, já que era a princesinha da família. Usado pelas amigas para brincar com ela. ♦


『 Idade 』

♦ Emily nasceu dia 23/10/1997, possui dezoito anos e é do Signo de Escorpião. ♦



『 Nacionalidade 』

♦ Emily nasceu na Inglaterra, mas suas origens por parte de pai são Japonesas. ♦



『 Aparência 』

♦ Emily tem uma bela aparência. Cabelos da cor de ferrugem (Um castanho claro misturado com vermelho) na altura de seu quadris que sempre ficam para trás soltos, com algumas mechas que ficam na frente de seu rosto. São bem cuidados, macios e sedosos, possuindo um leve cheiro de maresia com as flores tropicais, o que dá um ar angelical para a moça. Olhos dourados como o ouro, reluzentes e intimidadores. Tem um belo corpo, seios fartos, curvas bem acentuadas, pernas torneadas e lisinhas, mãos macias, pele bronzeada, lábios vermelhos e um sorriso encantador e alegre. Normalmente se encontra com um girassol nos cabelos. ♦











『 Personalidade 』


♦ Emily é sincera, engraçada, inteligente, amiga e simplesmente encantadora. É o tipo de pessoa que todos querem ao redor, pois sempre se preocupa com o bem estar de todos e não tem medo de se jogar de cabeça em alguma situação para salvar uma vida, o que faz a mesma se meter em vários problemas. Altruísta e gentil, mesmo sabendo que pode se machucar ela vai te ajudar com todas as forças, Emy acaba colocando as necessidades das outras pessoas acima das suas, muitas vezes ela nem conhece direito o ser humano, mas orienta mesmo assim. Sempre tem uma explicação para tudo, seja ela lógica ou tirada de um argumento nada a ver. Determinada e teimosa, arrisca tudo o que tem para conseguir algo, e não desiste até ter o que precisa. Não gosta de modo algum ser subordinada a alguém ou ser obrigada a ficar presa em algum lugar, quer ser independente, e precisa que os outros entendam seus motivos de às vezes querer ir embora e ficar sozinha por um tempo. Odeia quando alguém tenta pegar seus problemas para si, ela sofre sozinha até o que não consegue suportar, mas sofre calada e sem “incomodar ninguém”. Mesmo triste, seu sorriso nunca sai de seu rosto. ♦

♦ É dominada por um senso de justiça fortíssimo. Sempre defende as coisas quando acha que está certa, se algo está errado, injusto ou prejudicial para uma outra vida, ela vai lá e conserta da sua maneira “Emily”, sem medo do que possa acontecer com ela.Acha injusto e cruel os mais fortes que humilham os mais fracos apenas para se sentirem bem, as pessoas que fazem isso não são dignas de receber seu respeito. Mesmo com sua aparência delicada, não subestime sua força e sua inteligência, ela pode te surpreender. É o tipo de pessoa que só “filma” suas atitudes por algum tempo, para depois jogar na sua tudo o que sabe, todos os seus podres. Inteligente, por mais que Emy seja alegre e encantadora, não queira tê-la como inimiga, se arrependerá. Toda a maldade que ela guarda se revela, mostrando uma pessoa fria e sem coração. Não iria parar de te humilhar até você pedir perdão de joelhos.
Uma boa ouvinte, sempre que pode está com suas amigas, que para ela são tesouros que caíram do céu. Roupas, sapatos, cabelos, tudo relacionado a moda é discutido com ela, por sempre ser verdadeira. Ama apenas estar juntos a elas, com aquele silêncio gostoso. É super protetora e ciumenta, fato que Emy coloca a culpa em seu signo, Escorpião, mas não aceita de jeito nenhum vê-las desconfortáveis ou em perigo. Se algum infeliz ousar tentar mexer com elas, vai despertar um demônio dentro de Emily Grace, e não saíra impune da situação, ela provavelmente vai querer quebrar seus ossos. Odeia ser trocada por garotos ou namoradinhos, já sofreu o suficiente com seus irmãos essa sensação de abandono. Adora lugares tranqüilos como os bosques e a natureza em si, e não liga de cuidar de plantas ou animais. Conhece todo tipo de planta medicinal, sendo uma grande “bióloga” amistosa, seu sonho é fazer uma faculdade de Biologia, para produzir medicamentos para assim ajudar as outras pessoas. Costuma conversar com as plantas que cuida, o que pode ser um pouco estranho, mas é totalmente normal para Emily. ♦

♦ Pacífica, sempre que briga com alguém, mesmo ela estando certa Emily vai pedir desculpas para a pessoa, para evitar mais brigas e mais confusões, coisa que ela odeia, e muito. Se ela não for pedir desculpas a você, ou é porque ela te odeia ou você fez alguma coisa muito séria para Emily. Quando está levando bronca ou até brigando por algo desnecessário, Emy simplesmente abaixa a cabeça e desliga do mundo até a pessoa parar de falar. Um tanto preguiçosa, não gosta de levantar cedo, e parece uma criança quando se trata de doces, brinquedos (Ela tem um fascínio imenso pelo Teddy) e até mesmo horários, fazendo bico quando é contrariada. Tem uma dificuldade enorme para perceber sarcasmo, sendo considerada “bobinha”, mas ela não é. ♦


♦ Resumindo, caso fôssemos pegar apenas adjetivos seriam: Inteligente, amigável, gentil, bondosa, encantadora e ciumenta. ♦



『 Gostos 』

♦ Biologia/ tudo o que envolva a área biológica
♦ Sorvete de amoras
♦ Amoras
♦ Leite Condensado
♦ Outono
♦ Ouvir música
♦ Estar com suas amigas
♦ Fotografias
♦ A natureza em si
♦ Comida Italiana
♦ Dormir (Muito!)
♦ Brinquedos/ ursinhos de pelúcias
♦ Pessoas justas
♦ Café (Com chantily em cima, por favor)
♦ Comprar coisas
♦ Vermelho
♦ Silêncio
♦ Livros de botânica


『 Desgostos 』

♦ Barulhos altos
♦ Coisas amargas
♦ Comidas apimentadas (Ela tem alergia)
♦ Injustiças
♦ Insetos em geral
♦ Bolo de laranja
♦ Geleia de Amora
♦ Ver pessoas sendo sarcásticas com ela (Quando ela nota)
♦ Ouvir pessoas cantando sua música favorita errada
♦ Lugares apertados
♦ Roupas justas demais



『 Manias 』

♦ Morder a ponta do dedo quando está pensando
♦ Mexer nas pontas do cabelo quando está nervosa
♦ Morder o canudinho do café, suco, refrigerante ou qualquer coisa que estiver bebendo
♦ Descasca o esmalte quando está com raiva e não pode demonstrar
♦ Bagunçar o cabelo de pessoas mais baixas que ela, ou seja, com menos de 1,70 de altura.



『 Hobbies 』

♦ Biologia/ cuidar de plantas
♦ Construir looks aleatórios
♦ Colher flores para fazer guirlandas
♦ Escrever histórias e contos que, na maioria das vezes, ela não termina.



『 Obsessões 』

♦ Joguinhos de celular- Enquanto ela não o zera, ela não para coisa nenhuma.
♦ Biologia



『 Fobias, medos e traumas 』

♦ Ser abandonada ou trocada
♦ Palhaços
♦ Facas ou armas brancas
♦ Estar presa sem ter por onde fugir
♦ Ver alguém morrer, sem ela poder fazer nada
♦ Relações sexuais


『 História 』

♦ Os Hayashi eram uma rica família de Southampton, na Inglaterra. Richard Hayashi, o pai dos irmãos e de Emily, era dono de uma loja de relógios e de instrumentos musicais, a TimeMusic, conhecida no mundo inteiro acompanhado de Caitilyn Grace, sua bela e querida esposa. Emily desde pequena foi criada com mordomia e luxo, tendo aulas de etiqueta todos os dias, brinquedos caros, tudo do bom e do melhor, mas nunca deixou de ter seu espírito bondoso, que era incentivado pela mãe. Gentil e bondosa, em tempos de inverno saía com suas pequenas roupinhas de criança e cobertores para distribuir na rua para os necessitados. Também adorava brincar com seus irmãos mais velhos: Filiphe, Matteo e Lily, quem ela confiava e sempre ajudava a escapar das enrascadas que se metiam, como uma vez que quase colocaram fogo no armário da cozinha. Emy era muito querida por todos e vivia feliz, não podendo e nem querendo reclamar de nada.♦


♦ Até que um dia, Caitilyn Grace ficou gravemente doente. Era uma doença misteriosa, ninguém sabia a cura, médicos de todo o mundo tentavam inutilmente saber o que era, e nada dava certo: Parecia que quanto mais remédios a mulher tomava, mais doente e frágil ela ficava, tendo uma época em que não podia nem levantar da cama. O que era uma casa feliz e acolhedora acabou tendo uma atmosfera sombria e sem vida. Richard não se preocupava com mais nada a não ser a esposa, quem amava tanto, chegando inclusive a deixar a empresa nas mãos do jovem Matteo, que contava com treze anos na época e não entendia nada de administração. A amizade dos irmãos passou e ficar mais distante, quase não falavam uns com os outros, totalmente perdido em suas novas vidas. Emily, determinada, não desistiu, e passou a pesquisar todos os tipos de plantas, para, quem sabe, conseguir algo que salvasse sua mãe. Horas e horas de seu dia eram dedicados a um grande bosque que ficava no fim da cidade, onde a morena ficava coletando plantas, catalogando espécies e fazendo remédios. A única companhia que ela tinha era Lucy, uma empregada doméstica que tinha um filho com a mesma idade que ela: Sete anos. Lucy era uma amiga, parceira e estava ali para ajudar Emy. Por mais que a vida estivesse difícil, Caitilyn e Emily mantinham um sorriso no rosto, e compartilhavam do mesmo sentimento: Esperança. ♦


♦Até o fio da vida foi finalmente cortado... Caitilyn Grace estava morta. Richard ficou simplesmente maluco e sem chão, passando a ficar deprimido. A economia da empresa no chão, os irmãos desesperados, afinal, sempre tiveram luxo e mordomias, o que fariam agora, que não sabiam se virar? Estavam simplesmente na miséria. O Hayashi, desesperado, acabou vendendo a filha mais nova, que tinha quinze anos na época, a um empresário famoso do Japão, Edward Allen, que ficou fascinado pela beleza de Emily e deu uma boa quantia de dinheiro para o pai. Fora um casamento arranjado de última hora, e Edward quase enganava a menina com suas belas palavras de amor, mas ela e os irmãos sabiam da verdade: Ele era um maníaco maldoso e sem piedade alguma, atraído por crianças (Para não dizer pedófilo). Ela seria violentada e estava com medo, mas Richard não quis a ouvir. Para ele, a única coisa que precisava era manter-se vivo, o resto podia morrer que ele não ligava, afinal, ele não queria filhos, não é mesmo? ♦


♦Emy quis fugir daquilo, fugir de tudo que podia. Planejou fugir secretamente com Lucy e Natsu, seu filho, para a Itália, e lá mudar de nome. Como confiava na irmã, contou o plano inteiro para ela, na esperança que ela a ajudasse: ♦


“-Lily, vou embora. Não vou aceitar de modo algum me casar com um pervertido apenas porque o papai quer!
-Emy, tem certeza do que está fazendo? O papai vai pirar quando descobrir!
-Não irá, se você prometer ficar quieta. Por favor!
-Tudo bem- ela suspirou, acariciando os cabelos da irmã mais nova- Ele não vai saber de nada!”


♦ Assim foi dito, uma pena que Lily resolveu trair a irmã e contar tudo a Edward, quem ela era apaixonada. O rapaz logo entrou com tudo na Mansão Hayashi em busca da menina, causando um susto enorme a todos. “Cadê ela? ME RESPONDA!” os irmãos logo responderam que Emy estava no quarto, afinal, era a verdade não? Lily enfim disse que ela estava escondida na pequena sala atrás da cozinha, esperando ele ir embora.
Emily não quis ir. Chorou, lutou, pediu ajuda, mas Filiphe e Matteo apenas a olharam com pena, e Lily sorria satisfeita com a mentira contada. ♦


♦ Uma pena que ela finalmente revelou seu lado negro. ♦


♦ Uma faca de cozinha foi sua arma para defesa. Esfaqueou Edward no ombro, fincando a mesma em sua pele, fazendo o homem soltar bruscamente a menina e gritar de dor, o que fez ela correr e, mais uma vez, acertar uma faca na perna da irmã mais velha, para que Lily não a seguisse enquanto fugia. Assim que saiu da Mansão Hayashi, Emily se sentiu livre, e até conseguiu sorrir. Comprou uma passagem de avião juntando todo o dinheiro que roubara do pagamento de Edward a seu pai e partiu para o Japão para morar com uma amiga que tinha casa lá. Ela suspirou, com lágrimas saindo de seus olhos tanto de alívio quanto de culpa, ela machucara dois seres humanos! Prometeu a si mesma que nunca mais iria usar uma faca em sua vida para machucar alguém. Finalmente acabou seu sofrimento. Tudo estava bem. ♦



『 Personagens que fizeram parte da história 』


♦ Richard Hayashi: Pai de Emily. Um homem de trinta e três anos, com cabelos negros e muito bonito, parece ter dez anos a menos. É gentil e bondoso, e amava sua esposa de todo o coração. Para ele, Caitilyn Grace era a melhor coisa que acontecera em sua vida. Ama muito os filhos, mas depois da morte de sua esposa acaba ficando frio, distante e deprimido, o que leva a empresa à falência e ele vende Emily para Edward em busca de dinheiro. Atualmente não se sabe o estado dele, se é vivo ou morto. ♦





♦ Caitilyn Grace: Uma jovem mulher de vinte e oito anos, com longos cabelos ruivos e olhos castanhos-claro, muito bonita. Carinhosa e gentil, seus filhos eram seu maior tesouro. Adorava cantar músicas ao piano, coisa que Emily sente saudades de escutar. Era bem próxima dos filhos, porém rígida ao educar. Era próxima de Emily, e a menina contava tudo o que sentia para a mãe. Acabou ficando misteriosamente doente, e ninguém, nem mesmo Emily, até hoje, descobriu a cura para sua doença e nem qual doença era. Acabou morrendo depois de três anos doente, com trinta e um anos, mas se foi satisfeita. Tinha uma boa vida e não se arrependeu de nada. Sua marca registrada era seu olhar. ♦





♦ Matteo Grace Hayashi: Irmão mais velho de Emily, com cerca de 25 anos na época que ela desapareceu da Inglaterra. Tem os olhos rosados, e seus cabelos são negros como a noite igual os de seu pai. Responsável e inteligente, adorava Emily, mas por conta de ter a empresa em suas mãos quando ele tinha 13 anos acabou se afastando. É o único que sabia da traição que Emy sofreu. Está vivo, e conseguiu por a empresa de volta no posto de maior do mundo, e se esqueceu que tinha uma irmã mais nova. Atualmente tem 28 anos. ♦





♦ Filiphe Grace Hayashi: Segundo irmão, que possuía 21 anos quando Emily fugiu do casamento. Não sendo parecido com nenhum dos pais, tinhas os cabelos loiros e os olhos azuis safira, sendo incrivelmente parecido com Shu Sakamaki, o que faz Emy se sentir desconfortável quando olha o vampiro. Divertido e brincalhão, sempre defendeu a irmã em brigas por ser mais fraca, ainda que ela não gostasse. Compartilha vários segredos com Emily, e se lembra até hoje do trato que fez com a sua pequena “princesa”. Atualmente é o braço direito de seu irmão na empresa, e, diferente de Matteo, nunca deixou de procurar Emily. Tem hoje em dia 24 anos.♦





♦ Lilian/ Lily Grace Hayashi: Irmã mais próxima de Emily na idade, com dezessete anos quando recebeu uma facada no ombro, que por pouco não lhe matou, Emy tinha uma pontaria muito boa. Tinha longos cabelos negros e olhos azuis, puxados da avó. Amava sim a irmã e era bem próxima dela, mas como era apaixonada por Edward Allen acabou mentindo e traindo a confiança de Emily, se sentindo culpa e remorso quando Ed machucou. Hoje em dia tem ódio da irmã mais nova por ter matado quem ela mais amava no mundo, mas também não sabe se está feliz e aliviada (Menos culpada) pela irmã mais nova ter encontrado e felicidade. Hoje tem 19 anos, pois seu aniversário é em dezembro. ♦





♦ Edward Allen: Um belo rapaz de vinte e quatro anos, que morreu ao levar uma facada no ombro naquela noite, Perverso, sádico e pedófilo, usou o amor de Lily para conseguir a bela e inocente Emily, e pagou uma boa quantia em dinheiro para Richard a vendê-la para ele. Suas últimas palavras foram: Eu ainda vou te achar Emily Hayashi, eu ainda te acho, serei seu pior pesadelo. ♦





♦ Lucy Hinna: Empregada doméstica, amiga e companheira de Emily. Possui curtos cabelos azuis escuros e olhos azuis. Tem um ar infantil, mas tinha, na época, trinta e dois anos quando ajudou Emy. Bondosa, ainda procura Emily pelo Japão, ajudando seu irmão do meio, Filiphe. ♦





♦ Natsu Hinna: Filho de Lucy. Tem os cabelos azuis/brancos, e tinha quinze anos quando Emy o viu pela última vez. Ele ainda nutre um sentimento forte por ela, e não desistiu de procurá-la para finalmente confessar seu amor por ela. Tímido e belo, hoje tem 18 anos. ♦





『 Acredita no jogo da vida? 』


♦ “Sim, esse jogo sempre esteve na humanidade. Eu mesma fui alvo de uma partida desse jogo: De mim foi tirada a minha felicidade e pessoas queridas, tudo o que eu tinha foi embora, e ganhei um revés: Um novo inferno na Terra. Mas pelo lado bom, consegui, depois de muito tempo, minha liberdade e minha autonomia. O Jogo da Vida é cruel, tira as coisas sem avisar e dolorosamente, para nos ver sofrer, assim como nos dá coisas sem esperarmos. O jeito é se arriscar, e esperar que nosso deus ganhe o Jogo por nós.” ♦



『 Segredos 』


♦ Matou um cara quando tinha quinze anos, e se arrepende profundamente. Daí que vem o medo por facas.

♦ Ainda tem medo de que sua irmã venha atrás dela, e como ninguém sabe seu passado, isso torna um fardo difícil de carregar.



『 Sonhos 』


♦ Ser bióloga para ajudar outras pessoas,
♦ Finalmente poder viver em paz,
♦ Achar seu verdadeiro amor,
♦ Não ver o mundo sujo como está hoje, cheio de corrupção e injustiço.


『 Músicas 』


♦Sua música: Innocence- Avril Lavigne ♦





♦ Música dela e do Par: Titanium- David Guetta ♦





♦ Música que sua mãe cantava para ela: Complicated- Avril Lavigne ♦





『 Objeto especial 』


♦ Um colar dado de presente por sua mãe antes de morrer, no aniversário de treze anos dela. É muito precioso, e ela não deixa ninguém tocar nele sem permissão. Usa o tempo todo, e quando perde fica maluca. ♦





『 Curiosidades 』

♦ Emily é canhota
♦ Calça 35/36
♦ Emy tem alergia a pelo de gatos
♦ Não sabe cozinhar salgados, sua especialidade são doces!
♦ Seu ator preferido é o Jhonny Depp,
♦ Seu filme preferido é Alice no País das Maravilhas,
♦ Ela odeia gritinhos, mas quando vê uma aranha...
♦ Espera por seu verdadeiro amor desde pequena, mas sabe que nunca terá um príncipe.
♦ Emy às vezes fotografa algumas coisas, mas diz que é uma mera amadora.



『 Par 』

♦ Reiji Sakamaki ♦


Bom, então foi isso, caso quiser que eu mude alguma coisa me diga!




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...